A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dividir em macroregiões que se individualizem por Condições.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dividir em macroregiões que se individualizem por Condições."— Transcrição da apresentação:

1 Dividir em macroregiões que se individualizem por Condições

2 Em 1941 foi feita a primeira divisão regional do Brasil sob a tutela do IBGE, o país foi dividido em 5 grandes regiões; Norte, Nordeste, Leste, Centro- oeste e Sul.

3

4 A divisão regional de 1969 levou em conta as novas descobertas do território em função do avanço tecnológico e também a mudança do país no tocante à urbanização e industrialização, foi uma divisão de múltiplos aspectos; os naturais, os sociais e os econômicos.

5

6 As 5 regiões que conhecemos hoje, são as praticamente as mesmas de 1969 com a exceção de Tocantins presente na região Norte e a supressão da sua área da região Centro Oeste.

7

8 Nenhuma divisão feita no Brasil foi mais marcante do que essa dos três complexos regionais que identifica com bastante precisão o Brasil da Amazônia e sua intimidade com a natureza, o Brasil do Nordeste com os seus graves problemas sociais e o Brasil do Centro-Sul, dinâmico e forte na sua economia.

9

10 AMAZÔNIA Espaço gigantesco com aproximadamente 5 milhões de Km² ou 60% do país. Apenas 7% dos brasileiros vivem nessa imensidão de planícies e terras baixas. Grandes extensões de rios navegáveis e grande potencial hidroelétrico já avaliado e parcialmente utilizado. Clima equatorial quente e úmido com a presença da exuberante floresta Amazônica.

11 NORDESTE Região com cerca de 1,5 milhão de km2 abrangendo cerca de 18% do território nacional. População estimada em 30% de todos os brasileiros, É sem dúvida uma região problema, mas não devido à seca que ocorre em apenas uma das várias partes do seu território. A maior parte da população desse território nordestino concentra-se na faixa mais úmida que é a zona da mata. O que individualiza o nordeste é o seu quadro social marcado pela pobreza e a sua economia tradicional

12 CENTRO-SUL Com 2 milhões de km², representa cerca de 25% do território e quase 70% da população do país. É a região mais populosa e a mais povoada do país, marcada por um grande dinamismo nas atividades econômicas, possuindo os melhores índices de desenvolvimento humano (IDH). Em 1960 as regiões sul e sudeste somadas apresentavam 91% do valor da transformação industrial e agropecuária do país e em 1994 representavam 78% do PIB nacional. PIB de SP equivalia ao PIB de 21 estados da federação formadores das regiões norte, nordeste, centro oeste e sul.

13

14 Domínios Morfoclimáticos: REGIÕES NATURAIS características comuns: 1 - Clima 2 - vegetação 3 - Hidrografia 4 - Solos 5 - Relevo

15

16 DOMÍNIO AMAZÔNICO É predomínio de terras baixas numa grande área sedimentar O clima regional dominante é o equatorial com temperaturas que variam pouco, de 25 ºC a 27ºC, com pequena amplitude térmica e grande umidade e pluviosidade acima de 1800mm/anuais. Os solos da Amazônia são de uma maneira geral arenosos, ácidos, pobres em nutrientes minerais devido à lixiviação. A floresta Amazônica é conhecida pela sua bio- diversidade. Os maiores problemas ambientais estão nos desmatamentos que passam dos 18% do total.

17

18 DOMÍNIO DOS MARES DE MORROS ou Mata Atlântica Esse domínio vai do RN até SC. É o relevo mais "movimentado" da porção oriental do país, presente em terrenos predominante cristalino de rochas magmáticas e metamórficas estáveis do período pré- cambriano. Os solos originados dos granitos não são de grande fertilidade natural. Essa mata heterogênea, latifoliada, higrófila ocupava toda a fachada atlântica do país, mas a intensa ocupação humana e econômica desmatou mais de 90% do total da vegetação. Os climas presentes são das variedades tropicais com chuvas frontais e orográficas.

19

20 DOMÍNIO DAS ARAUCÁRIAS Ocupando os trechos planálticos da bacia do Paraná, nos terrenos paleo-mesozóicos de arenitos e basaltos, com presença maciça de longas manchas das férteis terras roxas, O clima regional é o mesotérmico subtropical com precipitações bastante regulares o ano todo. A vegetação florestal é caracterizada pela presença predominante da Araucária angustifólia, associada à erva mate, à imbuia, a canela e o cedro. Essa vegetação foi praticamente exterminada em 96%. A hidrografia regional é constituída por rios de planalto com elevado potencial hidráulico.

21

22 DOMÍNIO DOS CERRADOS É uma vegetação arbustiva entremeada de um extrato herbáceo que lhe confere a rotulagem de "pastos naturais" para a ocupação da pecuária extensiva de bovinos de corte. É um setor planáltico com formas tabulares de relevo identificados como chapadas e chapadões. Seus solos são pobres em minerais disponíveis e em matéria orgânica (lateríticos). O clima apresenta uma estação seca e outra chuvosa. Essa região é importante divisor de águas nacional. Há algumas décadas essa região central do país vem se tornando palco de agriculturas mecanizadas comerciais de vulto.

23

24 DOMÍNIO DA CAATINGA É uma região de depressões inter-planálticas encravada no interior do nordeste brasileiro; O seu clima semi-árido,seus índices pluviométricos estão acima de 250mm/ano e abaixo de 750mm/ano. Os solos do sertão são rasos com elevados teores de nutrientes minerais e baixo teor de nutrientes orgânicos. Mais de 90% das áreas de caatinga foram devastadas pela ação antrópica. A hidrografia apresenta muitos casos de rios intermitentes ou temporários A vegetação é xerófila, adaptada à irregularidade pluviométrica, formada por cactáceas e bromeliáceas em níveis baixos e arbustivo-arbóreo

25

26 DOMÍNIO DAS PRADARIAS Esse domínio ocupa as porções mais meridionais do país, num local denominado Campanha Gaúcha. Apresenta um relevo com colinas baixas bem amplas conhecidas como coxilhas, cobertas por uma vegetação herbácea de gramíneas que foram sendo trabalhadas pelas atividades da pecuária bovina e ovina e de lavouras mecanizadas de cereais, restando apenas 2% da vegetação original. Seus solos são férteis, com elevados teores de minerais e de componentes orgânicos, o clima é o subtropical mesotérmico com menor umidade quando comparado com o mesmo tipo climático dos planaltos da araucária.

27

28

29

30

31

32

33 1-A RESPEITO DA DIVISÃO REGIONAL DO BRASIL ASSINALE AS CERTAS E DÊ A SOMA COMO RESULTADO. 01-Com a criação do IBGE em 1934 no governo GV, o país começa a ter acesso a informações estatísticas para direcionar seus investimentos nas diversas regiões nacionais. 02-Até o governo GV o Brasil era um arquipélago econômico com o poder pulverizado pelos seringalistas do norte, os cafeicultores de SP e os usineiros de açúcar do NE. 04-Na divisão regional do Brasil de 1941 tivemos 5 regiões com os mesmos nomes das regiões atuais, mudando apenas a distribuição das unidades da federação. 08-Na divisão regional de 1945 o nordeste brasileiro dividia-se em NE Ocidental e NE oriental e a BA com SE foram colocados na região Leste. 16-Os territórios de Rio Branco e Guaporé de 1945 hoje são denominados estados de Roraima e de Rondônia na Região Norte do país.

34 2-Escolha as alternativas que falam verdades a respeito da divisão regional do Brasil e dê a soma como resposta dessa questão. 01-Observando-se a divisão regional de 1945 e a atual divisão regional do Brasil notamos que nenhuma das 5 regiões manteve seu tamanho original. 02-A divisão regional de 1969 apresentou uma distribuição das unidades da federação que se manteve sem mudanças até os dias atuais. 04-Podemos dizer que hoje não há mais territórios federais no Brasil, exceto o de Fernando de Noronha administrado por uma junta militar direto de Brasília. 08-É verdade dizer que a Região Norte teve seu território aumentado a partir de 1988 com a inclusão do setor norte de Goiás, diminuindo a área da região Centro Oeste do país. 16-A divisão do país em 3 complexos regionais identifica uma Amazônia marcada pelo aspecto"natural", um nordeste repleto de problemas no campo"social" e um centro-sul muito evoluído no campo "econômico".

35 3-Atendo-se apenas aos domínios morfoclimáticos do Brasil escolha as afirmativas verdadeiras e dê a soma delas como resposta à questão. 01-O domínio Amazônico ocorre em terrenos sedimentares baixos com densa cobertura vegetal que produz uma grande fertilidade mineral e orgânica aos solos. 02-As caatingas acham-se em depressões interplanálticas em local de solos rasos com pouca matéria orgânica e muitas vezes salinizados pela grande evaporação. 04-Uma presença de solos naturalmente férteis está no domínio dos Mares de Morros principalmente pela ocorrência da terra-roxa proveniente das eruptivas da Serra do Mar. 08-A "marcha do café" teve como palco um importante domínio morfoclimático, o dos Mares de Morros que sacrificou sua cobertura vegetal original em SP. 16-A lixiviação e a laterização dos solos, problemas que dificultam as atividades agropecuárias brasileiras, ocorrem nos domínios da Amazônico e do Cerrado.


Carregar ppt "Dividir em macroregiões que se individualizem por Condições."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google