A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AMERICAN SOCIETY FOR SURGERY OF THE HAND (ASSH) AMERICAN ASSOCIATION FOR HAND SURGERY ( AAHS) AMERICAN ACADEMY OF ORTHOPAEDIC SURGEONS (AAOS) OUTROS TRABALHOS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AMERICAN SOCIETY FOR SURGERY OF THE HAND (ASSH) AMERICAN ASSOCIATION FOR HAND SURGERY ( AAHS) AMERICAN ACADEMY OF ORTHOPAEDIC SURGEONS (AAOS) OUTROS TRABALHOS."— Transcrição da apresentação:

1

2 AMERICAN SOCIETY FOR SURGERY OF THE HAND (ASSH) AMERICAN ASSOCIATION FOR HAND SURGERY ( AAHS) AMERICAN ACADEMY OF ORTHOPAEDIC SURGEONS (AAOS) OUTROS TRABALHOS ENTRE AGOSTO DE 2011 E JULHO 2012

3 FRATURAS DO PUNHO: RÁDIO AUMENTO DO TTO CIRÚRGICO! VÁRIOS ESTUDOS COMPARANDO RISCOS – BENEFÍCIOS ASSH: 258 PACIENTES > 65 ANOS IDADE : AVALIADOS APÓS 1 ANO – ADM E FORÇA – SIMILARES COMPLICAÇÕES: 29% / 17% CONSOLIDAÇÃO VICIOSA: 4% / 26% NOVA CIRURGIA: 11% / 5% GESSO: $ 564,00 / CIRURGIA: $ 3.516,00 CONCLUSÃO: CIRURGIA MELHORA ASPECTO RADIOGRÁFICO, MAS NÃO FUNÇÃO EM PAC >> 65 ANOS IDADE

4 FRATURAS DO PUNHO: ESCAFÓIDE COMPARAÇÃO ENTRE BENEFÍCIOS DO TTO CONSERVADOR / CIRÚRGICO CIRÚRGICO: RETORNO RÁPIDO ÀS FUNÇÕES / BAIXO ÍNDICE DE PSEUDARTROSE CONSERVADOR: SEM DIFERENÇA ENTRE GESSO INCLUINDO OU NÃO O POLEGAR /COTOVELO FRATURAS DESVIADAS: 18% PSEUDARTROSE TTO CONSERVADOR / 1% QDO CIRURGIA FRATURAS DO POLO PROXIMAL: 34% DE PSEUDARTROSE SE TTO CONSERVADOR ASSH: 55 FRATURAS NO COLO E 5 POLO DISTAL DISTAL SEM DESVIO: RANDOMIZADOS (INCLUSÃO OU NÃO DO POLEGAR: ÍNDICE DE CONSOLIDAÇÃO FOI > NO GRUPO SEM ENGLOBAR O POLEGAR!! CONCLUSÃO: FRATURAS SEM DESVIO: TTO CONSERVADOR / SEM ENGLOBAR COTOVELO OU POLEGAR

5 CONTRATURA DE DUPUYTREN USO INJEÇÃO DE COLAGENASE ASSH: 643 PAC – 1080 ARTICULAÇÕES – 3 ANOS FOLLOW UP – MELHOR P/ MTC –F RECIDIVA: 23% MTC –F / 57% IFP (COMPARADA COM FASCIOTOMIA ABERTA: 21% EM 5 ANOS) CUSTO: $ 945,00 POR INJEÇÃO ($ 5.400,00 – TTO) / $ 800,00 – ABERTA SATISFAÇÃO DOS PAC: PREFERIRAM INJEÇÃO COM COLAGENASE: RECUPERAÇÃO RÁPIDA / < COMPLICAÇÕES / INVASÃO MÍNIMA

6 S. TÚNEL DO CARPO PROCEDIMENTO CIRÚRGICO + COMUM MÃO: / ANO CONTROVÉRSIA QDO TEM SEVERA ATROFIA EMINÊNCIA TENAR / AUSÊNCIA CONDUÇÃO MOTORA (ENMG): OPONENCIOPLASTIA IMEDIATA? ASSH: 214 PACIENTES – 50% RECUPERAM APENAS COM LIBERAÇÃO

7 RIZARTROSE MAIORIA MULHERES: EXPLICAÇÕES NO PASSADO ERAM USO MÃO / GENÉTICA ASSH: INFLUÊNCIA HORMONAL: RELAXINA (PRODUZIDO NO CORPO LÚTEO / PRÓSTATA) – RECEPTORES NOS LIGAMENTOS CARPO MTC (ABUNDANTE EM MULHERES) VÁRIOS IMPLANTES P/ ARTROPLASTIA :SILICONE / TITÂNIO / POLIETILENO / PIROCARBONO : USAM SILICONE > 40 ANOS E OS RESULTADOS AINDA NÃO SÃO MELHORES COM USO DESTES MATERIAIS MAIS NOVOS AVALIARAM 121 PACIENTES COM COMPLICAÇÕES : FALÊNCIA DO MECANISMO EXTENSOR / INSTABILIDADE / RIGIDEZ: 6 AMPUTAÇÕES

8 INSTABILIDADE DA RUD TAREFA DIFÍCIL DE TRATAR APÓS DARRACH PRÓTESE ULNAR DISTAL (UHP / KLS / MARTIN / TUTTLINGEN): 22 PAC - 12 ANOS FOLLOW UP – BONS RESULTADOS PRÓTESE RÁDIO ULNAR DISTAL (APTIS) : 20 PAC. 3 ANOS FOLLOW UP – 1 REOPERAÇÃO

9 KIENBOCK ESTÁGIO INICIAIS: REVASCULARIZAÇÃO / OSTEOTOMIAS ESTÁGIO 4: ARTRODESE RÁDIO CÁRPICA ESTÁGIO 3B: COLAPSO DO CARPO SEM ARTROSE RÁDIO CÁRPICA: AAHS: 36 PACIENTES – ARTRODESE MÉDIO CÁRPICA – ESCAFOCAPITATO : DIMINUIU ARCO MOVIMENTO (90º / 60º / AUMENTOU FORÇA /ALÍVIO DA DOR (83 % )

10 USO DE ATB EM CIRURGIA DE MÃO > CIRURGIAS ELETIVAS LIMPAS: ÍNDICE GERAL 0,35% INFECÇÃO (SEM DIFERENÇA SIGNIFICATIVA ENTRE PAC. QUE RECEBERAM OU NÃO ATB) RISCO MAIOR: DIABETES / TABAGISMO E TEMPO CIRÚRGICO CONCLUSÃO: NÃO DEVE SER ADMINISTRADO ATB EM PAC. SUBMETIDOS À CIRURGIAS LIMPAS, MESMO NO SUB GRUPO DE RISCO

11 SEGUIMENTO PÓS OPERATÓRIO: É NECESSÁRIO O SEGUIMENTO PÓS OPERATÓRIO PELO CIRURGIÃO? EUA: NÃO TEM COMO AVALIAR: LEGISLAÇÃO CUIDADO / CONFORTO P/ O PAC (2010). REINO UNIDO: OPERADOS / SEGUIDOS POR 3 MESES PELO TERAPEUTA DE MÃO / PROTOCOLO DO CIRURGIÃO – RETORNO S/N AAOS -121 PACIENTES (DUPUTREN E RIZARTROSE)= 91% SATISFEITOS E 85% NÃO QUERIAM REVISÃO PELO CIRURGIÃO DIMIUI CUSTO P / O SERVIÇO DE SAÚDE NACIONAL BRITÂNICO (BRITISH NATIONAL HEALTH SERVICE)

12 MEDICAÇÃO ANTIPLAQUETÁRIA MEDICAÇÃO ANTIPLAQUETÁRIA DEVE SER INTERROMPIDA? ASSH: 76 PACIENTES DIFERENTES CIRURGIAS: APENAS 01 ARTRODESE DE PUNHO FOI NECESSÁRIA REVISÃO (EXTENSO HEMATOMA) CONCLUSÃO: VANTAGENS EM CONTINUAR COM MEDICAÇÃO ANTIPLAQUETÁRIA SÃO MAIORES.


Carregar ppt "AMERICAN SOCIETY FOR SURGERY OF THE HAND (ASSH) AMERICAN ASSOCIATION FOR HAND SURGERY ( AAHS) AMERICAN ACADEMY OF ORTHOPAEDIC SURGEONS (AAOS) OUTROS TRABALHOS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google