A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mesa redonda: Inteligência Competitiva nas Instituições Públicas no Brasil – relato de experiências Open Archives: interoperando repositórios digitais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mesa redonda: Inteligência Competitiva nas Instituições Públicas no Brasil – relato de experiências Open Archives: interoperando repositórios digitais."— Transcrição da apresentação:

1 Mesa redonda: Inteligência Competitiva nas Instituições Públicas no Brasil – relato de experiências Open Archives: interoperando repositórios digitais

2 Sumário Cenário Mundial da Comunicação Científica Cenário Mundial da Comunicação Científica O modelo Open Archives O modelo Open Archives O movimento do acesso livre O movimento do acesso livre Ações do Ibict em direção ao acesso livre Ações do Ibict em direção ao acesso livre

3 Cenário mundial da comunicação científica Alto custo das assinaturas dos principais periódicos científicos; Dificuldades encontradas pelos pesquisadores no ciclo da comunicação científica tradicional; Exclusão científica; Surgimento das NTIC - alternativas para facilitar o acesso aberto às IC; Movimento de acesso aberto à IC.

4 Modelo Open Archives Experiência iniciada em 1991, no Laboratório de Los Alamos, com a implementação do repositório ArXiv; Outros repositórios: CogPrints - Psicologia, linguística e neurociências; NCSTRL (Networked Computer Science Technical Reference Library); NDLTD (Networked Digital Library of Thesis and Dissertations), 170 países RePEc (Research Papers in Economics), 54 países 1999 – Santa Fé – Criação do OAI – Open Archives Initiative; The goal of the OAi is to contribute in a concrete manner to the transformation of scholarly communication. Pacotes de software para construção de repositórios digitais (OJS, E-prints, OCS, Dspace, Fedora, CDSware...)

5 Open Archives Initiative : algumas definições Trata-se de uma iniciativa para desenvolver e promover padrões de interoperabilidade para facilitar a eficiente disseminação de conteúdos. O termo "archive" no nome Open Archives Initiative reflete a origem da OAI, na comunidade e-prints onde esse termo é geralmente aceito como um sinônimo para repostiórios de papers científicos. A OAI usa o termo archive no seu sentido mais amplo: como um repositório para armazenar informação. Protocolo para coleta de metadados (OAI-PMH) – Trata-se de um protocolo de comunicação para permitir a coleta de metadados entre dois serviços, portanto o compartilhamento de metados entre dois serviços de informação. Protocolo é um conjunto de regras de comunicação entre dois sistemas. Exemplos: FTP, HTTP, Z39.50 etc.

6 Coleta (harvesting) – trata-se de um procedimento de extração de metadados de um conjunto de repositórios distribuídos remotamente e de seu armazenamento consolidado em um banco de dados. Metadados – esse termo designa um tipo de dado que descreve um determinado objeto. Exemplos: título, autor, editor, resumo etc. Provedor de Dados (data provider) – Trata-se de um provedor que mantém um ou mais repositórios, que suportam o protocolo OAI-PMH, para expor os seus metadados. Provedor de Serviços (service provider) – Trata-se de um tipo de provedor que faz a coleta de metadados para compor um serviço de informação com valor agregado. Portanto, o provedor de serviço faz o harvesting dos metadados expostos pelos provedores de dados. Open Archives Initiative : algumas definições

7 Ideais e princípios dos OA Auto publicação Sistema de armazenamento a longo prazo Política de gestão observando normas de preservação de objetos digitais Uso de padrões e protocolos com vista a solução de interoperabilidade entre as bibliotecas digitais Uso de software open source

8 Esquema Funcional do modelo OA Provedores de Dados (Data Providers) Coleta via OAI-PMH Agregador Provedor de Serviço (Service Provider)

9 Vantagens no uso de OA Maior rapidez na disseminação da literatura científica publicada nesses repositórios Acesso aberto => Maior Rapidez na disseminação da IC Maior visibilidade dos trabalhos publicados Maior impacto Acesso aberto => Maior Visibilidade => Maior possibilidade de ser citado Maior interoperabilidade com outros repositórios OAI-PMH (Open Archives Initiative Protocol of Metadata Harvesting )

10 O movimento do acesso livre Out//1999 => Lançamento da Open Archives Initiative, Convenção de Santa Fé 2001 => Carta aberta da Public Library of Science (PLoS) => Iniciativa de Budapeste para o Acesso Aberto => Carta ECHO => Declaração de Bethesda => Association of Learned and Professional Society Publishers (ALPSP) => Declaração de Berlim sobre o Livre Acesso ao Conhecimento Nov/2003=> Declaração de princípios do Wellcome Trust em apoio à ed. em livre acesso => Posicionamento do InterAcademy Panel sobre o acesso à IC => Declaração do IFLA sobre o livre acesso à LC e aos documentos da pesquisa => Declaração de princípios da Cúpula Mundial sobre a Soc. da Inf. (SMSI) => Declaração de Valparaíso => Declaração da OCDE s/ o acesso aos dados de pesq. Fin. fundos públicos => Princípios de Washington D. C. para o livre acesso à ciência => Publicação do relatório do com. do parlamento britânico s/ edição científica => Manifesto Brasileiro de Apoio ao Acesso Livre à IC => Declaração de Salvador s/ Acesso Aberto: A Persp. dos Países em Des. Dez/2005=> Carta de São Paulo Mai/2006=> Declaração de Florianópolis (Psicologia)

11 Cenário mundial Movimento em prol do acesso livre em vias de se consolidar; Movimento em prol do acesso livre em vias de se consolidar; Existência de diversos repositórios institucionais e temáticos em boa parte dos países do hemisfério norte; Existência de diversos repositórios institucionais e temáticos em boa parte dos países do hemisfério norte; Existência de diversas publicações eletrônicas de acesso livre; Existência de diversas publicações eletrônicas de acesso livre; Os EUA, o Reino Unido e a Alemanha são os países com maior quantidade de repositórios de aceso livre. O Brasil aparece em quarto lugar, segundo o ROAR – Registry of Open Access Repositories. Os EUA, o Reino Unido e a Alemanha são os países com maior quantidade de repositórios de aceso livre. O Brasil aparece em quarto lugar, segundo o ROAR – Registry of Open Access Repositories. Implantação exitosa da BDTD, existe portanto uma competência instalada no Ibict quanto às ferramentas compatíveis com o modelo OA. Implantação exitosa da BDTD, existe portanto uma competência instalada no Ibict quanto às ferramentas compatíveis com o modelo OA. As publicações científicas brasileiras são basicamente mantidas pelas universidades, institutos de pesquisa, sociedades e associações científicas modelo OA. As publicações científicas brasileiras são basicamente mantidas pelas universidades, institutos de pesquisa, sociedades e associações científicas modelo OA.

12 Ações do Ibict em direção ao Acesso Livre á Informação Lançamento do manifesto brasileiro em prol do acesso livre à IC; Lançamento do manifesto brasileiro em prol do acesso livre à IC; Articulação com os diversos segmentos da comunidade científica visando sensibilizá-los quanto à importância das recomendações constantes do manifesto brasileiro; Articulação com os diversos segmentos da comunidade científica visando sensibilizá-los quanto à importância das recomendações constantes do manifesto brasileiro; Construção de um Portal de Repositórios e Publicações de Acesso Livre (Portal Oasis.Br); Construção de um Portal de Repositórios e Publicações de Acesso Livre (Portal Oasis.Br); Construção de repositórios institucionais, temáticos e publicações eletrônicas; Construção de repositórios institucionais, temáticos e publicações eletrônicas; Discussão e estabelecimento de uma Política Nacional de Acesso Livre Discussão e estabelecimento de uma Política Nacional de Acesso Livre Construção de uma incubadora de repositórios e publicações eletrônicas. Construção de uma incubadora de repositórios e publicações eletrônicas. Absorção, customização e transferência de pacotes de software open source compatível com o modelo OA; Absorção, customização e transferência de pacotes de software open source compatível com o modelo OA; Estabelecimento de competência técnica quanto ao uso e desenvolvimento de ferramentas em conformidade com o modelo OA. Estabelecimento de competência técnica quanto ao uso e desenvolvimento de ferramentas em conformidade com o modelo OA.

13 Considerações finais O modelo Open Archives, apesar de ser utilizado em aplicações relacionadas à IC, poderá ser utilizado para qualquer tipo de aplicação; O modelo Open Archives, apesar de ser utilizado em aplicações relacionadas à IC, poderá ser utilizado para qualquer tipo de aplicação; Da mesma forma, pacotes de software aplicativos como DSpace poderá ser utilizado para qualquer tipo de aplicação. Da mesma forma, pacotes de software aplicativos como DSpace poderá ser utilizado para qualquer tipo de aplicação. O Ibict possui uma competência técnica quanto ao uso e desenvolvimento de ferramentas compatíveis com o modelo Open Archives. O Ibict possui uma competência técnica quanto ao uso e desenvolvimento de ferramentas compatíveis com o modelo Open Archives.

14 Obrigado!!!! Hélio Kuramoto Coordenador Geral de Projetos Especiais SAS Quadra 05 Lote 06 Bloco H – Brasília, DF


Carregar ppt "Mesa redonda: Inteligência Competitiva nas Instituições Públicas no Brasil – relato de experiências Open Archives: interoperando repositórios digitais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google