A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PerspeKtiva Sistema de Gerenciamento de Prospect 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PerspeKtiva Sistema de Gerenciamento de Prospect 1."— Transcrição da apresentação:

1 perspeKtiva Sistema de Gerenciamento de Prospect 1

2 1.Equipe 2.Objetivo 3.Projeto 4.Sistema 5.Conclusão 1.Equipe 2.Objetivo 3.Projeto 4.Sistema 5.Conclusão 2 Apresentação

3 Objetivo Projeto Sistema Objetivo Conclusão Equipe 3 Diretora de Art, Designer e Tester Responsável pela criação do layout, prototipação (HTML + CSS), população dos dados e testes. Aline Santos

4 Objetivo Projeto Sistema Objetivo Conclusão Equipe 4 Programador, Analista de Banco de Dados e Arquiteto Responsável pela programação, montagem do banco de dados e diretrizes arquitetônicas do sistema. Fernando Silveira

5 Objetivo Projeto Sistema Objetivo Conclusão Equipe 5 Gerente do Projeto Responsável pelo gerenciamento do projeto, monografia e acompanhamento das tarefas. Joice Marques

6 Objetivo Projeto Sistema Objetivo Conclusão Equipe 6 Programador, Analista de Banco de Dados e Arquiteto Responsável pela programação, montagem do banco de dados e diretrizes arquitetônicas do sistema. Neill Lima

7 Objetivo Projeto Sistema Objetivo Conclusão Equipe 7 Diretora de Art, Designer e Tester Responsável pela criação do layout, prototipação (HTML + CSS), população dos dados e testes. Priscila Silva

8 Equipe Projeto Sistema Equipe Conclusão Objetivo Objetivo do Projeto 8 Implantar um novo sistema de prospecção de vendas com funcionamento online – perspeKtiva - para a possibilidade de análise de dados da fase de pré-vendas, sendo possível a geração de novos planos de abordagem e de vendas da empresa de acordo com os relatórios gerados com os dados apurados do sistema.

9 Projeto Sistema Equipe Conclusão 9 Objetivo Projeto Dominado por gigantes do Setor (Oracle, SAP, Sales Force). Grandes empresas já incorporaram o CRM em seu dia a dia. Pequenas e médias empresas estão descobrindo que o CRM aumenta a produtividade da equipe de vendas. CRM sendo desenvolvidos sob demanda, para atender as pequenas e médias empresas. Uso de um sistema CRM implica em mudanças organizacionais. O mercado de CRM

10 Objetivo Plano de Teste Plano de Teste Sistema Equipe Conclusão Projeto Gerenciamento - PMBOK 10 SOW ESCOPO Project Charter EAP / WBS Cronograma Requisitos do projeto Escopo do projeto Declaração do trabalho Representação WBS Cronograma do Projeto

11 Objetivo Plano de Teste Plano de Teste Sistema Equipe Conclusão Projeto Gerenciamento - FDD 11

12 Objetivo Plano de Teste Plano de Teste Sistema Equipe Conclusão Projeto Comparação dos métodos 12 MetodologiaPMBOKFDD Planejamento X Documentação X Controle X Desenvolvimento X Testes X Entrega X

13 Objetivo Projeto Documentos Equipe Conclusão Sistema Processo de criação Guidelines. Heurísticas. Escolha de cores e imagens. Otimização de protótipos. Resultado final. 13

14 Objetivo Projeto Documentos Equipe Conclusão Sistema Tecnologias Utilizadas Linguagens: HTML (marcação de texto) XML ( representaçao de dados) CSS JavaScript (jQuery 1.6) Softwares: Photoshop Dreamweaver 14

15 Objetivo Projeto Documentos Equipe Conclusão Sistema Tecnologias Utilizadas Frameworks: Hibernate 3.5 Struts 2 Ambiente (computacional): Java/JSP Outros: Apache Tomcat 6 como container de servlets. MySQL 5.5 como banco de dados. GitHub como repositório 15

16 Objetivo Projeto Documentos Equipe Conclusão Sistema 16 Arquitetura

17 Objetivo Projeto Documentos Equipe Conclusão Sistema 17 Arquitetura

18 Objetivo Projeto Documentos Equipe Conclusão Sistema 18 Modelagem

19 l Objetivo Projeto Sistema Equipe Checklist Conclusão Os objetivos foram alcançados? Se não, quais foram os desvios? Obstáculos: Janela apertada para desenvolvimento. Isso fez com que estivéssemos atrás do cronograma planejado. 19

20 l Objetivo Projeto Sistema Equipe Checklist Conclusão Lições aprendidas? Comunicação entre a equipe de desenvolvimento é vital. Ficar atento às datas de entrega e a qualidade dos documentos gerados. O trabalho vai ter continuidade? O trabalho foi tirado de um case real da empresa (Workgroup). A implantação do mesmo será proposto para a direção da empresa uma vez concluído. 20

21 l Objetivo Projeto Sistema Equipe Checklist Conclusão 21 Vamos ao sistema

22 Para certificar, existe uma avaliação formal que é realizada pelo SEI, e não existem entidades certificadoras (como a série ISO9001); São realizados questionários, entrevistas e visitas à empresa que deseja ser certificada; São verificados documentos e produtos de trabalho; Resulta em um relatório apontando os pontos fortes e fracos, oportunidades de melhorias, e a avaliação do posicionamento dos processos da empresa com os níveis do CMM; A iniciativa pode ser tomada pela própria empresa ou de uma empresa que deseja avaliar seus concorrentes para um contrato (terceirização); A iniciativa tomada pela própria empresa tem carater informal (interno), enquando que a outra, tem carater de auditoria externa; No Brasil ainda não existem pessoas do SEI aptas a realizar a certificãção. Para certificar, existe uma avaliação formal que é realizada pelo SEI, e não existem entidades certificadoras (como a série ISO9001); São realizados questionários, entrevistas e visitas à empresa que deseja ser certificada; São verificados documentos e produtos de trabalho; Resulta em um relatório apontando os pontos fortes e fracos, oportunidades de melhorias, e a avaliação do posicionamento dos processos da empresa com os níveis do CMM; A iniciativa pode ser tomada pela própria empresa ou de uma empresa que deseja avaliar seus concorrentes para um contrato (terceirização); A iniciativa tomada pela própria empresa tem carater informal (interno), enquando que a outra, tem carater de auditoria externa; No Brasil ainda não existem pessoas do SEI aptas a realizar a certificãção. Dúvidas 22

23 Para certificar, existe uma avaliação formal que é realizada pelo SEI, e não existem entidades certificadoras (como a série ISO9001); São realizados questionários, entrevistas e visitas à empresa que deseja ser certificada; São verificados documentos e produtos de trabalho; Resulta em um relatório apontando os pontos fortes e fracos, oportunidades de melhorias, e a avaliação do posicionamento dos processos da empresa com os níveis do CMM; A iniciativa pode ser tomada pela própria empresa ou de uma empresa que deseja avaliar seus concorrentes para um contrato (terceirização); A iniciativa tomada pela própria empresa tem carater informal (interno), enquando que a outra, tem carater de auditoria externa; No Brasil ainda não existem pessoas do SEI aptas a realizar a certificãção. Para certificar, existe uma avaliação formal que é realizada pelo SEI, e não existem entidades certificadoras (como a série ISO9001); São realizados questionários, entrevistas e visitas à empresa que deseja ser certificada; São verificados documentos e produtos de trabalho; Resulta em um relatório apontando os pontos fortes e fracos, oportunidades de melhorias, e a avaliação do posicionamento dos processos da empresa com os níveis do CMM; A iniciativa pode ser tomada pela própria empresa ou de uma empresa que deseja avaliar seus concorrentes para um contrato (terceirização); A iniciativa tomada pela própria empresa tem carater informal (interno), enquando que a outra, tem carater de auditoria externa; No Brasil ainda não existem pessoas do SEI aptas a realizar a certificãção. Custo de implantação 23


Carregar ppt "PerspeKtiva Sistema de Gerenciamento de Prospect 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google