A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 AS ORIGENS DA GEOGRAFIA POLÍTICA Há quase um consenso entre os especialistas que essa disciplina teria sido fundada ou pelo menos redefinida – advindo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 AS ORIGENS DA GEOGRAFIA POLÍTICA Há quase um consenso entre os especialistas que essa disciplina teria sido fundada ou pelo menos redefinida – advindo."— Transcrição da apresentação:

1 1 AS ORIGENS DA GEOGRAFIA POLÍTICA Há quase um consenso entre os especialistas que essa disciplina teria sido fundada ou pelo menos redefinida – advindo daí a geografia política moderna – por Friedrich RATZEL, com a obra Politische Geographie (Munique, Leipzig, 1897).

2 2 Friedrich Ratzel ( )

3 3 Mas alguns autores - poucos - buscam o nascimento da geografia política em outros autores e épocas: Para Kasperson e Minghi (The structure of Political Geography, Chicago, Aldine Publishing, 1969) ela teria sido iniciada por ARISTÓTELES na sua obra A Política, do século V aC.; Para Jean Gottmann (La Politique des Etats et leur Géographie, Paris, Armand Colin, 1952), ela teria começado com MONTESQUIEU no seu livro O espírito das Leis, do século XVIII.

4 4 Afinal, por que Ratzel é tido como o fundador da Geografia Política? 1.Ele teria sido o primeiro a escrever sobre o assunto, isto é, sobre a dimensão espacial da política? NÃO. (Vários pensadores antes dele abordaram esse tema: Aristóteles, Maquiavel, Montesquieu, etc., mesmo não pretendendo fazer geografia nem sendo considerados geógrafos).

5 5 2. Ele teria sido afinal o criador do rótulo, isto é, da expressão geografia política ? NÃO. Era muito comum a existência de obras – artigos, verbetes em enciclopédias e até livros – com esse título nos séculos XVI, XVII e XVIII.

6 6 Então, os motivos para se considerar Ratzel como o iniciador da Geografia Política, pelo menos de sua fase científica ou moderna, são: 1. Ele delimitou com relativa clareza o que é política – fazendo uso de uma concepção maquiavélica – e quais são os seus aspectos geográficos ou espaciais. Nas obras anteriores, todos os aspectos de um Estado ou país eram abordados: as montanhas, o clima, os rios, a população, etc.

7 2. Ele propôs um estudo nomotético (que busca teorias, conceitos, princípios ou leis), sendo que as obras anteriores eram todas idiográficas (isto é, estudos de casos particulares) e descritivas. 7

8 3. Ele adotou uma concepção moderna – isto é, advinda da modernidade – de política = Estado e as atividades a ele ligadas (lutas pelo poder, guerras, conquistas territoriais, busca de poderio internacional) 8

9 9 Politsche Geographie [Geografia Política], de F.Ratzel (1897) SUMÁRIO Seção 1 – Sobre as relações entre o solo [espaço/território] e o Estado - O Estado, organismo ancorado ao solo - O solo no desenvolvimento do Estado - Posse, propriedade e soberania Seção 2 – Movimento histórico e crescimento dos Estados - O movimento histórico, - Diferenciação e valores políticos - Conquista e colonização - Domínio Estatal e domínio natural

10 10 RATZEL – Geogr.política (continuação) Seção 3 – O crescimento espacial dos Estados - A influência das representações geográficas e das idéias religiosas e nacionais sobre o desenvolvimento dos Estados - O desenvolvimento estatal em interação ao meio ambiente Seção 4 – A posição - Posição no sentido lato e restrito Seção 5 – A extensão - Extensão [tamanho] territorial e seus efeitos políticos; - Povoamento e comércio Seção 6 – As fronteiras As fronteiras naturais Fronteiras como órgão periférico.

11 11 Alguns trechos do livro Geografia Política, de Ratzel (1897) A geografia política é o estudo das relações entre o Estado e o solo (apresentação) Podemos encontrar na História uma diferença entre a política territorial, ou geográfica, e a política em geral, isto é, não territorial (Seção1,capítulo 2). A forma correta de entender o Estado é considerá-lo como um organismo, que se encontra enraizado ao solo (Idem). O desenvolvimento do Estado é um processo espacial(…) Uma potência puramente política, independente do solo, não pode existir a não ser como forma transitória (Idem) A guerra representa, do ponto de vista geográfico, um movimento poderoso, brusco e violento, no qual massas humanas de um país penetram dentro de um outro país (Seção 2, capítulo 1)

12 12 RATZEL (continuação) Faz parte da natureza dos Estados o desenvolvimento em rivalidade com os vizinhos, e o objetivo da disputa consiste geralmente em porções territoriais. A aquisição de terras torna- se o alvo do desenvolvimento político e a existência de um grande Estado incita os seus vizinhos menores a nivelar as diferenças através da aquisição/conquista de territórios (Idem, seção 3) Todos os grandes Estados do passado e do presente foram obra de povos civilizados. Essa ligação pode ser vista claramente pelo fato de que, com exceção da China, os grandes Estados da atualidade estão na Europa ou em zonas coloniais européias (Idem, seção 3).

13 13 Ratzel – continuação (2) A extensão [territorial] e a duração são, para os Estados, dois atributos intimamente ligados(…) São as mesmas forças, aquelas que permitem a um povo preservar a integridade de seu território herdado ou conquistado, as que da mesma forma permitem que ele dure décadas ou séculos (Idem, Seção 5).

14 14 Como avaliar criticamente essa obra de Ratzel? 1. Delimitação de um novo objeto [os geógrafos políticos que o sucederam, mesmo discordando de vários aspectos, reproduziram os seus temas e conceitos essenciais] 2. Forte influência do seu contexto: defesa do colonializmo alemão, darwinismo, positivismo e cientificismo.


Carregar ppt "1 AS ORIGENS DA GEOGRAFIA POLÍTICA Há quase um consenso entre os especialistas que essa disciplina teria sido fundada ou pelo menos redefinida – advindo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google