A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SINAIS VITAIS São indicadores de vida : Pulso Pulso Freqüência Respiratória Freqüência Respiratória Pressão Arterial Pressão Arterial Temperatura Temperatura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SINAIS VITAIS São indicadores de vida : Pulso Pulso Freqüência Respiratória Freqüência Respiratória Pressão Arterial Pressão Arterial Temperatura Temperatura."— Transcrição da apresentação:

1 SINAIS VITAIS São indicadores de vida : Pulso Pulso Freqüência Respiratória Freqüência Respiratória Pressão Arterial Pressão Arterial Temperatura Temperatura

2 São os sinais das funções orgânicas básicas, sinais clínicos de vida, que refletem o ou o resultante das interações entre os sistemas do organismo e uma determinada doença São os sinais das funções orgânicas básicas, sinais clínicos de vida, que refletem o equilíbrio ou o desequilíbrio resultante das interações entre os sistemas do organismo e uma determinada doença Mozachi, Souza, 2007

3 Histórico Histórico A atenção especial aos sinais vitais foi defendida desde a antiguidade por Hipócrates como um dos mais importantes dados do exame físico

4 É a onda provocada pela pressão do sangue contra a parede arterial em cada batimento cardíaco. É a onda provocada pela pressão do sangue contra a parede arterial em cada batimento cardíaco. Pulso Guyton, 2002

5 Quanto Quanto Avaliação Freqüência Ritmo Volume

6 Freqüência Numero de pulsações por minuto. TAQUICARDIA TAQUICARDIA Aumento da freqüência do pulso acima de 100 batimentos por minuto. Aumento da freqüência do pulso acima de 100 batimentos por minuto. BRADICARDIA BRADICARDIA Diminuição da freqüência de pulso, abaixo de 60 bpm. Diminuição da freqüência de pulso, abaixo de 60 bpm.

7 Ritmo Regularidade dos intervalos..

8 Volume Intensidade com que o sangue bate nas paredes das artéria. Forte e cheio Fraco e fino - Filiforme Forte e cheio Fraco e fino - Filiforme

9 O pulso é tomado onde uma artéria possa ser comprimida levemente contra um osso,com as pontas de dois ou três dedos.

10 O examinador poderá sentir seu próprio pulso digital Nunca com o polegar e indicador

11 Locais de Avaliação Paciente Consciente Paciente Inconsciente

12 Paciente Consciente Paciente Consciente Artérias Radiais, ao nível dos punhos.

13 Adulto = 60 a 100 bpm Criança = 80 a 120 bpm Bebês = 100 a 160 bpm Adulto = 60 a 100 bpm Criança = 80 a 120 bpm Bebês = 100 a 160 bpm Valores Normais

14 Vítima Inconsciente: Pulso Carotídeo Vítima Inconsciente: Pulso Carotídeo (Adultos e Crianças acima de 1 ano) (Adultos e Crianças acima de 1 ano) Palpar a cartilagem tireóide (pombo-de-adão) e deslizar os dedos lateralmente até sentir o pulso.

15 Vítima Inconsciente: Pulso Femoral O pulso nessas artérias persistirão,mesmo quando a hipotensão e hipoperfusão periférica.

16 Paciente Pediátrico (abaixo de 1 ano) – Pulso Braquial

17 Respiração É a entrada de oxigênio na Inspiração e eliminação de dióxido de carbono pela Expiração. Finalidade: Troca gasosa entre o sangue e o ar dos pulmões.

18 AVALIAÇÃO DA RESPIRAÇÃO Freqüência – movimentos respiratórios por minuto. Freqüência – movimentos respiratórios por minuto. Caráter – superficial e profundo. Ritmo – regular ou irregular.

19 COMPROMETIMENTO RESPIRATÓRIO CIANOSE CIANOSE INQUIETAÇÃO INQUIETAÇÃO DISPNÉIA DISPNÉIA SONS RESPIRATÓRIOS ANORMAIS SONS RESPIRATÓRIOS ANORMAIS

20 Freqüência varia c/ a idade BEBÊ : 30 – 60 movimentos respiratórios por minuto, (mrpm). CRIANÇA : 20 – 30 movimentos respiratórios por minuto. ADULTO : 12 – 20 movimentos respiratórios por minuto. por minuto.

21 Alterações dos padrões respiratórios APNÉIA – parada respiratória. APNÉIA – parada respiratória. BRADIPNÉIA – respiração lenta. BRADIPNÉIA – respiração lenta. TAQUIPNÉIA – respiração rápida. TAQUIPNÉIA – respiração rápida. DISPNÉIA – respiração difícil, que exige esforço aumentado e uso de músculos acessórios DISPNÉIA – respiração difícil, que exige esforço aumentado e uso de músculos acessórios

22 TEMPERATURA Temperatura corporal é o equilíbrio entre a Temperatura corporal é o equilíbrio entre a produção e a perda de calor do organismo, produção e a perda de calor do organismo, mediado pelo centro termo-regulador. Pode ser verificada na região: axilar, inguinal, bucal ou retal. bucal ou retal. Os seres humanos são homeotérmicos, seu organismo é capaz de regular sua temperatura corporal.

23 Valores da temperatura Temperatura axilar - 36ºC a 36,8ºC Temperatura inguinal- 36ºC a 36,8ºC Temperatura bucal - 36,2ºC a 37ºC Temperatura retal - 36,4ºC a 37,2ºC Corpo Coluna de Mercúrio Bulbo

24 Fatores que alteram a temperatura corporal Atividades físicas Fatores Emocionais Distúrbios da Glândula Tireóide Alimentação Ambiente Vestuário Efeito da ovulação sobre a temperatura Medicamentos Doenças

25 Atividades físicas A atividade muscular > a temperatura corporal, os músculos produzem calor. O mecanismo termo regulador do organismo entre em ação, desviando o sangue para a superfície. Ë promovido desta forma um resfriamento corpóreo, daí inicia - se a transpiração. ( sudorese )

26 Aumento da temperatura no período pós prandial, devido a vasodilatação na região abdominal. Alimentação Vestuário Hipotermia Hipertermia

27 Efeito da ovulação X temperatura : Hormônio folículo estimulante ( FSH ) Hormônio Luteinizante ( LH) Estrogênio Progesterona Aumento da temperatura basal corpórea

28 Medicamentos Morfina - pode provocar aumento da temperatura Acido acetilsalicílico - anti pirético Paracetamol - anti pirético Anti inflamatórios não esteroidais – anti pirético

29 Termologia básica Febre : aumento patológico da temperatura corporal. Hipertermia : elevação da temperatura do corpo ou de uma parte do corpo acima do valor normal. Hipotermia : redução da temperatura do corpo ou de uma parte do corpo abaixo do valor normal. Normotérmico : temperatura normal

30 Aferição Lavar as mãos Explicar ao paciente o procedimento Desinfetar o termômetro Enxugar a axila do paciente Adaptar o termômetro com o bulbo em contato direto com a pele Instruir ao paciente a comprimir o braço Após 3 a 5 min. Retirar o termômetro e anotar a temperatura Desinfetar o termômetro, balançar até que a coluna de mercúrio desça a de 35ºC

31 Pressão arterial O coração bombeia o sangue para os demais órgãos do corpo por meio de artérias. O coração bombeia o sangue para os demais órgãos do corpo por meio de artérias. Quando o sangue é bombeado, ele é "empurrado" contra a parede dos vasos sangüíneos. Quando o sangue é bombeado, ele é "empurrado" contra a parede dos vasos sangüíneos. Esta tensão gerada na parede das artérias é denominada PRESSÃO ARTERIAL. Esta tensão gerada na parede das artérias é denominada PRESSÃO ARTERIAL.

32 Para que o sangue possa circular pelo corpo é necess á rio que uma bomba (o cora ç ão), que da força (pressão) para empurrar este sangue por dentro das artérias.

33 Quando o coração se contrai para bombear o sangue para o resto do corpo é chamada de PRESSÃO ARTERIAL SISTÓLICA ou MÁXIMA.

34 A pressão do sangue nos vasos quando o coração encontra-se na fase de relaxamento ou Período de Repouso é chamada PRESSÃO DIASTÓLICA ou MÍNIMA.

35 A Pressão Arterial é medida em milímetros A Pressão Arterial é medida em milímetros de mercúrio. (mmHg) (mmHg)

36 Que a pressão (força) exercida pelo seu coração para empurrar o sangue pelas artérias é igual a 120 milímetros de mercúrio (mmHg) E que a pressão (resistência) que suas artérias estão oferecendo à passagem do sangue é de 80 mmHg. Uma pressão 120 por 80, significa:

37 Difícil definir exatamente o que é pressão arterial normal. Fatores constitutivos e ambientais interferem na PA. Normalmente ela aumenta com a idade. Podemos dizer que geralmente a PA mínima é igual a metade da máxima +/- 1. Podemos dizer que geralmente a PA mínima é igual a metade da máxima +/- 1. Ex: máxima 140, mínima será 60, 70 ou 80 mmHg.

38 Nível Pressão arterial sistólica Pressão arterial diastólica Valores normais entre 100 e 140 entre 60 e 90 Hipotensão inferior a 100 inferior a 60 Hipertensão limite entre 140 e 160 entre 90 e 100 Hipertensão moderada entre 160 e 180 entre 100 e 110 Hipertensão grave superior a 180 superior a 110

39 Manguito / Braçadeira

40 Bomba Válvula Tubo de Borracha

41 Manômetro Tubo de Borracha

42 Verificação de Pressão Arterial 1. Manter o paciente deitado ou sentado, com o braço comodamente apoiado ao nível do coração; 2. Deixar o braço descoberto, evitando compressão; 3. Colocar o manguito 2 cm acima da prega do cotovelo, (fossa cubital) prendendo-o sem apertar cotovelo, (fossa cubital) prendendo-o sem apertar demasiado, nem deixar muito frouxo. demasiado, nem deixar muito frouxo.

43 4. Colocar o esfigmomanômetro de modo que fique bem visível. 5. Colocar o estetoscópio no ouvido (curvatura voltada para frente) e o diafragma do estetoscópio sobre a artéria braquial. 6. Posicionar os olhos no mesmo nível da coluna de mercúrio ou do mostrador do manômetro.

44 7. Palpar o pulso radial. 8. Fechar a válvula de ar e insuflar rapidamente o manguito até o desaparecimento do pulso radial. (pressão sistólica) deve ser inflado (pressão sistólica) deve ser inflado mmHg acima do ponto de desaparecimento do pulso radial mmHg acima do ponto de desaparecimento do pulso radial.

45 9.Apoiar o diafragma do estetoscópio e abrir a válvula vagarosamente. 10.Observar o ponto em que o som foi ouvido por último ou sofreu uma mudança nítida (pressão diastólica). 11.Retirar todo o ar do manguito, removê-lo.

46 Observações –Na dúvida, ou sendo necessário repetir a verificação, esvaziar completamente o manguito antes de fazer novamente a medida; –Embora geralmente seja utilizado o manguito padrão, para uma medição correta da PA, a largura e o comprimento da bolsa inflável do manguito deve ser 40% da circunferência do braço e o comprimento deve ser 80% da mesma circunferência –Além de anotar os valores da sistólica e diastólica é recomendado anotar a posição do paciente e o braço em que foi realizado a medida.

47 Obrigado!!!!


Carregar ppt "SINAIS VITAIS São indicadores de vida : Pulso Pulso Freqüência Respiratória Freqüência Respiratória Pressão Arterial Pressão Arterial Temperatura Temperatura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google