A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Orações coordenadas PROFESSOR JESWESLEY MENDES.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Orações coordenadas PROFESSOR JESWESLEY MENDES."— Transcrição da apresentação:

1 PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Orações coordenadas PROFESSOR JESWESLEY MENDES

2 Banho-maria Amor não deve ser mantido em banho-maria/ pois seus poderes de luz e encantamento se esvaem neste lento cozinhar/ amor pede fogo alto grossas chamas sol intenso e muita pimenta/ amor pede tempero forte/ pede tudo em exagero/ mel de se lambuzar Roseana Murray

3 Amor não deve ser mantido em banho-maria,/ pois seus poderes de luz e encantamento se esvaem neste lento cozinhar. 1ª oração Nesse período as orações não funcionam como termos de outra oração; elas têm sentido próprio, isto é, são orações independentes. São portanto, orações coordenadas um período composto por coordenação. FORMAM 2ª oração

4 A 1ª oração não apresenta conjunção e, por isso, dizemos que ela é coordenada assindética. A 2ª oração, entretanto,liga-se à anterior por meio da conjunção pois, sendo por isso denominada coordenada sindética. Concluindo: Oração coordenada assindética é aquela que não é introduzida por conjunção; oração coordenada sindética é aquela que é introduzida por conjunção.

5 Valores semânticos das orações coordenadas sindéticas As orações coordenadas sindéticas estabelecem relação com outra oração e classificam de acordo com o valor semântico da conjunção que as introduz.

6 a)Aditivas: estabelecem, em relação à outra oração, uma noção de acréscimo, de adição. Ex.: Ele comprou passagem e partiu no primeiro trem. São introduzidas pelas conjunções coordenativas aditivas: e, nem, ou pelas locuções não só... mas também, tanto...como, etc.

7 b)Adversativas: estabelecem, em relação à oração anterior uma idéia de oposição, contraste, compensação, etc Ex.: Estuda, mas não aprende.

8 c) Alternativas : expressam fatos ou conceitos que se excluem ou se alternam entre si. Ex.: Todas as tardes ia ao cinema ou fazia pequenas compras em lojas da região. São introduzidas pelas conjunções coordenativas alternativas: ou... ou, ora...ora, já... já, quer... quer, etc.

9 d) Conclusivas : exprimem uma idéia de conclusão ou conseqüência lógica em relação a um fato expresso na oração anterior. Ex.: Seu amigo está triste e decepcionado, você deve, portanto, confortá-lo nesse momento difícil. São introduzidas pelas conjunções coordenativas conclusivas:logo, pois (posposto ao verbo), portanto, por isso, de modo que, etc.

10 e) explicativas: explicam o motivo da declaração feita na oração anterior. Volte logo, porque eu preciso de você. São introduzidas pelas conjunções coordenativas explicativas: porque, que, pois (anteposto ao verbo), etc

11 DISTINÇÃO ENTRE ORAÇÕES COORDENADAS SINDÉTICAS EXPLICATIVAS E SUBORDINADAS ADVERBIAIS CAUSAIS A oração coordenada explicativa cumpre o papel de explicar o que foi afirmado na oração anterior. Ex: Choveu, porque a rua está molhada. Maria sumiu na festa, porque ninguém mais a viu.

12 A oração subordinada adverbial causal cumpre o papel de Advérbio em relação à oração principal, isto é, indica a causa da ação expressa pelo verbo da oração principal. Ex.: Choveu, porque houve muita evaporação.

13 A oração coordenada explicativa é empregada com freqüência depois de orações imperativas e optativas. Ex.: Não zombe dele, que está apaixonado. Deus te ajude, porque és ousado.


Carregar ppt "PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO Orações coordenadas PROFESSOR JESWESLEY MENDES."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google