A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Comunhão Espírita de Brasília 1 DED – Fase 1B Departamento de Estudo Doutrinário Avenida L2 Sul, Quadra 604, Lote 27 1º Andar- Sala 106 Telefone:226-0540.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Comunhão Espírita de Brasília 1 DED – Fase 1B Departamento de Estudo Doutrinário Avenida L2 Sul, Quadra 604, Lote 27 1º Andar- Sala 106 Telefone:226-0540."— Transcrição da apresentação:

1 Comunhão Espírita de Brasília 1 DED – Fase 1B Departamento de Estudo Doutrinário Avenida L2 Sul, Quadra 604, Lote 27 1º Andar- Sala 106 Telefone: PURALIDADE DOS MUNDOS HABITADOS Diferentes Categorias de Mundos Habitados

2 Comunhão Espírita de Brasília 2

3 3 Não se turbe o vosso coração. Crede em Deus, crede também em mim. Há muitas moradas na casa de meu Pai. Se assim não fosse, eu vo-lo teria dito; pois vou preparar- vos o lugar. E depois que eu me for, e vos aparelhar o lugar, virei outra vez e tomar- vos-ei para mim, para que lá onde estiver, estejais vós também. ( O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.III, item 1)

4 Comunhão Espírita de Brasília 4 AS MORADAS DA CASA DO PAI São habitados todos os globos que se movem no espaço? Sim, e o homem terreno está longe de ser, como supõe, o primeiro em inteligência, em bondade e em perfeição. Na nossa galáxia, chamada Via-Láctea, existem mais ou menos 40 bilhões de estrelas. O Universo se expande cada vez mais, com a formação de novas galáxias, calculando-se, hoje, em mais de 100 milhões o número das que já podem ser vistas. Diante disso, não constitui uma ingenuidade, ou uma falta de inteligência, supor que apenas a Terra seja habitada por seres racionais? ( O Livro dos Espíritos, parte 1ª, cap. III, q.55)

5 Comunhão Espírita de Brasília 5 As várias moradas mencionadas no Evangelho assim se dividem: a) Mundos físicos, onde o Espírito encarnado realiza a sua marcha evolutiva. b) As diversas zonas espirituais, superiores ou inferiores, além das fronteiras físicas,onde a vida palpita com a mesma intensidade das metrópoles humanas. c) Os vários departamentos da mente, onde se demoram pensamentos e reações, dramas e tragédias, anseios e realidades do Espírito.

6 Comunhão Espírita de Brasília 6 DIFERENTES CATEGORIAS DE MUNDOS HABITADOS Mundos Primitivos: destinados às primeiras encarnações da alma humana. A vida, toda material, se limita à luta pela subsistência, o senso moral é quase nulo e as paixões reinam soberanas. Mundos de Expiações e Provas : constituídos de almas ainda imperfeitas, mas que já realizaram um certo progresso. A Terra pertence à categoria dos mundos de expiações e provas. Mundos Regeneradores: servem de transição entre os mundos de expiações e os felizes. Neles a alma encontra a paz, o descanso, e percebe a aurora da felicidade. Mundos Felizes: onde o bem sobrepuja o mal. Mundos Celestes ou Divinos: moradas dos Espíritos purificados, onde o bem reina sem mistura. ( O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap.III, itens 8-19)

7 Comunhão Espírita de Brasília 7 PLANETA MARTE- descrições de Maria João de Deus e Humberto de Campos : Vi-me à frente de um lago maravilhoso, junto de uma cidade, formado de edificações profundamente análogas às da Terra. Apenas a vegetação era ligeiramente avermelhada, mas as flores e os frutos particularizavam-se pela variedade de cores e perfumes. O ar…, afigurava- se-me muito mais leve que o da Terra. Vi homens semelhantes aos terrícolas, mas os seus organismos possuíam diferenças apreciáveis. A vida lá é mais aérea. Poderosas máquinas cruzavam os ares em toda as direções. Não vi montanhas, sendo notáveis as planícies imensas. As águas são muitos raras. As chuvas quase que não se verificam…. A humanidade de Marte evoluiu mais rapidamente que a da Terra. Não conhecem os fenômenos da guerra e qualquer flagelo social seria entre eles um acontecimento inacreditável. Evolveram sem as expiações coletivas. O dia conta 24 horas e quase 40 minutos, mas os anos constam de 668 dias.. Observei que a nossa presença espiritual não era percebida e que os marcianos haviam colocado em seu templo poderosos telescópios com a possibilidade de aumentar a imagem da Terra em mais de vezes, chegando ao extremo de examinar as vibrações de ordem psíquica na nossa atmosfera. Vimos então que ao influxo poderoso daquelas mentes irmanadas pela sabedoria e pelo sentimento, formara-se sobre o santuário uma estrada luminosa, através da qual descera do alto um mensageiro celeste. A mais profunda espiritualidade caracteriza essa humanidade, rica de amor fraterno e respeito ao criador. ( Excertos de Cartas de uma morta, Paisagem de Marte, p. 77)

8 Comunhão Espírita de Brasília 8 BELEZAS DE SATURNO - descrições de Maria João de Deus: Vi-me numa superfície onde parecia pisar sobre um amontoado de massas mais ou menos análogas ao gelo, sentindo-me envolvida numa temperatura singular. Avistei muito distante, como um novelo de luz, levemente azulada, o Sol. A luz se espalhava por todas as coisas, mas o seu calor era menor, apresentando tonalidades de um rosa pálido e de um azul indefinível. Vi depois várias habitações artisticamente dispostas decoradas com uma substância que mudava de cor em lindas nuanças aos reflexos da luz solar. Uma vegetação estranha coalhava o solo branco, às vezes brilhante; as folhagens e ramarias eram azuladas, as flores eram de coloridos variados. Vi seres estranhos que nada tinham de comum com a humanidade terrena, com suas membranas à guisa de asas, as quais lhe facultavam o poder de volitar. O dia lá se compõe de 10 horas e as estações duram mais de 7 anos terrestres (365 dias). Os saturninos são altamente dotados de sabedoria, sensibilidade e inteligência. Souberam dominar todos os elementos da natureza e aplicar sabiamente as suas leis, fazendo do mundo em que vivem uma das regiões privilegiadas do Universo. Chegados a certa idade, os saturninos ouvem os espíritos, existindo entre eles a mais poderosa mediunidade generalizada. ( Excertos de Cartas de uma morta, O Sol azulado de Saturno, p.39)

9 Comunhão Espírita de Brasília 9 MUNDO DE TRÊS SÓIS - Descrições de Maria João de Deus: Penetramos numa atmosfera rosada plena de luz que se irradiava espalhando sons dentro da mais harmoniosa das cadências que os meus ouvidos escutaram. Sobre as nossas frontes, contemplávamos um sol magnífico, cor-de-rosa quase enrubescido emprestando ao ambiente as mais estranhas cambiantes. A seguir percebemos que uma estrela esverdeada brilhava nos céus, misturando as suas claridades esmeraldinas com as tonalidades róseas, e de repente outro sol surgia, amarelo cor-de-laranja amadurecida provocando efeitos de luz inimagináveis. O elemento sólido desse orbe era formado de substâncias que não me é possível descrever. Lá observei a existência de oceanos e florestas, jardins, minerais, animais e muitas outras coisas que equivalem aos objetos e manifestações de vida sobre a Terra. Os seres pensantes desse mundo são muitos superiores aos homens e cuidam somente de trabalhos elevados e de ordem divina. Lá não se conhecem as palavras noite, sombra ou escuridão. Os felizes habitantes desse orbe puderam nos ver e entender, mas nós não conseguimos penetrar nos seus problemas, nem na elevação e na superioridade de seus labores. Apenas o nosso mestre podia conversar com eles. Uma grande bondade se irradia dos seus pensamentos. ( Excertos de Carta de uma morta, Três sóis de cores diversas, p.71)

10 Comunhão Espírita de Brasília 10 Para chegar à perfeição e à suprema felicidade, destino final de todos os homens, tem o espírito que passar pela fieira de todos os mundos existentes no Universo? Não, porquanto muitos são os mundos correspondentes a cada grau da respectiva escala e o Espírito, saindo de um deles, nenhuma coisa nova aprenderia nos outros do mesmo grau. ( O Livro dos Espíritos, parte 2ª, cap.IV, q.177)

11 Comunhão Espírita de Brasília 11 Os Espíritos encarnados em um mundo não estão ligados indefinidamente a ele e não cumprem nele todas as fases progressivas que devem percorrer para chegar à perfeição. Quando atingem o grau máximo de adiantamento no mudo em que vivem, passam para um outro mais avançado e, assim, sucessivamente, até que cheguem ao estado de Espíritos puros. ( O Evangelho Segundo o Espiritismo, cap. III, item 5)

12 Comunhão Espírita de Brasília 12 Os departamentos da mente são, a nosso ver, outras tantas moradas individuais, como repositório das reações mais ou menos felizes das inteligências encarnadas ou desencarnadas. A morada mental do homem equilibrado apresenta aquela ordem, aquele asseio, aquela disciplina, aquele respeito encontrados nas residências bem cuidadas no plano físico.

13 Comunhão Espírita de Brasília 13 Por isso, Emmanuel concita-nos ao esforço renovador, em busca da felicidade que não se extingue, nem aqui, nem no mais além, assegurando-nos que, trabalhando e servindo, aprendendo e amando, a nossa vida íntima se ilumina e se aperfeiçoa, entrando gradativamente em contato com os grandes gênios da imortalidade gloriosa.

14 Comunhão Espírita de Brasília 14 Referência Bibliográficas KARDEC, Allan. Da Vida Espírita. ln:_. O Livro dos Espíritos. Trad. de Guillon Ribeiro. 75. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, Parte 2a. Cap. VI. Perg. 234, pág Perg. 235, pág Perg. 236 e comentário, págs MARTINS PERALVA. Mundos habitados. ln:_. O Pensamento de Emmanuel. 5. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, Págs Págs XAVIER, Francisco Cândido. A chegada. ln:_. Voltei. Ditado pelo Espírito Irmão Jacob. 7. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, Págs O Consolador. Ditado pelo Espírito Emmanuel. 17. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, Perg. 244, pág No Mundo Maior. Ditado pelo Espírito André Luiz. 20. ed. Rio [de Janeiro]: FEB,1995. Pág Nova moradia. ln:_. Voltei. Ditado pelo Espírito Irmão Jacob. 7. ed. Rio [deJaneiro]: FEB, Págs KARDEC, Allan. Há muitas moradas na casa do Pai. ln:_. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Trad. de Guillon Ribeiro ed. Rio [de Janeiro]: FEB, Cap. II. Item 2, pág Item 3, pág Item 4, págs Da Criação. ln:_. O Livro dos Espíritos. Trad. de Guillon Ribeiro. 75. ed. Rio [deJaneiro]: FEB, Parte 1a, Cap. III. Comentário à perg. 55, pág. 69 CALLIGARIS, Rodolfo. Na casa de meu Pai há muitas moradas. ln:_. Páginas de Espiritismo Cristão. 4. ed. Rio [de Janeiro]: FEB, Pág Pág Págs Numa cidade estranha. ln:_. Libertação. Pelo Espírito André Luiz. 18. ed. Rio [deJaneiro]: FEB, Págs


Carregar ppt "Comunhão Espírita de Brasília 1 DED – Fase 1B Departamento de Estudo Doutrinário Avenida L2 Sul, Quadra 604, Lote 27 1º Andar- Sala 106 Telefone:226-0540."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google