A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Radio Operador GMDSS. O que é GMDSS? O GMDSS – Global Maritime Distress and Safety System é um sistema global internacional que usa tecnologia terrestre.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Radio Operador GMDSS. O que é GMDSS? O GMDSS – Global Maritime Distress and Safety System é um sistema global internacional que usa tecnologia terrestre."— Transcrição da apresentação:

1 Radio Operador GMDSS

2 O que é GMDSS? O GMDSS – Global Maritime Distress and Safety System é um sistema global internacional que usa tecnologia terrestre e satélite e sistemas rádio instalados a bordo dos navios, que asseguram o alerta rápido e automático das estações terrestres e autoridades responsáveis pela busca e salvamento, e no caso de uma emergência marítima alerta também os navios que naveguem nas proximidades.

3 CONCEITO BÁSICO DO GMDSS De acordo com as determinações do GMDSS, todos os navios de transportes de carga e os navios de passageiros em viagens internacionais devem encontrar-se dotados de equipamentos rádio de acordo com os padrões internacionais, em conformidade com as determinações do sistema

4 O conceito básico que se pretende alcançar com este sistema tem a ver com a rapidez com que as autoridades de busca e salvamento, bem como os navios que naveguem nas proximidades, são informados da existência de um navio em emergência, através de técnicas de comunicação terrestres e satélite, e deste modo poderem prestar assistência com recurso a operações de busca e salvamento no mais curto espaço de tempo.

5 A AJUDA DO GMDSS NUMA EMERGÊNCIA Os navios apetrechados com equipamentos de GMDSS são mais seguros no mar – para além da maior probabilidade de receber assistência em situações de emergência – uma vez que o sistema GMDSS pode enviar automaticamente um alerta de emergência e localização do navio, em especial quando o pessoal de bordo não tem tempo para transmitir uma chamada de emergência completa.

6 O GMDSS obriga à recepção, por parte dos navios, da Informação de Segurança Marítima, a qual poderá prevenir a ocorrência de situações de emergência, no caso do afundamento de um navio, alertando as autoridades de busca e salvamento da identificação e posição do navio sinistrado.

7 Documentos de um Rádio Operador GMDSS Para se tornar um profissional na função de Rádio Operador GMDSS é necessário possuir as seguintes certificações e habilidades: * Certificação ANATEL ( Habilitação como Radio telefonista geral ) * Certificação GMDSS ( Numa escola reconhecida pela Marinha "DPC" ) * Autorização da Representante da Unidade (Bandeira ou CIR ) * Certificação da OEA CNS 014 ( Operador de Estação Aeronautica)

8 Para conseguir a certificação na OEA da CNS 014, dependerá do agendamento realizado no Campus do ICEA / CTCA ( Força Aérea Brasileira ), situado em São José dos Campos - SP. O agendamento só pode ser realizado por pessoa jurídica, ou seja: Somente a empresa que te contratou é que pode te encaminhar para realizar esse curso. LINK do ICEA:

9 Certificado ANATEL A certificação da ANATEL para 'Operador radio telefonista classe GERAL' dependerá do cadastro que é feito no próprio site da ANATEL, e necessitará do agendamento com antecedência de uma avaliação que será feita pelo futuro operador de rádio em uma determinada cidade ou estado.

10 CATEGORIAS DE OPERADORES Operador Radiotelegrafista. Há quatro categorias de operador radiotelegrafista: a) operador de radiocomunicações (RT/G); b) operador radiotelegrafista 1ª classe (RT/1); c) operador radiotelegrafista de 2ª classe (RT/2); d) operador radiotelegrafista especial (RT/E).

11 Operador Radiotelefonista. Há duas categorias de operador radiotelefonista: a) operador radiotelefonista geral (RF/G); b) operador radiotelefonista restrito (RF/R).

12 Os operadores radiotelegrafista especial (RT/E) e radiotelefonista restrito (RF/R), somente podem operar estações no Território, Águas e Espaço Aéreo Nacionais. Exige-se, para cada categoria, conhecimento das disciplinas assinaladas no seguinte quadro:

13

14 Prova Para fazer essa avaliação o aluno precisa ter conhecimentos relacionados à: conhecimentos técnico, legislação e operação radio telefônica. Para obter o Certificado de Operador Radiotelefonista, o interessado deve obter aprovação nos exames correspondentes, conforme legislação vigente. A Anatel faculta aos interessados o conhecimento prévio das questões; para isto, elaborou três manuais contendo as questões que poderão ser usadas para a composição das provas.

15 Conteudo da prova - noções de legislação – 10 - geografia geral – 10 - conhecimentos técnicos I – 10 - conhecimentos técnicos II – 10 - operação radiotelegráfica – 10 - operação radiotelefônica – 10 - idioma – 20

16 A prova de telegrafia consistirá na transmissão e recepção de sinais, em código Morse Universal (Alfabeto Telegráfico Internacional nº2 da CCITT), de textos contendo: a) para radiotelegrafista RT/1: cem grupos alfanuméricos codificados e cento e vinte e cinco palavras; b) para radiotelegrafista RT/2 ou RT/E: oitenta grupos alfanuméricos codificados e cem palavras;

17 Idiomas (Espanhol, Inglês e Francês) a) Vocabulário básico e expressões idiomáticas de uso corrente. b) Gramática: regras básicas do idioma. c) Vocabulário específico de radiocomunicações de uso corrente no tráfego internacional, incluindo as expressões de alarme, emergência e socorro.

18 NOÇÕES DE LEGISLAÇÃO a) Código Brasileiro de Telecomunicações (Lei nº4.117/62). b) Regulamento Geral do Código Brasileiro de Telecomunicações (Decreto nº52.026/63). c) Código Penal Brasileiro (Decreto-Lei nº2.848/40-Art. 151). d) Regulamento de Radiocomunicações da União Internacional de Telecomunicações. e) Convenção Internacional para Salvaguarda da Vida Humana no Mar. f) Normas do Ministério das Comunicações e Instruções do DENTEL, relativas ao Serviço Limitado, Móvel Marítimo e Móvel Aeronáutico. OBSERVAÇÃO: da legislação citada nas letras a, b, c, d, e, apenas os tópicos referentes as radiocomunicações.

19 NOÇÕES GERAIS DE OPERAÇÃO RADIOTELEFÔNICA a) Alfabeto fonético internacional. b) Operações preliminares. c) Chamadas de radiotelefonia d) Freqüencias utilizadas. e) Resposta à chamada. f) Dificuldade na recepção. g) Estabelecimento das comunicações radiotelefônicas e transmissão de radiotelegramas. h) Duração e direção do trabalho.

20 NOÇÕES GERAIS DE OPERAÇÃO RADIOTELEGRÁFICA a) Procedimento geral radiotelegráfico- Operações Preliminares. b) Chamadas em radiotelegrafia. c) Tráfego – Dificuldade na recepção. d) Suspensão do Tráfego – Final do tráfego e do trabalho. e) Radiotelegramas. f) Direção do Trabalho – Fim de trabalho. g) Sinais de prova e ajuste dos equipamentos.

21 GEOGRAFIA GERAL a) A Terra: movimento e estações. Coordenadas geográficas e fusos horários. Orientação. b) A Lua: movimento e fases. c) Os continentes, oceanos e mares. Relevo e litoral do Brasil e dos Continentes. Movimento dos mares. d) Atmosfera, temperatura e pressão. Ventos. Umidade do ar. Nuvens. Precipitações atmosféricas. Climas. e) Hidrografia. Principais bacias hidrográficas brasileiras quanto a navegação. f) Transportes aéreos: principais rotas nacionais e internacionais. g) Transportes marítimos: principais rotas e portos nacionais e internacionais. h) O Sistema Nacional de Telecomunicações: troncos, rede telefônica, telegráfica, telex e gentex. Rede Nacional de Estações Costeiras. Comunicações Internacionais: Sistema Intelsat e rede de cabos submarinos. Conexões de navios com a rede pública mundial.

22 CONHECIMENTOS TÉCNICOS I Radiotelefonia – Princípios elementares (conceituação) a) Mensagens e onda portadora; b) Espectro de freqüência. b1) Divisão do Espectro b2) Utilização do Espectro c) Modulação (Demodulação) c1) Modulação em amplitude – AM (DSB e SSB) c2) Modulação em freqüência – FM d) Transmissores e Receptores d1) Transmissor e Receptor de AM – Diagrama de bloco d2) Transmissor e Receptor de FM – Diagrama de bloco e) Linhas de Transmissão – tipos de maior emprego f) Antenas - Tipos g) Propagação - Modos

23 CONHECIMENTOS TÉCNICOS II 7.1. Eletricidade Geral a) Conceitos básicos – molécula e átomo. Eletricidade Estática. Magnetismo. Diferença de potencial e corrente elétrica: resistência e condutância elétrica. b) Fontes primárias de corrente contínua – pilha e bateria. Tipos comerciais de baterias. Instalação e manutenção. c) Circuito de corrente contínua – Lei de Ohm e Lei de Joule. d) Condutores elétricos – fios e cabos. Medidas e calibre. Sobrecarga e proteção: fusíveis. Dados práticos de uso corrente. e) Resistores elétricos – tipos, padronização comercial, código de cores. f) Eletromagnetismo – campo magnético de um condutor. Bobinas. Materiais magnéticos. Eletroímas. g) Corrente alternada – geração. Onda senoidal: ciclo, freqüência e fase. h) Indutância – indução, auto-indução e indução mútua. Unidades. Indutores reatores, transformadores e relés. Dados práticos de uso corrente. i) Capacitância – dielétricos. Capacitores: tipos, emprego e código de cores. Dados práticos de uso corrente. j) Circuitos de corrente alternada – Dados de interesse prático. k) Instrumento de medidas elétricas – amperímetro, voltímetro e ohmímetro. Características e modelos correntes. l) Máquinas elétricas – geradores de corrente alternada. Geradoras de corrente contínua. Motores de CC e CA. Tipos e características básicas.

24 Radioeletricidade elementar a) Circuitos ressonantes – circuitos ressonantes: Freqüência de ressonância, banda passante e seletividade. b) Filtros radioelétricos – função, tipos e emprego. Filtros LC e mecânicos. c) Válvulas eletrônicas – diodo, triodo e válvula multigrade: princípio de funcionamento, identificação e simbologia. Manual de válvula. d) Semicondutores – elétrons e lacunas. Junções tipo P e N. Polarização. Transistor de junção. Controle de corrente, amplificação e ganho. Identificação dos terminais. Símbolos. Efeitos da temperatura, dissipadores de calor – diodos, diodo zener e tiristores, testes de diodo e de transistores. Circuitos integrados. Manual de transistores. e) Osciladores LC – princípios de funcionamento do oscilador típico. f) Osciladores a cristal – efeito piezoelétrico. Princípio de funcionamento de oscilador típico. Estabilidade térmica. 7 g) Amplificadores – princípio de funcionamento. Classe e configuração básicas. h) Telecomunicações – mensagens, onda portadora, modulação e demodulação; canal e banda. Espectro de freqüência: divisão de espectro e emprego; UIT, MINICOM e DENTEL. i) Modulação em amplitude – conceituação. DFL (DSB) e FLS (SSB). Moduladores típicos: configuração e descrição sumária de funcionamento. j) Modulação em freqüência – conceituação – Circuito típico: configuração e descrição sumária de funcionamento. k) Transmissores e receptores de AM (DSB e SSB) – configuração típica e descrição sumária de funcionamento. l) Transmissores e receptores de FM – configuração típica e descrição sumária de funcionamento. m) Linhas de transmissão – conceituação. Tipos de maior emprego. n) Antenas – conceituação, Tipos e características das maior emprego. o) Propagação – camada ionosférica. Ruído. Características particulares dos modos de propagação e uso na telecomunicação.

25 Radiogoniometria e Radionavegação a) Noções de radiogoniometria: conceituação e aplicações práticas. b) Noções de radionavegação: conceituação. Sistema VOR. Sistema LORAN. Sistema ÔMEGA. Sistema Satélite. Uso da Radiogoniometria para radionavegação.

26 Manual de questoes da prova No próprio site da ANATEL você encontra as 3 apostilas para baixar com o conteúdo a ser estudado, ou no

27

28 Passo-a-passo para se cadastrar no site da ANATEL 1º - Passo: se cadastrar no site * entrar no site da ANATEL - clicar em SISTEMAS INTERATIVA * clicar em SITAR WEB * clicar em SEC Obs: vai aparecer uma pagina pedindo o CPF e senha, na parte de baixo clique em: AINDA NÃO SOU CADASTRADO

29 Em seguida, vai abrir uma página onde você vai fazer o seu cadastro, certifique-se que os seus dados corretos, principalmente o , pois será nele que você vai receber a sua senha. 2º - Passo: Ligar para a ANATEL no telefone 133 e saber o dia e a hora exata que vai abrir a inscrição da prova para seu estado.

30 3º - Passo: No dia e hora da inscrição, já com a senha que foi enviado ao seu , retorne à página SEC. LINK DA PAG SEC - https://sistemas.anatel.gov.br/sis/LoginIntern et.asp?codSistema=435&Pagina=https%3A%2 F%2Fsistemas%2Eanatel%2Egov%2Ebr%2Fsec %2FDefault%2Easp%3F&Aviso=1 https://sistemas.anatel.gov.br/sis/LoginIntern et.asp?codSistema=435&Pagina=https%3A%2 F%2Fsistemas%2Eanatel%2Egov%2Ebr%2Fsec %2FDefault%2Easp%3F&Aviso=1

31 Informe seu CPF e sua senha, cadastre uma nova senha * Clicar em INSCRIÇÃO * Clicar em INCLUIR Vai abrir uma página com seu CPF e solicitando a opção de local de prova ( escolha o estado que você mora) * Escolha a categoria GERAL/Não restrito * Clicar em CONFIRMAR * Escolher a data para fazer a prova * Confirmar.

32 Contato ANATEL Escritório Regional 01 Gerente:Everaldo Gomes Ferreira Endereço: Rua Vergueiro, nº 3073, Vila Mariana - CEP São Paulo/SP Telefone: (0XX11) Fax: (0XX11)


Carregar ppt "Radio Operador GMDSS. O que é GMDSS? O GMDSS – Global Maritime Distress and Safety System é um sistema global internacional que usa tecnologia terrestre."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google