A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Outra pesca artesanal é possível Foto: João Zinclar PlanSeQ EcoSol Oficina de Formação de Formadores Rio de Janeiro, 06 de dezembro de 2010.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Outra pesca artesanal é possível Foto: João Zinclar PlanSeQ EcoSol Oficina de Formação de Formadores Rio de Janeiro, 06 de dezembro de 2010."— Transcrição da apresentação:

1 Outra pesca artesanal é possível Foto: João Zinclar PlanSeQ EcoSol Oficina de Formação de Formadores Rio de Janeiro, 06 de dezembro de 2010

2 Histórico da Rede Interação de 3 projetos

3 Definição da RSP A Rede Solidária da Pesca é uma articulação entre projetos e territórios que busca fortalecer a cadeia produtiva da pesca artesanal e da aquicultura familiar e contribuir para a melhoria das condições de vida dos seus trabalhadores. O que é a Rede Solidária da Pesca

4 Identidade da Rede - Pesca artesanal e aquicultura familiar; - Economia solidária (associativismo e cooperativismo); - Metodologia participativa; - Gestão compartilhada dos recursos; - Formação e emancipação dos trabalhadores; - Paridade: técnico e comunitário; - Fortalecimento de mão dupla na relação local-nacional; - Foco em políticas públicas; - Abertura para novos integrantes; - Busca de articulação internacional.

5 Como funciona a Rede Solidária da Pesca Congregação de esforços de entidades representativas dos trabalhadores, instituições de ensino, ONGs e órgãos públicos envolvidos com a cadeia produtiva da pesca e aquicultura familiar

6 Ações da Rede Solidária da Pesca Realização de 4 Seminários Nacionais: I Seminário: Pirapora, MG, dez/2006; II Seminário: Macaé, RJ, mar/2007; III Seminário: Santarém, PA, abr/2008; IV Seminário: Manaus, AM, 13 a 17 de setembro/2010. Seminário de Construção do Projeto Educacional: RJ, jul/2009.

7

8

9

10 Alto Amazonas Baixo Amazonas Alto-Médio São Francisco Litoral Fluminense Coordenação Nacional Alto e Médio Solimões Manaus e entorno Acre Rio Negro Forum Lagoa dos Patos Região dos Lagos Praia do Canto Verde Nós da Rede Solidária da Pesca Baía de Ilha Grande

11 O que pretende fazer

12 1. CONCEPÇÃO AMPLA DA EDUCACAO, 2. ARTICULACAO ENTRE EDUCACAO E TRABALHO 3. EDUCAÇÃO CONTINUADA; 4. TROCA DE SABERES; 5. RESPEITO AS CULTURAS TRADICIONAIS. 6. FORTALECIMENTO DA ECONOMIA SOLIDARIA; 7. RESGATE DA CIDADANIA; Eixo Prioritário: Educação PRINCÍPIOS DO PROJETO EDUCACIONAL DA REDE SOLIDÁRIA DA PESCA SEMINÁRIO DE CONSTRUÇÃO DO PROJETO EDUCACIONAL DA RSP julho de 2009

13 8. UMA EDUCACAO DIALÓGICA E PARTICIPATIVA QUE NAO SEJA A SIMPLES TRANSFERENCIA DE CONTEUDOS E INFORMACOES; 9. RECONHECIMENTO DA REALIZADADE SOCIO- AMBIENTAL; 10. USO DA LINGUAGEM PROPRIA 11. VOLTADA PARA A GESTÃO COMPARTILHADA DOS RECURSOS NATURAIS E À SUSTENTABILIDADE DA PESCA ARTESANAL E DA AQUICULTURA FAMILIAR; 12. RESPEITANDO A EQUIDADE DE GÊNERO, ÉTNICA E SEXUAL. Eixo Prioritário: Educação PRINCÍPIOS DO PROJETO EDUCACIONAL DA REDE SOLIDÁRIA DA PESCA

14 Plano Setorial de Qualificação em Economia Solidária – PlanSeQ EcoSol Cursos Gestão Social da Cadeia Produtiva da Pesca (Litoral Fluminense/RJ, baixo e médio São Francisco/MG); Cursos Gestão Compartilhada de Recursos Pesqueiros (Litoral Fluminense/RJ; Pirapora/MG e Alto e Médio Solimões/AM). Oficinas de Formação de Formadores (Rio e Amazonas); Oficina de Qualidade do Pescado e Comércio Justo (Alto e Médio Solimões/AM); Seminários interredes

15 Plano Setorial de Qualificação em Economia Solidária – PlanSeQ EcoSol DESAFIOS Dificuldade de logística Comunicação precária Extensa carga horária Salário hora-aula Linguagem a ser utilizada Prestação de conta burocrática Falta de documentação dos educandos

16 CONQUISTAS Integrantes da Rede hoje são formadores; Formação de novas lideranças; Ampliação da Rede; Construção de projetos reais; Apoio do curso aos projetos em andamento. Plano Setorial de Qualificação em Economia Solidária – PlanSeQ EcoSol

17 Rio de Janeiro Curso de Gestão Social da Cadeia Produtiva de Pesca Março a Agosto/2010 Público Alvo: Comunidade Pesqueira Participantes: Macaé, Barra de São João, Búzios (Rasa), Cabo Frio, Arraial do Cabo. Total = 35 pessoas O Curso foi ministrados em 5 Módulos (1 por mês) Sexta, sábados e domingos (em tempo integral) - Pedagogia da Alternância e uso de Pesquisa-Ação

18 Rio de Janeiro Curso de Gestão Compartilhada de Recursos Pesqueiros Setembro a Novembro/ 2010 Público Alvo: Comunidade Pesqueira Participantes: Angra, Ilha Grande, Paraty. Integrantes de: Arraial do Cabo, Búzios, Barra de São João, Cabo Frio e Macaé. Total = 40 pessoas O Curso foi ministrados em 4 Módulos (200 horas) Sexta, sábados e domingos e segundas (em horário integral) Pedagogia da Alternância e uso de Pesquisa-Ação

19 Rio de Janeiro Resultados - PlanSeQ-EcoSol – RSP - RJ O Curso de Formação de Formadores Capacitou 30 pessoas (técnicos e comunitários); No RJ, monitores participaram ativamente do processo de organização, elaboração e na realização das atividades educativas; Traçamos Planos de Ação para Continuidade dos trabalhos;

20 Rio de Janeiro Resultados - PlanSeQ-EcoSol – RSP – RJ Criou-se mais dois sub-nós da Rede Solidária da Pesca – um na Região do lagos e outro no Litoral Sul; 11 Famílias conseguiram um Projeto de Tanque Rede/Búzios – Rasa; Participação das Mulheres em Festivais de Culinária da Pesca ( Cabo Frio e Angra dos Reis); Fortalecimento político-social do projeto de Acordo de Pesca na Baía de Ilha Grande.

21 REDE SOLIDÁRIA DA PESCA LITORAL FLUMINENSE

22 Pesca no RJ

23 Alto e Médio Solimões/ AM Curso de gestão Compartilhada dos Recursos Pesqueiros Junho/2010 a abril/2011 Participantes: -Alvarães -Tefé -Maraã - Fonte Boa TOTAL: 30 educandos O Curso foi ministrados em 4 Módulos (200 horas) Pedagogia da Alternância Público alvo: atores envolvidos no setor pesqueiro da região

24 Alto e Médio Solimões/ AM Curso de gestão Compartilhada dos Recursos Pesqueiros Junho/2010 a abril/2011 DESAFIOS -Falta de documentação dos educandos para o CT; -Logística; -Comunicação; -Prestação de contas burocráticas; - Material didático

25 Alto e Médio Solimões/ AM Curso de gestão Compartilhada dos Recursos Pesqueiros Junho/2010 a abril/2011 CONQUISTAS - Integração entre as Colônias e Associações de manejadores; - Troca de experiência; - Fortalecimento organizacional; - Incentivo a autogestão; - Valorização da mulher na atividade pesqueira; - Aprimoramento de lideranças; - Despertar de alguns atores; - Reconhecimento da prática da Economia Solidária; - Princípios da solidariedade em todos as ações do grupo (educandos e facilitadores); - Diálogo entre instituições. - Diferentes faixas etárias aprendendo/descobrindo juntas

26

27

28 Alto e Médio Solimões/ AM Oficina: Qualidade do Pescado e Comércio Justo 5 a 7 de outubro de 2010 Participantes: -Alvarães -Tefé -Maraã -Fonte Boa Manejadores de pirarucu e ornamentais TOTAL: 30 educandos Foco na Feira do Pirarucu Manejado

29

30 Formação de duas turmas: Ibiaí Barra do Guaicuí (+ Pirapora e Buritizeiro) Minas Gerais Curso de Gestão Social da Cadeia Produtiva de Pesca e Curso de Gestão Compartilhada de Recursos Pesqueiros Janeiro a dezembro/2010)

31 Para 2011 Cursos: -Manaus e entorno e Rio Negro; -Parintins; -Pará. Oficinas Seminários Interredes

32 E a gente está caminhando... REDE SOLIDÁRIA DA PESCA


Carregar ppt "Outra pesca artesanal é possível Foto: João Zinclar PlanSeQ EcoSol Oficina de Formação de Formadores Rio de Janeiro, 06 de dezembro de 2010."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google