A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A EXPANÇÃO DA IGREJA Nessa época decidiu-se uma importante questão: O cristianismo continuaria como seguimento judaico ou abriria suas portas para todas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A EXPANÇÃO DA IGREJA Nessa época decidiu-se uma importante questão: O cristianismo continuaria como seguimento judaico ou abriria suas portas para todas."— Transcrição da apresentação:

1

2 A EXPANÇÃO DA IGREJA Nessa época decidiu-se uma importante questão: O cristianismo continuaria como seguimento judaico ou abriria suas portas para todas as etnias (Concílio de Jerusalém - Ler At 15. 1-19). Concílio de Jerusalém A igreja nesse tempo estava restrita a Jerusalém e aldeias vizinhas, seus membros eram judeus ou prosélitos.

3 Prosélitos. Um estrangeiro. Era o nome que os judeus davam àqueles que não eram judeus por nascimento, mas que vinham viver no seu país, colocando-se sob a proteção do Senhor - e também eram chamados prosélitos os que abraçavam a religião judaica em outras terras. No N.T. algumas vezes se lhes dá o nome de prosélitos, e outras vezes o de ‘piedosos, tementes a Deus’ (At 2.10 - 10.2,22 - 13.16,43). Mais tarde os judeus distinguiam duas espécies de prosélitos: Prosélitos da Porta, que habitavam na Terra Santa, ou mesmo fora dali - os quais, sem circuncisão ou qualquer cerimônia da Lei, prestavam culto a Deus, e observavam as regras de Noé. E estas eram: (1) abster-se da idolatria - (2) da blasfêmia - (3) do assassinato - (4) do adultério - (5) do roubo - (6) nomear juizes justos e íntegros - (7) não comer a carne cortada de qualquer animal estando este vivo. os privilégios de que gozavam os prosélitos da Porta eram: pela sua vida santa podiam ter esperança da vida eterna, e concedia-se-lhes habitarem na Palestina, partilhando a sua prosperidade. Prosélitos da Justiça eram aqueles que se convertiam ao Judaísmo, depois de um cuidadoso exame, e se circuncidavam, observando toda a lei de Moisés.

4 Houve algumas prisões e interrogatórios, mas os milagres(At 4.6) e a aprovação popular (At 2.47) impediram os líderes dos sacerdotes de tomarem atitudes drásticas (At 4.21). O Sinédrio temia o povo; por isso não maltratou os apóstolos (At 5.26). A defesa de Estêvão foi perante o Sinédrio, mas fora levado para lá por homens comuns, e não pelos próprios chefes. Seu discurso deixou o povo com tanta raiva que foi morto a pedradas sem um julgamento (At 7.58). 4 COMO FOI O INÍCIO ?

5 APÓS A MORTE DE ESTEVÃO, UMA GRANDE PERSEGUIÇÃO DESABOU SOBRE A IGREJA POR PARTE DOS JUDEUS, QUE CONSIDERAVAM O CRISTIANISMO UMA HERESIA A COMBATER (ATOS 8:1-5). MAIS TARDE, A PERSEGUIÇÃO ATINGIU TAMBÉM OS PRÓPRIOS APÓSTOLOS (ATOS 12:1-3). OS CRISTÃOS DISPERSOS LEVAVAM O EVANGELHO, COMEÇANDO A SE FORMAR IGREJAS FORA DA JUDÉIA. COMO FOI O INÍCIO ?

6 Agora a oposição era do próprio povo, então os chefes deram vazão a sua ira contra o movimento, sem temer por repercussões. Iniciou-se a primeira perseguição que espalhou os cristãos de Jerusalém pela Judéia e Samaria (At 8:1). A segunda perseguição foi de Herodes Agripa I (At 12,1- 3), teve como consequência a missão de levar o evangelho para fora do território judeu. Paulo e Barnabé estavam entre esses missionários que foram pelo mundo para formar novas comunidades. 6 COMO FOI O INÍCIO ?

7 7 O conselho de Gamaliel At 5. 34-39 O rol de pessoas proclamadas como Messias é extensa. E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens, se desfará. Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus. COMO FOI O INÍCIO ?

8 Este período termina com a crise provocada pela política do imperador Calígula (37 a 41 dC) e pela perseguição aos cristãos por parte do rei Herodes Agripa I (41 a 44 dC). COMO FOI O INÍCIO ?

9 Expansão do Cristianismo Os discípulos espalham-se pelas regiões do Mediterrâneo, inclusive Roma, e fundam várias comunidades. Sofrem perseguições, primeiro das autoridades religiosas do Judaísmo e, a partir do século I, dos romanos. 9

10

11 A PARTIR DO CAPÍTULO 9, O LIVRO DE ATOS COMEÇA A FALAR DO MINISTÉRIO DE PAULO, O APÓSTOLO DOS GENTIOS. A IGREJA FORA DE JERUSALÉM VAI SE TORNANDO O CENTRO DA NARRATIVA. EM 50 D.C. A IGREJA ESTAVA ESTABELECIDA NA SÍRIA, FRIGIA, ÁSIA CENTRAL E EUROPA. EM JERUSALÉM, APÓS ALGUNS PROBLEMAS, A IGREJA ACEITOU OS GENTIOS COMO IRMÃOS (“CONCÍLIO DE JERUSALÉM”, ATOS 15:1-31), CHEGANDO ATÉ A RECEBER SUA AJUDA MATERIAL (ROMANOS 15:26-27). COMO FOI O INÍCIO ?

12 A perseguição, o desejo missionário e a vontade de anunciar a boa nova a “toda a criatura” (Mc 16,15) levou os cristãos para fora da Palestina. Nesses trinta anos o Evangelho se expandiu por todo o império, chegando a todas as grandes cidades, inclusive a capital Roma, o “fim do mundo” (At 1,8).

13 Se seguirmos a descrição das três viagens de Paulo e seus companheiros, narradas nos Atos dos Apóstolos, vemos que eles percorreram em torno de 16 mil quilômetros. Enfrentaram muitos problemas (2Cor 11,25- 26) e também dificuldades da própria missão de anunciar o Evangelho.

14

15 → Do Oriente→ para o Ocidente → Da Palestina→ para a Ásia Menor, Grécia e Itália → Da cultura judaica→ para a cultura grega (helenismo) → Da realidade rural→ para a realidade urbana → Das comunidades → para comunidades ao redor das ao redor das casas sinagogas nas periferias das grandes cidades da Ásia e da Europa.

16 A VOCAÇÃO UNIVERSAL DA IGREJA Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém. Mateus 28:19,20

17 PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO ANO 64 INCÊNDIO DE ROMA O IMPERADOR NERO ACUSA OS CRISTÃOS E INTENSIFICA AS PERSEGUIÇÕES. ANO 70 TITO DESTROI JERUSALÉM E O TEMPLO. AUMENTA A SEPARAÇÃO ENTRE O CRISTIANISMO E O JUDAISMO.

18 O incêndio de Roma que devastou 10 dos seus 14 bairros no ano 64 d.C. O imperador Nero, acusado pelo povo de ser o seu autor, lançou a culpa sobre os Cristãos. Inicia, assim, a segunda perseguição que durará até 68 d.C. e perecerão, entre outros, os apóstolos Pedro e Paulo. A revolta judaica em Jerusalém que levou à sua destruição em 70 d.C. Com o fim das instituições religiosas judaicas ocorre a separação definitiva entre cristãos e judeus, tornam- se religiões distintas. 18 PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO

19 PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO COM A MESMA INTENSIDADE QUE OS APÓSTOLOS OBEDECIAM À GRANDE COMISSÃO, AS PERSEGUIÇÕES ACONTECIAM. OS APÓSTOLOS E PRIMEIROS CRISTÃOS FORAM SENDO APEDREJADOS, DECAPITADOS, CRUCIFICADOS, QUEIMADOS E MORTOS À ESPADA (AT 8.1-4; HB 11.36- 38). À MEDIDA QUE OS PRIMEIROS CRISTÃOS IAM SAINDO DO CENÁRIO, OUTROS FORAM LEVANTADOS POR DEUS COM O MESMO ZELO E AUTORIDADE, A FIM DE DAREM CONTINUIDADE À EXPANSÃO DO EVANGELHO.

20 Estas passagens foram marcadas profundamente pela mudança de mentalidade e pela tensão entre os cristãos vindos do judaísmo e os novos cristãos que vinham de outras culturas (At 15; Gl 2). Foi um doloroso processo de conversão com muitos conflitos interno do próprio cristianismo. Imaginemos a dificuldade dos cristãos judeus, formados dentro da visão judaica da Lei, e que deviam abrir-se para uma visão universal de Deus. PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO

21 A passagem da visão de um povo eleito, privilegiado por Deus entre todos os povos para a certeza de que em Cristo todos os povos faziam parte de um único povo (multirracial e pluricultural) diante de Deus (Ef 2,17-18; 3,6). PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO

22 As comunidades que surgiam, pequenas e frágeis, levavam a sério a mensagem de Jesus. E foram os outros a reconhecer isso. Em Antioquia, para distingui-los, deram a eles o nome de Cristãos (At 11,26). E começaram assim a adquirir a sua própria identidade. Os Atos dos Apóstolos relatam a beleza e o vigor dessas primeiras comunidades (At 2,42- 47; 4,32-37). PRINCIPAIS ACONTECIMENTOS HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO HISTÓRICOS DO PRIMEIRO SÉCULO

23 PARA CASA Aula 2: ATOS 8,9 E 15


Carregar ppt "A EXPANÇÃO DA IGREJA Nessa época decidiu-se uma importante questão: O cristianismo continuaria como seguimento judaico ou abriria suas portas para todas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google