A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Planejamento Estratégico TOPIC Brasil: Idéias Iniciais Agosto/2007 a Agosto/2008.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Planejamento Estratégico TOPIC Brasil: Idéias Iniciais Agosto/2007 a Agosto/2008."— Transcrição da apresentação:

1 Planejamento Estratégico TOPIC Brasil: Idéias Iniciais Agosto/2007 a Agosto/2008

2 Quatro áreas que devem ser consideradas: Visão - o que queremos fazer? Visão - o que queremos fazer? Ambiente - o que podemos fazer? Ambiente - o que podemos fazer? Capacitação - o que sabemos fazer? Capacitação - o que sabemos fazer? Estratégia - o que vamos fazer? Estratégia - o que vamos fazer?

3 I.Visão - O que é TOPIC (natureza e identidade). Uma visão claramente definida é importante: Define o que queremos ser (ideal). Unifica as expectativas. Dá sentido - direção. Facilita a comunicação. Ajuda o envolvimento. Favorece o comprometimento. Dá energia às equipes de trabalho. Inspira as grandes diretrizes da Instituição.

4 II. Missão - Para que serve TOPIC: A definição clara da missão deve incluir: A razão de ser da instituição A razão de ser da instituição Para que serve (a que veio) Para que serve (a que veio) Que diferença faz existir ou não Que diferença faz existir ou não Limitações (geográficas, filosóficas, funcionais, contextuais) Limitações (geográficas, filosóficas, funcionais, contextuais) Abrangência: até onde? Abrangência: até onde?

5 II. Nossa Missão TOPIC Brasil:

6 III. Valores Permanentes – O que jamais se negocia. Os valores podem ser considerados inegociáveis: Pela instituição - não podemos mudar. Pela instituição - não podemos mudar. Pelo grupo de trabalho - não queremos mudar. Pelo grupo de trabalho - não queremos mudar. Por cada participante - não conseguimos mudar Por cada participante - não conseguimos mudar Pelos compromissos assumidos: Pelos compromissos assumidos: –seu passado seu presente seu presente –seu futuro Pela realidade que se pode perceber: Pela realidade que se pode perceber:

7 Para conhecer os valores de TOPIC, planejamos usar dois caminhos: Consultar - ouvir - aos que se dispõem a nos ajudar Consultar - ouvir - aos que se dispõem a nos ajudar –Os que já têm estado envolvidos –Os que estão se envolvendo agora Avaliar as c onclusões e Avaliar as c onclusões e as implicações

8 III. Valores Permanentes – O que jamais se negocia. Os valores de TOPIC considerados inegociáveis:.... Compromissos assumidos: Compromissos assumidos: –Passado Presente Presente –Futuro

9 IV. Contexto - as circunstâncias em que TOPIC se encontra: Oportunidades e ameaças Oportunidades e ameaças Pontos fortes e pontos a melhorar Pontos fortes e pontos a melhorar Nosso campo de atuação Nosso campo de atuação

10 V. Estratégias – caminhos escolhidos para alcançar a missão de TOPIC Definição das áreas de atuação Definição das áreas de atuação Planejamento de programas de ação Planejamento de programas de ação Seleção de atividades práticas Seleção de atividades práticas

11 V. Estratégias – Definindo nossos alvos a partir das prioridades... Alistar nossos alvos e atividades que atendam à nossa estratégia. Alistar nossos alvos e atividades que atendam à nossa estratégia. São exeqüíveis e mensuráveis? São exeqüíveis e mensuráveis? Quais são nossas prioridades? Nossos valores : o que é importante para nós. Quais são nossas prioridades? Nossos valores : o que é importante para nós. Analisar nossa lista: Analisar nossa lista: –1. Precisa ser feito - muito importante 2. Deveria ser feito - alguma importância 2. Deveria ser feito - alguma importância –3. Poderia ser feito - pouca importância –4.______________________________ 5._________________________________ 5._________________________________ –6.___________________________________

12 VI. Atividades - aquilo que vamos fazer em razão das estratégias Alvo:O que fazer? Quem faz? Como vai fazer? (até) Quando vai fazer? Recursos necessários Comentários e observações Alvo:O que fazer? Quem faz? Como vai fazer? (até) Quando vai fazer? Recursos necessários Comentários e observações Alvo:O que fazer? Quem faz? Como vai fazer? (até) Quando vai fazer? Recursos necessários Comentários e observações Alvo:O que fazer? Quem faz? Como vai fazer? (até) Quando vai fazer? Recursos necessários Comentários e observações Alvo:O que fazer? Quem faz? Como vai fazer? (até) Quando vai fazer? Recursos necessários Comentários e observações

13 VI. Atividades - aquilo que vamos fazer em razão das estratégias: A. Organização – Preparar a estrutura para as atividades de modo que os planos sejam transformados em realidade. Providenciar: –Pessoal – distribuir tarefas, descentralizar as atividades e envolver as pessoas que compõem o grupo. A pessoa certa, no lugar certo, pelas razões certas A pessoa certa, no lugar certo, pelas razões certas –Material – verificar tudo o que é necessário para o cumprimento da tarefa.

14 VI. Atividades - aquilo que vamos fazer em razão das estratégias: B. Coordenação: 1. Desenvolver atitudes bem claras para integrar e harmonizar nossas diversas áreas de atividade. 2. Fazer um calendário que harmonize as atividades com as pessoas envolvidas.

15 VI. Atividades - aquilo que vamos fazer em razão das estratégias C. Controle – verificar que o trabalho é realizado de acordo com o planejamento feito. Todos devemos estar na mesma direção, e contribuir para o alcance do alvo geral de TOPIC.

16 VI. Atividades - aquilo que vamos fazer em razão das estratégias D. Celebração - Vamos nos encontrar em agosto de 2008 para celebrar juntos cada vitória alcançada, louvando ao Senhor e festejando com todos os que trabalharam. Um sonho não deve morrer! Deve ser concluído!!

17 VI. Atividades - aquilo que vamos fazer em razão das estratégias Alvo: 1. O que fazer Quem vai fazer Como vai fazer Quando vai fazer Recursos necessários Comentá rios 2. 3.

18 Definições Identidade: "Somos uma aliança de capacitadores de pastores" Visão: "Cada igreja com um líder pastoral capacitado, em amadurecimento" (Resumo: "Um LPCA em cada igreja") Missão: Promover a capacitação de líderes pastorais mediante a ampliação, aprimoramento e assessoria de redes de capacitadores"


Carregar ppt "Planejamento Estratégico TOPIC Brasil: Idéias Iniciais Agosto/2007 a Agosto/2008."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google