A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PROCEDIMENTO CONCURSAL - PORTARIA 83-A/2009 -. TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES MAPAS DE DEPESSOALMAPAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PROCEDIMENTO CONCURSAL - PORTARIA 83-A/2009 -. TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES MAPAS DE DEPESSOALMAPAS."— Transcrição da apresentação:

1 PROCEDIMENTO CONCURSAL - PORTARIA 83-A/2009 -

2 TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES MAPAS DE DEPESSOALMAPAS PESSOAL IDENTIFICAÇÃO DAS NECESSIDADES DE RECRUTAMENTO IDENTIFICAÇÃO DAS NECESSIDADES DE RECRUTAMENTO MODO DE OCUPAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO MODO DE OCUPAÇÃO DO POSTO DE TRABALHO CONSTITUIÇÃO DA RJEP CONSTITUIÇÃO DA RJEP TEMPO DETERMINADO OU DETERMINÁVEL ACTIVIDADES TEMPORÁRIAS TEMPO DETERMINADO OU DETERMINÁVEL ACTIVIDADES TEMPORÁRIAS GESTÃO PREVISIONAL DE RECURSOS HUMANOS

3 EXISTEM CANDIDATOS EM RESERVA QUE CORRESPONDEM ÀS CARACTERÍSTICAS DO POSTO DE TRABALHO EXISTEM CANDIDATOS EM RESERVA QUE CORRESPONDEM ÀS CARACTERÍSTICAS DO POSTO DE TRABALHO NÃO EXISTEM CANDIDATOS EM RESERVA, QUE CORRESPONDAM ÀS CARACTERÍSTICAS DO POSTO DE TRABALHO NÃO EXISTEM CANDIDATOS EM RESERVA, QUE CORRESPONDAM ÀS CARACTERÍSTICAS DO POSTO DE TRABALHO NÃO EXISTEM CANDIDATOS EM RESERVA ABERTURA DO PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM FINALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO NO ÓRGÃO OU SERVIÇO ATRAVÉS DA ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO CONSULTA À RESERVA CONSTITUÍDA NO PRÓPRIO ÓRGÃO OU SERVIÇO ACTOS PREPARATÓRIOS DO PROCEDIMENTO CONCURSAL CONVOCAÇÃO DOS CANDIDATOS CONSULTA À ECCRCECCRC CONSULTA À ECCRCECCRC EXISTEM CANDIDATOS EM RESERVA ABERTURA DO PROCEDIMENTO PARA CONSTITUIÇÃO DA RESERVA DE RECRUTAMENTO NO PRÓPRIO ÓRGÃO OU SERVIÇO

4 ENTREGA DA REALIZAÇÃO PARCIAL DO PROCEDIMENTO À ECCRC/OUTRAS ENTIDADES REALIZAÇÃO DO PROCEDIMENTO CONCURSAL NO ÓRGÃO OU SERVIÇO PUBLICITAÇÃO DO PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM DESIGNAÇÃO DE UM JÚRI NO ÓRGÃO OU SERVIÇO PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM DIRIGE A TRAMITAÇÃO DO PROCEDIMENTO CONCURSAL

5 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Âmbito do recrutamento - RECRUTAMENTO PARA CONSTITUIÇÃO DE RELAÇÕES JURÍDICAS DE EMPREGO PÚBLICO TRABALHADORES QUE DETENHAM RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO TRABALHADORES QUE DETENHAM RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO SE NÃO GARANTIREM A OCUPAÇÃO DOS POSTOS DE TRABALHO TOTAL OU PARCIALMENTE TEMPO INDETERMINADO permanente Actividades de natureza permanente TEMPO INDETERMINADO permanente Actividades de natureza permanente TEMPO DETERMINADO OU DETERMINÁVEL temporária Actividades de natureza temporária TEMPO DETERMINADO OU DETERMINÁVEL temporária Actividades de natureza temporária TRABALHADORES EM SME TRABALHADORES QUE NÃO PRETENDAM CONSERVAR A RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO ( MEDIANTE AUTORIZAÇÃO DOS MEMBROS DO GOVERNO DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ) RECRUTAMENTO DE TRABALHADORES COM RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO DETERMINADO OU DETERMINÁVEL RECRUTAMENTO DE INDIVÍDUOS SEM RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO

6 TITULAR DO NÍVEL HABILITACIONAL OU DA ÁREA DE FORMAÇÃO QUEM PODE CANDIDATAR-SE REGRA GERAL EXCEPÇÃO SUBSTITUIÇÃO DA HABILITAÇÃO EXIGIDA PELA FORMAÇÃO OU EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL (obrigatório constar da publicitação) PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Âmbito do recrutamento - QUEM NÃO SE PODE CANDIDATAR EXECUTE A MESMA ACTIVIDADE ESTEJA INTEGRADO NA CARREIRA SEJA TITULAR DA CATEGORIA OCUPE POSTO DE TRABALHO (NÃO EM MOBILIDADE) NO ÓRGÃO OU SERVIÇO Trabalhador que, cumulativamente:

7 PUBLICITAÇÃO DO PROCEDIMENTO CONCURSAL PELO ÓRGÃO OU SERVIÇO PUBLICITAÇÃO DO PROCEDIMENTO CONCURSAL PELO ÓRGÃO OU SERVIÇO Publicação integral DR – 2ª Série BEP Outros Extracto Site da entidade Jornal de expansão nacional Outros PUBLICITAÇÃOPUBLICITAÇÃO PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM

8 FORMATO ELECTRÓNICO FORMATO DE PAPEL FORMULÁRIO – TIPO (quando aprovado) FORMULÁRIO – TIPO (quando aprovado) Formalização através de ELEMENTOS OBRIGATÓRIOS ELEMENTOS OBRIGATÓRIOS ELEMENTOS OBRIGATÓRIOS ELEMENTOS OBRIGATÓRIOS PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Candidaturas -

9 NOTIFICAÇÃO DOS OUTROS CANDIDATOS DA DECISÃO DO JÚRI E FUNDAMENTAÇÃO PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Apreciação das Candidaturas - ADMISSÃO DE CANDIDATOS TITULARES DO NÍVEL HABILITACIONAL ADMISSÃO DE CANDIDATOS TITULARES DO NÍVEL HABILITACIONAL E DOS OUTROS REQUISITOS EXIGIDOS ADMISSÃO DE CANDIDATOS TITULARES DO NÍVEL HABILITACIONAL ADMISSÃO DE CANDIDATOS TITULARES DO NÍVEL HABILITACIONAL E DOS OUTROS REQUISITOS EXIGIDOS ADMISSÃO DE CANDIDATOS COM FORMAÇÃO E/OU EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL ADMISSÃO DE CANDIDATOS COM FORMAÇÃO E/OU EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL EM SUBSTITUIÇÃO DA HABILITAÇÃO ACADÉMICA QUANDO PREVISTO Notificação para a realização do 1º Método EXCLUSÃO DOS CANDIDATOS POR NÃO SEREM DETENTORES DOS REQUISITOS EXIGIDOS Notificação AUDIÊNCIA DOS INTERESSADOS Possibilidade de não análise das alegações Possibilidade de não análise das alegações Possibilidade de não análise das alegações Possibilidade de não análise das alegações

10 ANÁLISE DA FUNÇÃO E PERFIL DE COMPETÊNCIAS PROVA DE CONHECIMENTOS AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Métodos Facultativos Métodos Facultativos PROVA DE CONHECIMENTOS AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA Métodos Facultativos Métodos complementares PROVA DE CONHECIMENTOS PROVA DE CONHECIMENTOS AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA AVALIAÇÃO CURRICULAR AVALIAÇÃO CURRICULAR ENTREVISTA AVALIAÇÃO COMPETÊNCIAS ENTREVISTA AVALIAÇÃO COMPETÊNCIAS MÉTODOS DE SELECÇÃO - Todos eles com carácter eliminatório -

11 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Determinação dos Métodos de Selecção para Recrutamento por Tempo Indeterminado - CANDIDATOS EM SME QUE EXERCERAM, POR ÚLTIMO, FUNÇÕES IDÊNTICAS ÀS PUBLICITADAS. CANDIDATOS COM RJEP POR TEMPO INDETERMINADO A EXERCER FUNÇÕES IDÊNTICAS ÀS PUBLICITADAS MÉTODOS OBRIGATÓRIOS MÉTODOS FACULTATIVOS / COMPLEMENTARES ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS AVALIAÇÃO CURRICULAR AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PROVA DE CONHECIMENTOS Pré-estabelecidos Direito de opção do candidato em substituição dos pré-estabelecidos

12 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Determinação dos Métodos de Selecção para Recrutamento por Tempo Indeterminado - EXERCER FUNÇÕES DIFERENTES CANDIDATOS COM RJEP POR TEMPO INDETERMINADO A EXERCER FUNÇÕES DIFERENTES DAS PUBLICITADAS MÉTODOS FACULTATIVOS / COMPLEMENTARES MÉTODOS OBRIGATÓRIOS SME CANDIDATOS EM SME EXERCERAM FUNÇÕES DIFERENTES QUE POR ÚLTIMO EXERCERAM FUNÇÕES DIFERENTES DAS PUBLICITADAS. SME CANDIDATOS EM SME EXERCERAM FUNÇÕES DIFERENTES QUE POR ÚLTIMO EXERCERAM FUNÇÕES DIFERENTES DAS PUBLICITADAS. CANDIDATOS SEM RJEP AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA PROVA DE CONHECIMENTOS

13 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - Determinação dos Métodos de Selecção para Recrutamento por Tempo Determinado ou Determinável - MÉTODOS OBRIGATÓRIOS MÉTODOS FACULTATIVOS / COMPLEMENTARES ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS AVALIAÇÃO CURRICULAR

14 PUBLICITAÇÃO DOS RESULTADOS POR ORDENAÇÃO ALFABÉTICA DOS CANDIDATOS APLICAÇÃO DO PRIMEIRO MÉTODO OBRIGATÓRIO À TOTALIDADE DOS CANDIDATOS CONVOCADOS NA TOTALIDADE OU POR TRANCHES PARA O SEGUNDO MÉTODO CANDIDATOS APROVADOS NOTIFICAÇÃO PARA AUDIÊNCIA DOS INTERESSADAOS CANDIDATOS EXCLUÍDOS MÉTODOS DE SELECÇÃO - Aplicação e Publicitação dos Resultados - APROVADOS EXCLUÍDOS DECISÃO DO JÚRI HOMOLOGAÇÃO NOTIFICAÇÃO DOS CANDIDATOS IMPUGNAÇÃO ADMINISTRATIVA / JURISDICIONAL PUBLICITAÇÃO

15 CRITÉRIOS DE ORDENAÇÃO EM SITUAÇÃO DE IGUALDADE DE VALORAÇÃO 1º - PREFERÊNCIAS LEGAIS: TRABALHADOR CONTRATADO A TERMO (ARTIGO 99º/1 DO RCTFP); OUTRAS SITUAÇÕES CONFIGURADAS PELA LEI COMO PREFERENCIAIS; 2º - OUTROS CRITÉRIOS: POR ORDEM DECRESCENTE DA VALORAÇÃO OBTIDA NO 1º MÉTODO UTILIZADO; SUBSISTINDO O EMPATE, PELA VALORAÇÃO OBTIDA SUCESSIVAMENTE NOS MÉTODOS SEGUINTES, OU PELO CRITÉRIO FIXADO NA PUBLICITAÇÃO. CRITÉRIOS DE ORDENAÇÃO PARA RECRUTAMENTO Primeiro, os CANDIDATOS EM SME Segundo, os RESTANTES CANDIDATOS MÉTODOS DE SELECÇÃO - Resultados - MEDIA ARITMÉTICA PONDERADA DAS CLASSIFICAÇÕES OBTIDAS NOS MÉTODOS DE SELECÇÃO 10 DIAS ÚTEIS APÓS ÚLTIMO MÉTODO DE SELECÇÃO LISTA UNITÁRIA DE ORDENAÇÃO FINAL POR ORDEM DECRESCENTE DE CLASSIFICAÇÃO

16 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM - CESSAÇÃO - CESSA COM A OCUPAÇÃO DOS POSTOS DE TRABALHO CONSTANTES DA PUBLICITAÇÃO OU QUANDO OS POSTOS DE TRABALHO NÃO POSSAM SER TOTALMENTE OCUPADOS, POR: INEXISTÊNCIA OU INSUFICIÊNCIA DE CANDIDATOS; FALTA DE ACORDO NA NEGOCIAÇÃO DO POSICIONAMENTO REMUNERATÓRIO ENTRE A ENTIDADE EMPREGADORA PÚBLICA E OS CANDIDATOS CONSTANTES DA LISTA DE ORDENAÇÃO FINAL. EXCEPCIONALMENTE, POR ACTO DEVIDAMENTE FUNDAMENTADO DA ENTIDADE RESPONSÁVEL PELA SUA REALIZAÇÃO, SEGUIDO DA HOMOLOGAÇÃO DO RESPECTIVO MEMBRO DO GOVERNO, DESDE QUE NÃO TENHA SIDO EFECTUADA A ORDENAÇÃO FINAL DOS CANDIDATOS.

17 - Modalidades de Constituiçãono Órgão ou Serviço - - Modalidades de Constituição no Órgão ou Serviço - PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM NÃO HAVENDO RESERVAS NO ORGÃO OU SERVIÇO E APÓS CONSULTA À ECCRC SE VERIFIQUE A INEXISTÊNCIA DE CANDIDATOS EM RESERVA QUANDO O NÚMERO DE CANDIDATOS APROVADOS FOR MAIOR QUE O NÚMERO DE POSTOS DE TRABALHO A OCUPAR RESERVAS DE RECRUTAMENTO CONSTITUIÇÃO DE RESERVA DE RECRUTAMENTO VÁLIDA POR 18 MESES PARA IDÊNTICOS POSTOS DE TRABALHO ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL NO PRÓPRIO ORGÃO OU SERVIÇO CONSULTA À ECCRC

18 A ECCRC pode ainda aplicar métodos de selecção de outros procedimentos concursais quando solicitado pelos órgãos ou serviços; Pagamento de acordo com tabela (a aprovar por membro do Governo) - Modalidades de Constituição- - Modalidades de Constituição - RESERVAS DE RECRUTAMENTO POR ENTIDADE CENTRALIZADA – ECCRC PARA PREENCHIMENTO DE POSTOS DE TRABALHO PREVISTOS NOS MAPAS DE PESSOAL DE MAIS QUE UM ÓRGÃO OU SERVIÇO, PARA CARREIRA GERAL OU ESPECIAL CONSTITUIÇÃO DE RESERVA DE RECRUTAMENTO

19 - Realização de Procedimento Concursal na ECCRC- - Realização de Procedimento Concursal na ECCRC - RESERVAS DE RECRUTAMENTO DECISÃODECISÃO MEMBRO DO GOVERNO RESPONSÁVEL PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Determina que a ECCRC realize o procedimento concursal para constituição de reservas de recrutamento, em função de previsíveis necessidades de pessoal, para ocupação de postos de trabalho previamente caracterizados. PORINICIATIVA, OU COM ACORDO, DE MAIS QUE UM ÓRGÃO OU SERVIÇO POR INICIATIVA, OU COM ACORDO, DE MAIS QUE UM ÓRGÃO OU SERVIÇO Precedida de prévia autorização do membro do Governo, responsável pela área da administração pública, pode realizar procedimentos para constituição de reservas de recrutamento para ocupação de outros postos de trabalho.

20 B E P PÁGINA ELECTRÓNICA DA ECCRC AVISO NA 2ª SÉRIE DO DR AVISO NA 2ª SÉRIE DO DR CANDIDATURACANDIDATURA - Realização de Procedimento Concursalna ECCRC- - Realização de Procedimento Concursal na ECCRC- RESERVAS DE RECRUTAMENTO PUBLICITAÇÃOPUBLICITAÇÃO INICIAL PUBLICITAÇÃO INICIAL SEMPRE ACTIVA INICIAL PUBLICITAÇÃO INICIAL SEMPRE ACTIVA MENSAL PUBLICITAÇÃO MENSAL ASSEGURADA PELA ECCRC JORNAL DE EXPANSÃO NACIONAL TODO O TEMPO EFECTUADA A TODO O TEMPO ECCRC FEITA NA PÁGINA ELECTRÓNICA DA ECCRC EMFORMULÁRIO-TIPO FORMULÁRIO-TIPO ACESSO À INTERNET ECCRC ACESSO À INTERNET DISPONIBILIZADO PELA ECCRC, SEMPRE QUE NECESSÁRIO

21 - Realização de Procedimento Concursalna ECCRC- - Realização de Procedimento Concursal na ECCRC- RESERVAS DE RECRUTAMENTO APRECIAÇÃO DAS CANDIDATURAS DE 2 EM 2 MESES COM UM MÍNIMO DE 50 CANDIDATURAS OU O JÚRI APRECIA AS CANDIDATURAS APROVA APLICA OS MÉTODOS EXCLUI E NOTIFICA

22 EM PERMANENTE ACTUALIZAÇÃO DE ACORDO COM A SUCESSIVA INTEGRAÇÃO DE CANDIDATOS APROVADOS PARA EFEITO DE PREENCHIMENTO DOS POSTOS DE TRABALHO, O PROCEDIMENTO É FINALIZADO COM A ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO ASSEGURADA POR UM JÚRI DO ÓRGÃO OU SERVIÇO COMUNICAÇÃO À ECCRC, DO RECRUTAMENTO EFECTUADO ABATIMENTO À LISTA DO (S) CANDIDATO(S) RECRUTADO(S) - Realização de Procedimento Concursalna ECCRC - - Realização de Procedimento Concursal na ECCRC - RESERVAS DE RECRUTAMENTO LISTA DE ORDENAÇÃO PUBLICAÇÃO DA LISTA DE ORDENAÇÃO FINAL ACTUALIZADA EM DIÁRIO DA REPÚBLICA AFIXADA NA ECCRC DISPONIBILIZADA NA PÁGINA ELECTRÓNICA DA ECCRC Aplicação por tranches Ponderação da entrevista

23 RESERVA DE RECRUTAMENTO - Cessação do Procedimento Concursal na ECCRC - QUANDO A ECCRC ENTENDA PÔR TERMO ÀS RESPECTIVAS INSCRIÇÕES, DESDE QUE DEVIDAMENTE PUBLICITADO PELOS MESMOS MEIOS POR QUE FOI PUBLICITADO O PROCEDIMENTO; PARA O CANDIDATO: COM A SUA DESISTÊNCIA DE INCLUSÃO NA LISTA; COM A SUA COLOCAÇÃO NUM POSTO DE TRABALHO, EM ENTIDADE EMPREGADORA PÚBLICA; TERMO DO PERÍODO DE VALIDADE DA SUA INCLUSÃO NA LISTA DE RESERVA DE RECRUTAMENTO (18 MESES).

24 Identificação da autorização do procedimento; Identificação da entidade que realiza o procedimento, endereços postal e electrónico; Nº postos de trabalho a ocupar; Modalidade de RJEP a constituir; Local onde as funções vão ser exercidas; Caracterização dos postos de trabalho (cf. mapa de pessoal); Posição remuneratória correspondente, em caso de nomeação; Nível habilitacional e área de formação académica ou profissional ( cf. mapa de pessoal ); Possibilidade de substituição do nível habilitacional por formação ou experiência profissional, sendo o caso; Indicação da imprescindibilidade de uma RJEP previamente estabelecida; Identificação da autorização dos membros do Governo para recrutamento de trabalhadores com RJEP por tempo determinado ou determinável ou sem RJEP, sendo o caso; (CONTINUA) CONTEÚDO DA PUBLICITAÇÃO – Publicação integral (artigo 19.º)

25 Requisitos de admissão previstos no artigo 8º da LVCR; Requisitos de admissão eventualmente previstos na lei que regula a carreira especial; Prazo, forma, local de apresentação da candidatura, documentos exigidos e indicação sobre a possibilidade de apresentação por via electrónica; Composição e identificação do júri; Métodos de selecção; Menção da possibilidade de opção por outros métodos de selecção obrigatórios; Indicação e fundamentação, quando for o caso, da opção pela utilização dos métodos de selecção de forma faseada; Tipo, forma, duração e temáticas das provas de conhecimentos; Critérios de apreciação e ponderação; Indicação de que as actas do júri onde constam os parâmetros de avaliação e critérios de apreciação e ponderação, serão disponibilizadas, aos candidatos, sempre que solicitado; Forma de publicitação da lista unitária de ordenação final; Indicação de quem não pode ser admitido (artigo 19º l) ) Indicação do DR em que foi publicitada a oferta (válido para a BEP) CONTEÚDO DA PUBLICITAÇÃO – Publicação integral (artigo 19.º) (cont.) VOLTAR

26 Identificação da entidade que realiza o procedimento, endereços postal e electrónico; Nº postos de trabalho a ocupar; Caracterização dos postos de trabalho (cf. mapa de pessoal); Nível habilitacional e área de formação académica ou profissional ( cf. mapa de pessoal ); Local, forma e prazo de apresentação da candidatura; Indicação do DR que contém a publicitação integral. CONTEÚDO DA PUBLICITAÇÃO – Extracto VOLTAR

27 Identificação do procedimento e do posto de trabalho a ocupar (caracterização da carreira, categoria e actividade); Identificação da entidade que realiza o procedimento; Identificação do candidato (nome, data de nascimento, nacionalidade, sexo, endereço postal e electrónico, caso exista, e NIF); Situação relativamente aos requisitos de admissão exigidos (requisitos gerais previstos no artigo 8º da LVCR, RJEP, carreira e categoria detidas, actividade que executa, órgão ou serviço onde exerce funções, nível habilitacional, área de formação académica ou profissional, formação ou experiência profissional substitutivas da habilitação académica, quando previsto, outros ); Referência à opção por métodos de selecção, quando seja o caso; Declaração de serem verdadeiros os factos constantes da candidatura. VOLTAR CANDIDATURA - ElementosObrigatórios CANDIDATURA - Elementos Obrigatórios

28 PROVA DE CONHECIMENTOS (artigo 9.º) Com ponderação 30% PODE COMPORTAR UMA OU MAIS FASES; TEM CONTEÚDO GERAL OU ESPECÍFICO; É DE NATUREZA TEÓRICA, PRÁTICA OU DE SIMULAÇÃO; ASSUME A FORMA ESCRITA OU ORAL; É REALIZADA EM SUPORTE DE PAPEL OU EM SUPORTE INFORMÁTICO (ON-LINE); É DE APLICAÇÃO INDIVIDUAL OU COLECTIVA; A BIBLIOGRAFIA E/OU LEGISLAÇÃO NECESSÁRIA À PREPARAÇÃO DOS TEMAS DEVE SER DIVULGADA ATÉ 30 DIAS ANTES DA REALIZAÇÃO DA PROVA. PODE SER CONSTITUÍDA POR UMA OU MAIS FASES; APOIA-SE NUM CONJUNTO DIVERSIFICADO DE TÉCNICAS, SELECCIONADAS DE ACORDO COM AS APTIDÕES, CARACTERÍSTICAS DE PERSONALIDADE E COMPETÊNCIAS COMPORTAMENTAIS A AVALIAR. É DE APLICAÇÃO INDIVIDUAL OU COLECTIVA; TEM UMA VALIDADE DE 18 MESES PARA RECRUTAMENTO PARA POSTOS DE TRABALHO IDÊNTICOS; TEM DE SER EFECTUADA OBRIGATORIAMENTE POR ENTIDADE ESPECIALIZADA PÚBLICA OU, SE FUNDAMENTADAMENTE INVIÁVEL, PRIVADA; É GARANTIDA A PRIVACIDADE DOS DADOS. AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA (artigo 10.º) C om ponderação 25% VOLTAR MÉTODOS OBRIGATÓRIOS

29 ANALISA COMPORTAMENTOS INERENTES ÀS COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS PARA O DESEMPENHO DE DETERMINADA FUNÇÃO, ATRAVÉS DE DESCRIÇÕES DE SITUAÇÕES VIVENCIADAS PELOS CANDIDATOS, EM CONTEXTOS SIMILARES; APOIA-SE NUM GUIÃO, PREVIAMENTE ELABORADO, CONSTITUÍDO POR UM ELENCO DE QUESTÕES DIRECTAMENTE RELACIONADAS COM O PERFIL DE COMPETÊNCIAS DEFINIDO; O GUIÃO DE ENTREVISTA ESTÁ ASSOCIADO A UMA GRELHA DE AVALIAÇÃO INDIVIDUAL QUE TRADUZA A PRESENÇA OU A AUSÊNCIA DOS COMPORTAMENTOS EM ANÁLISE; É REALIZADA, OBRIGATORIAMENTE, POR TÉCNICOS COM FORMAÇÃO ADEQUADA. AVALIAÇÃO CURRICULAR (artigo 11º) Com ponderação 30% ENTREVISTA DE AVALIAÇÃO DE COMPETÊNCIAS (artigo 12º) Com ponderação 25% SÃO PONDERADOS OS FACTORES MAIS RELEVANTES PARA O POSTO DE TRABALHO A OCUPAR; SÃO FACTORES DE PONDERAÇÃO OBRIGATÓRIA: –A HABILITAÇÃO ACADÉMICA; –A FORMAÇÃO PROFISSIONAL; –A EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL NA ÁREA E O GRAU DE COMPLEXIDADE DAS TAREFAS REALIZADAS –A AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO RELATIVA AO ÚLTIMO PERÍODO EM QUE O CANDIDATO EXECUTOU ACTIVIDADE IDÊNTICA À DO POSTO DE TRABALHO A OCUPAR ( NÃO SUPERIOR A 3 ANOS). VOLTAR MÉTODOS OBRIGATÓRIOS

30 ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO É realizada pelo Júri ou técnicos credenciados; É pública; É preenchida uma ficha, para cada candidato, com o resumo dos temas abordados, parâmetros de avaliação, classificação obtida em cada um deles e respectiva fundamentação. ENTREVISTA PROFISSIONAL DE SELECÇÃO É realizada pelo Júri ou técnicos credenciados; É pública; É preenchida uma ficha, para cada candidato, com o resumo dos temas abordados, parâmetros de avaliação, classificação obtida em cada um deles e respectiva fundamentação. AVALIAÇÃO POR PORTFOLIO Confirma a experiência e conhecimentos em áreas técnicas específicas através da análise de uma colecção organizada de trabalhos realizados pelo candidato. É pública, quando realizada na presença do candidato. AVALIAÇÃO POR PORTFOLIO Confirma a experiência e conhecimentos em áreas técnicas específicas através da análise de uma colecção organizada de trabalhos realizados pelo candidato. É pública, quando realizada na presença do candidato. EXAME MÉDICO Avalia as condições de saúde física e psíquica necessárias ao desempenho da função. É garantida a privacidade dos dados. EXAME MÉDICO Avalia as condições de saúde física e psíquica necessárias ao desempenho da função. É garantida a privacidade dos dados. MÉTODOS FACULTATIVOS / COMPLEMENTARES VOLTAR PROVAS FÍSICAS Avaliam as aptidões físicas dos candidatos necessárias ao desempenho das actividades inerentes ao posto de trabalho a ocupar; Podem comportar uma ou mais fases. PROVAS FÍSICAS Avaliam as aptidões físicas dos candidatos necessárias ao desempenho das actividades inerentes ao posto de trabalho a ocupar; Podem comportar uma ou mais fases. CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA Visa promover o desenvolvimento de competências do candidato através da aprendizagem de conteúdos e temáticas direccionadas para o exercício da função; Os conteúdos do curso e sistema de avaliação constam de regulamento próprio do órgão ou serviço. CURSO DE FORMAÇÃO ESPECÍFICA Visa promover o desenvolvimento de competências do candidato através da aprendizagem de conteúdos e temáticas direccionadas para o exercício da função; Os conteúdos do curso e sistema de avaliação constam de regulamento próprio do órgão ou serviço. Com ponderação 30%

31 APRECIAÇÃO DAS ALEGAÇÕES EM SEDE DE AUDIÊNCIA DOS INTERESSADOS QUANDO O NÚMERO DE INTERESSADOS A OUVIR SEJA SUPERIOR A 1OO, O PRAZO DESTINADO À APRECIAÇÃO DAS ALEGAÇÕES EM SEDE DE AUDIÊNCIA DE INTERESSADOS É DE 20 DIAS. NÃO SENDO PROFERIDA DELIBERAÇÃO NO PRAZO ATRÁS INDICADO, O JÚRI JUSTIFICA, POR ESCRITO, A RAZÃO EXCEPCIONAL DESSA OMISSÃO, E TEM-SE POR DEFINITIVAMENTE ADOPTADO O PROJECTO DE DELIBERAÇÃO. VOLTAR

32 FUNCIONAMENTO TRANSITÓRIO DA ECCRC – ENTIDADE CENTRALIZADA PARA CONSTITUIÇÃO DE RESERVAS DE RECRUTAMENTO RESERVAS DE RECRUTAMENTO Compete à Direcção-Geral da Administração e Emprego Público (DGAEP) assegurar transitoriamente a realização do procedimento concursal para constituição de reservas de recrutamento em entidade centralizada. VOLTAR


Carregar ppt "PROCEDIMENTO CONCURSAL - PORTARIA 83-A/2009 -. TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES TEMPO INDETERMINADO ACTIVIDADES PERMANENTES MAPAS DE DEPESSOALMAPAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google