A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

APRESENTAÇÃO GERAL Treinamento SEER - CENTRO-OESTE FERNANDA MORENO

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "APRESENTAÇÃO GERAL Treinamento SEER - CENTRO-OESTE FERNANDA MORENO"— Transcrição da apresentação:

1 APRESENTAÇÃO GERAL Treinamento SEER - CENTRO-OESTE FERNANDA MORENO
Outubro/2006

2 Conteúdo Comunicação científica: conceituação de publicações científicas, atores envolvidos Acesso Livre e Arquivos Abertos SEER: características Demonstração Geral do Sistema de Editoração Eletrônica de Revistas

3 Periódico científico Conceituação
Periódico científico é o canal de disseminação da ciência, publicado em períodos de tempo pré-definidos, reunindo artigos de diversas autorias, que apresentam rigor científico e metodológico, e dentro de uma política editorial definida.

4 Periódico científico autoria múltipla editor científico
Principais características: periodicidade autoria múltipla editor científico conselho editorial processo de seleção de trabalhos validação do trabalho/pesquisa

5 Sistema de Comunicação Científica
Atores Envolvidos Autores Comunidades científicas Associações científicas Órgãos de fomento Editores Bibliotecários Público em geral

6 Periódico científico Editoração
Conjunto das atividades funcionais de um editor: seleção de originais, compra de direitos autorais, contratação de tradutores, supervisão da preparação de originais, escolha da tipologia, assentamento da diagramação, escolha da capa etc. Editoração científica Padrões internacionais para o controle da qualidade: normas para publicação, fontes de indexação, comitê editorial e corpo de revisores.

7 Periódico científico Principais problemas nas publicações impressas
Proliferação de periódicos -> dispersão de artigos sobre um mesmo tema -> dificuldade de acesso e recuperação Espaço físico Custos: produção; assinatura e manutenção das coleções

8 Novas tecnologias A constante evolução das TICs, permite que dados se tornem cada vez mais disponíveis e acessíveis a um maior número de usuários. A utilização dos computadores trouxe como vantagens o armazenamento de grandes quantidades de informação. Estabelecimento do mercado de informações on-line e a criação de revistas eletrônicas e bases de dados bibliográfica e de citações.

9 Tipos de revistas eletrônicas
Publicação de acesso restrito Quando o acesso on-line ao texto completo não é imediato nem permanente. Publicação de acesso livre Quando os textos completos são acessados gratuitamente on-line por qualquer usuário e em qualquer lugar.

10 Acesso Livre Publicação científica na Internet disponibilizada gratuitamente a qualquer pessoa Iniciativa dos Arquivos Abertos (OAI) – Open Archives Initiative Movimento do Acesso Livre (BOAI) - Open Access Initiative

11 Open Archives Initiative http://www.openarchives.org
Origem na Convenção de Santa Fé, 1999. -> Protocolo OAI-PMH (Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting) Provê interoperabilidade entre arquivos digitais de texto completo na Rede, dando maior visibilidade e integração aos conteúdos dos repositórios digitais.

12 Budapest Open Access Initiative
é a disponibilidade gratuita para o público da Internet permitindo a qualquer usuário a leitura, o download, a cópia, a distribuição, impressão, busca ou indexação dos textos completos destes artigos podendo usá-los para quaisquer propósitos sem nenhuma barreira financeira, legal ou técnica.”

13 Open Archives e Open Access
Portanto, a Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting (OAI -PMH) é o protocolo que garante a interoperabilidade e o compartilhamento entre as várias iniciativas, plataformas, arquivos e repositórios de Open Access. O OAI-PMH é a base técnica fundamental para o Movimento do Acesso Livre.

14 Acesso Livre Auto-arquivamento, por parte do autor, preservando-se o direito de transferir o conhecimento para o público; Avaliação por pares aberta, transparente, quebrando o conceito da revisão sigilosa; Interoperabilidade como pré-requisito na adoção de ferramentas de publicação da informação; Democratização da informação através da internet/web

15 Acesso Livre: vantagens
Velocidade de publicação Maior visibilidade e impacto mundial Maior espaço para competitividade em níveis de igualdade Cooperação internacional facilitada Acesso e disseminação de informação mundial Democratização da informação Recuperação dos investimentos realizados por agências de fomento

16 Acesso Livre: impacto Resultados iniciais de uma análise comparativa do impacto de artigos em acesso livre e em acesso restrito na área da física nos últimos 10 anos: As fontes usadas foram a ISI Web of Science e o repositório ArXiv. As conclusões são que os artigos em acesso livre são citados entre 2.5 e 5.8 mais vezes que os restantes. TheeffectofOpenAccess onCitationImpact / TimBrody, Heinrich Stamerjohanns, Stevan Harnad, Yves Gingras, Charles Oppenheim -http://www.ecs.soton.ac.uk/~harnad/Temp/OA-TAadvantage.pdf

17 Arquivos Abertos Existem diferentes provedores de serviços baseados no protocolo Open Archive Initiative que fazem com que todos os repositórios sejam interoperáveis. - Arc - Callima - Citebase - CYCLADES - MyOAI - OAIster - Perseus - SAIL-eprints - Scirus - TORII - OAIIECSP - PKP

18 Acesso Livre: visibilidade
Registry of Open Access Repositories (ROAR) Directory of Open Access Journals

19 Características Provedores de Dados Provedores de Serviços
(services providers) Executam a coleta automática de metadados disponíveis nos provedores de dados. (data providers) Disponibilizam os metadados dos conteúdos de seus arquivos PROTOCOLO OAI-PMH Arquivo em XML PROTOCOLO OAI-PMH

20 1 2

21 1

22 2

23 Open Archives Initiative
Através das ações propostas e do esforço colaborativo de grande número de pesquisadores de origem multidisciplinar, foram desenvolvidas soluções tecnológicas e estabelecidos padrões de interoperabilidade para melhorar a disseminação da produção científica. Open Conference Systems -> SOAC (Sistema On-line de Apoio a Congressos) Dspace (Criação de repositórios digitais) Eprints -> DiCi (Diálogos Científicos) Open Journal Systems -> SEER

24 Open Journal Systems (OJS)
Software livre desenvolvido pela Universidade British Columbia do Canadá. OJS tem como objetivo dar assistência na edição dos periódicos científicos em cada uma das etapas do processo, desde a submissão e avaliação dos consultores até a publicação on-line e sua indexação.

25 O OJS foi traduzido e adaptado pelo IBICT e denominado SEER: Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas. Os editores podem organizar os sistemas de gerenciamento do periódico e do site de acordo com suas própria políticas de publicação. O sistema pode auxiliar o processo de revisão por pares, agilizando o intercâmbio de informações entre autores, revisores e editores.

26 O Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER/OJS) foi customizado pelo Ibict com o objetivo de organizar a informação científica por meio do gerenciamento das atividades editoriais e a conseqüente divulgação em meio eletrônico. Com esta ação, pretende-se diminuir as restrições de espaço e de custos de acesso à informação científica e estimular as possibilidades de pesquisa ao facilitar a localização e o armazenamento da informação.

27 Características Submissão de artigos, pareceres e outros itens on-line. Gerenciamento on-line para cada etapa da publicação . Indexação de artigos publicados Notificação via e comentários dos leitores. Ferramenta de ajuda para a pesquisa em cada artigo. 6. Possibilidade de preservação - LOCKSS

28 Instalação O SEER pode ser instalado localmente (Servidor Apache, MySQL, PHP, Servidor de ) em ambientes Linux, FreeBSD, Solaris e Mac OS X.

29 Próximo passo... Demonstração do sistema


Carregar ppt "APRESENTAÇÃO GERAL Treinamento SEER - CENTRO-OESTE FERNANDA MORENO"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google