A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SPP Tabagismo Patologia relacionada com o tabaco Comissão de Tabagismo da SociedadePortuguesa de Pneumologia.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SPP Tabagismo Patologia relacionada com o tabaco Comissão de Tabagismo da SociedadePortuguesa de Pneumologia."— Transcrição da apresentação:

1 SPP Tabagismo Patologia relacionada com o tabaco Comissão de Tabagismo da SociedadePortuguesa de Pneumologia

2 SPP Nitrosaminas cancerígeno Dioxinas cancerígeno Acroleína irritante Nicotina aditivo > compostos Monóxido de carbono Hipóxia no sangue e tecidos Benzopireno cancerígeno Polónio Cádmio FUMO DO TABACO

3 SPP Cardíacas - doença coronária Urinárias - cancro bexiga e rim Esofago e Estomago - Cancro - Úlcera Pancreas - Cancro Pulmão - Cancro - Bronquite /Enfisema Cérebro - Acidente vascular cerebral Laringe e Traqueia - Cancro - Inflamação Arteriais periféricas - Arterite Boca e Faringe - Cancro Testículos - Infertilidade - Impotência Ginecológicas - Infertilidade - Aborto - Menopausa precoce - Cancro colo útero Ossos - Osteoporose Pele - rugas, seca Doenças relacionadas com tabagismo

4 SPP O risco de doença aumenta com: Número de cigarros fumados Duração dos hábitos tabágicos Dependência da nicotina Precocidade de início Profundidade da inalação Fumar > 40 cigarros - dobro do risco fumar < 20 Iniciar 25 anos Doenças relacionadas com o tabaco

5 SPP 87% dos Carcinomas do pulmão 82% das Bronquites crónicas/Enfisemas 21% das Doenças Coronárias 18% das Doenças cerebro-vasculares O Tabaco é responsável por:

6 SPP 80% dos casos de carcinoma esofágico 93% dos casos de carcinoma da cavidade oral 82% dos carcinomas da laringe 50% dos carcinomas da bexiga e rim 14% de leucemias Tabagismo responsável por

7 SPP Tabaco - risco de mortalidade na DPOC USDHHS, 1990

8 SPP Bronquite Crónica /Enfisema O tabaco é a principal causa de Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica 15% dos fumadores de 20 cigarros/dia e 25% dos fumadores de 40 cigarros/dia desenvolverão Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica Aumento da mortalidade por pneumonia e gripe entre os fumadores Os fumadores têm um risco dez vezes superior de morrer por DPOC, em comparação com não-fumadores

9 SPP O prazer do cigarro cria outras dependências

10 SPP Tabagismo e função respiratória FEV1 CVF Tempo (s) Vol (L) 1 s CVF L/s VOL (L)

11 SPP 29% da mortalidade por cancro é devida ao tabaco Pulmão Cavidade oral Laringe Esófago Bexiga Rim Neoplasias relacionadas com o tabaco O risco de ter cancro é o dobro nos fumadores e 4 vezes mais nos fumadores pesados Pâncreas Estômago Cólon Colo do útero Leucemias Mama

12 SPP MasculinoFeminino Países em desenvolvimento 21.9% 7.1% Países desenvolvidos 55.3%12.4% Total 33.7% 9.2% Pisani et al, 1999 Mortalidade por cancro do pulmão

13 SPP Cancer Facts and Figures American Cancer Society Mortalidade por cancro na mulher durante 20 anos 1974 a1994 e (estimativa para 2000)

14 SPP Cancer Facts & Figures, American Cancer Society, 2000 Estimativa da incidência de cancro na mulher 2000

15 SPP Estimativa de mortalidade por cancro, na mulher no ano 2000 Cancer Facts & Figures, American Cancer Society, 2000

16 SPP Na União Europeia A incidência de Cancro do Pulmão está a aumentar muito mais ràpidamente na mulher do que no homem Mortalidade

17 SPP Risco relativo enfarte agudo miocárdio USDHHS, 1990

18 SPP Relação entre tabagismo e outras drogas USDHHS, 1994

19 SPP Problemas específicos da mulher Gravidez Osteoporose Infertilidade Menopausa precoce Envelhecimento cutâneo Associação pílula - tabaco Saúde dos filhos

20 SPP Tabagismo passivo 37,000 mortes por doença cardíaca em adultos 3,000 mortes por cancro do pulmão em adultos 13,000 mortes por outros cancros em adultos 300,000 casos de infecções respiratórias, como pneumonias e bronquites, em crianças Em cada ano o tabagismo passivo é responsável por:

21 SPP Tabagismo Passivo Aumento de incidência de doenças respiratórias agudas Sintomas respiratórios crónicos Perturbação do da função pulmonar Indução e exacerbação de asma Infecções do ouvido médio Crianças:

22 SPP Mulheres não fumadoras que vivem com fumadores: 1.2 a 2 vezes o risco de desenvolver Cancro do pulmão em comparação com mulheres de não fumadores Aumento 20-50% risco de doença coronária Aumento de sintomas respiratórios Declínio do VEMS Tabagismo Passivo

23 SPP Cessação Tabágica - Benefícios 20 minutos - descida da TA 8 horas - normalização do monóxido de carbono 24 horas - diminuição do risco de enfarte 2 semanas a 3 meses - melhoria da circulação; melhoria função respiratória 1 a 9 meses - diminuição da tosse, cansaço, normalização da função ciliar 1 ano - diminuição 50% do risco de doença coronária 5 anos - diminuição 50% do risco de AVC 10 anos - diminuição do risco de cancro do pulmão e de outras neoplasias 15 anos - risco de doença coronária igual ao de um não-fumador

24 SPP Cessação tabágica aumento da sobrevida Doll, 1994

25 SPP A cessação tabágica e a oxigenoterapia são as duas únicas intervenções que aumentam a sobrevida Tosse e expectoração melhoram após algumas semanas/meses Melhoria da função respiratória A mortalidade reduz-se para 50% dez anos após cessação Cessação Tabágica - Benefícios Bronquite Crónica / Enfisema

26 SPP Fletcher & Peto, 1977 FEV 1 (% ) Incapacidade Morte Idade Interrupção aos 65 anos Fumador regular e suscepível aos Seus efeitos Não fumadores ou Não susceptível Interrupção aos 45 anos Benefícios da cessação tabágica Bronquite Crónica / Enfisema

27 SPP Diminuição do risco de outras neoplasias Melhoria da sobrevida Diminuição das complicações após cirurgia, radioterapia Aumento do apetite e melhoria do estado nutricional Diminuição do risco de doenças não-oncológicas relacionadas com o tabaco em doentes oncológicos: Cessação Tabágica - Benefícios

28 SPP Tabagismo e complicações pós-operatórias Fumar aumenta 2 a 6 vezes o risco de complicações pulmonares pós-operatórias Cessação tabágica 8 semanas antes da cirurgia reduz incidência de complicações

29 SPP Mortalidade por doença coronária após cessação tabágica Risco relativo Nurses health study Fuma Deixou de fumar: < 2anos 2-10 anos > 10 anos Nunca fumou ACS Coronary artery Surgery study

30 SPP Doença oclusiva arterial periférica Melhoria da tolerância ao esforço e aumento da sobrevida Redução do risco de amputação após cirurgia arterial periférica Doença cerebro-vascular Após cinco anos, risco = ao de não fumadores Cessação Tabágica - Benefícios

31 SPP Deixar de fumar antes da gravidez: crianças com mesmo peso de não-fumadoras Deixar de fumar até à 30ª semana: crianças com peso superior às que continuam a fumar 30% das mulheres deixam de fumar durante gravidez 80% recaem após o parto Gravidez Cessação Tabágica Benefícios

32 SPP Mortalidade por Cancro do Pulmão após cessação tabágica Risco relativo < 1 ano anos anos anos anos > 15 anos HomensMulheres 1-19> >20 Tempo após cessação

33 SPP Cessação tabágica e aumento de peso 2.8 a 4.4 Kg - mulheres 3.8 a 5.0 Kg - homens Ocorre em 80% de fumadores Mecanismos: Maior ingestão calórica Aumento do metabolismo Os benefícios em deixar de fumar ultrapassam os riscos do aumento do peso A utilização de fármacos diminui a sua ocorrência

34 SPP Cigarros Light Ideia falsa de cigarros seguros Não são menos nocivos a quantidade de alcatrão e monóxido de carbono inalados poderão ser superiores Impedem que muitos fumadores abandonem o hábito


Carregar ppt "SPP Tabagismo Patologia relacionada com o tabaco Comissão de Tabagismo da SociedadePortuguesa de Pneumologia."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google