A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professores: Aline Gonzales e Gustavo Siebra 3ª Fase EJA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professores: Aline Gonzales e Gustavo Siebra 3ª Fase EJA."— Transcrição da apresentação:

1 Professores: Aline Gonzales e Gustavo Siebra 3ª Fase EJA

2 Floresta Amazônica Caatinga Cerrado Campos Mata Atlântica Pantanal Zonas Costeiras Zona de Transição Manguezal Mata de Araucária Os Biomas são divididos em:

3

4 Campos, Pampas ou Campos Sulinos são os nomes dados ao bioma encontrado na região Sul do Brasil e em partes da Argentina e Uruguai. Em áreas de transição com o domínio de araucárias, o bioma é conhecido como campos do alto da serra. A palavra pampa é de origem indígena e significa região plana. Essa é, justamente, uma das principais características desse bioma: seu relevo bastante plano. Além da exploração não planejada do solo, a paisagem original do Rio Grande do Sul também já foi muito alterada devido à grande exploração de madeira, de árvores gigantescas e centenárias, que foram derrubadas para dar lugar aos pastos e ao cultivo e para fornecer madeira para a construção de casas e móveis. Atualmente restam apenas 2% da cobertura original da mata de araucária, confinadas em reservas ambientais.

5

6

7 No Planalto gaúcho e catarinense os campos recebem o nome de Campos-de-Cima-da-Serra. A área total dos campos é de mais de 210 mil km². A região coberta pelos campos sulinos apresenta clima subtropical, com temperaturas amenas e chuvas regulares, sem grande alteração durante o ano. A vegetação herbácea dos campos varia entre 10 e 50 cm de altura. Nos campos do sul já foram encontradas 102 espécies de mamíferos, 476 de aves e 50 de peixes. Tatu, o guaxinim, o zorrilho, o cachorro-do-mato e outras duas espécies em risco de extinção: o gato-do-pampa e a preguiça-de-coleira.

8

9 A Mata de Araucária é um bioma típico de regiões com clima subtropical. No Brasil, ela está presente nos estado de São Paulo e, principalmente, nos estados da Região Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul). Sua vegetação é composta por árvores aciculifoliadas, com folhas em formato de agulha, a espécie predominante é o Pinheiro-do-paraná.

10

11 O mate (erva-mate),apresenta grande importância econômica, principalmente para a população do Sul do país que a utiliza na preparação do chimarrão. Infelizmente, no Brasil a proliferação das Araucárias está bastante comprometida e corre sério risco de entrar em extinção. Fato decorrente das atividades produtivas desenvolvidas há várias décadas na região, especialmente na extração de madeira e ocupação agropecuária, reduzindo a 3% a forma origina.

12

13 A costa marítima do Brasil tem mais de 8 mil km de extensão, na qual é possível identificar enorme diversidade de paisagens. As diferenças climáticas e geológicas que existem ao longo da costa propiciam uma enorme diversidade de paisagens: Dunas, recifes, costões rochosos, estuários, etc) e, consequentemente, uma enorme diversidade de vida.

14

15 Nesse rico ambiente vivem milhares de espécies vegetais e animais. Quer alguns exemplos? Tartarugas marinhas, baleias, leões-marinhos, corais e aves. A maior parte desse litoral está voltada para o oceano Atlântico, mas uma pequena fração, bem lá no Norte do País, está inclinada para o Mar do Caribe. Na zona costeira brasileira está concentrada mais da metade da população do País. A superpopulação e as conseqüentes atividades econômicas são as grandes ameaças a esse bioma. Pense bem: a integridade ecológica da nossa costa é pressionada pelo crescimento dos grandes centros urbanos, o que causa poluição, especulação imobiliária sem planejamento e um enorme fluxo de turistas.

16 Se não considerarmos os recortes litorâneos – baías, golfões, reentrâncias etc. –, o Brasil possui km de linha costeira. A densidade demográfica média do Brasil é de 17 hab./km². Na zona costeira esse número sobe para 87 hab./km². A grande maioria dos principais rios do Brasil converge para a zona costeira. Alguns deles chegam à região carregados de resíduos de agrotóxicos, adubos e efluentes das indústrias. Por isso, a zona costeira é muito vulnerável aos impactos ambientais

17

18

19 A costa marítima do Brasil tem mais de 8 mil km de extensão, na qual é possível identificar enorme diversidade de paisagens. As diferenças climáticas e geológicas que existem ao longo da costa propiciam uma enorme diversidade de paisagens: Dunas, recifes, costões rochosos, estuários, etc) e, consequentemente, uma enorme diversidade de vida.

20

21 Um manguezal leva entre 15 e 20 anos para ficar completo. Da casca do mangue-vermelho se extrai o tanino, substância usada pela indústria para o tratamento de couro. As litorinas são pequenos caramujos que ajudam o ser humano a conhecer o nível do mar. Elas se agrupam nas raízes do mangue e servem para marcar o sobe-e-desce da maré. No sertão do Araripe, em Pernambuco, há vestígios de estuários que existiram há 65 milhões de anos, quando o local era mar.

22

23 O aterro dos manguezais, coloca em perigo espécies animais e vegetais e destrói um importante "filtro" das impurezas lançadas na água. As raízes meio submersas das árvores do mangue se espalham pela água e retêm sedimentos – que deixam de ir para o mar.

24


Carregar ppt "Professores: Aline Gonzales e Gustavo Siebra 3ª Fase EJA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google