A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estratégias Diversificadas na Resolução de Problemas As Cortinas As Cortinas Formação Contínua em Matemática para professores do 1º ciclo Irene Rosado.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estratégias Diversificadas na Resolução de Problemas As Cortinas As Cortinas Formação Contínua em Matemática para professores do 1º ciclo Irene Rosado."— Transcrição da apresentação:

1 Estratégias Diversificadas na Resolução de Problemas As Cortinas As Cortinas Formação Contínua em Matemática para professores do 1º ciclo Irene Rosado José Antunes Umbelina Santos

2 A Matemática Gostam?Porquê?

3 Matemática - Definições A matemática é a Ciência com a qual ou sem a qual a gente fica tal e qual Provérbio Chinês

4 A Matemática - a ideia do infinito, das tarefas infinitas - é como uma torre babilónica, que apesar de seu inacabamento, permanece uma tarefa cheia de sentido, aberta ao infinito; este infinito tem por correspondente o homem novo, de metas infinitas. A Matemática - a ideia do infinito, das tarefas infinitas - é como uma torre babilónica, que apesar de seu inacabamento, permanece uma tarefa cheia de sentido, aberta ao infinito; este infinito tem por correspondente o homem novo, de metas infinitas. Husserl, Edmund Husserl, Edmund

5 Inquiridos 42 alunos do 1º Ano da Esc. Frei-Aleixo

6 Não Há uns que não consigo… Francisco Porque não gosto muito de Contas Gonçalo

7 Sim É giro Zé Achei Divertido Celso Aprendemos tudo, podemos crescer… Pedro Gosto de ligar as coisas ao que elas pertencem João Gosto de ligar as coisas ao que elas pertencem João Faz-me pensar na Cabeça, gosto de exercícios porque gosto de aprender… Tiago Faz-me pensar na Cabeça, gosto de exercícios porque gosto de aprender… Tiago

8 O que gostas mais? Inquiridos alunos do 1º 2 ºAnos da Esc. Frei-Aleixo -

9 Problemas São fáceis e divertidos. Beatriz Temos que contar dos dois lados, mas dum lado não havia. Bernardo É bom aprender mais. Celso Porque tem muitos, muitos mistérios. Carolina São para pensar. Miguel São para pensar, são divertidos e aprendemos coisas novas. Nicole Têm desenhos, contas e é divertido. Vasco

10 Problema Matemático Um problema matemático é toda a situação que requer a descoberta de informações matemáticas desconhecidas para a pessoa que tenta resolve-lo, e/ou a invenção de uma demonstração de um resultado matemático dado. O fundamental é que quem resolve tenha de inventar estratégias e criar ideias; ou seja: pode até ocorrer que se conheça o objectivo a chegar, mas só se estará a enfrentar um problema se ainda não existem os meios para atingir esse objectivo. Resnick

11 "Um pastor possui 30 ovelhas e 45 "Um pastor possui 30 ovelhas e 45 cabeças de gado. Qual a idade do pastor?" cabeças de gado. Qual a idade do pastor?" Se os alunos estão acostumados a resolver apenas problemas convencionais, provavelmente diriam: Se os alunos estão acostumados a resolver apenas problemas convencionais, provavelmente diriam: "Que conta tenho que fazer? É de mais ou é de menos? Setenta e cinco anos... Não entendi." "Que conta tenho que fazer? É de mais ou é de menos? Setenta e cinco anos... Não entendi."

12 O enunciado, é evidente, não tem solução. É impossivel descobrir a idade do pastor, mas nem todos os alunos demonstram capacidade e autonomia para chegar a essa conclusão. Isto porque a escola nem sempre ensina a pensar de forma livre. O enunciado, é evidente, não tem solução. É impossivel descobrir a idade do pastor, mas nem todos os alunos demonstram capacidade e autonomia para chegar a essa conclusão. Isto porque a escola nem sempre ensina a pensar de forma livre. No modelo tradicional, existe a ideia fixa de que os problemas matemáticos servem apenas para a aplicação e memorização de regras e técnicas de cálculo. No modelo tradicional, existe a ideia fixa de que os problemas matemáticos servem apenas para a aplicação e memorização de regras e técnicas de cálculo.

13 Alterar esta visão implica derrubar hábitos enraizados. Especificamente, cinco crenças identificadas pelas consultoras em Educação Matemática Kátia Stocco Smole e Maria Ignês Diniz Alterar esta visão implica derrubar hábitos enraizados. Especificamente, cinco crenças identificadas pelas consultoras em Educação Matemática Kátia Stocco Smole e Maria Ignês Diniz

14 A resposta de um problema existe sempre, é numérica, única e chega-se a ela apenas por um caminho. A resolução deve ser rápida. O contrário é sinal que não se sabe resolver. Ao errar, não adianta investigar o erro, é preciso começar de novo. Só se acerta com esforço e prática para a memorização dos procedimentos. Uma questão não pode gerar dúvidas, pois o bom professor não pode fazer isso aos alunos.

15 As Cortinas Estratégias

16 As Cortinas do João O João tem dois irmãos. Nas figuras temos as cortinas do quarto dele, dos irmãos e da cozinha

17 1 -Quantas rãs estão na cortina do quarto do João? Como contaste? 2 - A cortina do quarto da irmã do João não está toda corrida, mas és capaz de dizer quantas flores tem a cortina? Como pensaste? 3 - Os morangos da cortina da cozinha não estão todos à vista, mas consegues descobrir quantos são? Explica como fizeste. 4 - E como consegues saber quantas joaninhas tem a cortina do irmão do João? Questões colocadas:

18 Estratégias

19

20

21

22

23

24

25

26

27 Qual foi a questão mais fácil?

28 Qual foi a questão mais difícil?

29 O Que Mudou… …a organização da sala. …os comportamentos. …os materiais. …apresentámos mais vezes os trabalhos. …aprendemos mais coisas novas. …trabalhámos mais vezes em grupo. …há várias maneiras de fazer os problemas. …trabalhámos com novos materiais, fizemos saltinhos, trabalhámos e outras coisas.

30 Obrigado ! Boas Férias


Carregar ppt "Estratégias Diversificadas na Resolução de Problemas As Cortinas As Cortinas Formação Contínua em Matemática para professores do 1º ciclo Irene Rosado."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google