A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A ATIVIDADE INDUSTRIAL PROFESSOR CÉLIO. 1ª Revolução Industrial A Primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra, no século XVIII (1780-1830). A.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A ATIVIDADE INDUSTRIAL PROFESSOR CÉLIO. 1ª Revolução Industrial A Primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra, no século XVIII (1780-1830). A."— Transcrição da apresentação:

1 A ATIVIDADE INDUSTRIAL PROFESSOR CÉLIO

2 1ª Revolução Industrial A Primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra, no século XVIII ( ). A Inglaterra foi o primeiro país a passar por esta revolução. A tecnologia característica é a máquina de fiar, o tear mecânico. Todas são máquinas movidas a vapor originado da combustão do carvão, a forma de energia principal desse período técnico. O sistema de transporte característico é a ferrovia, além da navegação marítima, também movida à energia do vapor do carvão. AS REVOLUÇÕES INDUSTRIAIS

3 Máquina à vapor

4 2ª Revolução Industrial Tem suas bases nos ramos metalúrgico e químico. Neste período, o aço torna-se um material tão básico que é nele que a siderurgia ganha sua grande expressão. A indústria automobilística assume grande importância nesse período. O trabalhador típico desse período é o metalúrgico. O sistema de técnica e de trabalho desse período é o fordista. A tecnologia característica desse período é o aço, a metalurgia, a eletricidade, a eletromecânica, o petróleo, o motor a explosão e a petroquímica. A eletricidade e o petróleo são as principais formas de energia. As Revoluções Industriais

5 3ª Revolução Industrial A Terceira Revolução Industrial tem início na década de 1970, tendo por base a alta tecnologia, a tecnologia de ponta (HIGH- TECH). As atividades tornam-se mais criativas, exigem elevada qualificação da mão-de-obra e têm horário flexível. E uma revolução técnico-científica, tendo a flexibilidade do toyotismo. A tecnologia característica desse período técnico, que tem início no Japão, é a microeletrônica, a informática, a máquina CNC (Controle Numérico Computadorizado), o robô, o sistema integrado à telemática (telecomunicações informatizadas), a biotecnologia. Sua base mistura, à Física e à Química, a Engenharia Genética e a Biologia Molecular. O computador é a máquina da terceira revolução industrial. Terceira Revolução Industrial As Revoluções Industriais

6 Mercado consumidor (com poder aquisitivo); Mão de obra (qualificada); Energia; Infraestrutura e logística ( transportes e comunicações) Matéria prima; Incentivos fiscais; Legislação ambiental. FATORES LOCACIONAIS DA INDÚSTRIA

7 CARTEL – Ocorre quando empresas independentes do mesmo ramo fazem acordos para dominar a oferta de um produto, estipulando o preço do mesmo ou dividindo o mercado entre si. TRUSTE- É a junção de empresas do mesmo ramo(horizontal) ou de ramos diferentes (vertical) em uma organização empresarial com o objetivo de dominar o mercado e eliminar a concorrência. HOLDING – É quando um a empresa controla um grupo de empresas menores mediante a posse majoritária de suas ações. AS CONCENTRAÇÕES INDUSTRIAIS

8 MONOPÓLIOS – Ocorre quando apenas um empresa controla a produção ou venda de um produto. OLIGOPÓLIOS – Ocorre quando um pequeno número de empresas controlam a produção ou venda de um produto. OLIGOPSÔNIOS – Ocorre quando há um pequeno número de empresas compradoras de um produto. AS CONCENTRAÇÕES INDUSTRIAIS

9 Quanto ao consumo de energia e matéria prima: PESADAS – CONSOMEM GRANDE QUANDIDADE DE NERGIA E MATÉRIA PRIMA. Ex. SIDERÚRGICAS E PETROQUÍMICAS LEVES – CONSOMEM POUCA ENERGIA E MATÉRIA PRIMA. EX. TÊXTEIS E ALIMENTÍCIAS Classificação das indústrias

10 Quanto à nacionalidade: Nacionais – Presentes apenas no país de origem. Transnacionais – Possuem filiais em vários países. Quanto à propriedade: Privadas – Empresas controladas pela iniciativa particular. Estatais – Empresas controladas pelo Estado Classificação das indústrias

11 QUANTO AO TIPO DE PRODUTO: Indústria de base ou bens de capital – Indústrias que produzem matéria prima para outras indústrias. Ex. Petroquímicas e siderúrgicas Indústria de bens intermediários ou de produção – Indústria que produz máquinas ou ferramentas. Indústria de bens de consumo – podem ser agrupadas em três grupos: bens de consumo duráveis (Móveis), bens de consumo semi duráveis (Têxtil ou calçadista) e bens de consumo não duráveis (farmacêutica ou alimentícia) CLASSIFICAÇÃO DAS INDÚSTRIAS

12 QUANTO À EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA Indústria de ponta –Surgiram na 3ª Revolução Industrial Ex. informática ou aeroespacial. Indústria Tradicional – Surgiram na 1ªou 2ª Revolução Industrial – Ex. Alimentícia e automobilística. CLASSIFICAÇÃO DAS INDÚSTRIAS

13 Países de industrialização clássica – Denominação dada ao países que se industrializaram na 1ª ou 2ª Revolução Industrial. Ex. Inglaterra, EUA, França, Japão. Países de industrialização planificada – denominação dada aos países que se industrializaram com a adoção do socialismo. Ex. Rússia e China. Países de industrialização tardia ou retardatária – Denominação dada ao países que se industrializaram após a 2ª Guerra Mundial. Ex. Brasil, Argentina, México, Índia. Classificação dos países (quanto ao processo industrial)

14 no artesanato, o artesão trabalha só ou com poucos ajudantes, o processo, como se diz, é todo artesanal...ele detém o domínio completo do conhecimento do produto que está fabricando, ou seja não há divisão interna do trabalho. na manufatura, o trabalho é realizado com o uso de ferramentas simples e já ocorre uma pequena divisão do trabalho. na maquinofatura, usa-se as máquinas para realizar grande parte do trabalho humano, com muito mais rapidez, resultando em uma quantidade de produção enorme, impossível de ser feita pelo artesanato ou manufatura...só que nesse caso, o artesão já não domina mais o conhecimento, já não é mais dono do seu tempo, responde a vários chefes e encarregados, perdeu toda a liberdade que tinha no tempo em que era artesão...com a maquinofatura, surge uma nova classe social, a dos operários, ou proletariado, ou classe trabalhadora. PROCESSO EVOLUTIVO DA ATIVIDADE INDUSTRIAL

15 Frederick Winslow Taylor, era um engenheiro mecânico que em 1911 desenvolveu uma obra chamada Os princípios da administração, que continha uma série de métodos inovadores para a produção industrial. Esse novos métodos ficaram mundialmente conhecidos por taylorismo, em relação ao seu sobrenome. Taylor colocou que o proletário deveria focar em sua parcela do processo produtivo e desempenhá-la no menor tempo possível, não precisando ter conhecimento do todo produzido. Além disso, o empregado deveria evitar o gasto de energia desnecessário, limitando seus atos apenas para a produção do que lhe era determinado pelo patrão. Além das inovações no modo de ação do proletário, Taylor afirmou que a hierarquização educava os funcionários e evitava protesto e desordem. O gerente era responsável por cronometrar e fiscalizar o trabalho de cada funcionário, sendo este passível de repreensão e punições. Em contra partida, Taylor também defendia a competição interna e a premiação para aquele funcionário de melhor desempenho. Métodos de produção industrial taylorismo

16 Principais características: MÉTODOS DE PRODUÇÃO INDUSTRIAL Fordismo

17 O sistema pode ser teoricamente caracterizado por seis aspectos: Mecanização flexível - A mecanização flexível consiste em produzir somente o necessário, contrariando o fordismo, que produzia o máximo possível e estocava o excedente. A produção toyotista é flexível à demanda do mercado. Processo de multifuncionalização de sua mão-de-obra, ou seja, seus trabalhadores possuem amplo conhecimento da fabricação do produto Implantação de sistemas de controle de qualidade total, Sistema just in time: Seu objetivo é "produzir o necessário, na quantidade necessária e no momento necessário", o que foi vital numa fase de crise econômica onde a disputa pelo mercado exigiu uma produção ágil e diversificada. Sistema just in time Personalização dos produtos: Fabricar o produto de acordo com o gosto do cliente. Controle visual: Havia alguém responsável por supervisionar as etapas produtivas. Métodos de produção industrial TOYOTISMO

18 No Volvismo há um grande investimento no trabalhador em treinamentos e aperfeiçoamento, no sentido que esse consiga produzir por completo um veículo em todas as etapas, além de valorizar a criatividade e o trabalho coletivo e a preocupação da empresa com o bem estar do funcionário, bem como sua saúde física e mental. Métodos de produção industrial Volvismo


Carregar ppt "A ATIVIDADE INDUSTRIAL PROFESSOR CÉLIO. 1ª Revolução Industrial A Primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra, no século XVIII (1780-1830). A."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google