A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1. 2 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça. Oportunidades Iguais. Respeito às Diferenças.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1. 2 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça. Oportunidades Iguais. Respeito às Diferenças."— Transcrição da apresentação:

1 1

2 2 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça. Oportunidades Iguais. Respeito às Diferenças. Coordenação Eunice Léa de Moraes Equipe: Daniela Oliveira, Flavia Siqueira, Henrique Santos, Kilma Cavalcanti

3 Apresentação O programa Pró-equidade de Gênero e Raça é uma das principais ações do II Plano Nacional de Políticas para as Mulheres, capítulo primeiro, intitulado: Autonomia econômica e igualdade no mundo do trabalho, com inclusão social fortalecer a democracia, com igualdade de gênero, raça e etnia, e a cidadania com transparência, diálogo social e garantia dos direitos humanos, visando à diminuição das desigualdades e discriminações sociais e econômicas de gênero, raça, etnia e orientação sexual no mundo do trabalho. (PPA 2008/11-4º objetivo-Governo Federal) A garantia da autonomia econômica e social das mulheres é uma das condições estruturantes fundamentais para a transformação das condições de vida e de desigualdade vividas pelas mulheres, especialmente aquelas que vivem as discriminações decorrentes das clivagens entre desigualdade social, de gênero e racial.

4 Institucionalidade O Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça é uma iniciativa do Governo Federal, que, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República – SPM/PR reafirma os compromissos de promoção da igualdade entre mulheres e homens inscrita na Constituição Federal de Tem o apoio da Organização Internacional do Trabalho - OIT - Escritório no Brasil e da ONU MULHERES - Entidade das Nações Unidas para Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres – Escritório Brasil e Cone Sul As ações de promoção da autonomia econômica das mulheres e igualdade de oportunidade e tratamento por meio das relações laborais deverão, ainda, estar articuladas ao Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência Contra as Mulheres, na perspectiva de superação das desigualdades, opressão, violência e discriminação de gênero, raça, etnia, orientação sexual, idade e classe que ainda afetam, principalmente, as mulheres brasileiras SPM OIT ONU MULHERES

5 Objetivos O objetivo é a equidade de gênero e raça no mundo do trabalho, com ênfase em três pilares:

6 1 Promoção da cidadania e combate à discriminação no acesso, remuneração,ascensão e permanência no emprego de mulheres e homens

7 2 Compromisso com a equidade de gênero e raça priorizando a gestão de pessoas e a cultura organizacional da empresa/ instituição.

8 3 Difusão de práticas exemplares entre as empresas e instituições que promovam a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens dentro das organizações.

9 Ponto Focal O ponto focal do programa é a promoção da igualdade de gênero e raça no mundo do trabalho, com ênfase em três bases:

10 1 S uperação da desigualdade de remuneração e de ocupação dos cargos gerenciais, onde a disparidade salarial e o acesso a cargos entre homens e mulheres, brancos (as) e negros (as) ainda é muito grande.

11 2 As ações devem dar visibilidade e valorização ao trabalho desenvolvido pelas mulheres para que a equidade seja efetivada.

12 3 As organizações podem adotar boas práticas laborais com critérios de equidade, de gênero e raça como oportunidades para melhorar a gestão empresarial/organizacional e fomentar a inovação tecnológica, a economia, a produtividade e a eficiência de bens e serviços de qualidade.

13 Bases do Programa Legitimidade.O programa está incluído: no PPA 2008 a 2011 do Governo Federal, no II PNPM, reconhecido como exitoso em âmbito nacional e internacional. Relevância. A estratégia desenvolvida pelo programa vem respondendo de forma continuada e sistemática a promoção da igualdade. Sustentabilidade. As ações desenvolvidas pelas organizações participantes vem gradativamente alcançado os objetivos e resultados previstos no programa. Diálogo Social. As ações e os resultados do programa contam efetivamente com o apoio e a colaboração: na execução, no acompanhamento, na avaliação e, na divulgação de diferentes sujeitos sociais locais, nacionais e internacionais Inovação, Conhecimento e Socialização. As ações e práticas de equidade geram nas relações de trabalho : conhecimentos,procedimentos políticas, metodologias, instrumentos inovadores e criativos de promoção da igualdade de gênero e etnicorracial que devem ser socializados.

14 Princípios Incorporação de indicadores de gênero,raça na seleção, contratação promoção. Incorporação de medidas orientadoras de combate a desigualdade discriminação

15 Metas político-ideológicas, Metas estruturais, Metas para redução das desigualdades entre homens e mulheres As organizações que aderirem ao programa terão que cumprir com as metas estabelecidas em quantidade (%) e qualidade da efetivação da equidade de gênero e raça, que deverão estar expressas no plano de ação de cada organização.

16 Metas político-ideológicas sensibilização e capacitação para transformar a cultura da alta direção e da gestão de pessoas, assumindo o protagonismo do compromisso com a implementação e êxito do programa na empresa /instituição.

17 Metas estruturais Instalação de procedimentos dispositivos p/transformação efetiva de estruturas laborais assimétricas na organização. recrutamento, seleção, capacitação, sistema de promoção de pessoas e compensações bases institucionalizadas de igualdade p/ erradicar condutas discriminatórias, de assédio moral e sexual

18 Metas para redução das desigualdades entre homens e mulheres Incorporação de mecanismos de recrutamento e desenvolvimento da carreira e acesso a cargos de direção mais transparentes e abertos para todas as pessoas, com comissões de seleção e de promoção capacitados em gênero e raça, com apoio de ação afirmativa para fomentar a seleção e promoção de mulheres a postos de responsabilidades melhor remunerados. Também, a revisão de escalas de remuneração e de competências; valorização das ocupações femininas, na perspectiva etnicorracial para a concretude da equidade.

19 Etapas do Programa 1ª Etapa – Termo de Adesão (voluntária) Empresas e Instituições 2ª Etapa – Ficha Perfil (diagnóstico da organização) Empresas e instituições 3ª Etapa – Plano de Ação (elaborado a partir do diagnóstico da organização ) Empresas e Instituições 4ª Etapa –Pactuação (análise da ficha perfil e plano de ação) Coordenação e Comitê Ad Hoc 5ª Etapa - Monitoramento/Avaliação – Coordenação e Comitês Ad hoc e Técnico-Institucional 6ª Etapa – Concessão do Selo – SPM/Presidência da República

20 Áreas de Incidência Gestão de Pessoas e Cultura Organizacional O Plano de ação, instrumento operacional do compromisso assumido pela direção da organização, deve contemplar ações nos dois blocos em que se divide a área de incidência. As ações visam introduzir, aprofundar e demonstrar o compromisso com a equidade de gênero e raça.

21 Gestão de Pessoas Processos de capacitação e treinamento interno Processos de Ascensão, planos de carreira, cargos, salários, remuneração

22 Cultura Organizacional Práticas de sensibilização de a equidade de gênero,raça na cadeia de relacionamentos da organização Mecanismos de combate à ocorrência de assédio moral e sexual

23 O Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça Objetivo - estimular a equidade de gênero e raça no mundo do trabalho, valorizando e evidenciando o compromisso das organizações públicas e privadas com esta equidade. O Selo representa o reconhecimento do trabalho feito pelas organizações no desenvolvimento cotidiano de novas concepções de gestão de pessoas e cultura organizacional para alcançarem a equidade entre homens e mulheres - gênero e raça no mundo do trabalho, eliminando todas as formas de discriminação, evidenciando publicamente o compromisso da organização com a equidade de gênero e etnicorracial na promoção da cidadania e a difusão de práticas exemplares no mundo do trabalho para a efetivação da equidade. É uma certificação que atesta que a empresa ou a instituição no âmbito público ou privado promove ativamente a igualdade entre trabalhadoras e trabalhadores e que faz mediante a adoção de requisitos do programa

24 Categorias do Selo Categoria Bronze – destinado às organizações que realizarem ações de conscientização e sensibilização da força de trabalho, da média e da alta direção em: eventos, palestras, cursos e oficinas sobre: gênero; raça e etnia, discriminação e desigualdades, assédio moral e sexual.

25 Categoria Prata Destinado às organizações que realizarem ações de conscientização e sensibilização da força de trabalho, da média e da alta direção (eventos, palestras,cursos e oficinas sobre questões de gênero, raça e etnia, discriminação, desigualdades e assédio moral e sexual ) e de transformações estruturais : na gestão de pessoas: sistema de recrutamento e seleção, processos de capacitação e treinamento interno, programas de saúde e segurança no trabalho e políticas de benefícios; na cultura organizacional: mecanismos de combate às praticas de discriminação, assédio moral e sexual, propaganda institucional interna e externa.

26 Categoria Ouro Destinado às organizações que realizarem ações de conscientização e sensibilização da força de trabalho, da média e da alta direção (eventos, palestras,cursos e oficinas sobre questões de gênero, raça e etnia, discriminação, desigualdades e assédio moral e sexual) e de transformações estruturais: na gestão de pessoas: sistema de recrutamento e seleção, processos de capacitação e treinamento interno; programas de saúde e segurança no trabalho; políticas de benefícios; processo de ascensão funcional e planos de carreira, cargos, salários e remuneração na cultura organizacional: mecanismos de combate às praticas de discriminação, assédio moral e sexual, propaganda institucional interna e externa, práticas de sensibilização voltadas para a equidade de gênero na cadeia de relacionamento da organização.

27 A Concessão do Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça. Receberá o Selo a organização que cumprir com: as etapas, os objetivos, as diretrizes, os princípios e as metas do programa expressas qualitativamente e quantitativamente no plano de ação, das duas áreas de incidência - gestão de pessoas e cultura organizacional- aprovadas pela Coordenação os prazos estabelecidos pela Coordenação do Programa. Para receber o Selo, a organização terá que alcançar o mínimo de 70% de execução das ações pactuadas e qualitativamente obter um desempenho satisfatório ou muito satisfatório. Os aspectos qualitativos serão avaliados de acordo com os princípios e metas estabelecidas neste guia operacional

28 As organizações com denúncias de assédio que não foram apuradas não poderão receber o Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça (Guia operacional) Explicação: As denúncias de assédio moral e/ou sexual, desde que devidamente apuradas, não impede a concessão do selo.

29 Monitoramento e Avaliação Monitoramento O monitoramento do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça tem como foco o acompanhamento da execução das ações previstas no plano de ação de cada organização, pactuado com a Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM/PR, a partir das orientações contidas no documento norteador do Programa - Guia Operacional. O monitoramento tem por objeto a análise dos processos, produtos e dos resultados referentes às ações executadas pelas organizações participantes do programa O monitoramento é realizado pela equipe técnica da área de Programas e Ações do Trabalho da SPM/PR e Comitê Ad Hoc do Programa.

30 Sistemática de monitoramento adotada pelo programa contempla a formação de quatro etapas distintas, a saber : acompanhamento da execução dos planos, através de envio de evidências à SPM/PR, oficinas técnico- pedagógicas, entre outros mecanismos; visitas às organizações; reuniões de monitoramento; análise e validação do acompanhamento do plano pela coordenação e comitês do programa..

31 O processo de monitoramento contempla análise das informações contidas na ficha perfil e no plano de ação; análise da execução do plano de ação das áreas de incidência – gestão de pessoas e cultura organizacional, (ações realizadas e os responsáveis, divulgação, mudanças, barreiras encontradas na definição e na execução das ações, fontes e meios de verificação, parcerias, sustentabilidade do plano de ação); Entrevista com os/as responsáveis pelo plano; Correções nas estratégias metodológicas, gerenciais e técnicas necessárias para assegurar os resultados previstos; Elaboração de um relatório que registra os dados obtidos durante a visita à organização. OBS: As organizações encaminham à SPM/PR o Relatório Final das ações realizadas

32 Avaliação A Coordenação e o Comitê Ad Hoc de acordo com os Relatórios do Monitoramento e os Relatórios Finais das Organizações participantes do programa, avaliam o desempenho destas, nas áreas de incidência – gestão de pessoas e cultural organizacional a partir das ações expressas e pactuadas no plano de ação e executadas no mínimo em 70% e, qualitativamente obter um desempenho satisfatório ou muito satisfatório. Os aspectos qualitativos serão avaliados de acordo com os objetivos, princípios e metas estabelecidas neste guia operacional. O Comitê Técnico-Institucional valida o relatório com a matriz geral dos resultados e delibera sobre a concessão do Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça. O resultado final é homologado pela Ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas para as Mulheres e divulgado pela SPM através do site

33 Instituto de Defesa do Consumidor - Procon Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá Eletrobrás Distribuição Roraima Eletrobrás Distribuição Rondônia Eletrobrás - Distribuição Acre SEMASDH Manaus Amazonas Distribuidora de Energia S.A. 95 Organizações participantes da 4ª edição nas 05 regiões em 20 Estados. Eletronorte* (Sede no DF)

34 BNB, Prefeitura Municipal de Quixadá BAHIAGÁS EMBASA SETRE – BA Prefeitura Municipal de Macaúbas Instituto de Artesanato Visconde de Mauá Eletrobrás Distribuição Piauí SEDUC - PI SASC - PI Eletrobrás Distribuição Alagoas Hemobrás CHESF Prefeitura Municipal de Jaboatão do Recife Prefeitura Municipal de Jaboatão dos Guararapes UFRPE UFPB

35 AGU Banco do Brasil BRB Imprensa Nacional CAIXA Câmara dos Deputados Senado Federal Eletronorte* (ações no Pará) CONFEA ECT EMBRAPA INFRAERO Par Corretora de Seguros SERPRO GEAP FUNCEF CREA-MT

36 Companhia de Saneamento Municipal de Juiz de Fora Prefeitura Municipal de Alfenas Prefeitura Municipal de Juiz de Fora Prefeitura Municipal de Pouso Alegre Universidade Estadual de Montes Claros Câmara Municipal de Guarulhos Prefeitura de Guarulhos Prefeitura de São Carlos Dow Brasil IPREF Liquigás Philips do Brasil Prefeitura de Salto Prefeitura de Carapicuíba Progresso Guarulhos Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Guarulhos Walmart Brasil FERSOL IPEM GRUPO CENE BNDES CPRM ELETROBRÁS CEPEL CREA-RJ ELETRONUCLEAR ELETROS FIOCRUZ FURNAS HEMORIO INFRAPREV Petrobras Distribuidora TRANSPETRO PETROBRAS PETROS REAL GRANDEZA SEBRAE-RJ SERPROS Prefeitura Municipal de Mesquita

37 COPEL CREA-PR Fundação de Saúde Itaiguapy Fundação Parque Tecnológico Itaipu Prefeitura de Curitiba Senai-PR Itaipu Binacional Kraft Foods SESI-PR ELETROSUL CREA-SC Governo do Estado do Rio Grande do Sul Grupo Hospitalar Conceição - GHC Prefeitura Municipal de Porto Alegre Prefeitura Municipal de Santa Rosa

38

39

40 Minas, gás, energia e petróleo19 Indústria e comércio06 Saúde04 Serviço12 Fundos de pensão08 Entidades de classe05 Instituições de ensino04 Instituições financeiras05 Instituições de pesquisa05 Prefeituras e Governos Estaduais19 Atividade jurídica01 Atividade legislativa03 Água e saneamento03 Aeroportuária TOTAL 01 95

41 Possibilidades O programa oferece para as empresas, instituições, sindicatos, movimentos de mulheres e governos a possibilidade de combater as desigualdades na economia e no emprego incluindo as mulheres em outros níveis de educação e de trabalho, considerando que as desigualdades de gênero afetam o rendimento de homens e mulheres no local de trabalho, na família e o clima laboral da organização. O programa é direcionado para garantir o exercício dos direitos laborais das trabalhadoras e trabalhadores, ao distinguir com um Selo Pró-Equidade de Gênero e Raça as organizações comprometidas com a justiça social, a igualdade de gênero, etnicorracial e o trabalho decente, conjugando a lógica do exercício dos direitos com a lógica dos negócios, considerando que a igualdade entre homens e mulheres constitui atualmente um pilar fundamental da gestão organizacional e do êxito empresarial. O programa possibilita o uso permanente de saberes e competências de trabalhadores e trabalhadoras que as organizações devem usar em processos coletivos de aprendizagens, a fim de adaptarem-se aos desafios do mercado e edificarem uma economia mais inovadora e mais justa socialmente.

42 42 SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Via N1 Leste s/n, Pavilhão das Metas, Praça dos Três Poderes - Zona Cívico Administrativa CEP: Brasília-DF Telefones: (061) /4225/ 4226/5885/5884 Fax: (061) Central de Atendimento à Mulher – Ligue


Carregar ppt "1. 2 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE POLÍTICAS PARA AS MULHERES Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça. Oportunidades Iguais. Respeito às Diferenças."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google