A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO Á ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES Prof. Luís Felipe Tolentino.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO Á ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES Prof. Luís Felipe Tolentino."— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO Á ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES Prof. Luís Felipe Tolentino

2 DEFINIÇÃO Gerenciamento de um sistema de produção de uma empresa que transforma insumos em produtos e/ou serviços.

3 EVOLUÇÃO HISTÓRICA EVOLUÇÃO Revolução Industrial Administração Científica Pesquisa Operacional Pós-SecessãoBehaviorismoRevolução dos Serviços HOJE Futuro

4 EVOLUÇÃO HISTÓRICA Revolução Industrial – Final do século XVIII com a substituição do homem pela máquina. Pós-Guerra da Secessão – Século XIX, com a abolição da escravatura nos EUA, onde começa a carência por mão-de-obra especializada. Administração Científica – Início dos estudos de tempos e movimentos, com medição e padronização de atividades.

5 EVOLUÇÃO HISTÓRICA Behaviorismo – Começam as reivindicações por melhores condições de trabalho. Estudo do comportamento. Pesquisa Operacional – Teve início a partir de estratégias militares na Segunda Guerra Mundial. Revolução dos Serviços – A devastação de países no conflito da Segunda Guerra originou a prestação dos serviços. HOJE Responsabilidade Sócio-ambiental

6 COMPONENTES DA PRODUÇÃO 1.Insumo – Tudo utilizado no processo produtivo como matéria-prima, pessoal envolvido, máquinas, tecnologia, capital para investimento, informações, etc. 2.Produto – Resultado final do processo produtivo, seja tangível ou não. Tangível – Produto palpável Intangível – Prestação de serviço.

7 CORRENTES DE PENSAMENTO Henry Fayol – Estrutura da Organização 1.Autoridade e responsabilidade com os atos; 2.Antevisão de problemas futuros; 3.Organizar a estrutura social da empresa; 4.Obediência aos atos; 5.Possibilitar harmonia entre os atos; 6.Controlar a conformidade dos atos.

8 CORRENTES DE PENSAMENTO Frederich Taylor – Administração Científica 1.Racionalização da produção; 2.A administração e a engenharia planejavam e os operários apenas executavam; 3.Especialização de tarefas com treinamento e divisão do trabalho; 4.Medição de tempos e movimentos das operações; 5.Remuneração por produção.

9 FLUXOGRAMA DA CADEIA DE SUPRIMENTOS Henry Ford – Produção em massa 1.Padronização do produto final; 2.Intercambialidade de peças para facilitar a montagem; 3.Não exigência de qualificação profissional; 4.Produção em série; 5.Eliminação de deslocamentos e interação entre operários, evitando perdas de tempo na produção.

10 PRODUTIVIDADE Meio utilizado pelas empresas para medir a evolução ou involução de seus resultados num determinado período de tempo. PRODUTIVIDADE = PRODUZIDO CONSUMIDO CONSUMIDO

11 EXEMPLO

12


Carregar ppt "INTRODUÇÃO Á ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES Prof. Luís Felipe Tolentino."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google