A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EMEI SANTOS DUMONT. Consideramos as crianças de três a seis anos (a faixa etária atendida pelas Escolas de Educação Infantil) como seres humanos com especificidades.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EMEI SANTOS DUMONT. Consideramos as crianças de três a seis anos (a faixa etária atendida pelas Escolas de Educação Infantil) como seres humanos com especificidades."— Transcrição da apresentação:

1 EMEI SANTOS DUMONT

2 Consideramos as crianças de três a seis anos (a faixa etária atendida pelas Escolas de Educação Infantil) como seres humanos com especificidades afetivas, emocionais, sociais e cognitivas.

3 Para oferecer a elas uma educação que respeite essas especificidades e oferecer experiências de ensino/aprendizagem que possam contribuir para o exercício da cidadania e para o seu bem estar, devemos observar: O respeito à dignidade e aos direitos da criança. O direito das crianças a brincar, como forma particular de se expressar, raciocinar, conhecer e se comunicar.

4 O acesso das crianças aos bens socioculturais disponíveis. A socialização das crianças, inserindo-as nas mais diversas práticas sociais.

5 Os cuidados com a saúde; Os cuidados com o desenvolvimento de sua identidade.

6 É preciso também levar em consideração a sociedade em que vivemos e por isso, propor uma educação com princípios democráticos, respeitando a pluralidade e a diversidade desse tipo de organização social e oferecendo um currículo aberto em construção contínua, contando sempre com a participação de todos os envolvidos no processo educativo: a comunidade, a equipe escolar e as próprias crianças.

7 Assegurar a criança uma educação que favoreça um desenvolvimento saudável e de forma a atender as suas múltiplas necessidades. Promover a socialização, oferecendo oportunidades para que a criança aprenda a conviver consigo mesma e com outros numa atitude de respeito e aceitação.

8 Trabalhar na formação da criança, preparando-a para viver em uma sociedade plural, democrática e em constantes mudanças. Intervir com intencionalidade, visando possibilitar uma aprendizagem significativa.

9 Fornecer meios estimulantes para o desenvolvimento de capacidades que possibilitem a ampliação do acesso ao patrimônio cultural da sociedade. Possibilitar uma vida coletiva social diferente e complementar ao contexto familiar, assegurando experiências em um novo meio baseado em relações estáveis e afetivas com adultos e outras crianças.

10 Proporcionar à criança ambiente seguro, tranquilo e alegre. Oferecer ambiente estimulante para aprendizagem ativa, na interação com outras crianças, com adultos e diferentes materiais. Criar oportunidades para o desenvolvimento das capacidades de ouvir, observar e aprender.

11 Servir de apoio efetivo à criança, buscando responder às suas demandas e necessidades. Favorecer à criança o desenvolvimento de uma imagem positiva de si, para atuar de forma cada vez mais independente, com confiança em suas capacidades e percepção de seus limites.

12 Favorecer à criança a descoberta progressiva de seu próprio corpo, suas potencialidades e limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a própria saúde e bem-estar. Proporcionar oportunidades para o estabelecimento e a ampliação das relações sociais, aprendendo aos poucos a articular seus interesses e pontos de vista com os dos demais, respeitando a diversidade e desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração.

13 Conhecer as manifestações culturais, demonstrando atitudes de interesse, respeito e participação frente a elas, valorizando a diversidade. Representar e evocar aspectos diversos da realidade, vividos, conhecidos ou imaginados por meio de brincadeiras e demais formas de expressão.

14 Ajudar a criança a situar-se no universo letrado, demonstrando interesse e empenho na construção do conhecimento.

15 Criar oportunidades para a atualização, pela criança, das diferentes linguagens (verbal, gráfica, plástica, corporal, musical e matemática) ajustadas às diferentes intenções e situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, expressar suas idéias, sentimentos, necessidades e desejos para avançar no seu processo de construção de significados, enriquecendo cada vez mais sua capacidade expressiva.

16 Incentivar a criança a utilizar a linguagem oral para a expressão de seus pensamentos, sentimentos, desejos e necessidades e o exercício de seu pensamento utilizando os recursos e meios que possibilitem a explicitação de suas hipóteses. Pensar na criança como produtora das culturas infantis.

17 Em 2010 a escola como um todo trabalhará com o desenvolvimento do projeto Criança: cidadã do mundo. Trata-se da proposição de uma série de atividades que pretendem desenvolver as noções de identidade e cidadania nas crianças, partindo de seu próprio universo ( o cuidado de si, a inserção na família ) e expandindo para espaços mais amplos: a comunidade em que vive, o bairro, a cidade, o país e o mundo.

18 O projeto pretende aproveitar o evento da Copa do Mundo e proporcionar o desenvolvimento de uma consciência mais ampla de pertencimento nas crianças, apontando para uma necessária e possível cultura de paz entre as nações e para o surgimento de um sentimento de que todos os habitantes do planeta são obrigatoriamente cidadãos do mundo.

19 Juntamente com o projeto acima relatado que será desenvolvido por todas as classes da escola, dos primeiros ao terceiros estágios, serão implementados projetos que serão coordenados pelos professores de módulo e que ainda estão em fase de articulação e organização. São eles: um projeto de música, um projeto de contação de histórias e um terceiro, envolvendo as atividades da Brinquedoteca.

20 Além disso, a escola matem um projeto de informática coordenado por uma ex-professora, que como amiga da escola colabora e torna viável uma das mais nossas importantes parcerias. Parcerias que estabelecemos com os pais e membros da comunidade em geral mantendo em funcionamento ativo o Conselho de Escola e a APM, visando uma gestão co-participativa e democrática.

21 Este ano também haverá um novo projeto coordenado por uma de nossas professoras readaptadas. Trata-se de empréstimos de livros do acervo da Sala de Leitura, projeto que já se encontra em andamento.


Carregar ppt "EMEI SANTOS DUMONT. Consideramos as crianças de três a seis anos (a faixa etária atendida pelas Escolas de Educação Infantil) como seres humanos com especificidades."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google