A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Argumento Prof. Marcone Sotéro

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Argumento Prof. Marcone Sotéro"— Transcrição da apresentação:

1 Argumento Prof. Marcone Sotéro

2 Argumento É uma seqüência de proposições na qual uma delas é a conclusão e as demais são premissas. As premissas justificam a conclusão. Proposição: sentença declarativa que pode assumir os valores verdade (v) ou falso (f) Premissa: afirmação disponível

3 Argumento Todo aluno de sistemas precisa estudar Lógica. (premissa) Mane é aluno de sistemas. (premissa) Logo, Mane precisa estudar Lógica. (conclusão) Todos os brasileiros são humanos. (premissa) Todos os pernambucanos são brasileiros (premissa) Todos os pernambucanos são humanos (conclusão) O objetivo de um argumento é justificar uma afirmação que se faz, ou dar as razões para uma certa conclusão obtida.

4 Inferência É a relação que permite passar das premissas para a conclusão (um encadeamento lógico). A palavra inferência vem do latim, Inferre, e significa conduzir para. O objeto de estudo da lógica é determinar se a conclusão de um argumento é ou não decorrente das premissas, ou seja, se é uma inferência.

5 Validade de um Argumento Em um argumento válido, as premissas são consideradas provas evidentes da verdade da conclusão, caso contrário não é válido. Quando é válido, podemos dizer que a conclusão é uma conseqüência lógica das premissas, ou ainda que a conclusão é uma inferência decorrente das premissas.

6 Validade de um Argumento A validade de um argumento depende da forma (estrutura) lógica das suas proposições (premissas e conclusões) e não do conteúdo delas Uma proposição é verdadeira ou falsa Um argumento é válido ou não válido

7 Exemplos Todos os peixes têm asas (premissa) Todos os cães são peixes (premissa) Todos os cães têm asas (conclusão) Todos os peixes têm asas (premissa) Todos os pássaros são peixes (premissa) Todos os pássaros têm asas (conclusão)

8 Validade de um Argumento Podemos dizer que um argumento é válido quando todas as suas premissas são verdadeiras e sua conclusão também é verdadeira. Portanto, um argumento é não válido se existir a possibilidade de suas premissas serem verdadeiras e sua conclusão falsa.

9 Argumento e sua forma Todos as A são B (premissa) Todos os C são A (premissa) Todos os C são B (conclusão) O que é importante é a forma do argumento e não o conhecimento de A, B e C, isto é, este argumento é valido para quaisquer A, B e C e portanto a validade é consequência da forma do argumento

10 Argumento Dedução e Indução A Lógica dispõe de duas ferramentas principais que podem ser utilizadas pelo pensamento na busca de novos conhecimentos: a dedução e a indução, que dão origem a dois tipos de argumentos: –Dedutivos –Indutivos

11 Argumentos Dedutivos Os argumentos dedutivos pretendem que suas premissas forneçam uma prova conclusiva da veracidade da conclusão. Podem ser: Válidos Quando suas premissas, se verdadeiras, fornecem provas convincentes para sua conclusão, isto é, quando for impossível que as premissas sejam verdadeiras e a conclusão falsa; Inválidos Quando for possível que as premissas sejam verdadeiras e a conclusão falsa.

12 Argumentos Dedutivos Todo gato voa Toda vaca é gato Toda vaca voa Ela toca piano ou violão. Ela toca piano. Logo, ela não toca violão. Válido Inválido

13 Válido p q, r p r q Todo gato voa Toda vaca é gato Toda vaca voa Gato p Voa q Vaca r pqr p qr pr q VVVVVV VVFVVV VFVFVF VFFFVV FVVVFV FVFVVV FFVVFF FFFVVV

14 Inválido p v q, p ~q Ela toca piano ou violão. Ela toca piano. Logo, ela não toca violão. Piano p Violão q pqp v q~q VVVF VFVV FVVF FFFV

15 Argumentos Indutivos Os Argumentos Indutivos não pretendem que suas premissas forneçam provas cabais da veracidade da conclusão, mas apenas que forneçam indicações dessa veracidade. (possibilidade, probabilidade). Seguem do Raciocínio Indutivo, isto é, obtêm conclusões baseadas em observações/experiências. Enquanto que um Raciocínio Dedutivo exige uma prova formal sobre a validade do argumento. Os termos válido e inválido não se aplicam para os argumentos indutivos. Eles são avaliados de acordo com a maior ou a menor probabilidade com que suas conclusões sejam estabelecidas.

16 Exemplo – Argumento indutivo A vacina funcionou bem nos ratos. A vacina funcionou bem nos macacos. Logo, vai funcionar bem nos humanos.

17 Verdade e Validade Verdade e Falsidade: são propriedades das proposições, nunca dos argumentos. Validade ou Invalidade: são propriedades dos argumentos dedutivos que dizem respeito a inferência ser ou não válida (raciocínio ser ou não correto)

18 Exemplo Toda baleia é um mamífero.(V) Todo mamífero tem pulmões.(V) Logo, toda baleia tem pulmões.(V) Argumento válido e conclusão verdadeira.

19 Exemplo Toda aranha tem seis pernas.(F) Todo ser de seis pernas tem asas.(F) Logo, toda aranha tem asas. (F) Argumento válido e conclusão falsa.


Carregar ppt "Argumento Prof. Marcone Sotéro"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google