A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O que é ser JOVEM? A palavra JUVENTUDE vem da mitologia grega onde se diz que Júpiter transformou a ninfa Juventa em uma fonte cuja água devolvia a mocidade,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O que é ser JOVEM? A palavra JUVENTUDE vem da mitologia grega onde se diz que Júpiter transformou a ninfa Juventa em uma fonte cuja água devolvia a mocidade,"— Transcrição da apresentação:

1 O que é ser JOVEM? A palavra JUVENTUDE vem da mitologia grega onde se diz que Júpiter transformou a ninfa Juventa em uma fonte cuja água devolvia a mocidade, mas Júpiter escondeu a fonte, e ninguém mais sabe onde ela fica. A palavra JUVENTUDE vem da mitologia grega onde se diz que Júpiter transformou a ninfa Juventa em uma fonte cuja água devolvia a mocidade, mas Júpiter escondeu a fonte, e ninguém mais sabe onde ela fica. Ser jovem não é apenas uma questão de idade; Ser jovem não é apenas uma questão de idade; Mas, é uma questão de personalidade. Mas, é uma questão de personalidade.

2 Adolescência ou Juventude? Os termos "adolescência" e "juventude" são por vezes usados como sinônimos (como em alemão Jugend e Adoleszenz, inglês Youth e Adolescence), por vezes como duas fases distintas mas que se sobrepõem. Os termos "adolescência" e "juventude" são por vezes usados como sinônimos (como em alemão Jugend e Adoleszenz, inglês Youth e Adolescence), por vezes como duas fases distintas mas que se sobrepõem.juventudesinônimosjuventudesinônimos A ONU define juventude (ing. youth) como a fase entre 15 e 24 anos de idade - sendo que ela deixa aberta a possibilidade de diferentes nações definirem o termo de outra maneira; A ONU define juventude (ing. youth) como a fase entre 15 e 24 anos de idade - sendo que ela deixa aberta a possibilidade de diferentes nações definirem o termo de outra maneira; A Organização Mundial da Saúde define adolescente como o indivíduo que se encontra entre os 10 e 20 anos de idade[carece de fontes?] A Organização Mundial da Saúde define adolescente como o indivíduo que se encontra entre os 10 e 20 anos de idade[carece de fontes?]Organização Mundial da Saúdecarece de fontesOrganização Mundial da Saúdecarece de fontes

3 O que é a adolescência? No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente estabelece ainda outra faixa etária - dos 11 aos 18 anos. No Brasil, o Estatuto da Criança e do Adolescente estabelece ainda outra faixa etária - dos 11 aos 18 anos.BrasilEstatuto da Criança e do AdolescenteBrasilEstatuto da Criança e do Adolescente Como quer que seja, é importante salientar que "adolescência" é um termo geralmente utilizado em um contexto científico com relação ao processo de desenvolvimento bio-psico-social. Como quer que seja, é importante salientar que "adolescência" é um termo geralmente utilizado em um contexto científico com relação ao processo de desenvolvimento bio-psico-social. O fim da adolescência não é marcado por mudanças de ordem fisiológica, mas sobretudo de ordem sócio-cultural; o presente artigo se dedica assim à adolescência em sentido restrito, tomando a idade da maioridade civil - 18 anos - como fim. O fim da adolescência não é marcado por mudanças de ordem fisiológica, mas sobretudo de ordem sócio-cultural; o presente artigo se dedica assim à adolescência em sentido restrito, tomando a idade da maioridade civil - 18 anos - como fim.

4 Caracterização da adolescência Adolescência é a fase do desenvolvimento humano que marca a transição entre a infância e a idade adulta. Essa fase caracteriza-se por alterações em diversos níveis - físico, mental e social - e representa para o indivíduo um processo de deixar para trás a infância e começar a adquirir as características e competências que o capacitem a assumir os deveres e papéis sociais da vida adulta. Adolescência é a fase do desenvolvimento humano que marca a transição entre a infância e a idade adulta. Essa fase caracteriza-se por alterações em diversos níveis - físico, mental e social - e representa para o indivíduo um processo de deixar para trás a infância e começar a adquirir as características e competências que o capacitem a assumir os deveres e papéis sociais da vida adulta.desenvolvimento humano infânciaidade adultasocialcompetênciaspapéis sociaisdesenvolvimento humano infânciaidade adultasocialcompetênciaspapéis sociais

5 Características psicológicas da adolescência O adolescente nesta etapa vive no seu mundo interior, pois quer descobrir quem ele é, mas para isso, compara-se com o mundo dos outros. O adolescente nesta etapa vive no seu mundo interior, pois quer descobrir quem ele é, mas para isso, compara-se com o mundo dos outros. Mostra-se apático, pois ainda não entendeu as mudanças pelas quais está passando. Mostra-se apático, pois ainda não entendeu as mudanças pelas quais está passando. A descoberta de si passa pelas esferas intelectuais, filosóficas e espirituais, trocando os mitos da infância pelos ídolos da juventude. A descoberta de si passa pelas esferas intelectuais, filosóficas e espirituais, trocando os mitos da infância pelos ídolos da juventude.

6 As características mais próprias deste período, são: Crescente consciência e conhecimento do eu. Crescente consciência e conhecimento do eu. Nascimento da independência e liberdade. Nascimento da independência e liberdade. Facilidade em fazer novos amigos e adaptar-se a novos círculos de amizade. Facilidade em fazer novos amigos e adaptar-se a novos círculos de amizade. Mudança rápida e contraste no estado de humor como: sorriso e lágrima; amor e ódio; ternura e violência. Mudança rápida e contraste no estado de humor como: sorriso e lágrima; amor e ódio; ternura e violência. Torna-se detalhista e gosta de imitar e copiar as coisas que observa na pessoa a quem idealiza. Torna-se detalhista e gosta de imitar e copiar as coisas que observa na pessoa a quem idealiza. Torna-se muito crítico com os membros da família (negação da infância) e aceita facilmente as ideias dos que simbolizam o novo. Torna-se muito crítico com os membros da família (negação da infância) e aceita facilmente as ideias dos que simbolizam o novo.

7 Conduta social em relação com a vida escolar Em geral manifesta atitude hostil para com a escola, porque não gosta de exigências e normas rígidas. Revoltam-se às vezes contra a autoridade, em geral, não individualmente mas em grupo. Prefere as matérias que exigem menos concentração e mais animação ligadas a preferência da idade (música, esportes). Integra-se na comunidade escolar, participando nas atividades de caráter mais recreativo. Às vezes a vida escolar converte-se em válvula de escape, em meio para afrouxar as ataduras familiares. No âmbito escolar, aparecem certas diferenças individuais, culturais e sociais, relacionadas com a capacidade de liderança, talento e as atitudes intelectuais.

8 Atitudes das pessoas implicadas na sua educação É necessária a atitude de abertura e de conhecimento das fases desta idade, para evitar atritos desnecessários. Ter autoridade sem o autoritarismo. Ele precisa limites e não de controles. Senão há a crise e a revolta. Deve-se aceitar a emancipação progressiva dos filhos, e ajudá-los a serem livres, mas responsáveis. A crise tem sua origem na falta de afeto, por isso temos de criar vínculos familiares onde há o amor a Deus. Devem sentir-se realizados numa atividade onde possam aspirar algo, isto é, devem ter um ideal, fé. É muito importante a relação familiar e social.

9 O que os jovens precisam? Certas crises passam com o tempo e tudo volta a normalizar- se, o que não significa que se deixe de atuar e não se procure orientar positivamente de modo a que não deixem conflitos na personalidade do jovem. Procure orientação e conselho de pessoas experientes que possam orientar como agir e proceder nas fases de crise. Precisam de compreensão e ajuda para esclarecer e definir os seus pensamentos e estados anímicos: sozinhos entram em depressão. Às vezes convém tratá-lo com a mesma frieza ou indiferença com que se comporta, para que repare na sua própria atitude.

10 Pais! Os jovens precisam de vocês ! Temos de passar a ser observadores participantes na vida dos adolescentes. Devemos ajudá-los a encontrar a forma de se expressarem nas diversas atividades, que o ensino seja estimulante e interessante, senão podem cair no desleixo e na apatia perante o estudo. Pais, lembrem-se da sua própria adolescência, assim estarão em condições de ajudá-los de forma mais compreensiva. Devemos inculcar-lhes o respeito pelos valores humanos e espirituais.

11 Os filhos crescem Vejam o que aconteceu com esta turminha! Vejam o que aconteceu com esta turminha!

12 Eles cresceram... E viraram adolescentes! E viraram adolescentes!

13 Qual é a importância do Departamento de Jovens? Formar uma União Juvenil; Educação cristã continuada; Oportunidades de convívio por identidade: etária, social e espiritual; Aprendizados diversos; Preparação para liderança na congregação.

14 Temas relevantes para os jovens de hoje: O despertar da sexualidade O despertar da sexualidade Piercing e tatuagem Piercing e tatuagem Álcool e drogas Álcool e drogas Estudo e trabalho Estudo e trabalho Amizades e Namoro Amizades e Namoro Lazer e diversão Lazer e diversão Família e Igreja Família e Igreja

15 C O N V I T E O Departamento de Jovens da Comunidade Evangélica Luterana da Paz do Morro da Cruz CONVIDA os pais e os jovens a se unirem para o desenvolvimento de suas atividades porque o benefício será de todos: O Departamento de Jovens da Comunidade Evangélica Luterana da Paz do Morro da Cruz CONVIDA os pais e os jovens a se unirem para o desenvolvimento de suas atividades porque o benefício será de todos: 1º) dos próprios jovens; 1º) dos próprios jovens; 2º) dos próprios pais; 2º) dos próprios pais; 3º) da própria congregação; 3º) da própria congregação; 4º) da sociedade em geral; 4º) da sociedade em geral; 5º) do Reino de Deus. 5º) do Reino de Deus.


Carregar ppt "O que é ser JOVEM? A palavra JUVENTUDE vem da mitologia grega onde se diz que Júpiter transformou a ninfa Juventa em uma fonte cuja água devolvia a mocidade,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google