A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Imagem: Livro Zalmino Zimmermann Cleto Brutes – Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Cleto Brutes – Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Imagem: Livro Zalmino Zimmermann Cleto Brutes – Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Cleto Brutes – Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 Imagem: Livro Zalmino Zimmermann Cleto Brutes – Apresentação disponível em Cleto Brutes – Apresentação disponível em

2 Perispírito Espírito ou Alma Corpo Mental O CORPO MENTAL

3 O complexo humano RIE

4 PERISPÍRITO: CONCEITO O termo foi empregado pela primeira vez por Allan Kardec. Etimologicamente a palavra vem do grego peri – em torno, e do latim spiritus – alma, espírito, designando o envoltório sutil e perene do Espírito, que possibilita sua interação com os meios espiritual e físico. É a forma preexistente e sobrevivente do ser humano, sobre o qual se modela o envoltório carnal, como uma veste dupla invisível constituída de matéria quintenssenciada. O termo foi empregado pela primeira vez por Allan Kardec. Etimologicamente a palavra vem do grego peri – em torno, e do latim spiritus – alma, espírito, designando o envoltório sutil e perene do Espírito, que possibilita sua interação com os meios espiritual e físico. É a forma preexistente e sobrevivente do ser humano, sobre o qual se modela o envoltório carnal, como uma veste dupla invisível constituída de matéria quintenssenciada.

5 PERISPÍRITO: NATUREZA Retirado do Fluído Cósmico Universal (modificado) de cada globo. O perispírito ou corpo fluídico dos Espíritos (encarnados e desencarnados) é um dos mais importantes produtos do FCU. É uma condensação desse fluido em torno do Princípio Inteligente Individualizado. Retirado do Fluído Cósmico Universal (modificado) de cada globo. O perispírito ou corpo fluídico dos Espíritos (encarnados e desencarnados) é um dos mais importantes produtos do FCU. É uma condensação desse fluido em torno do Princípio Inteligente Individualizado.

6 Funções do Perispírito: Instrumental; Individualizadora; Organizadora; Sustentadora; Sede dos centros de força.

7 Propriedades do Perispírito: Plasticidade; Expansibilidade; Irradiação; Penetrabilidade; Absorvente; Densidade / ponderabilidade; Luminosidade; Visibilidade / Tangibilidade.

8 Em alguns casos e sob certas circunstâncias, o Espírito pode tornar-se visível. Os desencarnados menos evoluídos percebem o perispírito dos seus pares e dos Espíritos que lhe são inferiores. Em alguns casos e sob certas circunstâncias, o Espírito pode tornar-se visível. Os desencarnados menos evoluídos percebem o perispírito dos seus pares e dos Espíritos que lhe são inferiores. Visibilidade - tangibilidade

9 A tangibilidade pode se tornar real, ou seja, se pode tocar, apalpar e sentir a mesma resistência e o mesmo calor que parte de um corpo vivo. A tangibilidade pode se tornar real, ou seja, se pode tocar, apalpar e sentir a mesma resistência e o mesmo calor que parte de um corpo vivo. Visibilidade - tangibilidade

10 Médium Peixotinho Revista Reformador – Setembro de 2005 – páginas 26 á 28

11 Propriedade de perceber sensações, sentimentos e emoções. Estas percepções não são captadas por meio de órgãos específicos, mas em todo o corpo perispiritual. Propriedade de perceber sensações, sentimentos e emoções. Estas percepções não são captadas por meio de órgãos específicos, mas em todo o corpo perispiritual. Sensibilidade Global

12 Significa dizer que cada pessoa traz no próprio perispírito a soma das suas conquistas evolutivas. Não há, portanto, dois perispíritos iguais. Significa dizer que cada pessoa traz no próprio perispírito a soma das suas conquistas evolutivas. Não há, portanto, dois perispíritos iguais. Unicidade

13 Estudos afirmam que as impressões digitais não mudam de uma encarnação para outra. Sendo o perispírito o responsável pelo genótipo, ou parte externa do corpo somático, tudo indica que as impressões digitais jamais se extraviam enquanto o Espírito necessitar reencarnar na Terra. Estudos afirmam que as impressões digitais não mudam de uma encarnação para outra. Sendo o perispírito o responsável pelo genótipo, ou parte externa do corpo somático, tudo indica que as impressões digitais jamais se extraviam enquanto o Espírito necessitar reencarnar na Terra. Unicidade

14 As pesquisas feitas por Dr. João Alberto Fiorine, Delegado de Polícia do Paraná, especialista em impressão digital. Em busca da comprovação científica da reencarnação vem trabalhando em suas pesquisas com os seguintes dados: impressão digital, exame grafotécnico, prosopográfico e marcas de nascença. impressão digital, do mesmo padrão. Unicidade

15 O corpo espiritual é indestrutível como a própria alma. Somente a vontade o pode modificar, não porém, mudando-lhe a substância. O corpo espiritual é indestrutível como a própria alma. Somente a vontade o pode modificar, não porém, mudando-lhe a substância. Perenidade

16 Com a morte, a situação do perispírito depende menos da forma como ela se deu do que da situação espiritual da pessoa que desencarna, exceto nos casos de suicídio. (...) uma bomba, ou um desastre fazem menos mal ao perispírito do que uma consciência culpada ou uma ligação obsessiva grave. (Revista Espírita Allan Kardec. Ano X. n. 40. out-dez p.5) Com a morte, a situação do perispírito depende menos da forma como ela se deu do que da situação espiritual da pessoa que desencarna, exceto nos casos de suicídio. (...) uma bomba, ou um desastre fazem menos mal ao perispírito do que uma consciência culpada ou uma ligação obsessiva grave. (Revista Espírita Allan Kardec. Ano X. n. 40. out-dez p.5) Perispírito x mortes violentas

17 O que ocorre dentro de nós é muito mais importante do que o que acontece fora de nós. (Revista Espírita Allan Kardec. Ano X. n. 40. out- dez p.5) Perispírito x mortes violentas

18 Cena palestra – Quem tem medo da morte? Simonetti Perenidade

19 Cena palestra – Quem tem medo da morte? Simonetti Perenidade

20 Cena palestra – Quem tem medo da morte? Simonetti Perenidade

21 É a propriedade que permite mudanças no perispírito em decorrência do processo evolutivo. A mutabilidade ocorre não no que se refere à substância, mas em relação à sua forma e estrutura. É a propriedade que permite mudanças no perispírito em decorrência do processo evolutivo. A mutabilidade ocorre não no que se refere à substância, mas em relação à sua forma e estrutura. Mutabilidade

22 SENTIDO DA EVOLUÇÃO Desmaterialização do PERISPÍRITO com a evolução. Perispírito inferioresé tão grosseiro, O Perispírito dos Espíritos mais inferiores é tão grosseiro, que eles o confundem com o corpo carnal, razão por que continuam a crer-se vivos. (A Gênese Cap. XIV, item 9) Destinação no Mundo Espiritual

23 O perispírito reflete contínua e instantaneamente os estados mentais. A atividade mental nos marca o perispírito, identificando nossa real posição evolutiva. O perispírito reflete contínua e instantaneamente os estados mentais. A atividade mental nos marca o perispírito, identificando nossa real posição evolutiva. Capacidade Refletora

24 PERISPÍRITOXAURA

25 Aura: Irradiação luminosa da individualidade espiritual (ser integral), refletindo as irradiações do corpo perispiritual, do corpo físico, da identidade eterna, formando um conjunto que chamamos aura. Aura: Irradiação luminosa da individualidade espiritual (ser integral), refletindo as irradiações do corpo perispiritual, do corpo físico, da identidade eterna, formando um conjunto que chamamos aura. Perispírito x Aura Estado físico + pensamento + vontade + sentimentos + emoções = AURA

26 Jorge Andréa (Presença Espírita – – mar-abr/07 p ) afetividade Hábitos valores FLUXO ENERGÉTIVO: Campos vibratórios com as suas variadas dimensões sentimento Vontade Pensamento AURA:espelha Espírito, perispírito, duplo etéreo, corpo físico.

27 A aura revela as condições de saúde física, estado do Espírito, nível mental e o caráter das pessoas. Diferença: O perispírito é mais estável. A aura é mais vulnerável, pois reflete o momento. Lembrar: Nosso ambiente mental definirá a camada fluídica que rodeia e que de nós emana, favorável ou contra o próximo. Perispírito x Aura

28 PERISPÍRITOXANESTESIA

29 (...) dada a profunda interação entre o sistema nervoso e a estrutura perispirítica que lhe corresponde, sob o comando do centro coronário, a ação química no primeiro reflete-se imediatamente na segunda. (...) dada a profunda interação entre o sistema nervoso e a estrutura perispirítica que lhe corresponde, sob o comando do centro coronário, a ação química no primeiro reflete-se imediatamente na segunda. Perispírito x Anestesia Zalmino Zimmermann – Perispírito – cap. XVI. P

30 Nos casos de anestesia local ou parcial, surge à evidência que ela ocorre não só em função do entorpecimento de áreas do sistema nervoso, como – e fundamentalmente – do bloqueio da ação perispirítica a elas correspondente. Nos casos de anestesia local ou parcial, surge à evidência que ela ocorre não só em função do entorpecimento de áreas do sistema nervoso, como – e fundamentalmente – do bloqueio da ação perispirítica a elas correspondente. Perispírito x Anestesia Zalmino Zimmermann – Perispírito – cap. XVI. P

31 PERISPÍRITOXDESENCARNAÇÃO

32 Desencarnação passo a passo Dr. Ricardo Di Bernardi - Revivência mnemônica no suicida – Fisiopatologia Extrafísica– RIE Julho 2006–P

33 Desencarnação Desencarnação: RIE

34 1) Morte Biológica: 1) Morte Biológica: A ausência do metabolismo físico determina uma reflexa redução do metabolismo no corpo espiritual, conseqüentemente, uma retração ou contração das moléculas perispirituais; A ausência do metabolismo físico determina uma reflexa redução do metabolismo no corpo espiritual, conseqüentemente, uma retração ou contração das moléculas perispirituais;

35 2) Histólise perispiritual: A decomposição de alguns componentes do tecido perispiritual que estavam presos à estrutura física; A decomposição de alguns componentes do tecido perispiritual que estavam presos à estrutura física;

36 3) Reciclagem da energia vital: Durante a contração perispiritual, decorrente da energia cinética das moléculas extrafísicas, o perispírito absorve uma parte das energias vitais do corpo biológico; energias estas que serão recicladas no corpo espiritual para sua adaptação ao novo meio (o mundo espiritual). Durante a contração perispiritual, decorrente da energia cinética das moléculas extrafísicas, o perispírito absorve uma parte das energias vitais do corpo biológico; energias estas que serão recicladas no corpo espiritual para sua adaptação ao novo meio (o mundo espiritual).

37 4) Reconstrução do perispírito (histogênese espiritual): Analogamente a uma mola comprimida, em reação à contração perispiritual ocorrida, logo há uma expansão perispiritual. As moléculas aumentam sua vibração ao integrarem as energias vitais recém-captadas do corpo físico. Analogamente a uma mola comprimida, em reação à contração perispiritual ocorrida, logo há uma expansão perispiritual. As moléculas aumentam sua vibração ao integrarem as energias vitais recém-captadas do corpo físico.

38 5) Revivência Mnemônica: A consciência passa a reagir, acentuando sua expressão energética, expandindo-se. Nesse momento de expansão, passa a recapitular rapidamente, toda a experiência vivida na matéria. Isso ocorre para que os tecidos extrafísicos fixem as experiências adquiridas e gerem, automaticamente, a programação corretiva. A consciência passa a reagir, acentuando sua expressão energética, expandindo-se. Nesse momento de expansão, passa a recapitular rapidamente, toda a experiência vivida na matéria. Isso ocorre para que os tecidos extrafísicos fixem as experiências adquiridas e gerem, automaticamente, a programação corretiva.

39 6) Sono reparador: Após esta rápida expansão, advém nova contração molecular levando o desencarnante a um sono reparador. Despertará para a nova realidade na atmosfera espiritual. Após esta rápida expansão, advém nova contração molecular levando o desencarnante a um sono reparador. Despertará para a nova realidade na atmosfera espiritual.

40 Minutos, horas, meses ou anos, conforme o nível ético e evolutivo da entidade desencarnante. Minutos, horas, meses ou anos, conforme o nível ético e evolutivo da entidade desencarnante. 7) Tempo de duração desse processo:

41 A consciência reduz muito sua expressividade como reflexo da negação em existir, ocorrendo uma contração perispiritual prolongada. A reciclagem da energia vital através do cordão de prata (laço fluídico) ocorre de uma forma mais lenta. A consciência reduz muito sua expressividade como reflexo da negação em existir, ocorrendo uma contração perispiritual prolongada. A reciclagem da energia vital através do cordão de prata (laço fluídico) ocorre de uma forma mais lenta. 8) Suicidas:

42 Pela quantidade de energia vital que se encontrava aderida a estrutura biológica, existente em volume adequado à programação maior de tempo de vida. Pela quantidade de energia vital que se encontrava aderida a estrutura biológica, existente em volume adequado à programação maior de tempo de vida. Essa energia não desaparece, permanece viva e vibrante, cumprindo, automaticamente, sua função de fixar o corpo espiritual ao corpo físico. Essa energia não desaparece, permanece viva e vibrante, cumprindo, automaticamente, sua função de fixar o corpo espiritual ao corpo físico. 8) Suicidas:

43 Conforme o gênero do autocídio cometido, há o desenvolvimento de uma patologia perispiritual (lesões) específica, relacionada ao processo traumático a que o corpo foi submetido no ato suicida. Conforme o gênero do autocídio cometido, há o desenvolvimento de uma patologia perispiritual (lesões) específica, relacionada ao processo traumático a que o corpo foi submetido no ato suicida. 8) Suicidas:

44 Mesmo quando os Espíritos de Luz conseguem desatar os laços fluídicos, a reconstituição do perispírito estaciona e a revivência mnemônica se fixa de forma intensa, no momento da morte. Mesmo quando os Espíritos de Luz conseguem desatar os laços fluídicos, a reconstituição do perispírito estaciona e a revivência mnemônica se fixa de forma intensa, no momento da morte. Esta revivência passa a repetir-se, sendo assistida e vivenciada inúmeras vezes pelo suicida. Esta revivência passa a repetir-se, sendo assistida e vivenciada inúmeras vezes pelo suicida. 8) Suicidas:

45 PERISPÍRITO E MEMÓRIA Imagem:

46 Quanto à sede da memória, não há na literatura espírita uma unanimidade de pensamento. Quanto à sede da memória, não há na literatura espírita uma unanimidade de pensamento. 1) Há uma tendência que aponta o espírito como sede, pois é a alma que pensa e que, por conseguinte, guarda e lembra as impressões das experiências vividas em sua peregrinação evolutiva. 1) Há uma tendência que aponta o espírito como sede, pois é a alma que pensa e que, por conseguinte, guarda e lembra as impressões das experiências vividas em sua peregrinação evolutiva. PERISPÍRITO E MEMÓRIA

47 No entanto, ela imprescinde do perispírito como seu indestrutível, indissociável agente de manifestação. No entanto, ela imprescinde do perispírito como seu indestrutível, indissociável agente de manifestação. Dentro dessa idéia a memória apenas se expressa por via do perispírito. Dentro dessa idéia a memória apenas se expressa por via do perispírito. PERISPÍRITO E MEMÓRIA

48 2) Banco de dados: O corpo espiritual é banco de dados do Espírito. As inúmeras experiências vivenciadas pelo Espírito são captadas e arquivadas (registro) no seu perispírito. 2) Banco de dados: O corpo espiritual é banco de dados do Espírito. As inúmeras experiências vivenciadas pelo Espírito são captadas e arquivadas (registro) no seu perispírito. PERISPÍRITO E MEMÓRIA

49 Apesar dos arquivos mentais guardarem as lembranças integrais, a memória funciona de forma seletiva e interpretativa. Poucas lembranças pretéritas assomam à nossa consciência. No entanto, elas se refletem na nossa maneira de ser, na forma de nos relacionar com o semelhante e nas diretrizes utilizadas para nos conduzir na vida. Apesar dos arquivos mentais guardarem as lembranças integrais, a memória funciona de forma seletiva e interpretativa. Poucas lembranças pretéritas assomam à nossa consciência. No entanto, elas se refletem na nossa maneira de ser, na forma de nos relacionar com o semelhante e nas diretrizes utilizadas para nos conduzir na vida. PERISPÍRITO E MEMÓRIA

50 PERISPÍRITOX CENTROS DE FORÇA

51 - Localizam-se no perispírito; - Acumuladores e distribuidores de energia; - Transitam por eles os fluidos energéticos, de um para outro e a todo organismo; - Controlam a aparelhagem fisiológica e psicológica. PERISPÍRITO E CENTROS DE FORÇA

52 Discos energéticos (chacras) controladores das correntes de energias centrífugas (do Espírito para a matéria) ou centrípetas (da matéria para o Espírito), que aí se instalam como manifestações da própria vida. Discos energéticos (chacras) controladores das correntes de energias centrífugas (do Espírito para a matéria) ou centrípetas (da matéria para o Espírito), que aí se instalam como manifestações da própria vida. PERISPÍRITO E CENTROS DE FORÇA

53 CENTROS DE DE FORÇA FORÇA CORONÁRIO FRONTALCerebral LARÍNGEO CARDÍACO ESPLÊNICO GÁSTRICO BÁSICO / Genésico

54 São como funis que giram num determinado sentido, formando mini-furacões, mini-redemoínhos com a boca desses funis direcionados ao espaço etéreo. PERISPÍRITO E CENTROS DE FORÇA

55 RIE 10/00 Interação com os sistemas, glândulas e plexos. Físico x perispiritual.

56 Situa-se na parte central do cérebro e é referido como a sede da mente,centro vital regente, nele se assenta a ligação com a mente. Esse centro recebe em primeiro lugar os estímulos do Espírito, comandando os demais, vibrando, todavia, com eles em justo regime de interdependência. Esse centro recebe em primeiro lugar os estímulos do Espírito, comandando os demais, vibrando, todavia, com eles em justo regime de interdependência. 7) Coronário:

57 Dele emanam as energias de sustentação do sistema nervoso e suas subdivisões, sendo o responsável pela alimentação das células do pensamento e provedor de todos os recursos eletromagnéticos indispensáveis à estabilidade orgânica. Dele emanam as energias de sustentação do sistema nervoso e suas subdivisões, sendo o responsável pela alimentação das células do pensamento e provedor de todos os recursos eletromagnéticos indispensáveis à estabilidade orgânica. É, por isso, o grande assimilador das energias solares e dos raios da espiritualidade superior (ligação com a dimensão espiritual). 7) Coronário:

58 Localizado no nível do lobo frontal. É próximo ao centro coronário, controlando sensações e impressões do mundo sensório. Responsável pelo controle da inteligência, dos sentidos e das glândulas endócrinas, via hipófise. 6) Frontal ou cerebral: 6

59 Localizado na garganta física. Preside a fonação, a audição, a respiração e as glândulas tireóide, paratireóide e o timo. 5) Laríngeo: 5

60 Responde pelas energias que se desenvolvem em todo o aparelho circulatório. Responde pelas energias que se desenvolvem em todo o aparelho circulatório. É responsável pela atividade pulmonar, cardíaca e circulatória. Regula as emoções e os sentimentos. É responsável pela atividade pulmonar, cardíaca e circulatória. Regula as emoções e os sentimentos. 4) Cardíaco: 4

61 Localiza-se na região esplênica, correspondendo ao baço (esquerda do abdômen). Localiza-se na região esplênica, correspondendo ao baço (esquerda do abdômen). É responsável pela regulação das reservas sanguíneas, a composição dos seus elementos e ainda é vitalizador das defesas orgânicas. 3) Esplênico: 3

62 É responsável pela absorção de alimentos, seu metabolismo e a liberação de suas respectivas energias (somatização e assimilação da energia dos alimentos). É responsável pela absorção de alimentos, seu metabolismo e a liberação de suas respectivas energias (somatização e assimilação da energia dos alimentos). Também assimila as energias negativas. Também assimila as energias negativas. 2) Solar, Umbilical ou Gástrico: 2

63 Localizado na região hipogástrica, correspondendo à bexiga. Localizado na região hipogástrica, correspondendo à bexiga. Responsável pelo amparo do setor sexual, não só na modelagem de novos corpos, como também nos estímulos das realizações e criações entre os seres. Responsável pelo amparo do setor sexual, não só na modelagem de novos corpos, como também nos estímulos das realizações e criações entre os seres. 1) Genésio / básico: 1

64 - ZIMMERMANN, Zalmino. Perispírito; - KARDEC, Allan. A Gênese; - KARDEC, Allan. Obras Póstumas. § 1º; - Dirigente de Grupo Mediúnico. FERGS; - Moreira, Fernando. A Fisiologia da Alma. RIE. Outubro de 2000; - Funções do Perispírito. Apresentação PPT FEB. REFERÊNCIAS

65 JESUS em nossas vidas Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. (Mt. 11,28-30). Imagem: Revista Internacional de Espiritismo –

66 JESUS em nossas vidas Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei comigo que sou brando e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo. (Mt. 11,28-30). Imagem: Revista Internacional de Espiritismo –


Carregar ppt "Imagem: Livro Zalmino Zimmermann Cleto Brutes – Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br Cleto Brutes – Apresentação disponível em www.searadomestre.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google