A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar até o ultimo quadro. Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar até o ultimo quadro. Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar."— Transcrição da apresentação:

1

2 Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar até o ultimo quadro. Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar até o ultimo quadro.

3 Há algum tempo atrás, ou para sermos mais exatos no dia 27 de setembro de 2002, o Sr. Aécio Neves, hoje governador de Minas Gerais, ao assumir a presidência da câmara, foi a um canal de TV em rede nacional e propôs a todos os brasileiros, a entidades de classe e associações, que se tivessem alguma idéia de um projeto qualquer de interesse nacional, que remetessem para Brasília aos seus cuidados, que teria imenso prazer em encaminhá-lo para votação.

4 Quando Cristóvão Colombo se propôs a colocar um ovo em pé, seus amigos riram e o desafiaram a fazê-lo. Colombo então pegou um ovo, quebrou-o levemente em sua base e o colocou em pé na mesa onde estavam reunidos. Então todos reclamaram dizendo que assim também qualquer um o faria. Qualquer um o faria sim, porém ninguém teve aquela idéia...

5 Temos visto através dos tempos, muitos governos tentarem de várias formas erradicar o analfabetismo no Brasil, com campanhas e programas como o antigo Mobral, gastando enormes verbas, além de movimentar centenas ou milhares de professores e voluntários. Porém, continuamos com um enorme contingente de analfabetos. A Proposta que veremos a seguir, é o nosso Ovo de Colombo :

6 Esta proposta vem ao encontro do desejo de todos os brasileiros de verem os seus filhos aprenderem com rapidez a ler e escrever corretamente. Esta proposta a princípio não será aceita pelos estudiosos da língua portuguesa, que defendem o modo de escrever as palavras, de acordo com as suas origens, as suas raízes, pois somos influenciados por várias línguas ou linguagens.

7 Porém, temos certeza de que esta idéia será bem aceita pelas professoras da pré-escola e das primeiras e segundas séries do ensino fundamental, pois a ortografia da língua portuguesa é muito complicada e difícil de ser ensinada. Esta proposta poderá ajudar a acabar rapidamente com o analfabetismo no Brasil devido à facilidade no ensino e aprendizado. Esta proposta não depende de verbas do governo para ser levada a efeito.

8 Esta proposta permitirá que brasileiros com boas idéias se tornem escritores de livros, de letras de musicas e outros conhecimentos que poderão passar para o papel, sem medo de escrever errado. Esta proposta permitirá que as editoras de livros, revistas e jornais, possam vender muito mais, e que os brasileiros lendo mais, aprendam também muito mais e se tornem pessoas cultas.

9 Esta proposta certamente deverá ser defendida por todos os partidos políticos que desejam erradicar deste país, a pobreza e a desinformação da maioria do nosso povo. Esta proposta dependerá apenas da boa vontade dos políticos para ser aprovada. Temos que proclamar a independência do Brasil no que se refere à ortografia da língua portuguesa e criarmos a nossa própria ortografia.

10 Nossos avós contam que antigamente se escrevia FARMÁCIA com PH. Se folhearmos um livro ou jornal antigo, veremos como a ortografia era ainda muito mais complicada que a de hoje em dia. O Ovo de Colombo nesse caso, será simplificar ao máximo a nossa forma de escrever. Com as alterações que serão descritas a seguir, qualquer pessoa poderá aprender a ler e a escrever, até por conta própria. Num futuro não muito remoto, outros países que falam o português e que têm alto índice de analfabetismo, poderão adotar também a Ortografia Brasileira.

11 Abaixo iremos descrever e sugerir algumas modificações para tornar bem mais fácil a escrita brasileira, lembrando que as alterações serão apenas no modo de escrever as palavras, nada havendo quanto às questões gramaticais, pontuação, ou acentuação. Aí vai então a nossa proposta: A princípio iremos retirar do nosso alfabeto as letras H, C e Q e deixá-las fora de uso juntamente com as letras Y e W e ao mesmo tempo iremos passar a usar a letra K, hoje fora de uso.

12 As letras do alfabeto brasileiro então passarão a ser as seguintes: A=A, B=BE, S=SE, D=DE E=E, F=FE, G=GE, I=I, J=JE, L=LE, M=ME, N=NE, O=O, P=PE, K=KE R=RE, T=TE, U=U, V=VE, X=XIS, Z=ZE. Agora iremos exemplificar o uso da nova ortografia brasileira:

13 A letra K substituirá as letras C e Q conforme exemplos: Letra KE de keijo, kitanda, komérsio, kão, rekinte, kasko, silikone, mákina, kôko.

14 A letra S não mais será confundida com Ç, Z, X e os SS também serão abolidos, conforme exemplos: Letra SE de SEMENTE, ASUKAR, FÓSIL, ESPEDISÃO, ASOSIADO, ESTINSÃO, ÁSIDO.

15 A letra G não mais será acompanhada da letra U e não mais será confundida com a letra J, conforme exemplos: Letra GE de GATO, MANGEIRA, ÁGUA, GINDASTE, JIGANTE, GAÚXO.

16 Letra ZE de ZEBRA, EZISTIR, BRAZIL, BLUZA, KAZAL, EZEKUTIVO, AKAZO, AVIZO. Letra XIS de XEKE, XOKOLATE, XUVA, KAXORRO, AKONXEGO, BREXA, KAXASA.

17 Letra JE DE JEZUS, JELO, JIRAR, JÊMEOS, JEOGRAFIA, JERENTE, JEJUM, ÁJIL, JINÁZIO, JEMA, JELATINA, JEMIDO, JEITOZO, JELADO.

18 A letra H não mais existirá no princípio das palavras, como segue: OMEM, OJE, ARMONIA, IENA, ORTA, INO, UMOR, ERÓI, OTEL. Lembrando que a letra H estará também, fora de uso no Brasil.

19 Com essas pequenas alterações, a língua portuguesa falada no Brasil, poderá ser passada para o papel por qualquer criança ou adulto, com pequena margem de erros. A implantação dessa novidade, deverá ser feita a partir do início do ano letivo seguinte à aprovação da nova lei, primeiramente na pré- escola, onde já deverão ser distribuídas as cartilhas em todas as salas de aulas do Brasil.

20 No ano seguinte, os livros serão implantados nas primeiras séries do ensino fundamental, e assim por diante. A partir daí, os livros e jornais poderão ser editados em português e brasileiro, duas versões, até que a escrita brasileira passe a ter a preferência nacional. Segue um pequeno dicionário português – brasileiro, apenas para comparação e análise:

21 DICIONÁRIO PORTUGUÊS BRASILEIRO portugês - brazileiro portugês - brazileiro portugês - brazileiro abscesso - abseso abençoar - abensoar abolição - abolisão aborígine - aboríjine aborrecer - aborreser abraçar - abrasar acácia - akásia açafrão - asafrão açaí - asaí acasalar - akazalar acaso - akazo aceitar - aseitar acesso - aseso aceso - asezo achatar - axatar ácido - ásido açoitar - asoitar aconchego - akonxego acréscimo-akrésimo adesivo - adezivo adoçar - adosar adolescente - adolesente afeição - afeisão águia - ágia alçada - alsada alisar - alizar amaciar - amasiar ambição - ambisão argila - arjila artesão - artezão artifício - artifísio avesso - aveso axila - aksila aviso - avizo balanço - balanso banquete - bankete baronesa - baroneza beliche - belixe besouro - bezouro bicho - bixo bloquear - blokear bossa - bosa boxe - bokse braço - braso brasa - braza brecha - brexa bugiganga - bujiganga bússola - búsola burguês - burgês cabeça - kabesa cachaça - kaxasa

22 DICIONÁRIO PORTUGUÊS BRASILEIRO portugês - brazileiro portugês - brazileiro portugês - brazileiro cacique - kasike caçoar - kasoar cabeça - kabesa caiaque - kaiake cálice - kálise camisa - camiza cancelar - kanselar cansaço - kansaso cárcere - kársere censura - sensura cessar - sesar chance - xanse checar - xekar cinqüenta - sinküenta cirurgia - sirurjia cócegas - kósegas cocheira - koxeira colosso - koloso congelar - konjelar convexo - convekso cortiça - kortisa crença - krensa crise - krize decalque - dekalke depressa - depresa desafiar - dezafiar despesa - despeza discurso - diskurso doçura - dosura energia - enerjia episódio - epizódio esquisito - eskizito essência - esênsia exame - ezame exato - ezato excessivo - esesivo excluir - eskluir execução - ezekusão exibição - ezibisão explicar - esplikar façanha - fasanha fachada - faxada fantasia - fantazia fase - faze ficha - fixa fogueira - fogeira fóssil - fósil fraque - frake frasco - frasko frase - fraze fusão - fuzão

23 DICIONÁRIO PORTUGUÊS BRASILEIRO portugês - brazileiro portugês - brazileiro portugês - brazileiro gaguejar - gagejar gangue - gange garça - garsa gasoso - gazozo gel - jel gesso - jeso gestão - jestão ginásio - jinázio girassol - jirasol guache - guaxe hábil - ábil hábito - ábito hangar - angar harém - arém harpa - arpa haste - aste havaiano - avaiano hebraico – ebraiko hesitar - ezitar hexágono - ezágono hesitar - ezitar hidróxido - idróksido hidrogênio - idrojênio hino - ino hipnose - ipnoze hipótese - ipóteze homicídio – omisídio hospício - ospísio idoso - idozo ileso - ilezo imbecil - imbesil impasse - impase incenso - insenso indecisão - indesizão indexar - indeksar índice - índise indigente - indijente inércia - inérsia infecção - infeksão ingerir - injerir ingressar - ingresar iniciar - inisiar injeção - injesão intruso - intruzo isolado - izolado jesuíta - jezuíta judiação - judiasão jurássico jurásiko laçar - lasar lance - lanse lancha - lanxa laringe - larinje legível - lejível lenço - lenso

24 DICIONÁRIO PORTUGUÊS BRASILEIRO portugês - brazileiro portugês - brazileiro portugês - brazileiro leque - leke lesar - lezar lição - lisão licença - lisensa licor - likor liquidar - likidar liso - lizo louça - lousa maçã - masã maciço - masiso lousa - louza magia - majia maldição - maldisão malícia - malísia manusear - manuzear marco - marko março - marso maresia - marezia margem - marjem marquise - markize massa - masa massagem - masajem máximo - másimo mecha - mexa megera - mejera merecer - mereser mestiço - mestiso micróbio - mikróbio minissaia - minisaia miséria - mizéria missa - misa míssil - mísil mixagem - miksajem moqueca - mokeka morcego - morsego mormaço - mormaso musa - muza náusea - náuzea negócio - negósio oásis - oázis obsceno - obseno ocasião - okazião oceano - oseano odisséia - odiséia ofício - ofísio onça - onsa oposição opozisão opressão - opresão óxido - óksido paçoca - pasoka página - pájina

25 DICIONÁRIO PORTUGUÊS BRASILEIRO portugês - brazileiro portugês - brazileiro portugês - brazileiro paraíso - paraízo parmesão - parmezão parceiro - parseiro pecado - pekado passeio - paseio pausar - pauzar peça - pesa pecado - pekado pedágio - pedájio pelúcia - pelúsia perfeição - perfeisão perigoso - perigozo periquito - perikito provisório - provizório psicose - psikoze pisar - pizar planície - planísie polícia - polísia poluição - poluisão porcelana – porselana posar - pozar posição - pozisão positivo - pozitivo postiço - postiso prancha - pranxa presunto - prezunto procissão - prosisão promoção - promosão propósito - propózito psíquico - psíkiko quase - kuaze quermesse - kermese quesito - kezito raso - razo reação - reasão reciclar - resiklar possível - posível princesa - prinseza processo - proseso quesito - kezito recessão - resesão receber - reseber reciclar - resiklar recife - resife recheio - rexeio reflexo - reflekso religião - relijião ressaca - resaka roliço - roliso sósia - sózia usina - uzina

26 Se você gostou desta idéia, pedimos divulgá-la. Repasse-a para seus amigos e todos juntos iniciaremos a campanha Analfabetismo Zero para o nosso próximo presidente seja do PT, PSDB, ou qualquer outro partido. para o nosso próximo presidente seja do PT, PSDB, ou qualquer outro partido. Quem sabe um dia seremos notados por alguém lá no planalto central, para o bem de nossas crianças e do Brasil. Salve São Cosme e São Damião Salve São Cosme e São Damião


Carregar ppt "Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar até o ultimo quadro. Programa Analfabetismo Zero aumente o som e clique para continuar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google