A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O PAPEL DA ONDANSETRONA NA SII FBG. Qual a epidemiologia da SII? É a alteração funcional mais comum no TGI Acomete 1/3 da população Freqüentemente tratada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O PAPEL DA ONDANSETRONA NA SII FBG. Qual a epidemiologia da SII? É a alteração funcional mais comum no TGI Acomete 1/3 da população Freqüentemente tratada."— Transcrição da apresentação:

1 O PAPEL DA ONDANSETRONA NA SII FBG

2 Qual a epidemiologia da SII? É a alteração funcional mais comum no TGI Acomete 1/3 da população Freqüentemente tratada por generalistas

3 Qual a gravidade da SII? Os pacientes têm medo de câncer Mas, trata-se de entidade benigna

4 Que segmentos do TGI são acometidos? Porções média e inferior do trato gastrintestinal

5 Como são classificadas as doenças funcionais mais frequentes 1.Síndrome do intestino irritável 2.Distensão funcional 3.Diarréia funcional 4.Alteração intestinal não especificada

6 Como é definida a SII? Dor e/ou desconforto abdominal recorrente, iniciadas no mínimo a 6 meses, persistente por pelo menos 3 dias no mesmo mês, que tenha se repetido nos últimos 3 meses, associados a pelo menos 2 ou 3 características: Alívio com a defecação Início associado à modificação na freqüência das evacuações Alteração na forma das fezes

7

8 Como classificar considerando- se o padrão fecal? SII com constipação –Fezes sólidas ou fragmentadas em 25% ou mais, do número de evacuações e fezes pastosas ou líquidas em menos de 25% das vezes SII com diarréia –Fezes pastosas ou líquidas em 25% ou mais do número de evacuações, e fezes sólidas ou fragmentadas em menos de 25% das vezes

9 SII mista: –Fezes sólidas ou fragmentadas em 25% ou mais do número de evacuações e fezes pastosas ou líquids em 25% ou mais das vezes SII indeterminada: –Sem padrão definido nos itens anteriores

10 Como se considera a fisiopatologia nos dias de hoje? Resultante de alteração no eixo cérebro- intestinal, com anormalidade funcional do SN entérico e/ou SN central

11 Qual o principal mecanismo envolvido na SII? Hipersensibilidade visceral –Regulados no nível da mucosa e submucosa entérica, medula, tálamo e córtex cerebral

12 Que neurotransmissores estão geralmente envolvidos? Estímulo luminal (químicos, pressão etc) Liberação de mediadores químicos e inflamatórios na mucosa Estímulo direto de neurônios aferentes terminais Liberação de neurotransmissores –Histamina –TNF –Serotonina –Etc

13 Quais as respostas promovidas pela à 5-HT? Na secreção Na modulação do peristaltismo Nas funções viscerais aferentes Na percepção da dor

14 O que é a 5-HT? É uma mono amina com origem no metabolismo do triptofano Sintetizada e armazenada nas células enterocromafins Atua em receptores 5-HT 1,2,3, e 4, nas terminações nervosas da submucosa Ação regulada pelo sistema de recaptação, com respostas motoras, hidroeletrolíticas e na sensibilidade

15 Qual o efeito nos receptores 5-HT 3/ Nos neurônios extrínsecos vagais e esplâncnicos –Excitatório, provocando peristalse Nos neurônios aferentes –Mensagens nociceptivas Secreção hidroeletrolítica nos enterócitos

16 Qual a evidência da participação de 5- HT na SII com diarréia? Foram observados níveis elevados de 5- HT nestes pacientes –Em jejum e após refeições Aumento do número de células enterocromafins na mucosa do cólon Infiltração de mastócitos –Sugere participação do sistema imune

17 O que a pesquisa já mostrou na SII pós infecciosa? Hiperplasia de células enterocromafins Aumento de células T –Spiller e cols.

18 Qual o primeito antagonista de 5-HT mostrou benefício na SII? Ondansetrona

19 Que inibidor teve melhores resultados que a ondansetrona? Alosetran

20 Qual o problema da alosetrona? Constipação grave Colite isquêmica –Só utilizado em condições especiais

21 Quais as primeiras indicações da ondansetrona? Náuseas e vômitos em geral

22 Quais as evidências dos benefícios da ondansetrona na SII com diarréia? Evidências de lentificação do transito intestinal em indivíduos saudáveis – 1990 Aumento da consistência das fezes, freqüência das evacuações, melhora dos sintomas dispépticos, do desconforto epigástrico pós-prandial, flatulência, pirose e diminuição do trânsito colônico em pacientes com SII –Maxton e cols.

23 Menos episódios de dor –Goldberg e cols Ratos sob estresse => estimulação colônica => mais 5-HT => reversão com ondansetrona –Nakade e cols.

24

25 FIM


Carregar ppt "O PAPEL DA ONDANSETRONA NA SII FBG. Qual a epidemiologia da SII? É a alteração funcional mais comum no TGI Acomete 1/3 da população Freqüentemente tratada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google