A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Educação Negócios Educação para os negócios LILIAN FERNANDES EDUCACIONAL GÊNESIS www.educacionalgenesis.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Educação Negócios Educação para os negócios LILIAN FERNANDES EDUCACIONAL GÊNESIS www.educacionalgenesis.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 Educação Negócios Educação para os negócios LILIAN FERNANDES EDUCACIONAL GÊNESIS

2 (v.t.d.) Conseguir ou tentar fazer (algo muito difícil); tentar: empreender um trabalho excessivamente perigoso. Colocar em desenvolvimento e/ou execução; realizar: empreender tarefas; empreender passeios. (Etm. do latim: imprehendo ou impraehendare) Sinônimos de Empreender abocanharabocanhar, começar, delinear, entabular,experimentar, começardelinearentabularexperimentar iniciariniciar, intentar e tentar.intentartentar Dicionário virtual da web

3

4 Mesmo sendo o sexto país mais empreendedor quando comparado à outros países de situação econômica semelhante, o Brasil tem a menor proporção (8,2%) de empreendimentos com algum conteúdo inovador entre todos os países analisados e nota-se que os empreendedores brasileiros têm pouca percepção quanto à nichos de mercado, pois 95% dos negócios enfrentam concorrência direta. Além disso, o Brasil apresenta uma das menores intenções de inserção no mercado internacional, onde apenas 10,6% dos empreendedores manifestam a intenção de venderem para clientes de fora do país. *GEM (Global Entrepreneurship Monitor)

5 PORQUE EDUCAÇÃO É A CHAVE MESTRA PARA ABRIR TODAS AS PORTAS Lilian Fernandes

6 Professor Fernando Dolabela, da UFMG- em defesa do empreendedorismo como parte do currículo acadêmico. Dolabela é idealizador da Pedagogia Empreendedora, lançada em 2002 mas com amplo destaque atualmente.

7 Ensinar a empreender é preparar as pessoas para aprender a agir e pensar por conta própria, com criatividade, liderança e visão de futuro, para inovar e ocupar o seu espaço no mercado, transformando esse ato também em prazer e emoção. EDUCAÇÃO É UM PROCESSO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

8 - Tem um referencial, uma pessoa modelo que o influencia. - Tem iniciativa, autonomia, autoconfiança, otimismo, necessidade de realização; - Sabe trabalhar sozinho, mas também sabe liderar; - Tem perseverança e tenacidade; - Fracasso é considerado um resultado como outro qualquer, aceita os erros e aprende com eles; - Tem grande energia, é um trabalhador incansável; - Sabe fixar metas e alcançá-las, luta contra padrões impostos, diferencia-se. _Tem a capacidade de ocupar um espaço não ocupado por outros no mercado; - Tem forte intuição, o que importa não é o que se sabe, mas o que se faz; - Tem sempre alto comprometimento, crê no que faz; - Cria situações para obter feedback sobre o seu comportamento e sabe utilizar tais informações para o seu aprimoramento; - Sabe buscar, utilizar e controlar recursos; - É um sonhador realista; - É líder, cria um sistema próprio de relações com empregados; - É orientado para resultados, para o futuro, para o longo prazo; - Aceita o dinheiro como uma das medidas de seu desempenho;

9 - Tece redes de relações (contatos, amizades) moderadas, mas utilizadas intensamente como suporte para alcançar os seus objetivos; - A rede de relações internas (com sócios, colaboradores) é mais importante que as externas; - Conhece muito bem o ramo em que atua; - Cultiva a imaginação e aprende a definir visões; - Traduz seus pensamentos em ações; - Define o que deve aprender (a partir do não definido) para realizar as suas visões. É proativo diante daquilo que deve saber: primeiramente define o que quer, aonde quer chegar, depois busca o conhecimento que lhe permitirá atingir o objetivo. Preocupa-se em aprender a aprender, porque sabe que no seu dia a dia será submetido a situações que exigem a constante apreensão de conhecimentos que não estão nos livros. O empreendedor é um fixador de metas; - Cria um todo próprio de aprendizagem, aprende a partir do que faz; - Emoção e afeto são determinantes para explicar o seu interesse, aprende indefinidamente; - Tem alto grau de internalidade, o que significa a capacidade de influenciar as pessoas com as quais lida e a crença de que pode mudar algo no mundo; - Não é um aventureiro, assume riscos moderados. Gosta do risco, mas faz tudo para minimizá-lo; - É inovador e criativo; - Tem alta tolerância à ambiguidade e à incerteza e é hábil em definir a partir do indefinido; - Mantém um alto nível de consciência do ambiente em que vive, usando-a para detectar oportunidades de negócios.

10 A geração Baby Boomer A Geração Baby Boomer surgiu logo após o fim da Segunda Guerra Mundial. Hoje, estas pessoas estão com mais de 45 anos e se caracterizam por gostarem de um emprego fixo e estável. No trabalho seus valores estão fortemente embasados no tempo de serviço, e preferem ser reconhecidas pela sua experiência à sua capacidade de inovação. O termo em inglês Baby Boomer pode ser traduzido livremente para o português como explosão de bebês, fenômeno social ocorrido nos Estados unidos no final da Segunda Guerra, ocasião em que os soldados voltaram para suas casas e conceberam filhos em uma mesma época. Os Boomers também são identificados como inventores da era paz e amor, pois tinham aversão aos conflitos armados. Preferiam a música, as artes e todas as outras formas de cultura como instrumentos para evolução humana do que as guerras. Nos dias de hoje os pertencentes à geração Baby Boomer, em sua maioria, ocupam os cargos de diretoria e gerência nas empresas.

11 A Geração X Enquanto a Geração Baby Boomer se apresenta como contemporânea ao nascimento da tecnologia a Geração X surge já fazendo uso dos recursos tecnológicos promovidos por sua geração precursora. Surgida em meados da década de 60 e estendendo-se até o final dos anos 1970, essa geração vivenciou no Brasil acontecimentos como as Diretas Já e o fim da ditadura. No meio profissional a Geração X é caracterizada atualmente por certas resistências em relação a tudo que é novo, além de apresentar insegurança em perder o emprego por pessoas mais novas e com mais energia. Estas formam a sucessora da Geração X: a Geração Y.

12 A Geração Y (Millenium) Geração Y (década de 80), presenciou os maiores avanços na tecnologia e diversas quebras de paradigma do mercado de trabalho. Por conseguinte, num ambiente tão inovador, a Geração Y se individualiza ao apresentar características como capacidade em fazer várias coisas ao mesmo tempo, como ouvir música, navegar na internet, ler os s, entre várias outras que, em tese, não atrapalham os seus afazeres profissionais. Essa geração também apresenta um desejo constante por novas experiências, o que no trabalho resulta em querer uma ascensão rápida, que a promova de cargos em períodos relativamente curtos e de maneira contínua.

13 A Geração Z (a próxima) A Geração Z é contemporânea a uma realidade conectada à Internet, em que os valores familiares, como sentar-se à mesa e conversar com os pais, não são tão expressivos quanto aos contatos virtuais estabelecidos pelos jovens na Web. Formada por jovens ingressantes no mercado de trabalho, a Geração Z também se destaca por sua excentricidade. Os jovens da Geração Z apresentam um perfil mais imediatista. Querem tudo para agora!

14

15 CURSOS PROFISSIONALIZANTES- escola tecnicista; PROJETOS; DISCIPLINAS; DIRECIONAMENTOS ESPECÍFICOS DE ESTUDOS E PESQUISAS NA ÁREA; PROJETOS DE INTERVENÇÃO (parcerias com ONGs e instituições financeiras e empresariais, programas do governo, etc.)

16 ESTRUTURA: PROJETO PEDAGÓGICO ESCOLAR; PLANEJAMENTO ESPECIFICO; PLANO DE AÇÃO; INTERVENÇÃO. SUGESTÕES: _ DISCIPLINA ESPECÍFICA; _ BUSCA DE PARCERIAS; _ FEIRAS, EXPOSIÇÕES, CONCURSOS; _ PROJETOS DE PESQUISA; _ ROTEIROS DE PASSEIOS/ EXPOSIÇÕES.

17 ESTRUTURA: PROJETO PEDAGÓGICO ESCOLAR; PLANEJAMENTO ESPECÍFICO; PLANO DE AÇÃO; INTERVENÇÃO. SUGESTÕES: _ EMPREENDEDORISMO COMO TEMA TRANSVERSAL; _ TRABALHOS INTERDISCIPLINARES COM O TEMA; _ EXPOSIÇÕES; _ FEIRAS JOVEM EMPREENDEDOR, ETC.

18 COMO A CRIANÇA APRENDE?

19 ** SISTEMA MONETÁRIO/ ORGANIZAÇÃO DE AMBIENTES: MERCADINHO FESTAS AUTÔNOMAS (JUNINA, PRIMAVERA, CRIANÇAS,NATAL) ** SUSTENTABILIDADE: OFICINAS DE CONSTRUÇÕES: BRINQUEDOS, JOGOS E AFINS; OFICINAS DE RECICLAGENS.

20

21


Carregar ppt "Educação Negócios Educação para os negócios LILIAN FERNANDES EDUCACIONAL GÊNESIS www.educacionalgenesis.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google