A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

19/05/08 Trabalho elaborado por: Paula Trindade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "19/05/08 Trabalho elaborado por: Paula Trindade."— Transcrição da apresentação:

1 19/05/08 Trabalho elaborado por: Paula Trindade

2

3 Índice Meio de propulsão : Força humana Força animal Força eólica Motor a vapor Motor a gasolina Motor de combustão interna Motor eléctrico Motor eléctrico com pilhas de combustão interna Meio de propulsão: motor hídrico

4 Asas rotativas Bimotores Motor a jacto Turbinas especiais Novas estruturas Vantagens da evolução dos meios de propulsão Desvantagens da evolução dos meios de propulsão Índice (cont.)

5 Desde os primeiros tempos da sua existência que o homem reconheceu a necessidade de se deslocar entre vários lugares, começando para isso a utilizar a força humana. Sendo um transporte que necessitava da força humana, logo o homem teve necessidade de evoluir.

6 Durante séculos, os tradicionais meios de transporte usavam como principal forma de deslocação a tracção animal. Era mais utilizado como transporte de carga, mas também como transporte de pessoas. Quando o cavalo puxa a carroça, aplica nesta uma força no sentido do movimento e a carroça, de acordo com a lei de newton, aplica no cavalo uma força simétrica. Meio de propulsão: força animal

7 Começaram a aparecer os primeiros barcos movidos pela força eólica. Meio de propulsão: força eólica Foi já no séc. XVIII que o Homem voou pela primeira vez. Utilizou para isso a força humana ajudado com a força do vento. A energia eólica é a energia cinética do deslocamentos de massas de ar, gerados pelas diferenças de temperatura na superfície do planeta. Resultado da associação da radiação solar incidente no planeta com o movimento de rotação da terra, fenómenos naturais que se repetem. Por isso é considerada energia renovável.

8 Durante o século XIX foram dados grandes avanços graças à tecnologia da energia a vapor. Meio de propulsão: motor a vapor No caso da máquina a vapor, o fluido de trabalho é o vapor de água sob alta pressão e a alta temperatura. O funcionamento da turbina a vapor baseia-se no principio de expansão do vapor, gerando diminuição na temperatura e energia interna. Essa energia interna perdida pela massa de gás reaparece na forma de energia mecânica, pela força exercida contra um êmbolo. Há diversas classificações possíveis para as turbinas a vapor, mas a mais comum é dividi- las entre: de condensação e de contra pressão.

9 Um motor a gasolina aspira uma mistura de gasolina e ar, comprime-a e faz a ignição com uma centelha. Um motor a gasolina comprime a uma taxa de 8:1 a 12:1. Motores a gasolina geralmente usam carburação, na qual o ar e o combustível são misturados bem antes do ar entrar no cilindro, ou injecção de combustível no duto de admissão, no qual o combustível é injectado imediatamente antes do tempo de aspiração (fora do cilindro).

10 Começaram a aparecer os primeiros aviões em que o meio de propulsão é o motor de combustão Interna. Meio de propulsão : motor de combustão interna Os motores de combustão interna (endotérmicos) utilizados nos veículos automóveis, transformam a energia térmica gerada pela combustão da mistura ar/gasolina (ou ar/gasóleo) em energia mecânica.

11 Os Veículos Eléctricos integram duas fontes de energia num único veículo, combinando um veículo a combustão convencional com um veículo de motor eléctrico. A bateria armazena a energia eléctrica produzida pelo motor de combustão, fornecendo-a ao motor eléctrico que a transforma em energia mecânica. O motor de combustão, que tem como fonte um reservatório de combustível, pode accionar o gerador que carrega a bateria ou acciona directamente as rodas. Meio de propulsão: Motor eléctrico

12 Meio de propulsão: Eléctricos com pilhas de combustão a hidrogénio A alimentação de veículos com Pilhas de Combustível a hidrogénio pode ser feita através do armazenamento directo deste combustível a bordo, ou através da sua produção a bordo a partir de um combustível líquido armazenado (gás natural, por exemplo). Este sistema não requer combustão uma vez que o combustível utilizado, o hidrogénio, é convertido directamente em energia eléctrica. Desta forma, é admissível referir que os motores eléctricos com PC operam com uma maior eficiência do que os motores térmicos convencionais.

13 Os Veículos Híbridos Eléctricos combinam os benefícios dos veículos com motor de combustão interna e os benefícios dos motores eléctricos e podem ter diferentes arquitecturas de modo a se atingir vários objectivos, como uma diminuição do consumo de combustível ou o aumento de potência, podendo estes veículos ser de emissão-zero na cidade e, em estrada, utilizar uma combinação motor térmico/eléctrico e/ou motor térmico. Meio de propulsão: Motor hídricos

14 Asas rotativas Porém, helicópteros são lentos (até 300 km/h) e possuem alcance e capacidade de carga limitada. O helicóptero é uma aeronave de asas rotativas, mais pesada que o ar, propulsada por um ou mais rotores horizontais maiores (propulsores) que, quando girados pelo motor, criam sustentação e propulsão necessárias para o voo. Devido ao fato de as pás do rotor girarem em torno de um mastro, são classificados como aeronave de asa rotativa, o que os distingue das aeronaves de asa-fixa convencional.

15 Os aviões mono motores, bimotores e turbo hélices fazem uso de um motor que faz girar uma hélice, criando o impulso necessário para a movimentação da aeronave para frente. Em particular os turbo-hélices são motores à reacção (jacto) que impulsionam uma hélice para a frente. Meio de propulsão: bimotores

16 Aviões a jacto fazem uso de turbinas para a criação da força necessária para a movimentação da aeronave para a frente. Como consequência, podem carregar muito mais peso e possuem maior velocidade do que turbo-hélices. Aviões a jacto possuem muito mais força e criam um impulso muito maior do que aviões que fazem uso de turbo-hélices. Meio de propulsão: motor a jacto Um Motor a Jacto, é um motor que expele um jacto rápido de um fluido para gerar uma força de impulso, de acordo com Terceira Lei de Newton.

17 Aviões supersónicos, usam como meios de propulsão turbinas especiais, que geram potência necessária para um voo mais rápido que a velocidade do som. Turbinas a gás são utilizadas na propulsão de aviões e outros tipos de aeronaves. Isto deve-se principalmente à característica de alta densidade de potência. Meio de propulsão: turbinas especiais O eixo é movimentado pela turbina que acciona o compressor. Através do bocal, o restante da potência útil é consumida na aceleração dos gases, responsável pelo empurro gerado. Ou seja, as turbinas a gás geram maiores potências comparadas a máquinas de mesmo peso, o que é vantajoso, uma vez que a redução do peso das aeronaves suporta com maior eficiência e capacidade de carga.

18 Para os transportes se poderem movimentar mais rapidamente e com mais facilidade, foi necessário o desenvolvimento da rede de estradas, como também a construção de pontes, linhas férreas para os transportes ferroviários e aeroportos para os aéreos. Hoje em dia, com uma rede de auto- estradas bastante desenvolvida, as redes de transportes rodoviários chegam a todos os pontos do país. Novas estruturas:

19 Vantagens da evolução dos meios de propulsão: Grande mobilidade de pessoas e bens Comodidade e segurança Rápidos e económicos para curtas, médias e longasdistâncias Rápidos nas operações de cargas e descargas Flexibilidade dos itinerário Grande capacidade de cargas

20 Desvantagens da evolução dos meios de propulsão : Elevados níveis de poluição Elevada sinistralidade Provoca grandes congestionamentos de trânsito Elevado consumo de espaço Elevado custo de infra-estruturas Itinerários fixos, o que implica o transbordo de passageiros e mercadorias Elevado custo de transporte


Carregar ppt "19/05/08 Trabalho elaborado por: Paula Trindade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google