A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Não renovável ENERGIA Formas Fontes Conceitos PROFESSOR MARCUS ESCÓRCIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Não renovável ENERGIA Formas Fontes Conceitos PROFESSOR MARCUS ESCÓRCIO."— Transcrição da apresentação:

1 Não renovável ENERGIA Formas Fontes Conceitos PROFESSOR MARCUS ESCÓRCIO

2 O que o move?

3 Energia Não tem peso nem cor......tampouco cheiro! Mas pagamos por ela! Não podemos vê-la diretamente Mas podemos percebê-la nas mudanças e transformações por ela produzidas.

4 A energia esta envolvida em todas as ações que ocorrem no Universo.

5 enérgeia ENERGIA Capacidade de um agente para realizar trabalho Produção de movimento contra uma resistência Origem da palavra ENERGIA

6 Energia é habilidade para realização de certo trabalho. Iluminação Crescimento Aquecimento Movimento Comunicação

7 A Energia pode se tornar presente sob diversas formas Energia Radiante ou Luminosa Energia Química Energia Mecânica Potencial Gravitacional Cinética Energia Interna Energia Elétrica Energia Nuclear Energia Eólica

8 Em ação, a energia se transforma de uma forma em outra. Exemplo

9 Conversores mecanismos, naturais ou inventados, transformam energia de uma forma para outra.

10 Processo natural de conversão de energia. FOTOSÍNTESE

11 6CO 2 + 6H 2 O + Radiação solar = 6[CH 2 O] + 6O 2 Corpúsculo portador de clorofila existente no interior de células das folhas. Processo da Fotosíntese Estrutura Organizada

12 Pirâmide alimentar e transformações de energia

13 Uma breve frisa do tempo 11,8 bilhões de ano 1 a molécula organica: transformação de energia solar em energia química Conversores de Energia a. C - Barco a vela 100 a. C – Moinho hidráulico 950 D.C – Moinho de vento 1769 – Máquina vapor 1800 – Pilha elétrica 1814 – Locomotiva a vapor 1827 – Turbina hidráulica 1831 – Indução eletromagnética 1866 – Dinamo 1878 – Lampada incandescente 1882 – Central hidroelétrica 1884 – Turbina a vapor 1893 – Motor diesel 1933 – Fissão nuclear 1953 – Célula fotovoltaica Buscar: Hot Big Bang

14 Lei da Conservação da Energia 1 o Princípio da Termodinâmica O uso da energia implica em transformá-la de uma forma para outra... Energia total antes da explosão = Energia total após a explosão porém ela, a energia, não é criada nem destruida. Sejam quantas forem as transformações, a quantidade total de energia no Universo permanece constante.

15 As transformações não alteram a quantidade de energia do Universo. Embora permaneça inalterada, em cada transformação, a parcela da energia disponível torna-se cada vez menor. 2 o Princípio da Termodinâmica Na maioria das transformações parte da energia converte em calor que ao se dissipar caoticamente pela vizinhança torna-se, cada vez menos disponível, para realização de trabalho. A energia total do Universo não muda, mas a parcela disponível para realização de trabalho, torna-se cada vez menor.

16 Fontes de energia Fontes Primárias Recursos enérgéticos disponíveis na natureza ou que dela podem ser obtidos de forma direta. Ex. PETRÓLEO Transformação Fontes Secundárias Produtos energéticos oriundos de Fontes Primárias mediante processo de transformação. Ex. ÓLEO DIESEL

17 Fontes Primárias de Energia Petróleo Gás Natural Carvão mineral Minério de Urânio Biomassa Sol Vento Hidráulica Fontes Não Renováveis Milhões de ano para a formação Suprimento limitado Fontes Renováveis Recompostas em curto espaço de tempo

18 Renováveis Recursos que se recuperam cíclica e naturalmente. Solares Várias formas: biomassa; hídraulica; eólica; solar direta; solar fotovoltaica; ondas marítimas. Não solares Mecânica: marés. Calor: geotérmica. Processos nucleares por fusão. Não renováveis Recursos que se esgotam com o uso. Solares Gasosa: gás natural. Líquida: petróleo cru. Sólida: petróleo pesado; areia betuminosa; xisto; série lignocelulósica (turfa, linhito, hulha ou carvão e antracito). Não solaresCombustíveis nucleares.

19 Fontes secundárias de energia Petróleo Gasolina Óleo combustível GLP Óleo Diesel... Centro de Transformação Refinarias Cana de açucar Fonte PrimáriaFonte Secundária Destilarias Açucar Alcool Bagaço

20 Energia Primária, Secundária e Final Fonte Primária Energia Primária Fonte Secundária Energia Secundária Centro de Transformação Centro de Transformação Conversor Energia útil Energia Final

21 Energia Renovável Hidroeletricidade Produzida a partir da Energia Potencial Gravitacional da água Energia da biomassa Proveniente da combustão ou de combustível extraido de detritos animais e vegetais (madeira, óleo vegetal, etc) Energia solar Capturada da radiação solar.Coletores solares. Células solares transforma energia solar diretamente em energia elétrica. Energia eólica Gerada pelo vento Energia geotérmica Uso do calor do planeta Terra Energia maremotriz Capturada das marés Obtidas de fontes primárias renovavéis

22 Central Hidroelétrica Potência: MW Reservatório:1.350 km 2 Comprimento: m Altura: 196 m Vazão diária média: m 3 /s ITAIPU

23 Energia não renovável Combustíveis fósseis Oleo Combustível Oleo Diesel Gasolina Propano Gás Natural Carvão Mineral Combustíveis nucleares Urânio Plutônio

24 Usina nuclear

25 Central Termoelétrica Ciclo combinado Cogeração

26 Elementos Balanço Energético - Esquema sistema fechado Centro de Transformação Energia Primária Energia Secundária Energia Final Ponto vista Setor Energético Energia útil Força motriz Calor de Processo Aquecimento Direto Iluminação Eletroquímica Outros Transformação direta Perdas Transformação Perdas Uso final Conversor Perdas Conversão

27 Elementos Balanço Energético Esquema aberto

28 Medidas de energia Transformações e Transferência de Energia Finalidade da transformação Forma pela qual a energia é transferida Unidade de medida Mecânica Trabalho = F x · x Joule (J) AquecimentoCalorCaloria (cal) 1 J Energia envolvida para erguer, de 1 m, um corpo de aproximadamente 100 grama. 1 cal Quantidade de calor que aquece 1 grama de água de 1 o C.

29 Outras Unidades Equivalências – 1 a Lei 1 Btu1.053 J252 cal 1 cal4,18 J 1 caloria alimentar4.180 J1000 cal = 1 kcal 1 kWh3,6 MJ860 kcal 1 eV1,6 x J Unidade de EnergiaEquivalências

30 Fontes Alternativas de Energia Energia Solar Energia Eólica Biomassa PCHs Mare-Motriz Células Combústivel

31 Energia Solar Aquecimento de edifícios Sistema Passivo Sistema Ativo Coleta e transporta calor por meios naturais Usa dispositivos e equipamentos mecânicos para transportar calor Termo Solar Radiação Convecção Condução Produção de eletricidade Solar Fotovoltáico Efeito Fotovoltáico Radiação solar diretamente em eletricidade

32 Pot max = ½ dAv³ Energia eólica d = massa específica do ar A = secção tubo vento = πR 2 v = velocidade vento Captada por sistema de hélices, a energia eólica é transformada em eletricidade nos aerogeradores.

33 PCH Pequena Central Elétrica PCHs Geração de eeletricidade de baixo impacto no ecossistema. Potência entre 1 e 30 MW

34 Primeira Usina Maremotriz Estuário do rio Rance – França Diferença de altura média: 8,2 m Potencia: 240 MW Energia Maremotriz As marés que animam os oceanos é fonte de energia mecânica, limpa e inesgotável que pode ser captada por turbinas para gerar eletricidade.

35 Células Combustível Baterias (pilhas) que convertem energia química diretamente em energia elétrica e térmica, elas possuem uma operação contínua graças a alimentação constante de um combustível, o Hidrogênio.

36 Biogás Equivalências Energéticas: 1 m 3 de Biogás = Kcal - é equivalente a: 1,7 m 3 de Metano 1,5 m 3 de Gás de Cidade 0,8 L de Gasolina 1,3 L de Álcool 2 Kg de Carboneto de Cálcio 0,7 L de Gasóleo 7 Kw h de Eletricidade 2,7 Kg de Madeira 1,4 Kg de Carvão de Madeira 0,2 m 3 de Butano 0,3 m 3 de Propano

37 Biodiesel matéria-prima em diversos ramos da indústria cosméticos, remédios e explosivos. Fonte Primária Soja, girassol, mamona, algodão, amendoin, etc Uso Motores de veículos Geração de eletricidade (bioeletricidade) Fonte Secundária Óleos vegetais respectivos Reação com álcool catalisador Biodísel, o diesel natural Poder calorífico kcal/kg

38 Cana de açucar O etanol combustível é composto, aqui no Brasil, de 96% de etanol e 4% de água. Aparece na nossa gasolina, como substituto do chumbo, com 22%, formando o chamado gasool. Etanol – Álcool Etílico C 2 H 5 OH Bagaço Cogeração Calor Eletricidade

39 Boa Prova!


Carregar ppt "Não renovável ENERGIA Formas Fontes Conceitos PROFESSOR MARCUS ESCÓRCIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google