A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Regulação Nervosa da Circulação Sistema Nervoso Autônomo Gabriela Costa de Andrade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Regulação Nervosa da Circulação Sistema Nervoso Autônomo Gabriela Costa de Andrade."— Transcrição da apresentação:

1 Regulação Nervosa da Circulação Sistema Nervoso Autônomo Gabriela Costa de Andrade

2 Sistema Nervoso Autônomo Simpático – mais importante Parassimpático – controle da função cardíaca

3 SNA Simpático Fibras nervosas vasomotoras simpáticas saem da medula espinhal, passam para cadeias simpáticas e daí seguem para a circulação: através de nervos simpáticos que inervam principalmente a vasculatura das vísceras intestinais e do coração ou para segmentos periféricos dos nervos espinhais, distribuídos para a vasculatura periférica.

4

5 Inervação Simpática dos Vasos Sanguíneos Todos os vasos, exceto capilares, esfíncteres pré- capilares e metarteríolas são inervados por fibras nervosas simpáticas.

6 Controle da Função Cardíaca

7 Sistema Vasoconstritor Simpático Efeito vasoconstritor simpatico é maior nos rins, intestinos, baço e pele. É menor no músculo esquelético e Cérebro. A norepinefrina é a substância transmissora da vasoconstrição simpática.

8 Centro Vasomotor Impulsos parassimpáticos para o coração – nervos vagos Impulsos simpáticos para artérias, arteríolas e veias – medula espinhal e nervos simpáticos periféricos

9 Área vasoconstritora bilateral - excita neurónios vasoconstritores pré-ganglionares do simpático Área vasodilatadora bilateral - inibe área vasoconstritora Área sensorial bilateral – controla as áreas vasocontritora e vasodilatadora através dos nervos vago e glossofaríngeo principalmente

10 Tônus Vasoconstritor Simpático A área vasocontritora do centro vasomotor emite impulsos continuamente para os vasos, provocando sua despolarização contínua. Esses impulsos mantêm o estado parcial de contração dos vasos sanguíneos – tônus vasomotor.

11 Controle da Atividade Cardíaca pelo Centro Vasomotor Porções laterais – fibras nervosas simpáticas – elevar frequência cardíaca. Porção medial – parassimpático – diminuir frequência cardíaca.

12 Controle do Centro vasomotor por Centros Nervosos Superiores Neurônios na Substância reticular da ponte, do mesencéfalo e do diencéfalo Hipotálamo Partes do córtex cerebral

13

14 Sistema Vasodilatador Simpático Os nervos simpáticos para os músculos esqueléticos contêm fibras vasodilatadoras, além das vasoconstritoras. Área principal do cérebro que controla esse sistema: hipotálamo anterior. Possível insignificância do sistema vasodilatador.

15 Desmaio emocional – Síncope Vasovagal Distúrbios emocionais que causam desmaios. Sistema vasodilatador ativado e centro cardioinibitório transmite fortes sinais para o coração queda da frequência cardíaca e da pressão arterial perda da consciência.

16 Controle Rápido da Pressão Arterial Capacidade do SNA de aumentar a pressão arterial rapidamente. Funções vasoconstritoras e cardioinibidoras do simpático são estimuladas e funçoes do parassimpático são inibidas.

17 Sistema Barorreceptor

18 Outros exemplos do Controle da Pressão Arterial Quimiorreceptores carotídeos e aórticos Reflexos atriais e das artérias pulmonares Reflexo de Volume dos rins Reflexo de Bainbridge Resposta isquêmica do SNC

19 Referência GUYTON, Arthur C. Tratado de fisiologia Médica. 11 ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.


Carregar ppt "Regulação Nervosa da Circulação Sistema Nervoso Autônomo Gabriela Costa de Andrade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google