A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Carol e Ana Laura.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Carol e Ana Laura."— Transcrição da apresentação:

1 Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Carol e Ana Laura

2 Sistema Nervoso Funciona como uma rede de comunicação; Formado pelo conjunto de órgãos que tem a capacidade de captar mensagens e estímulos do ambiente; Responsável para decodificá-los, isto é, interpretá-los e arquivá-los, bem como elaborar respostas solicitadas; As respostas podem ser dadas na forma de movimentos agradáveis ou desagradáveis, ou apenas de constatação; Integra e coordena praticamente todas as funções do organismo; Formada por células nervosas – neurônios; Dividido em duas partes: Sistema Nervoso Central e Sistema Nervoso Periférico.

3 Sistema Nervoso

4 Neurônios Transmite impulsos nervosos; Apresenta corpo celular (contém núcleo); Apresenta dois prolongamentos: dendrito e axônio.

5 Sistema Nervoso

6 Dendritos Apresenta prolongamentos que se ramificam próximo ao corpo celular; Axônio Apresenta prolongamento extenso; ramificado na extremidade; Envolvido pelo extrato mielínico; Aumenta a velocidade do impulso nervoso.

7 Sistema Nervoso

8 Sinapses - Transmissão de Impulsos Nervosos Estrutura que apresenta microespaço; Conexões entre um neurônio e outro neurônio, entre um neurônio e uma célula muscular, entre um neurônio e uma célula glandular; Transmite impulsos nervosos por meios de substâncias: neurormônios.

9 Sistema Nervoso

10 Neurormônios Liberado na extremidade do axônio; Gera impulso nervoso; Caminho do impulso nervoso: dendritos, corpo celular e axônio. Sistema Nervoso

11 Células da Glia (neuroglia) As células da neuroglia cumprem a função de sustentar, proteger, isolar e nutrir os neurônios. Sistema Nervoso

12 Sistema Nervoso Central Encéfalo Situado no crânio; Protegido pelo crânio; Apresenta 12 pares de nervos Composto pelos órgãos: cérebro, cerebelo, ponte e bulbo.

13 Sistema Nervoso Central Cérebro Maior parte do encéfalo Dividi-se em dois hemisférios: o direito e o esquerdo; Associados aos sentidos, a memória, o pensamento, aprendizagem, raciocínio, inteligência, entre outras; Coordena ações voluntárias e involuntárias; Camada externa (córtex cerebral) – contém corpos celulares e apresenta substância acinzentada; Camada interna formada por axônios e dendritos, apresenta substância branca.

14 Sistema Nervoso Central

15 Cerebelo Pequeno cérebro; localizado abaixo do cérebro; regula grau das contrações musculares em repouso; mantém o equilíbrio do corpo. Observações: Cérebro e cerebelo atuam juntos na coordenação da atividade de certos músculos. Sistema Nervoso Central

16 Ponte Localizado abaixo do cérebro e diante do bulbo; Transmite mensagens do cérebro para o cerebelo e do cérebro para o bulbo; Relacionado com reflexos: emoções, risos e lágrimas. Bulbo (medula oblonga) Localizado abaixo da ponte; Controla ritmo respiratório e cardíaco; Atos reflexos: tosse, espirro, vômito, deglutição, piscar de olhos.

17 Sistema Nervoso Central

18 Tálamo (câmara) Recebe mensagens dos órgãos dos sentidos; Transmite para regiões apropriadas do cérebro, entre outras funções. Hipotálamo (abaixo) controla a temperatura do corpo, o batimento cardíaco, a pressão do sangue, o ritmo respiratório (junto com o bulbo), a digestão, os impulsos sexuais; Interfere em algumas emoções (medo, raiva, prazer, etc.); Produz hormônios que serão acumulados na hipófise e de controlar as funções dessa glândula. Sistema Nervoso Central

19

20 Meninges Membrana que envolve o encéfalo e a medula espinal.

21 Sistema Nervoso Central Medula espinal Prolongamento do encéfalo; Cordão do tecido nervoso; Localizado no interior da coluna vertebral; Protegida pela coluna vertebral; Centro nervoso de certos atos involuntários; Condutor de impulsos nervosos; Apresentam 31 pares de nervos que se ramificam; Conexão de diversas partes do corpo recebendo e enviando mensagem para o cérebro.

22 Sistema Nervoso Central Na medula espinal a massa cinzenta localiza-se internamente e a massa branca, externamente (o contrário do que se observa no encéfalo).

23 Formado por nervos encarregados de fazer as ligações entre o sistema nervoso central e o corpo. Nervo é a reunião de várias fibras nervosas, que podem ser formadas de axônios ou de dendritos. As fibras nervosas, formadas pelos prolongamentos dos neurônios (dendritos ou axônios) e seus envoltórios, organizam-se em feixes. Cada feixe forma um nervo. Em nosso corpo existe um número muito grande de nervos. Seu conjunto forma a rede nervosa. Sistema Nervoso Periférico

24 Nervos sensoriais, são os que levam informações da periferia do corpo para o SNC (nervos aferentes ou nervos sensitivos), que são formados por prolongamentos de neurônios sensoriais. Nervos motores ou eferentes, são aqueles que transmitem impulsos do SNC para os músculos ou glândulas são, feixe de axônios de neurônios motores. Nervos mistos, formados por axônios de neurônios sensoriais e por neurônios motores. Sistema Nervoso Periférico

25 Do encéfalo partem doze pares de nervos cranianos. Sistema Nervoso Periférico

26 Os 31 pares de nervos raquidianos que saem da medula relacionam-se com os músculos esqueléticos. os nervos raquidianos são todos mistos. Sistema Nervoso Periférico

27 Com base na sua estrutura e função, o sistema nervoso periférico pode ainda subdividir-se em duas partes: o sistema nervoso somático e o sistema nervoso autônomo; As ações voluntárias resultam da contração de músculos estriados esqueléticos, que estão sob o controle do sistema nervoso periférico voluntário ou somático; Já as ações involuntárias resultam da contração das musculaturas lisa e cardíaca, controladas pelo sistema nervoso periférico autônomo, também chamado involuntário. Sistema Nervoso Periférico

28 Divide-se em sistema nervoso simpático e sistema nervoso parassimpático. De modo geral, esses dois sistemas têm funções contrárias (antagônicas). Um corrige os excessos do outro. Exemplo: se o sistema simpático acelera demasiadamente as batidas do coração, o sistema parassimpático entra em ação, diminuindo o ritmo cardíaco. Se o sistema simpático acelera o trabalho do estômago e dos intestinos, o parassimpático entra em ação para diminuir as contrações desses órgãos. Sistema Nervoso Periférico Autônomo

29 Sistema Nervoso Periférico Autônomo Simpático e Parassimpático

30 Os atos reflexos ou simplesmente reflexos são respostas automáticas, involuntárias a um estímulo sensorial. O estímulo chega ao órgão receptor, é enviado à medula através de neurônios sensitivos ou aferentes (chegam pela raiz dorsal). Na medula, neurônios associativos recebem a informação e emitem uma ordem de ação através dos neurônios motores (saem da medula através da raiz ventral). Os neurônios motores ou eferentes chegam ao órgão efetor que realizará uma resposta ao estímulo inicial. Esse caminho seguido pelo impulso nervoso e que permite a execução de um ato reflexo é chamado arco reflexo. Atos Reflexos

31

32 Atividades de Raciocínio Lógico e Linguagem

33

34

35


Carregar ppt "Sistema Nervoso Professoras: Edilene, Carol e Ana Laura."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google