A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Economia e Sociedade Mineradora Brasil Colônia – Capítulo 07 Prof. Alan Carlos Ghedini.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Economia e Sociedade Mineradora Brasil Colônia – Capítulo 07 Prof. Alan Carlos Ghedini."— Transcrição da apresentação:

1 Economia e Sociedade Mineradora Brasil Colônia – Capítulo 07 Prof. Alan Carlos Ghedini

2 Atividade Mineradora: o princípio Era uma atividade considerada mais democrática Permitia sua atividade por praticamente todo indivíduo O ouro explorado, inicialmente, era de aluvião, encontrado nas margens de rios Em formato de pepitas ou em pó Os bandeirantes teriam sido os primeiros a explorar o minério.

3 Integração dos Mercados Coloniais

4 A organização da exploração aurífera Presença de homens pobres na exploração, os faiscadores Ocorrência de um surto urbanizador e existência de atividades de suporte Agricultura de subsistência e Pecuária No caso da Pecuária, ocorrência do Tropeirismo (Nordeste e Sul)

5 O Rei de olho na colônia A exploração do ouro era totalmente controlada pela Coroa As jazidas eram divididas em Datas Para controle, a Coroa criou as Casas de Fundição Alguns impostos cobrados pela Coroa foram O Quinto A Finta A Capitação

6 Métodos de extração do ouro Faiscação: Sistema arcaico, que extraía em margens e leitos de rios com uso das bateias Lavra: Utilizava-se de um número de escravos, ferramentas específicas. Escavava veios nas rochas e morros

7 Os Impostos da Coroa Quinto Referente à quinta parte da produção, ou seja, 20% do ouro extraído; Finta Cobrança anual de ouro que substituía o quinto Seriam cobrados 100 arrobas de ouro Capitação Imposto cobrado sobre cada escravo utilizado na mineração

8 Os escravos e a mineração As condições de vidas dos escravos, nas áreas mineiras, conseguiam ser piores que no mercado de açúcar Dormiam, muitas vezes, na lama Vestiam verdadeiros trapos, andando quase nus Não havia segurança nas minas, que além de úmidas, abafadas e insalubres, não raro desabavam, soterrando vários escravos

9 Os Diamantes Em 1726, descobre-se diamantes nas Minas Gerais Em 1729, cria-se o Distrito Diamantino A população foi isolada Houve grande controle da Coroa sobre a área A inundação do mercado europeu, com diamante brasileiro, fez o preço do minério despencar em 70%

10 Diamantes são eternos O rico e raro mineral, antes só encontrado na Índia, é achado na Colônia

11 A sociedade colonial mineradora Características: Urbana – diferente da sociedade rural, do açúcar; Maior mobilidade social; Poder aquisitivo mais alto; Elite com formação intelectual mais sólida

12 Tratado de Methuen (1703) Também chamado de Tratado dos Panos e Vinhos; Garantia isenção fiscal dos tecidos ingleses que chegassem a Portugal Também definia redução fiscal sobre os vinhos portugueses que chegassem a Inglaterra Vantagem nítida para a Inglaterra, sobre Portugal.

13 Reformas Pombalinas Marquês de Pombal Homem forte do D. José I Considerado um Déspota Esclarecido (Iluminismo) Reforçou a presença do Pacto Colonial com uma série de medidas sobre a economia do Império Português Criou companhias monopolistas Criou a Derrama Expulsou os jesuítas e secularizou as missões Caiu deposto na viradeira (1777), pela Rainha Maria I a Louca

14 Barroco Mineiro Teve como tema principal a Arte Sacra Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, foi o grande expoente Arte em pedra-sabão Na pintura, o destaque foi para Manuel Costa Ataíde

15


Carregar ppt "Economia e Sociedade Mineradora Brasil Colônia – Capítulo 07 Prof. Alan Carlos Ghedini."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google