A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A DINÂNICA DA MEDIUNIDADE NA PRÁTICA DA UMBANDA SAGRADA PARTE II LUIS FERNANDO ALVES DA SILVA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A DINÂNICA DA MEDIUNIDADE NA PRÁTICA DA UMBANDA SAGRADA PARTE II LUIS FERNANDO ALVES DA SILVA."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A DINÂNICA DA MEDIUNIDADE NA PRÁTICA DA UMBANDA SAGRADA PARTE II LUIS FERNANDO ALVES DA SILVA

4 TEMAS: - ENERGIA CÓSMICA UNIVERSAL - CORPOS DO SER CÓSMICO - CENTROS DE FORÇA OU CHAKRAS

5 ENERGIA CÓSMICA UNIVERSAL

6 Allan Kardec, no seu livro A Gênese, revela uma teoria onde explica de forma racional a origem das coisas materiais e espirituais. Revela que há por toda a Criação um íelemento primitivo etéreo, denominado "fluído universal", e que todos os elementos materiais conhecidos seriam formas modificadas deste fluído. Cientistas também pesquisaram esta matéria básica, denominando-a de "éter", mas não conseguem compreender a presença no espaço de uma matéria tão sutil que não fosse detectada por seus equipamentos científicos.

7 Com a ampliação dos conhecimentos sobre o fluído universal, passamos a chamá-lo de Energia Cósmica Universal, pois o seu desdobramento é a formação das outras energias secundárias, como veremos a seguir. Portanto, ela é a matéria básica fundamental de todo o UNIVERSO MATERIAL E ESPIRITUAL, é a matéria elementar primitiva. É nessa matéria fluídica que o Criador executa o plano existencial e que preenche todo o espaço existente entre os mundos. É por meio dela que viajam as ondas do pensamento e as ondas sonoras.

8 Entretanto, em torno das estrelas, planetas e satélites, a Energia Cósmica Universal apresenta-se modificada, pois a presença da vida material num orbe impõe-lhe características específicas em função da alteração da atividade mental de seus habitantes. Assim, nos mundos mais primitivos, a Energia Cósmica Universal que os circunda apresenta-se escura e densa, já nos mundos mais avançados, a atmosfera espiritual é mais leve e luminosa.

9 Para mensurarmos melhor esse princípio elementar energético vamos dividí-los em dois grandes grupos. O primeiro, será o da imponderabilidade ou de eterização, que chamaremos de ENERGIA IMANENTE. O segundo grupo, o de ponderabilidade ou de materialização, ao qual chamaremos de ENERGIA ANÍMICA. Ao primeiro grupo pertencem os fenômenos do mundo invisível e ao segundo os do mundo visível aos nossos olhos físicos. Logicamente, entre os dois conceitos existem outras inúmeras formas intermediárias de transformação da energia em matérias palpáveis.

10 ENERGIA CÓSMICA UNIVERSAL ENERGIA IMANENTE ENERGIA ANÍMICA

11 ENERGIA IMANENTE Esta energia é onipresente, impessoal, sutil e transpassa todos os corpos físicos existentes, mantendo-se no seu estado inicial, pois ainda não sofreu nenhuma influência vibracional-magnética de qualquer matiz. Nós, encarnados no planeta Terra, absorvemos e metabolizamos esta energia através de fontes variadas, como o Sol e o espaço cósmico. Além de fontes do próprio planeta como a água, o ar atmosférico, a alimentação de sólidos e líquidos, como também através do sono e das projeções da consciência no plano astral.

12 ENERGIA IMANENTE ÉTER CÓSMICO OU FOHAT ENERGIA APRANA (CENTRO INTELECTUAL) ENERGIA UDHANA (CENTRO COMUNICADOR) ÉTER VITAL OU PRANAS ENERGIA VYANA (CENTRO EMOCIONAL ) ENERGIA SAMANA (CENTRO INSTINTIVO) ÉTER FÍSICO ENERGIA APANA (CENTRO SEXUAL)

13 ÉTER CÓSMICO OU FOHAT Realiza a interação entre a Ideação Cósmica e a Substância Cósmica, o incessante poder formador e destruidor. Ela é uma força importante na formação do Cosmos e está diretamente ligada à energia conversível em calor, luz, som e movimento. Ela é a essência da eletricidade cósmica, entendendo "eletricidade" como um atributo da consciência. No mundo manifestado ela é a força vital, oculta, que sob a vontade do Logos criador, une todas as formas, dando-lhes o primeiro impulso. É a força propelente que torna o Um em diversos, agregando e combinando os átomos. Deste modo, o ÉTER CÓSMICO é o dinamismo da Mente Divina e, sendo a substância do conjunto das Inteligências Espirituais ou Centelha Divina, é através dele que se imprime o desenho divino, os arquétipos divinos na substância Universal. O ÉTER CÓSMICO é, pois, o Construtor dos Construtores.

14 ÉTER CÓSMICO OU FOHAT ENERGIA PRANA (CENTRO INTELECTUAL) Esta energia concentra-se no cérebro e move-se para baixo governando a respiração. Está ligada à inteligência, à sensibilidade e às funções motoras principais. Como a respiração é a representação mais sutil da energia vital dentro do corpo, trata-se portanto de uma das mais importantes energias disponíveis ao ser cósmico. É a energia da meditação e pode ser moldada e aplicada conforme a nossa vontade. Pela concentração e imaginação, aliada a vontade e ao desejo é que a moldamos, plasmamos e lhe damos objetivo. ENERGIA UDHANA (CENTRO COMUNICADOR) Esta energia concentra-se na região da garganta, governa a fala e o teor da voz, expressão e manifestação do indivíduo, cria a força de vontade, o esforço e ajuda no desenvolvimento da memória.

15 ÉTER VITAL OU PRANAS É força da vitalidade ou a energia integrante que coordena as moléculas e células físicas e as reúne num organismo definido. Seu movimento nos processos onde ele manifesta é descendente e coagulante, e se condensa até o estado de coesão correspondente ao estado sólido. Todas as estruturas ósseas, corticais, tecidos fibrosos e duros existentes no ser humano, como também as cascas dos vegetais, o córtex dos troncos das árvores são resultados da dinâmica enriquecedora do ÉTER VITAL. Na força do pensamento, este éter dá forma aos pensamento e idealizações.

16 ÉTER VITAL OU PRANAS ENERGIA VYANA (CENTRO EMOCIONAL) É a energia que se move de dentro para fora, do centro para a periferia, entre o tronco e os membros. Controla todos os níveis de circulação e movimenta os nutrientes no corpo. Concentra-se no coração. Age no corpo inteiro governando o sistema cardiovascular, as articulações e os músculos. É captado do ar inspirado pelos pulmões e da energia dos alimentos. Propicia a liberdade de movimento e a independência mental. Quando em desequilíbrio esta energia provoca isolamento, ódio e alienação. Tornamo-nos incapazes de nos unir aos semelhantes ou de mantermo-nos conectados ao que fazemos. ENERGIA SAMANA (CENTRO INSTITIVO) É a energia da 'força que equilibra' ou a energia da moderação. Movimenta-se circularmente, da periferia para o centro, na região média do abdômen. Concentra-se no intestino delgado, governa o aparelho digestivo e é captado principalmente pela energia vital doada pelos alimentos como sementes, frutas, entre outros. Auxilia os processos digestivos em todos os níveis. Atua também nos pulmões visando a absorção do oxigênio e na mente visando a assimilação de experiências sensoriais, emocionais ou mentais.

17 ÉTER FÍSICO Gera a força criativa e, se usado de forma correta, propicia uma expansão extraordinária da consciência cósmica do ser. É uma energia física, de manifestação sexual, que possui uma natureza psico-neurológica no desenvolvimento da inteligência. Auxilia o despertar do necessário amadurecimento moral e espiritual do ser. É através deste éter que se desenvolve a técnica da Kundalini. A palavra sânscrita Kundalini significa enroscar-se como uma serpente, pois sua aparência é a de uma energia ígnea, enroscada na coluna vertebral, passando por todos os centros de força ou chakras. Enquanto está adormecida, a Kundalini é como se fosse uma chama congelada. Entretanto, é sabidamente uma energia difícil de ser conduzida com disciplina, ética e maturidade.

18 ÉTER FÍSICO ENERGIA APANA (CENTRO SEXUAL) É a energia da 'força que se move para fora'. Controla todos os processos de excreção, como urina, fezes, sêmen e menstruação, como também é responsável pela eliminação de dióxido de carbono na respiração e no nascimento. Em função desta função de expulsão, esta energia é responsável pelo bom funcionamento do sistema imunológico do ser humano. Em um nível mais sutil, regula a expulsão das experiências negativas, emocionais e mentais. Seu movimento é centrifugante, para baixo e para fora e localiza-se na parte inferior do abdômen.

19 ENERGIA ANÍMICA Quando a ENERGIA IMANENTE é absorvida pelo ser cósmico, ele a impregna com as mais variadas acepções de sua consciência, ou seja, neste momento gera-se uma nova energia impregnada de caracteres e informações mentais específicas. A força do pensamento do indivíduo em sintonia com os seus sentimentos e emoções gera uma frequência vibracional alterada, fator este que produzirá um determinado resultado energético. Como os sentimentos e emoções em sintonia com os pensamentos são muito dinâmicos, produz-se ENERGIA ANÍMICA em abundância, porém, o que é fundamental, é analisar a qualidade construtiva ou destrutiva desta energia que foi gerada.

20 ENERGIA ANÍMICA Assim, a ENERGIA ANÍMICA, em função de sua similaridade frequencial vibracional age de forma intensa sobre todos os seres cósmicos encarnados e desencarnados, como também em seus respectivos ambientes. Natural, portanto, que pensamentos impregnados de sentimentos e emoções sejam captadores, transformadores, emissores ou irradiadores de ENERGIA IMANENTE, sintonizados de mente para mente e entre mente e ambiente. Com ela podemos criar elementos artificiais, dominar mentalmente pessoas, aumentar ou diminuir desejos, nos defender no plano astral e físico, curar ou mesmo causar doenças.

21 DIAGRAMA DAS ENERGIAS E ÉTERES ENERGIA CÓSMICA UNIVERSAL ENERGIA IMANENTE ÉTER CÓSMICO OU FOHAT ENERGIA APRANA ENERGIA UDHANA ÉTER VITAL OU PRANAS ENERGIA VYANA ENERGIA SAMANA ÉTER FÍSICO ENERGIA APANA ENERGIA ANÍMICA

22 PERGUNTAS

23 CORPOS DO SER CÓSMICO

24 CORPOS QUATERNÁRIOS INFERIORES CORPO FÍSICO CORPO ETÉRICO CORPO ASTRAL CORPO MENTAL

25 CORPOS TERNÁRIOS SUPERIORES CORPO CAUSAL CORPO BUBHIDCO CORPO ÁTIMICO

26 CORPO FÍSICO Máquina biológica composta de pequenas unidades-células - Cabeça, tronco e membros - Divisão em sistemas ou aparelhos: respiratório, circulatório; digestivo; reprodutor masculino e feminino; excretor; nervoso, ósseo, hematopoético; muscular e locomotor. - Principais glândulas: = glândulas supra renais = baço = pâncreas = glândula timo = glândula tireóide = glândula pituitária ou hipófise = glândula pineal

27 CORPO FÍSICO - Sistema Endócrino: * Glândulas que produzem hormônios no organismo - Pituitária - Tireóide - Supra-renais - Hipotálamo - Sistema Linfático: * Circulação do líquido tissular, paralelo ao Sistema Circulatório. - Baço - Timo - Amigdalas - Sistema Sanguíneo: * Circulação venosa de sangue - Veia - Artérias - Coração - Vasos sanguíneos

28 CORPO ETÉRICO - Cópia fiel do corpo físico. - Funciona como um filtro entre o corpo físico e o corpo astral. - 6 mm do corpo físico. - Capacidade de absorver e reciclar energias. - Processo rebaixamento energético. - Não apresenta lucidez ou consciência própria. - Reposição energética (respiração/alimentação/irradiações). - Chakras temporários no corpo etérico. - Formação do corpo etérico na fecundação - Seres evoluídos = sutil e delicado/ coloração esbranquiçada - Seres involuídos = denso / acinzentada. - Instrumento de autodefesa através dos Chakras. - Mutilação de um membro do corpo físico. - Elabora o ectoplasma = mediunidade de efeitos físicos e Formas Pensamento.

29 CORPO ETÉRICO - Possui o quantum de energia vital / duração de uma encarnação. - Duração = se desgasta naturalmente. - Morte/cordão de prata/ desagregação dos corpos físico/etérico. - Proteção contra investidas trevosas. Reage de forma instintiva aos impulsos + e -. - Situações anormais / anestesia geral, transe mediúnico, hipnose, ataque epilético, acidentes bruscos/afasta-se do corpo físico. Diminui a vitalidade física e temperatura corpórea. - Defesa do organismo. - Desgastes precoces =vícios-drogas em geral - Bombardeio ao corpo etérico/ células etéricas / bordas queimadas - Brechas para a entrada de larvas e bactérias astrais/inimigos espirituais.

30 CORPO ETÉRICO - Lesões no C. E. = recursos terapêuticos. - Maus pensamentos = grandes destruições no sistema endócrino, linfático e sanguíneo. - Apoplexia = Derrame - excesso de cólera. - Síncope cardíaca = retém circulação sanguínea / impacto de ódio. - Repressão da visícula = explosão de ciúme. - Reação do C.E.: abaixa a freqüência vibratória ao ódio/cólera/ciúme – toxinas mortíferas. - Carga deletéria é muito pesada, o C.E. se afasta do físico. O indivíduo desmaia pela baixa vitalidade energética. - Quando energias negativas não conseguem chegar ao C. F., elas retornam e fixam no C. A., e ficam nele até serem expurgadas neste C. F. ou na próxima encarnação. - O C. F. é o único caminho para a limpeza dos venenos psíquicos.

31 CORPO ASTRAL - Qualidade energética = condensação do Éter Cósmico - É matéria com baixa densidade e freqüência vibracional. - Corpo astral = átomos espirituais / características básicas de acordo com estágio moral evolutivo. - Bons átomos espirituais: baixa densidade / luminosidade / espectro luminoso. - Não sofre efeitos de campos gravitacionais = grande locomoção. - Maus átomos espirituais: alta densidade / sem luminosidade / sujeita a gravidade. - Desenhos animados de fantasminhas. Estão em outra dimensão. - Capacidade perceptiva do corpo astral. - Grande sensibilidade à força do pensamento / facilidade plástica.

32 CORPO ASTRAL - Sugestões mentais / auto-sugestão – sugestões externas - Pode acreditar numa doença ou disfunções orgânicas. - LICANTROPIA: transformação fisionômica do corpo astral. ( LIVRO LIBERTAÇÃO – ANDRÉ LUIZ – CHICO XAVIER) - Grande influência do corpo astral na formação do corpo físico. - Corpo Astral comanda as divisões celulares e cria a matriz genética nos cromossomos para todo o corpo, específicos para cada encarnação. - Todas as células do Corpo Físico são substituídas +/- a cada 7 anos. (menos as células nervosas). O corpo envelhece mas permanecem os traços fisionômicos por causa da matriz única. - Melhoria genética na evolução do homem na Terra.

33 CORPO ASTRAL - Fenômeno mediúnico: expansão do Corpo Astral/estímulo mental. - Condensação molecular. Médiuns videntes - BICORPOREIDADE. Mesmo encarnado aparece em outros lugares. Santo Afonso. - TRANSFIGURAÇÃO: Desaparece os traços fisionômicos do Médium, aparecendo a fisionomia do espírito comunicante. Ex. na Bíblia, Monte Tabor – Jesus se transformou em Moisés e depois em Elias para 3 apóstolos. - Os Chakras no Corpo Astral são permanentes. - Tratamentos nos hospitais astrais/colônias espirituais.

34 PERGUNTAS

35 INTERVALO DE 15 MINUTOS!

36 CORPO MENTAL - É o invólucro sutil da mente, veículo pelo qual a consciência revela os três sistemas básicos de manifestação. - Sistema Basilar Racional Raciocínio e Intelecto - Sistema Basilar Emocional Sentimentos e Emoções - Sistema Basilar Criativo Imaginação e Inspiração

37 CORPO MENTAL Sistema Basilar Racional Raciocínio e Intelecto Sistema Basilar Criativo Imaginação e Inspiração. Sistema Basilar Emocional Sentimentos e Emoções

38 CORPO MENTAL Sistema Basilar Racional Método racional – natureza precisa e lógica. - Dedução/ indução / observação / experiência / comparação / analogia / filiação histórica / descrição físico- matemática. - O raciocínio é um dos mais importantes mecanismos da atividade mental. - Os conceitos intelectuais geram subsídios para o raciocínio gerar novos conceitos intelectuais. - O intelecto estrutura o conhecimento intelectual através de descrições / hipóteses / conceitos / teorias / princípios / procedimentos. - Conhecimento é mais que informação. Tem intencionalidade / propósito. - Conceitos morais (virtude e defeitos) - entendimento lógico.

39 CORPO MENTAL Sistema Basilar Emocional - Sentimento/emoção: estado mental intenso criado subjetivamente. - Estão ligados ao sistema sensorial para serem percebidos. - Percepção dos sentimentos e emoções vale tanto para si como para os outros. - Percebemos quando os outros estão tristes/alegres. - São reconhecidos pelo sistema cognitivo, temos pleno conhecimento deles e podemos até refletir sobre eles. - Nunca são plenamente inconscientes. - Podemos ter estímulo de sentimentos e emoções em função da afetividade de um objeto, acontecimento ou de um indivíduo.

40 CORPO MENTAL Sistema Basilar Emocional Diferença de Emoção e Sentimento: - Emoção: resposta dramatizada, manifestação externa através do Sistema Autonômico e Sistema Motor. * Sistema Autonômico: reações fisiológicas incontroláveis – vergonha-vermelho / medo-trêmulo e suor frio / tristeza-choro. Sistema Motor: reação física e espacial incontrolável. No medo - afasta-se do perigo. Na alegria – procura se aproximar. - Sentimento: ocorre no plano íntimo e interno / experiência mental e privada. - Irão gerar a concepção de formas e estruturas culturais e tecnológicas da vida humana futura.

41 CORPO MENTAL Sistema Basilar Criativo - Junção - Sistema Basilar Racional e o Sistema Basilar Emocional - Imaginação: mobiliza conhecimentos armazenados pela memória racional e emocional. - Usa-se do racional: dedução, analogia, comparação. - Usa-se do emocional: medo, alegria, satisfação, sentimentos egoístas ou altruístas. - Invenções materiais, culturais, religiosas, etc. - Qualidade da criação = intenção almejada. - Imaginação = temporalidade da experiência humana. Depende do nível moral individual. - Inspiração = influência mental = campo das idéias e sugestões criativas. Sintonia com indivíduos portadores dos mesmos objetivos. - Simbiose mental. Sintonia com a faixa vibratória mental de idéias e conhecimentos.

42 CORPO MENTAL Sistema Basilar Criativo - Os problemas de hoje são as bases das soluções e realizações do amanhã. - Toda criação se inicia num pensamento e energia de caractere positivo ou negativo. - Cria as Formas Pensamento ou cascões astrais. - São criações do Corpo Mental que se vitalizam por intermédio do Corpo Etérico, utilizando o Éter Vital e o Físico. - Podem ser criadas por encarnados ou desencarnados (simbiose astral). - Ação da mente corresponde à natureza do pensamento gerado.

43 CORPO MENTAL Sistema Basilar Criativo - As Formas Pensamento podem ser construtivas ou destrutivas. - As Formas Pensamento duram o tempo que a abastecemos de Energia, pela repetição dos pensamentos de vitalização. - Quando vitalizadas, fazem de tudo para sobreviver e se atrelam ao seu criador de forma magnética, provocando a sua repetição vitalizadora. - Quanto mais forte o pensamento, mais vitalizada a Forma Pensamento. - Normalmente se desfazem pela fraca força do pensamento do indivíduo. - Obtém-se êxito, descarrega-se a sua grande vitalidade vibracional no seu objetivo, tanto nos planos mentais como astrais com resultados concretos no plano físico.

44 CORPO MENTAL Sistema Basilar Criativo - Difícil controlar o corpo mental. - Cansaço/distração/muitas informações. - Necessário abastecer com freqüência o Corpo Mental de informações e conceitos elevados. - MEDITAÇÕES DE BUDA: AMOR / PIEDADE / JÚBILO / IMPUREZA / SERENIDADE - Medicina moderna Neurologia. - Fenômenos psicológicos e neurológicos. - Hipnose.

45 CORPO CAUSAL - Registra as consêquencias do livre arbítrio. - Registra e armazena todas as atividades das encarnações já vividas. Ordena o Karma e o Dahrma acumulado do ser cósmico. - Fonte geradora de dados para subsidiar uma planificação cármica. - Atua de forma impessoal e norteia para o melhor caminho para se obter a evolução do Ser Cósmico. - Pode se ligar diretamente à Fonte Suprema e captar o conhecimento Universal. - Veículo dos altos ideais e a porção mais íntima espiritual do Ser Cósmico. - Manifesta-se na forma de ondas de luz e cor, em altas frequências vibracionais e determina aptidões e talentos do ser cósmico. - Acessa-se a este corpo através da meditação. - É o nosso mestre interno, onde repousa a fagulha divina da criação. - Através deste corpo temos acesso aos nossos mestres e às revelações das verdades universais à humanidade.

46 CORPO BUBHIDCO - Pouco se sabe sobre este corpo. - Se situa o mais próximo da verdadeira essência do ser. - Ao final de um processo evolutivo, todos os demais Corpos se fundem a ele. - Partem dele as notas de harmonia e desarmonia impressas no Ser. - Tudo o que é gerado nos demais corpos, nele se separa, organiza e classifica. Absorve todas as vivências do Indivíduo. - Como o espírito não involui, tudo o que foi adquirido de positivo fica eternamente gravado na sua essência. - Este corpo vibra numa faixa de amor puro e desinteressado. Está acima do conhecimento e da inteligência. - Apenas ama a todos continuadamente e indistintamente.

47 CORPO ÁTIMICO - É a verdadeira essência do ser. - O grande objetivo a ser alcançado por nós neste estágio evolutivo. - É uma estrutura multi-energética, com funções perfeitas. - Neste ponto se encontram os Avatares e grandes Mestres. - É o último estágio em que se pode ainda encarnar. - Maior exemplo = Jesus.

48 PERGUNTAS

49 ATÉ A PRÓXIMA AULA! OBRIGADO!


Carregar ppt "A DINÂNICA DA MEDIUNIDADE NA PRÁTICA DA UMBANDA SAGRADA PARTE II LUIS FERNANDO ALVES DA SILVA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google