A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de Trabalho Plano de Trabalho para o Movimento Espírita Brasileiro 2007-2012 Diretrizes e Objetivos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de Trabalho Plano de Trabalho para o Movimento Espírita Brasileiro 2007-2012 Diretrizes e Objetivos."— Transcrição da apresentação:

1

2 Plano de Trabalho Plano de Trabalho para o Movimento Espírita Brasileiro Diretrizes e Objetivos

3 CONSTRUÇÃO DOS CONSTRUÇÃO DOS PLANOS DE AÇÃO

4 Ciclo de Construção do Plano DiretrizesObjetivos Construção dos projetos Plano de trabalho Plano Operacional

5 Projeto e Operação Processos Projeto 1 Projeto 2 Plano Projeto n.. Diretrizes & Objetivos

6 É o processo de reunir e liderar uma equipe de pessoas e outros recursos, para estimar, planejar, acompanhar e controlar um número de tarefas relacionadas entre si, que resulta num produto final específico, que deve ser criado num prazo, dentro de um orçamento e de acordo com as especificações. American Management Association O que é um PROJETO?

7 Porque as organizações falham na implementação dos Projetos ? Estruturas Pessoas Ausência de planejamento na execução dos projetos. Formulação & ação & Gestão fragmentada; Não é orientada a resultados; Falta controle. Não priorização de recursos para as ações. As organizações não comprometem as pessoas com a realização dos Planos. Recursos Falhas de implementação Planejamento Material adaptado da FDC

8 EXERCÍCIO EM GRUPO Criar projetos

9 ANÁLISE ESTRATÉGICA Ambiente

10 Definição (contextualizada) Ambiente: é o conjunto de informações ou elementos externos ou internos à Doutrina e/ou Movimento Espírita e que podem afetar, no todo ou em parte o que se busca realizar.

11 MEIO AMBIENTE Doutrina / Movimento Espírita AMBIENTEEXTERNO

12 OPORTUNIDADES São as situações do meio ambiente que a Doutrina / Movimento Espírita pode aproveitar para crescer AMEAÇAS São as situações do meio ambiente que prejudicam/atrapalham a Doutrina / Movimento Espírita Reconhecimento das Reconhecimento das OPORTUNIDADES e AMEAÇAS OPORTUNIDADES e AMEAÇAS (do ambiente externo) (do ambiente externo) Análise do Ambiente Externo

13 Indique as principais situações, tendências ou fenômenos externos à Doutrina / Movimento Espírita, atuais ou potenciais, que podem prejudicar (ameaças) ou que podem contribuir (oportunidades) em grau relevante e por longo tempo para a realização de sua missão e objetivos e/ou para a construção de sua Visão de Futuro. (10 min.) Análise do Ambiente Externo

14 MEIO AMBIENTE Doutrina / Movimento Espírita AMBIENTEEXTERNO

15 Análise do Ambiente Interno Forças São fenômenos ou condições internas capazes de auxiliar, por longo tempo, o desempenho ou o cumprimento da Missão/ Finalidade da Doutrina e/ou do Movimento Espírita

16 Análise do Ambiente Interno Fraquezas são situações, fenômenos ou condições internas, que podem dificultar a realização da Missão/ Finalidade da Doutrina e/ou do Movimento Espírita

17 Indique os principais fenômenos ou condições internas à Doutrina e/ou Movimento Espírita capazes de auxiliar (forças) ou dificultar (fraquezas) a realização de sua missão e objetivos e/ou para a construção de sua Visão de Futuro. (10 min.) Análise do Ambiente Interno

18 EXERCÍCIO EM GRUPO Com base na análise do ambiente idealizar projetos para o Movimento Espírita, priorizando-os. (10 min)

19 EXERCÍCIO EM GRUPO Desenvolver Planos de Ação

20 POR QUÊ? QUEM ? O QUÊ? PARA QUÊ? QUANTO ? COMO? QUANDO ? ONDE?

21 SELECIONANDO AÇÕES DIRETRIZ – 6. Capacitação do Trabalhador Espírita. AÇÃO – 3. Formar trabalhadores para atuarem como multiplicadores em todas as áreas: doutrinária, administrativa e de Unificação do Movimento; Promover a capacitação da equipe interna da Federativa, formando multiplicadores. O CE – Capítulo III –Atendimento Espiritual no Centro Espírita.

22 Roteiro do Réporter Diretriz: 06 - Capacitação do Trabalhador Espírita Objetivo:Preparar equipe de trabalhadores do CE para implantar nos lares dos freqüentadores o Evangelho no Lar. Projeto: Seminário de capacitação de trabalhadores do CE para a Atividade de Implantação do Evangelho no Lar.

23 Roteiro do Repórter O Que: Capacitar grupo de trabalhadores do CE para implantação da Atividade do Evangelho no Lar. Por que: Muitos freqüentadores do CE solicitaram. Quem:Trabalhadores do CE que tenham afinidade com essa atividade. Quando: Dia 05 de abril de Como: Seminário com 8 horas, com a seguinte programação e expositores: Onde: na sede do CE..... Quanto: R$

24 Roteiro do Réporter Diretriz: 06 - Capacitação do Trabalhador Espírita Objetivo: Preparar equipe de trabalhadores do Centro Espírita e da Federativa para atuar no Movimento de Unificação Projeto: Seminário de capacitação de Diretores e colaboradores do Centro Espírita e da Federativa para atuarem no Movimento de Unificação junto aos CE do Estado.

25 Roteiro do Réporter O Que: Capacitar os diretores e colaboradores do CE e da Federação para atuarem junto aos CE do estado em ações federativas. Por que: Necessidade de integração dos CE do Estado no Movimento Federativo. Quem:Diretores e colaboradores do CE e da Federação. Quando: Dia 05 de abril de Como: Seminário com 8 horas, com a seguinte programação e expositores: Onde: na sede da Federação Espírita Quanto: R$

26 Roteiro do Repórter (15 min.) Por que n QuantoOndeComoQuandoQuem O Que Seq Diretriz: ___ - ___________________________________ Objetivo ___ - ___________________________________ Projeto: ___ - ___________________________________ Responsável: ____________

27 (*) Fénelon - O Livro dos Espíritos. ed. Feb. Questão 917. Quando, bem compreendido, se houver identificado com os costumes e as crenças, o Espiritismo transformará os hábitos, os usos e as relações sociais [...]. (*)

28 ESPIRITISMO: 150 ANOS DE LUZ E PAZ


Carregar ppt "Plano de Trabalho Plano de Trabalho para o Movimento Espírita Brasileiro 2007-2012 Diretrizes e Objetivos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google