A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Gênesis O livro das Origens Estudo 05 Noé fez tudo o que o Senhor lhe ordenara Texto bíblico Gênesis 7,8,9,10,11 Texto áureo Gênesis 7.5 E Noé fez segundo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Gênesis O livro das Origens Estudo 05 Noé fez tudo o que o Senhor lhe ordenara Texto bíblico Gênesis 7,8,9,10,11 Texto áureo Gênesis 7.5 E Noé fez segundo."— Transcrição da apresentação:

1 Gênesis O livro das Origens Estudo 05 Noé fez tudo o que o Senhor lhe ordenara Texto bíblico Gênesis 7,8,9,10,11 Texto áureo Gênesis 7.5 E Noé fez segundo tudo o que o Senhor lhe ordenara.

2 Introdução – I Ao final do capítulo 6, verificamos que diante da corrupção humana o Senhor decide anunciar o dilúvio a Noé para dar início a uma nova geração para a humanidade. Em razão disto, os próximos 350 anos vão decorrer com esta nova geração humana a partir dos filhos de Noé se espalhando pela terra. É sobre estes tempos que os capítulos 7 a 11 nos descrevem que procuraremos conhecer.

3 Introdução – II Durante este tempo, as três famílias oriundas de Noé irão se espalhar pela face da terra, dando origem ao povoamento do planeta, agora de uma forma mais ampla do que a primeira após a saída do Éden. Três eventos vão marcar este período bíblico: primeiro o dilúvio e em segundo lugar a construção da torre de Babel. Se o primeiro evento tornou a família de Noé o fulcro gerador da nova humanidade, o segundo evento, com a confusão das línguas vai definir a expansão desta humanidade pela face da terra.

4 Introdução – III O terceiro evento significativo deste período foi o pacto que Deus estabeleceu com Noé. Pacto este marcado pelo Senhor com a configuração do arcoiris no céu para apontar para uma promessa eterna Durante todos os tempos vindouros, o Senhor preservaria a terra para o proveito da sua criatura. O Senhor não mais destruiria a terra, dando ao homem e a todos os seres viventes, a garantia de uma vivência em paz e comunhão com a natureza a ser por ele preservada e cuidada.

5 Gênesis – Noé e sua família entram na arca Há uma afirmativa de sublime beleza sobre o caráter de Noé no primeiro versículo do texto de nossa leitura hoje. Embora tenhamos outros 23 versículos para ler, vamos ficar por aqui, pois só o que este nos oferece é mais do que suficiente para uma meditação de longa aplicação ao nosso viver. Vejam o seu conteúdo (Gn 7.1): Depois disse o Senhor a Noé: Entra na arca, tu e toda a tua casa, porque tenho visto que és justo diante de mim nesta geração." Verifiquem que o Senhor não colocou Noé como um homem justo diante dos homens ou da sociedade, mas sim, diante dele mesmo, o Senhor. O que é um homem justo diante de Deus?

6 Gênesis – O dilúvio descrito Nestes versículos o dilúvio vai ser descrito na narrativa bíblica em toda sua intensidade e extensão. Diante da calamidade que representou e que é descrita no texto deve ficar bem claro para nós, o propósito de Deus para a continuidade de sua criatura sobre a face da terra tão bem expresso no versículo 16: E os que entraram eram macho e fêmea de toda a carne; E o Senhor o fechou dentro

7 Durante 40 dias a chuva caiu. Durante 150 dias assim foi. Ao final destes dias (Gn 8.1): Deus lembrou-se de Noé na arca... E fez passar um vento sobre a terra e as águas começaram a diminuir Gênesis As águas do dilúvio diminuem Mais uma vez o Senhor oferece à sua criatura por excelência a oportunidade de uma nova chance: - A primeira foi no jardim sem a presença do mal... -A segunda, fora do jardim, em meio ao abatimento da queda... -A terceira, agora, depois do dilúvio, sob o estímulo da salvação obtida.

8 AnosCalendário Judaico Evento Texto bíblico Ano 1656 de AdãoNascem seus filhosGn 5.32 O díluvio anunciadoGn Mês 2 – 17 diasComeça o dilúvioGn 7.11,17 (Marschevan – Outubro)Chove 40 diasGn dias de cheiaGn Mês 7 – 17 diasA arca repousa noGn 8.4 (Nisan – Março)Monte Ararat Mês 10 – 1 diaAparecem os cumesGn 8.5 (Tammuz – Junho)dos montes Mês 11 – 11 diasNoé solta um corvoGn (Abe – Abril)e depois uma pomba Mês 11 – 25 diasNoé solta a pomba eGn 8.10,11 (Abe – Abril)ela torna a voltar à arca Mês 12 – 3 diasA pomba é solta outraGn 8.12 Elul – Maio)vez e não volta mais Mês 1 – 1 diaNoé olha e vê que aGn 8.13 (Tisri – Junho)terra estava enxuta Mês 2 – 27 diasA terra estava secaGn 8.14 Noé deixa a arca. Noé cultua a DeusGn 8.20

9 . Sim, diante de Noé e de seus filhos estava um novo mundo a ser ocupado. Dependeria deles a construção de uma égide de paz, de amor e de obediência a Deus. Digamos que o homem agora deveria ter amadurecido como pessoa, como ser pensante, racional e lógico. A fase da adolescência da humanidade passara, para dar lugar à maturidade, ao pleno exercício do livre- arbítrio. O Senhor Deus mais uma vez limpara o passado e oferecia o recomeço ao homem. Gênesis – Noé e sua família saem da arca

10 No momento em que o homem sai da arca, o Senhor estabelece para ele um novo desafio, melhor dizendo, um tríplice desafio: - Primeiro, que se multiplicasse sobre a terra, na constituição de sua família. - Segundo, que usasse com sabedoria os recursos naturais, animais e vegetais, que estava lhe propiciando para sua alimentação. - Terceiro, que se preservasse da prática da violência contra o seu próximo, estigmatizada na palavra do Senhor, pela citação que faz da morte e por tudo de ruim que ela significou para a humanidade: inveja, malícia, crueldade, falta de amor, traição. Como garantia a tal desafio, o Senhor firma um pacto com o homem: O meu arco tenho posto nas nuvens, e ele será por sinal de haver um pacto entre mim e a terra." Gn 9.13 Gênesis – Deus abençoa Noé, faz um pacto e a vida recomeça

11 Agora que as águas se foram, Noé e seus filhos tinham todo um mundo novo para ocupar. Este capítulo 10 do livro de Gênesis oferece aos estudiosos da Antropologia um cenário completo para a melhor compreensão do povoamento da terra pelo homem. Nesta relação de 70 descendentes de Noé (30 de Cão, 26 de Sem e 14 de Jafé), está exposta biblicamente a ocupação da terra pelo homem, com a formação de suas nações e raças. São cerca de 300 anos desde o dilúvio quando Sem gerou o seu primeiro filho, até Tera, o pai de Abrão, quando Deus vai tomar novamente o fio da História de maneira objetiva e direta, conduzindo a revelação que estava em andamento para a sua criatura por excelência. Gênesis – A ocupação da terra " Essas são as famílias dos filhos de Noé, segundo as suas gerações, em suas nações; e delas foram disseminadas as nações na terra depois do dilúvio." Gn

12 Sem dúvida, muitos fatos e acontecimentos que intermedeiam a história da humanidade, de Noé a Abraão, não foram objeto da narrativa bíblica. Não tinham razão mais objetiva para o plano da revelação de Deus e por isso foram omitidos na narrativa feita a Moisés. Temos certeza de que, logicamente, cobrindo cerca de três séculos, esses anos foram plenos de experiências para a criatura humana que se formava na trajetória que fazia sobre a face da terra (Jafé para o mundo além do mar; Cão o norte de Canaã; Sem, o sul de Canaã). Gênesis – A confusão das línguas "... Eis que o povo é um, e todos têm uma só língua; e isto é o que começam a fazer; agora não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer." Gn 11.6 A história de Ninrode é um deles. Talvez o idealizador da Torre de Babel

13 Por que a família de Sem será a escolhida para dar continuidade à estirpe de Adão? - Algumas indicações para esta escolha podemos retirar da narrativa bíblica. Infelizmente, Cão tornou-se maldito para receber esta bênção de ser a família escolhida, porque, transgredindo uma lei moral da época, viu a nudez do seu pai e por isso vai se tornar mais tarde, com os seus descendentes, o grande opositor do povo de Deus ( ). Jafé, por sua vez, teria os seus filhos e domínios espalhados pela terra (seu nome quer dizer isto exatamente), não ficando geograficamente contido na terra-eixo da revelação divina, a Palestina. Sem, então, seria aquele que daria início à família de Deus, melhor dizendo, o povo de Deus, para quem o Senhor iria sinalizar algo diferente e especial a partir de Abraão. Gênesis 11.10–25 – A ocupação da terra "Estas são as gerações de Sem. Tinha ele cem anos, quando gerou a Arfaxade, dois anos depois do dilúvio." Gn 11.10

14 Digamos que a longevidade de quase um século, seria dividida por oito. Dentro desta idéia, 960 vem a ser exatamente 8 vezes maior que 120: assim no passado bíblico quem tivesse 960 anos teria na verdade 120 aos nossos olhos, quando ainda existem pessoas que alcançam esta idade, embora que em casos raros, e em localidades e situações bem peculiares... Isto é, quem tinha 720 anos, aos nossos olhos seria um ancião de 90 anos, quem tinha 480, um senhor de 60, e quem tinha 320, um maduro jovem de 40 anos começando praticamente a viver, isto é, a idade aproximada de Enoque quando este desapareceu. Gênesis – A sinalização de Deus para o seu povo Gradativamente o Senhor irá ocupando a terra e diminuindo o tempo de vida dos homens desde o dilúvio até o momento de seu chamamento ao homem que irá dar continuidade à sua revelaçâo

15 Conclusão – O início de uma nova era 26 Tera viveu setenta anos, e gerou a Abrão. 31 Tomou Tera a Abrão seu filho... E saiu com eles de Ur dos caldeus a fim de ir para a terra de Canaã. 32 Foram os dias de Tera duzentos e cinco anos... E morreu. 1. O novo recomeço vai se dar a partir deste momento; 2. Digamos que o Senhor montou todo o cenário e o palco; 3. A história vai competir agora ao ser humano; 4. Abraão vai ser o primeiro exemplar deste nova espécie; 5. O homem livre para tomar sua decisões; 6. Mas sujeitando-se sempre ao temor do Senhor; 7. Será que vai dar certo? Na minha vida e na sua vida isto pode estar ocorrendo... O Senhor nos está dando a oportunidade! Que sejamos dignos dela.


Carregar ppt "Gênesis O livro das Origens Estudo 05 Noé fez tudo o que o Senhor lhe ordenara Texto bíblico Gênesis 7,8,9,10,11 Texto áureo Gênesis 7.5 E Noé fez segundo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google