A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NEUROSES E PSICOSES: DIFERENTENÇAS FUNDAMENTAIS Conceito Latu Senso Constituem uma singular categoria das enfermidades, ou transtornos, que acomete o Ser.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NEUROSES E PSICOSES: DIFERENTENÇAS FUNDAMENTAIS Conceito Latu Senso Constituem uma singular categoria das enfermidades, ou transtornos, que acomete o Ser."— Transcrição da apresentação:

1 NEUROSES E PSICOSES: DIFERENTENÇAS FUNDAMENTAIS Conceito Latu Senso Constituem uma singular categoria das enfermidades, ou transtornos, que acomete o Ser humano em seu psiquismo. Alteração do comportamento e personalidade. É o ramo da enfermagem que trata de pacientes com distúrbios de comportamento e sofrimento psíquico

2 Objetivos Devolver o cliente ao convívio familiar e social. Reabilitação bio-psico-social Etiologias Neurose Personalidade global (predisposição, história passada), situação conflitiva nas relações com o meio ambiente e a idade da vida. Condições que podem levar o indivíduo ao desequilíbrio psíquico. Psicose Traumáticas, infecções, tóxicas, demência vasculares, TCE, doenças endógenas, hereditária. Multifatorial

3 Comportamento Geral Neurose Baixo grau de decomposição (comprometimento) da personalidade, comportamento repetitivo, queixa-se de coisas triviais, são minuciosos, perfeccionistas, tensos, angustiados, ansiedade patológica, comportam-se de forma socialmente aceita. Psicose Elevado grau de decomposição da personalidade, o contato com a realidade é muito atingido o psicótico fica impossibilitado de atuação social, tem uma tendência à deterioração dos costumes, comportamento imprevisível, desigualdade, anti-social.

4 Orientação Neurose Raramente perde a orientação sobre si próprio e ambiental. São exceções as síndrome conversivas dissociativas ( antiga histeria de conversão). Psicose Perde a orientação do tempo e/ou do ambiente.

5 Sintomas Neurose Somáticos(taquicardia, suor, taquipneia, peristaltismo aumentado), musculares(dores, contraturas, tremores), respiratório(sufocação), psiquismo(tensão, insegurança, dificuldade na concentração, estranheza, mal estar indefinido). Não há alucinações ou outros desvios externo no pensamento (delírios). Psicose Grande amplitude de sintomas psicológicos, com delírios, alucinações, sonolência. O indivíduo passa a vivenciar um mundo a parte fora da realidade de comportamento anormal, falta de percepção interior e outro não sentem doentes.

6 Autoconhecimento Neurose O neurótico tem certa compreensão da natureza do seu estado psíquico. Procura alguém que alimente as suas idéias doentes. Ele busca o tratamento, mas nem sempre quer se tratar. Sabe de tudo o que estar se passando. Psicose Raramente tem compreensão da natureza de seu psíquico.

7 Aspectos Sociais Psicose Têm raramente o seu comportamento social prejudicado ou perigoso para si e para sociedade. Neurose Têm freqüentemente o seu comportamento social prejudicado ou perigoso para si e para sociedade. Perda do interesse e da capacidade para trabalhar. Não sabe sentar- se a mesa, alimentar-se. Geralmente são anti- sociais.

8 Tratamento Neurose Raramente necessita de internação hospitalar. O tratamento é ambulatorial e psicoterapêutico. Psicose CAPS e ambulatorial. Quando necessário, internamente em regime integral. Necessita de observação, supervisão continua.


Carregar ppt "NEUROSES E PSICOSES: DIFERENTENÇAS FUNDAMENTAIS Conceito Latu Senso Constituem uma singular categoria das enfermidades, ou transtornos, que acomete o Ser."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google