A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Senai MLBacha. Taylorismo Fordismo Toyotismo Volvismo processos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Senai MLBacha. Taylorismo Fordismo Toyotismo Volvismo processos."— Transcrição da apresentação:

1 Senai MLBacha

2 Taylorismo Fordismo Toyotismo Volvismo processos

3 Fordismo Na realidade, Ford é mais do que um grande capitão de indústria O Fordismo é um sistema de produção em massa e de consumo em massa, que teve (e ainda) tem grande impacto na maneira como trabalhamos, vivemos e pensamos. Até aos anos 60 reinaram na indústria automobilistica norte-americana os métodos baseados no taylorismo-fordismo A partir de 1970, dá-se início a um processo de reestruturação tanto espacial como organizacional.

4

5 o trabalho em cadeia, baseado na lógica do taylorismo (especialização, parcelarização, individualização do posto de trabalho, imposição de um tempo- padrão, separação das tarefas de concepção, planejamento, execução, avaliação e controle) Taylorismo

6 Toyotismo O toyotismo é um modo de organização da produção capitalista que se desenvolveu a partir da globalização do capitalismo na década de Surgiu no Japão após a II Guerra Mundial, mas só a partir da crise capitalista da década de 1970 é que foi caracterizado modelo japonês, adquirindo projeção global.

7 Volvismo Volvo ao longo dos anos afirmou-se como uma empresa particularmente atenta à qualidade, à segurança e à durabilidade dos veículos. No princípio da década de 1990 era a maior empresa industrial escandinava. A indústria automóvel era então um ramo de atividade importante tanto para a economia como para o emprego na Suécia, representando cerca de 20% do pessoal das indústrias de montagem.

8 Visão geral da Administração da Produção e Operações: Conceitos e Funções do sistema de produção, Processos em manufatura e serviços

9 Função produção Representa a reunião de recursos destinados à produção de bens e serviços Equivale a produção, operações, sistema de produção

10 Recursos transformados Materiais Informação Consumidores

11 Recursos de transformação Instalações funcionários

12 Processo de transformação inputs outputs Recursos de entrada Materiais Informação consumidores Saídas de produtos e serviços Processo de transformação

13 Processos e operações

14 Insumos Trabalhadores Gerentes Equipamentos Instalações Materiais Serviços Terrenos Energia Processos e operações

15 Insumos Trabalhadores Gerentes Equipamentos Instalações Materiais Serviços Terrenos Energia Processos e operações

16 Clientes internos e externos Processos e operações Insumos Trabalhadores Gerentes Equipamentos Instalações Materiais Serviços Terrenos Energia Processos e operações

17 Figura 1.1 Resultados Serviços Bens Clientes internos e externos Processos e operações Insumos Trabalhadores Gerentes Equipamentos Instalações Materiais Serviços Terrenos Energia Processos e operações

18 Resultados Serviços Bens Clientes internos e externos Informação sobre o desempenho Processos e operações Insumos Trabalhadores Gerentes Equipamentos Instalações Materiais Serviços Terrenos Energia Processos e operações

19 Inputs para o processo de transformação Recursos transformados Recursos de transformação

20 Outputs Tangibilidade Estocabilidade Transportabilidade Simultaneidade Contato com o consumidor Qualidade

21 Outputs Tangibilidade Estocabilidade Trasnportabilidade Simultaneidade Contato com o consumidor Qualidade

22 Administração de operações como uma função

23

24 Áreas especializadas Métodos quantitativos Comportamento organizacional Administração geral Sistemas de informação Economia Negócios internacionais Ética empresarial e legislação Administração de operações como uma função

25 A maioria das operações produz serviços produtos


Carregar ppt "Senai MLBacha. Taylorismo Fordismo Toyotismo Volvismo processos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google