A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Alterações Climáticas Um problema de todos A alteração do clima é um problema ambiental que a humanidade tem de enfrentar neste milénio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Alterações Climáticas Um problema de todos A alteração do clima é um problema ambiental que a humanidade tem de enfrentar neste milénio."— Transcrição da apresentação:

1 Alterações Climáticas Um problema de todos A alteração do clima é um problema ambiental que a humanidade tem de enfrentar neste milénio.

2 Terão as alterações climáticas causa humana? Pela primeira vez na história da humanidade estamos a alterar o clima terrestre através da emissão dos chamados gases de efeito de estufa. A principal causa destas emissões prende-se com a rápida intensificação da utilização dos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e seus derivados, gás natural) desde o início da Revolução Industrial.

3 Alterações climáticas globais A emissão de gases de efeito de estufa em grandes quantidades leva a um aumento da sua concentração atmosférica, o que conduz a um efeito de estufa adicional, com mais calor a ser retido pela atmosfera. Este efeito adicional leva a um incremento da temperatura do ar e a alterações no clima da Terra. A emissão de gases de efeito de estufa em grandes quantidades leva a um aumento da sua concentração atmosférica, o que conduz a um efeito de estufa adicional, com mais calor a ser retido pela atmosfera. Este efeito adicional leva a um incremento da temperatura do ar e a alterações no clima da Terra.

4 A radiação (luz) solar entra livremente na atmosfera terrestre (setas amarelas do lado esquerdo da figura). Alguma dessa radiação directa é imediatamente reflectida pelas nuvens, poeiras e superfícies reflectoras (setas amarelas a meio da figura). A restante radiação é absorvida e aquece a Terra. Os gases de efeito de estufa reduzem significativamente a fuga das radiações para o espaço exterior (setas a vermelho na figura). A radiação (luz) solar entra livremente na atmosfera terrestre (setas amarelas do lado esquerdo da figura). Alguma dessa radiação directa é imediatamente reflectida pelas nuvens, poeiras e superfícies reflectoras (setas amarelas a meio da figura). A restante radiação é absorvida e aquece a Terra. Os gases de efeito de estufa reduzem significativamente a fuga das radiações para o espaço exterior (setas a vermelho na figura).

5 O que está a acontecer ao clima? Os registos de temperatura realizados numa rede de estações sobre todo o globo mostram que a temperatura média à superfície aumentou 0.6ºC nos últimos 100 anos. Os registos de temperatura realizados numa rede de estações sobre todo o globo mostram que a temperatura média à superfície aumentou 0.6ºC nos últimos 100 anos.

6 Alterações observadas no clima da Terra A década de 90 parece ter sido a mais quente desde 1860 e, neste período, o Hemisfério Norte registou o maior crescimento de temperatura dos últimos 1000 anos. A década de 90 parece ter sido a mais quente desde 1860 e, neste período, o Hemisfério Norte registou o maior crescimento de temperatura dos últimos 1000 anos.

7 A temperatura média global na superfície dos continentes e dos oceanos aumentou 0.6°C. A temperatura aumentou mais sobre os continentes do que sobre os oceanos. A temperatura média global na superfície dos continentes e dos oceanos aumentou 0.6°C. A temperatura aumentou mais sobre os continentes do que sobre os oceanos.

8 A diferença entre as temperaturas diurnas e nocturnas diminuiu porque as últimas cresceram mais rapidamente que as primeiras. A diferença entre as temperaturas diurnas e nocturnas diminuiu porque as últimas cresceram mais rapidamente que as primeiras.

9 O número de dias quentes e vagas de calor aumentaram. O número de dias quentes e vagas de calor aumentaram.

10 O número de dias de neve e de geada diminuíram. O número de dias de neve e de geada diminuíram.

11 A precipitação média no Hemisfério Norte aumentou 5– 10% durante o século XX. No entanto, regiões como a Bacia do Mediterrâneo e a África Ocidental sofreram um decréscimo na precipitação. A precipitação média no Hemisfério Norte aumentou 5– 10% durante o século XX. No entanto, regiões como a Bacia do Mediterrâneo e a África Ocidental sofreram um decréscimo na precipitação.

12 O número de episódios de precipitação extrema nas latitudes médias e altas (latitudes altas significa que estamos próximos dos pólos) aumentou. O número de episódios de precipitação extrema nas latitudes médias e altas (latitudes altas significa que estamos próximos dos pólos) aumentou.

13 Algumas áreas na Ásia e em África experimentaram secas mais frequentes e intensas durante os meses de verão. Algumas áreas na Ásia e em África experimentaram secas mais frequentes e intensas durante os meses de verão.

14 O nível médio do mar subiu 1–2 mm por ano durante o século XX. O nível médio do mar subiu 1–2 mm por ano durante o século XX.

15 Os glaciares fora das calotes polares têm recuado. Os glaciares fora das calotes polares têm recuado.

16 O Permafrost (solos permanentemente congelados) nas regiões polares e montanhosas tem derretido. O Permafrost (solos permanentemente congelados) nas regiões polares e montanhosas tem derretido.

17 Portugal em 2100 Portugal em 2100

18 O que podemos fazer? Queimar menos combustíveis fósseis. Fazer mudanças no nosso estilo de vida Utilizar energias alternativas que não sejam poluentes. Reduzir as emissões de gases de efeito de estufa: Parar com a desflorestação. Diminuir a quantidade de lixo que produzimos. Fazer práticas agrícolas mais ecológicas. Fazer práticas agrícolas mais ecológicas. Criar novas tecnologias de produção. Consulte:


Carregar ppt "Alterações Climáticas Um problema de todos A alteração do clima é um problema ambiental que a humanidade tem de enfrentar neste milénio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google