A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Economia em Mato Grosso:1870-1930. 1- Cana –de- Açúcar : Período Colonial: Serra Acima ( Chapada), rio Cuiabá em Rio Abaixo (Santo Antonio do Leverger)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Economia em Mato Grosso:1870-1930. 1- Cana –de- Açúcar : Período Colonial: Serra Acima ( Chapada), rio Cuiabá em Rio Abaixo (Santo Antonio do Leverger)"— Transcrição da apresentação:

1 Economia em Mato Grosso:

2 1- Cana –de- Açúcar : Período Colonial: Serra Acima ( Chapada), rio Cuiabá em Rio Abaixo (Santo Antonio do Leverger) -Produção nos engenhos e voltada para o mercado interno. -Na segunda metade do século XIX: Usinas Principais usinas: Aricá, Tamandaré, Maravilha, Itaici, Ressaca, Flechas, Conceição.. Localização: Rio Cuiabá e Rio Paraguai Escoamento: Bacia Platina. Mão-de-obra: Trabalho Assalariado baseado em produção(Tratamento Escravista)- Camaradas Mercado Consumidor: Mercado Interno e Externo

3 Itaici: Santo Antonio Proprietário: Antonio Paes de Barros (Totó Paes de Barros) Moeda: Tarefa Ideologia: O trabalho dignifica o homem Decadência: Vargas (1930) Cobrança de Leis Trabalhistas. Criação do Instituto do Açúcar e do Álcool estabelecendo cotas para o financiamento.

4 Poaia, Ipeca e Ipecacuanha (1860) Local de Extração: Oeste de Mato Grosso. Período da Extração: Período das Chuvas Escoamento: Bacia Platina Mão-de-obra: Trabalho Assalariado baseado em Produção. Mercado Consumidor: Mercado Externo. Século XX, década de 40: Mercado interno.

5 Erva-Mate (1870) Local de Extração: Sul de Mato Grosso. 1870: Tomas Laranjeira funda a Companhia Mate Laranjeira. Principais acionistas: Banco Rio e Mato Grosso e os Murtinho ( Manuel José Murtinho e Joaquim Murtinho) Mão-de-obra: Trabalho Assalariado baseado em produção- mineros Escoamento: Bacia Platina. Principal comprador: Argentina. *Em 1902, com a falência do Banco Rio e Mato Grosso, as ações foram compradas pelo argentino Francisco Mendes. A empresa muda a razão social- Laranjeira, Mendes e Companhia. Tomas Laranjeira:cuida da extração Francisco Mendes: Industrialização. A Empresa torna-se um Estado dentro do Estado Policia da Empresa: Comitiveros.

6 Decadência: Vargas Medidas: Estimulo da produção da Mate no sul do pais. Colonização do sul de Mato Grosso. Principal corrente passou a cultivar o mate em Missiones e Corrientes.

7 Borracha (1870) Produção: Vale amazônico- Seringueira; Bacia Platina:mangabeira Mão-de-obra: Trabalho Assalariado baseado em produção- nordestinos. Mercado consumidor: Mercado Externo Escoamento: Vale amazônico: Estrada de Ferro Madeira- Mamoré. Mangabeira: Bacia Platina. Período de Extração: secas Decadência: Primeira República Motivo: concorrência com a produção no sudeste asiático. Século XX, década de 40: Produção para o mercado interno.

8 Pecuária: Período Colonial:mercado interno Principal produtor: Vila Maria de Cáceres ( Fazenda Jacobina) Século XIX: Mercado consumidor: mercado interno e externo Produtos exportados: charque, couro, sebo, crina, caldo de carne. Escoamento: bacia Platina Mão-de-obra: trabalho assalariado (gado) Saladeiros ou charqueadas: Descalvado (Cáceres)


Carregar ppt "Economia em Mato Grosso:1870-1930. 1- Cana –de- Açúcar : Período Colonial: Serra Acima ( Chapada), rio Cuiabá em Rio Abaixo (Santo Antonio do Leverger)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google