A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MODELOS ATÔMICOS Prof. Marcus Ribeiro Vamos falar sobre: A evolução do modelo para o átomo; A evolução do modelo para o átomo; Cientistas importantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MODELOS ATÔMICOS Prof. Marcus Ribeiro Vamos falar sobre: A evolução do modelo para o átomo; A evolução do modelo para o átomo; Cientistas importantes."— Transcrição da apresentação:

1

2 MODELOS ATÔMICOS Prof. Marcus Ribeiro

3 Vamos falar sobre: A evolução do modelo para o átomo; A evolução do modelo para o átomo; Cientistas importantes para esse estudo; Cientistas importantes para esse estudo; Dalton, Thomson, Rutherford e Bohr; Dalton, Thomson, Rutherford e Bohr; Experimentos realizados para obter as conclusões mais importantes. Experimentos realizados para obter as conclusões mais importantes.

4 Modelos Atômicos Este é o modelo mais familiar que você conhece. É o modelo de Bohr. Neste modelo, o núcleo é orbitado por elétrons em diferentes níveis de energia. Este é o modelo mais familiar que você conhece. É o modelo de Bohr. Neste modelo, o núcleo é orbitado por elétrons em diferentes níveis de energia.

5 O Início... O modelo de explicação do átomo evoluiu com o passar do tempo. Em 400 a.C. era parecido com uma bola de bilhar. O modelo de explicação do átomo evoluiu com o passar do tempo. Em 400 a.C. era parecido com uma bola de bilhar.

6 Democritus Filósofo grego que iniciou a explicação sobre a matéria 2400 anos atrás. Filósofo grego que iniciou a explicação sobre a matéria 2400 anos atrás. Ele perguntou: A matéria pode ser dividida indefinidamente ou há um limite? Ele perguntou: A matéria pode ser dividida indefinidamente ou há um limite? 400 a.C.

7 Átomos Sua teoria: A matéria não pode ser dividida indefinidamente. Em algum momento obtém-se o menor pedaço possível. Sua teoria: A matéria não pode ser dividida indefinidamente. Em algum momento obtém-se o menor pedaço possível. Este último pedaço é indivisível. Este último pedaço é indivisível. Ele chamou de átomo a este último e indivisível pedaço. Ele chamou de átomo a este último e indivisível pedaço.

8 Porém... Sua teoria foi ignorada por mais de 2000 anos !!!! Sua teoria foi ignorada por mais de 2000 anos !!!!

9 Modelo de Dalton No início dos anos 1800, o inglês John Dalton fez experimentos que o levaram a pensar sobre a existência dos átomos. No início dos anos 1800, o inglês John Dalton fez experimentos que o levaram a pensar sobre a existência dos átomos.

10 A Teoria de Dalton Os elementos são compostos por átomos e átomos são indivisíveis e indestrutíveis. Os elementos são compostos por átomos e átomos são indivisíveis e indestrutíveis. Átomos do mesmo elemento são absolutamente iguais. Átomos do mesmo elemento são absolutamente iguais. Átomos de elementos diferentes são diferentes. Átomos de elementos diferentes são diferentes.

11 Dalton: Elementos e Compostos

12 Modelo de Thomson: O Pudim de Passas!! Em 1897, o inglês J.J. Thomson foi o primeiro cientista a provar que o átomo era formado por partículas e que possuia natureza elétrica. Em 1897, o inglês J.J. Thomson foi o primeiro cientista a provar que o átomo era formado por partículas e que possuia natureza elétrica.

13 O Modelo deThomson Os átomos são estruturas carregadas positivamente e incrustadas de cargas negativas. Os átomos são estruturas carregadas positivamente e incrustadas de cargas negativas.

14 O Modelo de Thomson Em um tubo de gás, Thomson observou a passagem de raios catódicos (os elétrons). Em um tubo de gás, Thomson observou a passagem de raios catódicos (os elétrons).

15 Thomson concluiu que as partículas negativas saiam do átomo e que, portanto, EXISTEM partículas menores que o átomo. LOGO, O ÁTOMO É DIVISÍVEL !!! Como as partículas negativas neutralizavam a carga positiva, Thomson determinou que o ÁTOMO É NEUTRO

16 O Experimento de Rutherford Em 1908, Rutherford fez um experimento usando uma fina lâmina de ouro e cargas positivas, chamadas partículas alfa. Em 1908, Rutherford fez um experimento usando uma fina lâmina de ouro e cargas positivas, chamadas partículas alfa.

17 O Experimento A maior parte das partículas passa direto pela lâmina de ouro (A). A maior parte das partículas passa direto pela lâmina de ouro (A). Algumas eram rebatidas como se tocassem em algo sólido, levando Ruherford à conclusão de que uma parte do átomo é positiva (C). Algumas eram rebatidas como se tocassem em algo sólido, levando Ruherford à conclusão de que uma parte do átomo é positiva (C).

18

19

20 Conclusões de Rutherford: A maior parte do átomo é uma região vazia, por onde passavam as partículas alfa ; A maior parte do átomo é uma região vazia, por onde passavam as partículas alfa ; O átomo tem duas regiões: um núcleo muito pequeno e de grande massa (denso) onde estão as cargas positivas (prótons); O átomo tem duas regiões: um núcleo muito pequeno e de grande massa (denso) onde estão as cargas positivas (prótons); Uma região externa chamada eletrosfera, onde estão os elétrons (negativos); Uma região externa chamada eletrosfera, onde estão os elétrons (negativos); O núcleo pode ser entre e vezes menor que o átomo. O núcleo pode ser entre e vezes menor que o átomo.

21 Os elétrons giram ao redor do núcleo. Os elétrons giram ao redor do núcleo. MODELO PLANETÁRIO MODELO PLANETÁRIO

22 Rutherford

23 O Modelo de Bohr Em 1913, o cientista Niels Bohr propôs um avanço: Em seu modelo, colocou cada elétron em um nível específico de energia em volta do núcleo. Em 1913, o cientista Niels Bohr propôs um avanço: Em seu modelo, colocou cada elétron em um nível específico de energia em volta do núcleo.

24 O Modelo de Bohr De acordo com Bohr, os elétrons se movem em órbitas definidas ao redor do núcleo. Essas órbitas, ou níveis de energia, estão localizadas a certa distância do núcleo. De acordo com Bohr, os elétrons se movem em órbitas definidas ao redor do núcleo. Essas órbitas, ou níveis de energia, estão localizadas a certa distância do núcleo.

25 Os Níveis (ou camadas) K L M N O P Q ) ) ) ) ) ) ) NúcleoEletrosfera

26 A Energia do Elétron

27 A Troca de Energia ) ) ) Fóton

28 Ainda o Modelo de Bohr O salto quântico

29 O Modelo de Onda

30 O Modelo Atômico Atual É baseado no princípio de ondas mecânicas, onde os elétrons não se movem em algum local definido. É baseado no princípio de ondas mecânicas, onde os elétrons não se movem em algum local definido.

31 De fato, é impossível localizar a exata posição de um elétron. Sua localização está baseada em quanta energia ele possui. De fato, é impossível localizar a exata posição de um elétron. Sua localização está baseada em quanta energia ele possui.

32 A Nuvem de Elétrons É um espaço no qual os elétrons são facilmente encontrados. É um espaço no qual os elétrons são facilmente encontrados. Os elétrons movimentam-se próximo ao núcleo bilhões de vezes por segundo. Os elétrons movimentam-se próximo ao núcleo bilhões de vezes por segundo.

33

34 Indivisibili dade ElétronNúcleoÓrbita Nuvem de elétrons Demócrito X Dalton X Thomson X Rutherford X X Bohr X X X Onda X X X

35 CONCLUINDO... PARTÍCULAREGIÃOCARGAMASSA PRÓTONNÚCLEOPOSITIVA1 NÊUTRONNÚCLEONULA1 ELÉTRON ELETROSFE RA NEGATIVA

36 Informações Sobre o Átomo Número Atômico (Z): é o número de prótons (p) no núcleo do átomo. z = p = e z = p = e Número de Massa (A): é a soma do número de prótons com o de nêutrons no núcleo atômico. A = p + n p = A – n n = A - p

37 Notação Química do Átomo: Número Atômico (Z): n° prótons (p) Número de Massa (A): A = p + n zXAzXA N° de massa Símbolo do elemento N° atômico

38 Observe: Na Na Este átomo de sódio tem: Este átomo de sódio tem: 11 prótons 11 prótons 11 elétrons 11 elétrons 12 nêutrons (= 23 – 11) 12 nêutrons (= 23 – 11) 11 23

39 Um Exercício: (UFRGS) Um átomo de cálcio tem massa 40. Informe quantos prótons, elétrons e nêutrons há no núcleo deste átomo. (UFRGS) Um átomo de cálcio tem massa 40. Informe quantos prótons, elétrons e nêutrons há no núcleo deste átomo. A = 40 A = 40 Z = 20 Z = 20 No núcleo: prótons: 20 No núcleo: prótons: 20 nêutrons: 20 nêutrons: 20 elétrons: zerinho elétrons: zerinho


Carregar ppt "MODELOS ATÔMICOS Prof. Marcus Ribeiro Vamos falar sobre: A evolução do modelo para o átomo; A evolução do modelo para o átomo; Cientistas importantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google