A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Família é a Base da Sociedade. O Que é a Família? Criou Deus, pois, o homem a sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Família é a Base da Sociedade. O Que é a Família? Criou Deus, pois, o homem a sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus."— Transcrição da apresentação:

1 A Família é a Base da Sociedade

2 O Que é a Família? Criou Deus, pois, o homem a sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou… Gn

3 Deus é o criador da família. Portanto ele é o único que tem a autoridade e o direito de dizer o que é a família, para que existe e como deve funcionar. Por isso deixa o homem pai e mãe, e se une a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne Gn 2.24

4 O que é uma família? 1- FAMÍLIA É UMA SOCIEDADE SEM FINS LUCRATIVOS. Deve prevalecer no relacionamento familiar a atitude de doação, onde cada um pergunta: O que posso fazer pelo outro? Em lugar das cobranças e das criticas deve haver um constante esforço em ajudar o outro a crescer.

5 A Bíblia diz que Deus arranjou uma auxiliadora para o homem e que a mulher foi tomada do homem. Existe uma dependência mutua. Deus fez a mulher e o homem de modo que a fusão de ambos resulte na verdadeira felicidade. Deus quer que a mulher seja um ajudadora do homem e o diabo luta pela independência dela.

6 O lar não sobrevive se cada um vive em função de si mesmo e usa o outro para obter vantagens. Na família acontece a morte do eu (individualismo) e nasce o nós (coletividade).

7 2- FAMILIA É UM CENTRO DE FORMAÇÃO PARA A VIDA. No ambiente familiar são formados os caracteres e definidos os valores que nortearão a conduta das pessoas. Ex. A psicologia afirma que uma criança recolhe todos os dados para a formação de sua personalidade do ventre até os 7anos. O grande filosofo Sócrates disse: dê-me uma criança até os 6 anos e farei dela o que quiser.

8 Cada família desenvolve sua modalidade de aprendizagem baseada em experiências cotidianas que, repetidas inúmeras vezes, marcam o seu tipo de funcionamento e definem sua didática de transmissão de valores. Ou seja, o filho de um dizimista vai ser dizimista.

9 Três coisas o pai deve dar ao filho: 1ª- exemplo 2ª- exemplo 3ª- exemplo

10 dede A igreja e a sociedade é o que as famílias são; logo, a pessoa se mostra na igreja e na sociedade como ela é na família; quem não é dedicado na família não será na Igreja e na sociedade

11 4- FAMILIA É UM LABORATORIO PARA EXPIREMENTAR A FÉ. Talvez não haja lugar mais difícil, para uma pessoa expressar a sua fé em Cristo do que no ambiente familiar e isso gera, muitas vezes, a anomalia de uma vida dupla. É tão comum encontrar pessoas que, para o publico externo se revelam muito consagradas, mas em casa são irreconhecíveis como crentes. (ilus. Do menino que pediu ao pai para morar na Igreja.).

12 A família funciona como um laboratório que recebe informação de gerações anteriores.

13 EX. Jz.2.6,10 – ( ler) houve uma falha na comunicação uma geração sem memória, quem falhou: os levitas, os sacerdotes, os profetas ou as famílias. EX. II Tm.1.5- ( ler) (uma formação que leva valores três próxima gerações). Ou seja, oferece lente através das quais eles vão enxergar a vida.

14 Alguns transferem para a Igreja e seus programas a responsabilidade de instruir espiritualmente os seus filhos. Não compete apenas a Igreja a função de realizar o ensino religioso com a criança, mas também a família, sendo o espaço inicial onde se desenvolvem as primeiras experiências de aprendizagem.

15 5-FAMILIA É UM POSTO DE REABASTECIMENTO EMOCIONAL. A vida numa sociedade altamente competitiva, desumana e despersonalizadora geram altos níveis de estresse e ansiedade nas pessoas. Dessa forma o ser humano precisa de um espaço onde possa relaxar, encontra paz, e refazer-se para a luta diária. A família precisa ser esse refugio esse posto para recuperação da energia, da motivação e da alegria.

16 Ex. O que motivou no filho pródigo a vontade de voltar para casa foi à lembrança de como o seu pai tratava os empregados. Lc (ler

17 OS TRÊS CONTEXTOS DA FAMÍLIA 1º A FAMÍLIA NO CONTEXTO BÍBLICO: Uma Instituição Divina Uma Instituição Divina O relato de Gênesis 2:18-25, em comparação com Gênesis 1:27, 28 é claro quanto à formação do núcleo familiar, que implica em deixar pai e mãe. E sob o ponto de vista Bíblico, essa nova união se destinará:

18 Ao companheirismo Ao companheirismo Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea. Gn. 2:18. Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea. Gn. 2:18.

19 Ao prazer mútuo Ao prazer mútuo Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do teu poço. Derramar-se-iam por fora as tuas fontes, e, pelas praças, os ribeiros de águas? Sejam para ti somente e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias. Pv. 5:15-19.Bebe a água da tua própria cisterna e das correntes do teu poço. Derramar-se-iam por fora as tuas fontes, e, pelas praças, os ribeiros de águas? Sejam para ti somente e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade, corça de amores e gazela graciosa. Saciem-te os seus seios em todo o tempo; e embriaga-te sempre com as suas carícias. Pv. 5:15-19.

20 À reprodução da espécie À reprodução da espécie E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra. Gn. 1:28.

21 Devendo ser uma união permanente Devendo ser uma união permanente Vieram a ele alguns fariseus e o experimentavam, perguntando: É lícito ao marido repudiar a sua mulher por qualquer motivo? Então, respondeu ele: Não tendes lido que o Criador, desde o princípio, os fez homem e mulher e que disse: Por esta causa deixará o homem pai e mãe e se unirá a sua mulher, tornando-se os dois uma só carne? De modo que já não são mais dois, porém uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem. Mt. 19:3:- 6.

22 Honrada Honrada Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém aos que se dão à prostituição e aos adúlteros Deus os julgará. Hb. 13:4.

23 Deve ser vista como benção de Deus Sl. 128:1-6.

24 2º A FAMÍLIA NO CONTEXTO JURÍDICO: Uma instituição regulamentada Uma instituição regulamentada O artigo 226 da Constituição Brasileira declara: A família, base da sociedade, tem especial proteção do Estado. Os parágrafos 3º e 4º do referido artigo definem: Para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a Lei facilitar sua conversão em casamento.

25 Entende-se, também, como entidade familiar, a comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes. Diz ainda o parágrafo 6º do artigo 227: Os filhos nascidos ou não da relação do casamento, ou por adoção, terão os mesmos direitos de qualificação, proibidas quaisquer designações discriminatórias relativas à filiação.

26 A regulamentação da instituição familiar, sob o aspecto jurídico, dá-se através do chamado DIREITO DE FAMÍLIA, que é o conjunto de princípios que regulam a celebração do casamento, sua validade, os efeitos que dele decorrem, as relações pessoais e econômicas da sociedade conjugal, bem como a dissolução das relações entre pais e filhos, o vinculo de parentesco e os institutos complementares da tutela e da curatela e da ausência.

27 3º A FAMÍLIA NO CONTEXTO ATUAL: Uma instituição ameaçada Uma instituição ameaçada É inegável que nos tempos em que vivemos, o conceito de família nuclear tem sido esvaziado e pouco valorizado, em função da oposição por uma forma de vivencia familiar reduzida, em nome de uma aparente e ilusória liberdade dissoluta e irreverente que tal estilo de vida pode oferecer.

28 Esta incoerência tangente a esse novo estilo familiar, tem sua origem em uma profunda quebra de valores e conflitos não resolvidos nas pessoas, que incompetentemente, por razões psicológicas ou por circunstancias sócio-econômicas, estão sendo levadas a essa modalidade de vida familiar, no intimo, talvez indesejada, porém, aparentemente aceita e justificada.

29 Também é possível, que esta opção tenha alguma relação com a ética centrada no indivíduo, tão propagada hoje, que estimula o individualismo e promove o egoísmo. Temos de admitir que os horizontes à frente da família sejam incertos.

30 As conseqüências sociais da deterioração do conceito de família são imprevisíveis. A crise de valores tem minado os alicerces da família. Ela está completamente exposta a determinados fatores, contra os quais, muitas vezes, não pode e nem saberia como reagir.

31 A família e seus desafios A família e seus desafios A vida cristã familiar em toda a sua maneira de viver e existir, é uma corrida em direção ao um alvo. Não podemos nos desviar nem para a direita nem para esquerda; nem tampouco podemos parar. Pois a nossa finalidade é atingir o nosso alvo; se é que existe um alvo.

32 O nosso objetivo primordial não é determinar regras de conduta pessoal, salvo quando o assunto for embasado na carta magna, a palavra de Deus, pois esta, sim, é a única que pode ditar regras e determinar os nossos passos em toda a nossa maneira de viver.

33 Quais os princípios Bíblicos para o matrimonio? Gn 2:24 - Há três princípios sobre matrimônio neste texto:

34 1ª- Deixar pai e mãe 1ª- Deixar pai e mãe Esse deixar denota um rompimento em nível geográfico, físico, emocional e econômico, em função da nova união. Gênesis originalmente foi escrito na língua hebraica. No hebraico há um verbo forte aqui, com o sentido de "abandona". Não somente deixar pai e mãe. É abandonar!

35 Obviamente que não há o sentido de desprezo nesta idéia. Mas, sim, de uma real separação. O ideal é que o novo casal more LONGE dos pais dele ou dela. Porque iniciam vida nova. O casal agora é uma família: seus pais são apenas parentes.

36 O casal aprende a resolver todos os seus problema por si só. Sem a interferência "da barra da saia da mãe". Suponhamos uma situação em que marido-mulher encontram- se em discordância ou problema. Ele (ou ela) procuram a "mãezinha". O que essa mãe (ou sogra) responderá? Se for realmente sábia, dirá – "não me conte nada! Volte para seu lar! Resolvam vocês mesmos!.

37 2ª - Une-se à sua mulher (união – Ofator"UM") 2ª - Une-se à sua mulher (união – Ofator"UM") Tal princípio vale para ambos: Ele & Ela. Porém a maior ênfase é ao homem. O marido se une à sua mulher. Este é o princípio da FOCALIZAÇÃO. Ele focaliza sua atenção NELA.

38 3- Tornando-se os dois uma só carne 3- Tornando-se os dois uma só carne ambos uma só pessoa, na matemática de Deus = 1. È uma linda semelhança com Deus: Deus é um, e ao mesmo tempo, TRÊS. O casal é um, e ao mesmo tempo duas pessoas. O certo é: o homem inteiro (100%) doado à sua esposa; A mulher inteira (100%) doada à seu marido; Ambos somados dá exatamente 100%, nada menos, nada mais!

39 Precisamos fazer uma consideração muito importante A IGREJA ESTA DIANTE DE UMA NOVA FAMILIA. COMO ÉSTÁ A FAMILIA MODERNA.

40 1-Falência do exercício da autoridade. Não é uma força imposta. (autoritarismo) que faz concordar, ou se rebelar. Autoridade e autoritarismo são coisas diferentes. É adequado que alguém esteja na posição de autoridade e sob autoridade. O mundo é vertical: Deus reina sobre todas as coisas e o homem reina sobre a criação.

41 Rm (ler) Nossa cultura perdeu o sentido de hierarquia, submissão. Fomos cativos pela idéia de igualdade de um mundo horizontal. É digno está debaixo de autoridade. Tg.4.7 ( ler) Sem autoridade não há submissão. (caso comum na Igreja, crise de submissao, o que talvez explique a grande quantidade de crentes infelizes).

42 2-Superficialidade nos relacionamentos. 2-Superficialidade nos relacionamentos. Existe uma serie de motivos. Trabalho. Televisão, Internet.. Frases quanto mais me aproximo das pessoas, mas amo os animais. Trocamos a mesa da cozinha pelo sofá nas horas das refeições, trocamos as discussões familiares pelo isolamento do quarto, onde cada um fica com o seu computador, o seu aparelho de televisão e etc..

43 O superficial e o profundo

44 3-Conflito nos papeís. 3-Conflito nos papeís. Motivos; a liberdade feminina que provoca uma disputa. Casamento é a junção de metades. O homem e a mulher cada um tem o seu papel a desempenhar no lar. Apesar da luta dos que defendem igualdade entre os sexos é claro que há diferenças marcantes, quer na natureza, quer nos papeis a desempenhar. São diferenças biológicas, físicas, psicológicas e emocionais. Ex. de quem é papel de amamentar?

45 4-Família disfuncional. 4-Família disfuncional. Motivos; divorcio. (casamento é uma instituição falida?) (crianças criadas pelos avós, tios e etc.) Confunde-se dialogo com ausência de limites. Confunde-se disciplina com violência. Famílias compostas por duas pessoas do mesmo sexo, ou então só pelo pai ou só pela mãe.

46 5-Casamento misto. 5-Casamento misto. Motivos; esperança de levar o parceiro a conversão. O que normalmente não acontece, quando não acontece o oposto há desconversão do queria converter. OBS. Quem converte é o Espírito.

47 Qual a Situação Atual da Sociedade? Qual a Situação Atual da Sociedade? A crise da sociedade de hoje está principalmente nas famílias. Nos lares existem tensões, contendas, discussões, iras, gritarias, ofensas, ressentimentos, amarguras e até, separações e divórcios. A família é o alvo dos maiores ataques de Satanás. A família é o alvo dos maiores ataques de Satanás.

48 Para que Existe a Família? Muitos que se casam nunca perguntaram: Para que existe a família? Casam-se, trabalham, se esforçam, compram coisas, têm filhos, mas não sabem o porquê. Esta falta de definição leva a maioria das pessoas a crerem que são bons pais, apenas por darem a seus filhos a comida, roupa, casa, escola, etc. Tudo isto é necessário, mas não é o fundamental.

49 Qual é o propósito da família? Qual é o propósito da família? Objetivos Errados: Alguns têm como principal objetivo da vida o progresso material. Vivem desejando e trabalhando para alcançar o progresso desejado (Lc 12.15). Alguns têm como principal objetivo da vida o progresso material. Vivem desejando e trabalhando para alcançar o progresso desejado (Lc 12.15).

50 Outros casam para ter felicidade pessoal. São egoístas. Pensam só em receber e nunca em dar. Querem ser servidos e não servem. O fracasso é certo. Outros casam para ter felicidade pessoal. São egoístas. Pensam só em receber e nunca em dar. Querem ser servidos e não servem. O fracasso é certo. Outros fazem da família um fim em si mesmo. É a idolatria da família. A família se torna mais importante que Deus. Outros fazem da família um fim em si mesmo. É a idolatria da família. A família se torna mais importante que Deus.

51 Há aqueles que se casam para terem os benefícios da vida de família, tais como: a alegria de viver em companhia, o dar e o receber afeto, o deleite das relações sexuais, a cobertura e proteção, a alegria de ter filhos, etc. Todos estes benefícios são legítimos, mas não podemos fazer deles o objetivo e propósito para a família. Há aqueles que se casam para terem os benefícios da vida de família, tais como: a alegria de viver em companhia, o dar e o receber afeto, o deleite das relações sexuais, a cobertura e proteção, a alegria de ter filhos, etc. Todos estes benefícios são legítimos, mas não podemos fazer deles o objetivo e propósito para a família.

52 Qual é o Propósito de Deus para a Família? Qual é o Propósito de Deus para a Família? Deus é o criador da família. Ele é o dono da família. A família existe para ele (Rm 11.36). Ele tem um propósito para a família. Por que Deus instituiu o casamento? Por que deu uma esposa para Adão? Porque Deus tem um propósito eterno. A Família existe para cooperar com o propósito de Deus: ter uma Família de muitos Filhos Semelhantes a Jesus.

53 Como a Família Coopera com o Propósito de Deus? Como a Família Coopera com o Propósito de Deus? 1-Na Criação de Filhos para Deus É emocionante pensar que podemos ter filhos a quem Deus pode adotar como Seus filhos. Com este propósito em vista, todo trabalho e esforço da família se transforma em um serviço para Deus. Cozinhar, lavar, passar, trabalhar para o sustento diário, ter filhos, criá-los, instruí-los, educá-los, tudo isto deve ser para Deus. Somos seus colaboradores.

54 Os que se casam com o propósito de ter os benefícios do casamento, dificilmente serão felizes. Logo descobrirão que além dos benefícios, há trabalho, responsabilidades, dificuldades, lutas e sofrimentos. Deus não forma uma família para si mesmo à custa da nossa felicidade. Ele quer que sejamos felizes e que desfrutemos os benefícios que a família oferece. Mas os benefícios são secundários. O importante é o seu propósito eterno.

55 Como ficam os casais que não podem ter filhos? Como ficam os casais que não podem ter filhos? Todos podem ter filhos, quer seja gerando ou adotando-os. Há tantos filhos que precisam de pais!

56 Como ficam os que não se casam? Como ficam os que não se casam? Podem dedicar-se a outros aspectos do serviço na obra do Senhor. Jesus não se casou, Paulo não teve família, mas ambos se entregaram totalmente ao propósito de Deus.

57 2- Na Formação e Desenvolvimento do Ser Humano A convivência familiar nos coloca nas circunstancias ideais para nosso aperfeiçoamento. É na família que se forma o nosso caráter. Nela, aprendemos a praticar o amor, a humildade, a paciência, a bondade e a mansidão. Também aprendemos responsabilidade, disciplina, sujeição, serviço, respeito e tolerância.

58 Assim como aprendemos a perdoar, confessar, suportar, negar a nos mesmos, exercer autoridade com amor, corrigir com graça, sofrer, orar e confiar em Deus. O lar é a escola de formação tanto para os pais quanto para os filhos. Deus vai utilizar a convivência familiar, mais do que qualquer outra coisa, para transformar o nosso caráter à semelhança de Jesus Cristo (Rm ).

59 4- Como Base para o Crescimento e a Edificação da Igreja Isto acontece quando abrimos os nossos lares para que os perdidos possam encontrar a vida de Cristo e o ensino da palavra de Deus.

60 Bem-aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos! Do trabalho de tuas mãos comerás, feliz serás, e tudo te ira bem. Tua esposa no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos como rebentos da oliveira, a roda da tua mesa. Eis como será abençoado o homem que teme ao Senhor! O Senhor te abençoe desde Sião, para que vejas a prosperidade de Jerusalém durante os dias de tua vida, vejas os filhos de teus filhos. Paz sobre Israel! (Sl, 128).


Carregar ppt "A Família é a Base da Sociedade. O Que é a Família? Criou Deus, pois, o homem a sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google