A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos SegmentoTópico PrimeiroDefinição das Atividades SegundoExercício de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos SegmentoTópico PrimeiroDefinição das Atividades SegundoExercício de."— Transcrição da apresentação:

1 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos SegmentoTópico PrimeiroDefinição das Atividades SegundoExercício de Definição de Atividades TerceiroSequenciamento de Atividades e Estimativa de Tempo QuartoPERT/CPM – Versão Básica QuintoCronograma e seu Controle – Tempo Crash SextoCronograma e seu Controle – Análise de Varância SétimoAnálise pelo Valor Agragado OitavoMétodo da Cadeia Crítica

2 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos PMI, Project Management Institute (Editor). Um Guia do Conjunto de conhecimentos do Gerenciamento de Projetos – PMI, quarta edição.2008 GRAY, Clifford; LARSON, Erik. Gerenciamento de Projetos – Oprocesso Gerencial 4e. Editora McGrawHill XAVIER, Carlos Magno da Silva;Xavier, Luiz Fernando da Silva et al. Metodologia de Gerenciamento de projetos – Methodware®. Brasport, NICHOLAS, John; Steyn, Herman – Project Management for Business, Engineering, and Technology. Third Edition. Butterworth-Heinemann Editors KERZNER, Harold. Project mangement – A System Approach to Planning, Schedulling, and Controllling. Ninth Edition. Willey Editors Bibliografia

3 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Capítulo 1 Definição das Atividades

4 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Pirâmide de Quéops 20 anos de trabalho 100 k pessoas 2.3 milhões de blocos 2.5 tons cada bloco Página 15

5 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Ger. TEMPO Ger. Escopo Tecnologia Ger. Mudanças Ger. Comunicação Saúde, Meio ambiente, Segurança Ger. Aquisições Recursos Humanos Ger. Qualidade Ger. Riscos Ger. Custos Gerenciamento de Projetos A Relação de Gerenciamento do Tempo com demais disciplinas Figura 1

6 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Motivações Fonte: artigo do Professor Ricardo Vargas sobre Gerência de Projetos Resultados nos desenvolvimentos de produtos - atrasos

7 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Problemas que ocorrem com mais freqüência em projetos Problemas que ocorrem com mais freqüência em projetos Slide do prof. Agliberto Cierco

8 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos PMBOK Guide – 3 º Edição PMBOK Guide 4- Integração 5-Escopo6-Tempo7-Custo 8- Qualidade 9-RH 10- Comunic. 11-Riscos 12- Aquisições 9 Áreas de Conhecimento – 44 Processos

9 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Processos do PMBOK por área de gerenciamento Desenvolver o Termo de Abertura Desenvolver a Declaração de Escopo (Preliminar) Desenvolver o Plano de Gerenciamento do Projeto Orientar e Gerenciar a execução do Projeto Monitorar e Controlar o trabalho do projeto Controle Integrado de Mudanças Encerrar o projeto Integração Planejamento do Escopo Definição do Escopo Criar a EAP Verificação do Escopo Controle do Escopo Escopo Planejamento de Recursos Humanos Contratar ou mobilizar a equipe do projeto Desenvolver a equipe do projeto Gerenciar a equipe do projeto Rec. Humanos Definição da Atividade Seqüenciamento de atividades Estimativa de recursos da atividade Estimativa de duração da atividade Desenvolvimento do cronograma Controle do Cronograma Tempo Planejamento do gerenciamento de riscos Identificação de Riscos Análise Qualitativa de Riscos Análise Quantitativa de Riscos Planejamento de Respostas a Riscos Monitoramento e controle de riscos Riscos Planejamento da Qualidade Realizar a Garantia da Qualidade Realizar o Controle da Qualidade Qualidade Planejamento das comunicações Distribuição das informações Relatório de desempenho Gerenciar as partes interessadas Comunicação Planejar compras e aquisições Planejar contratações Solicitar respostas de fornecedores Selecionar fornecedores Administração de contrato Encerramento do contrato Aquisições Estimativa de Custos Orçamentação Controle de Custos Custos

10 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Estrutura Analítica do projeto Dicionário de EAP Decomposição Modelos Planejamento em ondas sucessivas Listas de marcos (milestones) Lista de Atividades Declaração de Escopo Definição de Atividades Definição de Atividades Figura 2 Definição de Atividades do Projeto

11 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 3 Exemplo de decomposição da EAP até o nível de atividades Portifólio Construção edifício Outro Projeto Estrutura Gerência do projeto Outro Projeto Fazer tubulações Fazer cintas Fundações 1º andar 2º andar 3º andar 1º andar 2º andar 3º andar 1º andar 2º andar 3º andar 1º andar 2º andar 3º andar Alvenaria Instalações Esquadrias Revestimento 1º andar 2º andar 3º andar 1º andar 2º andar 3º andar 1º andar 2º andar 3º andar Fôrmas Armaduras Concreto Nível de Portifólio Nível de Programa Nível de Projeto Pacote de trabalho Atividades Programa

12 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos

13 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Como decompor? Fases do ciclo de vida – ex.análise, projeto, construção... Entregas – ex. decompor um avião em asas, motores, cabine... Sistema Funcional – ex. sistema elétrico, sistema hidráulico... Localização física – ex. região nordeste, região sul... Unidade administrativa executora – ex. Marketing, Comercial, TI... Unidade administrativa aprovadora – ex. departamentos do Cliente...

14 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Atividades: Gerência de tempo Deliverable: Gerência de escopo

15 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Decomposição em Atividades (Gerenciamento do tempo) ESCOPO (EAP) Só devemos decompor a EAP em atividades no Gerenciamento do Tempo Practice Standard for WBS: duração das atividades entre 1% e 10% do tempo total

16 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Rolling Wave Planning Comercial Pré- Produção Script Quadros de Produção Locações Entrevistas Produção Ensaios Filme Registro de Filme Pós- Produção Filme Editado Filme Sonorizado Entrega

17 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Rolling Wave Planning Expansão em Ondas EAP Fornece Atividades

18 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Pacotes de trabalho

19 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Capítulo 2 Seqüenciamento de Atividades

20 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Declaração de escopo Mudanças Marcos do projeto Lista de atividades Formas de diagramação Lags Possíveis atualizações na lista de atividades Diagrama de rede Figura 7 Mapa do sequenciamento das atividades em projetos Leads Sequenciamento de Atividades

21 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Interação entre Processos Grupo de Iniciação Grupo de Planejamento Grupo de Execução Grupo de Controle Grupo de Encerramento

22 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Tipos de Dependências Relacionamentos Término-Início (TI) – Relacionamento mais comum – Default do MS Project Término-Término (TT) – Duas terminam junto Início-Início (II) – Levantamento de requisitos (A) – Modelagem (B) Início-Término (IT) – Retirar sistema legado de produção (B) – Início de operação do novo sistema (A) A B A B A B A B Página 39

23 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Tempo de Retardo x Tempo de Adiantamento O intervalo entre o início ou fim de uma atividade predecessora e o início ou fim da sucessora. Pode ser um adiantamento (lead time) Pode ser um atraso (lag time) A B TI C +10 Lag Time

24 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 9 Esquentar torrada t = 2 Colocar manteiga t = 0,5 Esquentar água t = 7 Ferver o ovo t = 3 Servir café t = 0,5 Preparar café t = 8 Arrumar mesa t = 2 Preparar cereal t = 2 InícioFim Exemplo de diagrama de rede com método ADM sem escala

25 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 10 Exemplo de diagrama de rede com atividade fantasma Atividade fantasma (dummy) InícioFim A B C F E D

26 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 11 Exemplo de diagrama PDM ABD C E F GI H J

27 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 14 Exemplo de Atividade Hammock Atividade Hammock A A B B C C D D F F E E

28 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Atividades Sumário

29 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos GERT m 1 n 2 2 A oo p......

30 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Expanded network for the ROSEBUD project.

31 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos GERT network for the ROSEBUD project.

32 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Capítulos 3 e 4 Estimativas de Recursos e Tempo

33 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Disponibilidade de recursos Plano do projeto Estimativa bottom-up Dados publicados para auxílio nas estimativas Recursos necessários Lista de atividades Figura 15 Mapa da estimativa de recursos em projetos Calendário de recursos Estimativa de recursos

34 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 16 Estimativa da duração conforme o trabalho e os recursos necessários TrabalhoTrabalho DuraçãoDuraçãoRecursosRecursos

35 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Empenho Empenho (trabalho) = duração da atividade * número de recursos MS Project: Podemos trabalhar por empenho Fixo Lei dos Retornos Decrescentes Página 52

36 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 18 Duração versus Número de Recursos Número de recursos Duração

37 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Histograma de Uso dos Recursos 1234 JanFev Horas Página 58

38 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos - Estimativas Figura 20 Estimativa de duração das atividades Declaração de escopo Estimativa da necessidade de recursos Calendários Conhecimento de especialistas Lista de atividades Estimativa de duração Estimativa de duração de atividades Paramétricas 3 pontos Análogas

39 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Estimativa Paramétrica C B = C A ( S B ) x SASA Capacidades proporcionalidade Custo anterior Custo novo

40 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Curva de Aprendizado Y = K X n Peça Inicial Custo da peça após n aprendizados Incertezas devem cair com o tempo

41 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Pontos por Função Projeto: Desenvolvimento de sistema de admissão e cobrança de paciente. Prazo:13 meses. 15 Entradas Classificação: baixa complexidade 5 Saídas Classificação: média complexidade 10 Requisições Classificação: média complexidade 30 Arquivos Classificação: alta complexidade 20 Interfaces Classificação: média complexidade Aplicação do fator de complexidade Elemento Contagem Baixa Média Alta Total Entradas 15 x 2 = 30 Saídas 5 x 6 = 30 Requisições 10 x 4 = 40 Arquivos 30 x 12 =360 Interfaces 20 x10 =200 Total 660

42 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Técnica Delphi 5 a 10 participantes Em geral três rodadas Cada especialista oferece sua resposta à pergunta do moderador As Respostas dos especialistas são Anônimas Cada resposta deve apresentar o máximo e o mínimo para sua estimativa As respostas devem ser acompanhadas de justificativas Respostas podem ser removidas após cada rodada Apresenta-se a cada especialista as respostas dos demais Verifica-se a convergência após a terceira rodada Página 77

43 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 27 Analogia de restrições de datas: amarração na bóia

44 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 28 Analogia de restrições de datas: amarração nas bóias 1 e

45 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 32 Tipos de ligações entre atividades Predecessora Sucessora Predecessora Sucessoras (ponto divergente) Predecessoras Sucessora (ponto convergente)

46 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Construção Civil AEscavar3- BLançar Fundação4A CEncanamento Inicial 3B DFrame10B EAcabamento Exterior 8D FInstalar HVAC4D GEletricidade Inicial6D HSheetrock8C E F G ICabinetes5H JPintura5H KFinalizar Encanamento 4I LFinalizar Eletrica2J MInstalar Piso4K L

47 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Diagrama de Rede A G F B D C E H I J K L M

48 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos PERT Program Evaluation and Review Technique Critical Path Method 1950s CPM: Dupont & Sperry-Rand PERT: US Navy, Lockheed, Booz Allen Hamilton- Projeto Polaris EST i EFT i LST i LFT i E8 Página 95

49 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 33 Convenção para representação do diagrama IC TC AT D D IT TT Início mais cedo Tarefa Início mais tarde Término mais cedo Duração Término mais tarde

50 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Forward Pass 1 4 A B D C E F G H I J K L M 4

51 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Forward Pass 1 4 A B D C E F G H I J K L M Slack i =LST i -EST i =LFT i -EFT i * * * * * * * * * = Caminho Crítico

52 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Capítulo 5 e 6 Cronograma e seu Controle

53 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Declaração de escopo Calendários Cronograma Modelos e cenários Cálculo de folgas Software de gerência de projetos Figura 26 Mapa do desenvolvimento do cronograma Lista de atividades e atributos Diagramas de rede Duração das atividades Caminho crítico Baseline do cronograma Mudanças e atualizações em outros planos Desenvolvimento do cronograma

54 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Figura 17 Exemplos de calendários sem e com fins de semana incluídos Exemplo 1 (sem fins de semana)Exemplo 2 (com fins de semana)

55 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Crashing Diminuição de Tempo da atividade como conseqüencia do aumento de recursos. Min T M + t M – C M T B – T A > t A – C A T C – T B > t B – C B T D - T B > t B – C B …………………… T K – T I > t I – C I T i = Tempo de Inicio da Atividade i T L – T J > T j – C J t i = Tempo normal para atividade i T M – T K > t K – C K C i = Crash da atividade i T M – T L > t L - C L AB M K L

56 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Variância e Desvio Padrão (b – a) V= (b – a) σ= Vp = V cp z = Ts – Te Vp Página 78

57 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos PERT

58 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Inicio A B C D F G E J H I K FIM ativid. a m b Te V CaminhoTeV A F J B K A G I K296.0 C H I K D E H I K2712.0

59 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Capítulo 7 Análise do Valor Agregado

60 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Conceitos Chaves Orçamento no Término ONT – Valor total planejado a ser gasto no projeto Valor Planejado VP– Valor orçado do Trabalho Custo Real CR – Efetivamente gasto Valor Agregado VA – Progresso Físico Real

61 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Exemplo AtividadeDiasCusto (R$) Lixar Paredes12000,00 Pintar 1 º Parede13000,00 Pintar 2 º Parede13000,00 Pintar 3 º Parede13000,00 Pintar 4 º Parede13000,00 Totais:514000,00 Atividade% ConcluidoCusto (R$) Lixar Paredes ,00 Pintar 1 º Parede ,00 Pintar 2 º Parede ,00 Pintar 3 º Parede502000,00 Pintar 4 º Parede03000,00

62 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Variações Indice de Desempenho de Custos IDC = VA/CR Índice de Desempenho de Prazo IDP=VA/VP

63 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Previsão Estimativa para Terminar EPT = ONT-VA – Variação Atípica EPT = (ONT – VA)/IDC – Variação Típica Estimativa no Término ENT= CR + (ONT-VA)/IDC (Típica) ENT= CR + (ONT-VA) (Atípica)

64 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Ajuste do Orçamento Planejamento de Projeto Execução do Projeto VP ONT CR ENT EPT VNT

65 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Controle de Custos VP TiTi T0T0 ONT TfTf CR VA VC VPr

66 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Cronograma de Desembolso Define o as saídas de dinheiro do projeto ao longo do tempo

67 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Curva S para Indústria de Construção Civil

68 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Funding Requirements Baseline de Custos Fluxo de Caixa Valores Cumulativos Financiamento Tempo

69 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Capítulo 8 Cadeia Crítica

70 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos GESTÃO DA CADEIA CRÍTICA DE PROJETOS Aspectos Psicológicos Síndroma de estudante; Lei de Parkinson; Ausência de antecipações. Aspectos Metodológicos Lei de Murphy; Múltiplas Tarefas

71 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos GESTÃO DA CADEIA CRÍTICA DE PROJETOS O que é a Gestão da Cadeia Crítica? Deve-se a Eliyahu Moshe Goldratt Apenas o Caminho Crítico não basta O uso de Recursos é igualmente essencial

72 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Fator Psicológico Síndroma de estudante Trabalhadores agem como estudantes: deixam tudo para o último instante

73 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Fator Psicológico Lei de Parkinson 1955 Se temos, por exemplo, dez minutos para realizar uma dada tarefa, então levamos 10 minutos para realizar essa tarefa. Caso nos fossem dadas quatro horas para realizar a mesma tarefa, levávamos quatro horas. As pessoas apenas ajustam o nível de esforço de modo a manterem-se ocupadas durante o período de realização da tarefa.

74 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos Fazer Primeiro o que é mais importante Lei de Murphy: Se pode dar errado.... Aspecto Metodológico Execução de múltiplas tarefas Priorizar Tarefas

75 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA UTILIZAÇÃO DE BUFFERS BUFFER DE PROJETO Protege a data de conclusão contra os possíveis atrasos nas tarefas da cadeia, sendo colocado no final do projeto; BUFFER DE ALIMENTAÇÃO Protege a data de conclusão contra possíveis aumentos nas durações das tarefas;

76 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA Subdivisão do buffer em três regiões – Branco - não é necessário tomar nenhuma ação. – Cinzento - avaliar o problema e pensar em soluções. – Preto – agir rapidamente, terminar mais cedo os trabalhos não concluídos na cadeia.

77 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA Remove a margem de segurança das tarefas individuais Segurança Coloca-os em beneficio do projeto Segurança Fimfim Possibilidade de terminar mais cedo Estimativa de termino

78 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA Nesta figura temos um exemplo básico: Um projeto simples ilustrando o agendamento normal.

79 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA O primeiro passo consiste em criar a cadeia crítica reduzindo o tempo atribuído às tarefas para metade e organizando-as para um agendamento tão-tarde-quanto-possível. Passos 1.1 e 1.3

80 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA Nesta imagem podemos ver que os buffers já foram inseridos, depois de verificar a não existência de conflitos de recursos. Passos 2.2 e 3.1 FB – Feeding Buffer (Buffer de Alimentação) PB – Project Buffer (Buffer de Projeto)

81 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos MÉTODO DA CADEIA CRÍTICA Identificação da cadeia crítica – A mais longa cadeia de tarefas que considera as dependências de tarefas ou recursos. – Considera que um atraso na disponibilidade de um recurso pode atrasar um plano.

82 Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos 82


Carregar ppt "Gerenciamento de Tempo em Projetos André S. Monat MBA em Gerenciamento de Projetos SegmentoTópico PrimeiroDefinição das Atividades SegundoExercício de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google