A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PASCOM: um pouco de história Não sei se existe um registro que precise com exatidão o surgimento da PASCOM. Documento Inter Mirifia – Fundamental. Dois.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PASCOM: um pouco de história Não sei se existe um registro que precise com exatidão o surgimento da PASCOM. Documento Inter Mirifia – Fundamental. Dois."— Transcrição da apresentação:

1 PASCOM: um pouco de história Não sei se existe um registro que precise com exatidão o surgimento da PASCOM. Documento Inter Mirifia – Fundamental. Dois Documentos importantes da CNBB publicados na década de 60: Plano de Emergência da Igreja no Brasil (Doc.da CNBB Nº 1) Plano de Pastoral de Conjunto ( ) Nestes Doc. Não aparece a expressão Pastoral da Comunicação, mas se refere à criação do SNOP e uso dos Meios.

2 A preocupação daquele período era Formação do clero, Paróquias Colégios católicos Em 1961, o Papa João XXIII escreveu à direção do CELAM pedindo que os bispos na América Latina elaborassem um Plano de Pastoral. Era a fase preparatória do Concílio Vaticano II. Os bispos do Brasil elaboraram um Plano de Emergência (Doc. Nº 1 da CNBB) e posteriormente um Plano de Pastoral de Conjunto para 4 anos – Neste Plano, a Comunicação ( ) aparece de forma muito tênue, só nas entrelinhas.

3 Foi criado um Secretariado Nacional de Opinião Pública (SNOP) Futuro Setor de Comunicação da CNBB. Foram constituídos os 12 primeiros Regionais da CNBB. Ações diversas. Entre elas: Promover a ação Litúrgica Não aparece aqui, ainda, a Pastoral da Comunicação, mas há um ponto que chama a atenção: Promover e organizar celebrações litúrgica e da Palavra pelo Rádio e TV. Um segundo texto sobre comunicação encontra-se na Ação Missionária: Promover o anúncio missionário da Palavra através dos meios de comunicação Opinião Publica = Pastoral da Comunicação

4 Um pouco de história da Igreja na América Latina Com o desenvolvimento das novas tecnologias, na década de 70, passou-se a pensar na América Latina, na utilização dos meios de comunicação para a ação evangelizadora. O CELAM apontava para os meios grupais O Vaticano priorizava os meios massivos A Conferência de Medellín indicava a urgência da comunicação para a evangelização

5 AVANÇOS 1970 e 1980 – Algumas lideranças católicas entendiam ser necessário voltar-se para o mundo das comunicações. Em 1990, no Documento Diretrizes Gerais da Pastoral na Igreja do Brasil a mesma reconhecia que não era mais a Instituição-mestra. Havia outros interlocutores, entre eles os MCS. O projeto Igreja Rumo ao Novo Milênio convocava os agentes pastorais e todo o povo católico para refletir sobre os desafios que impregnam a cultura moderna A Igreja no Brasil foi aos poucos descobrindo a comunicação como espaço de Evangelização. Em 1967 criou o Prêmio Margarida de Prata para aproximar a Igreja dos artistas e produtores.

6 O que deu grande impulso à Comunicação no Brasil foi a Campnha da Fraternidade de 1989, com o tema:Comunicação para a Verdade e a Paz. A Pastoral da Comunicacão tornou-se prioridade da ação evangelizadora da Igreja no Brasil. A CNBB publica muitos Documentos sobre o tema que revelam a constante preocupação com a comunicação.


Carregar ppt "PASCOM: um pouco de história Não sei se existe um registro que precise com exatidão o surgimento da PASCOM. Documento Inter Mirifia – Fundamental. Dois."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google