A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Bazar Ecológico, tenta desestimula o consumismo através de trocas de objetos que já foram usados, que muitas vezes ficam guardados na prateleira de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Bazar Ecológico, tenta desestimula o consumismo através de trocas de objetos que já foram usados, que muitas vezes ficam guardados na prateleira de."— Transcrição da apresentação:

1

2 O Bazar Ecológico, tenta desestimula o consumismo através de trocas de objetos que já foram usados, que muitas vezes ficam guardados na prateleira de sua casa. O foco é você levar seu objeto e trocar por algo que chama sua atenção. Dessa forma, saímos do individualismo e passamos a aprender viver em comunidade, oportunizando um ensinamento sustentável.

3 O Bazar Ecológico é uma atividade que tem como princípio despertar o interesse social sobre a reutilização de bens/ objetos através de simples trocas. Segundo o Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente (NIMA - PUC/Rio) a educação ambiental é um processo de transformação dos hábitos insustentáveis existentes na sociedade tendo como objetivo futuro a consolidação de costumes ambientalmente corretos e socialmente justos e solidários. Dessa forma, o estímulo de práticas sustentáveis facilita a participação da comunidade no processo de educação ambiental. O bazar ecológico é uma forma de divulgar atitudes sustentáveis de maneira dinâmica e integradora, uma vez que os objetos de troca já foram utilizados pelos participantes e estes podem realizar trocas com outros objetos usados de seu interesse.

4 Estimular práticas sustentáveis, facilitando a participação da comunidade no processo de conscientização ambiental. Divulgar atitudes sustentáveis de maneira dinâmica e integradora.

5 No bazar ecológico, cada participante da atividade deve levar um objeto que não usa mais ou que considera sem utilidade com a finalidade de trocar por outro objeto de seu interesse. Nessa atividade, não importa se os objetos trocados são diferentes em relação a tamanho, cor, utilidade ou qualquer outro aspecto, pois o principal objetivo é o reaproveitamento, ou seja, o que seria descartado por uma pessoa pode ser reutilizado por outra. Os objetos são expostos em uma mesa para observação e podem variar desde pequenos pertences, como bijuterias e acessórios, até livros, roupas e bolsas. A única regra específica da ação é que todos os objetos retirados da mesa devem ser obrigatoriamente trocados para que o número de objetos seja mantido praticamente constante durante toda a atividade e não ocorra a falta de objetos.

6 RIO DE JANEIRO (Estado). Pontifícia Universidade Católica - Núcleo Interdisciplinar de Meio Ambiente. Agenda Ambiental. Disponível em: ambiental. Acesso em: 05 abr JACOBI, P. Cidade e meio ambiente. São Paulo: Annablume, LEFF, Enrique. Educação ambiental e desenvolvimento sustentável. In REIGOTA, Marcos (org.). Verde cotidiano: o meio ambiente em discussão. Rio de Janeiro: DP&A, 1999 (p ). SORRENTINO, M. De Tbilisi a Tessaloniki, a educação ambiental no Brasil. In: JACOBI, P. et al. (orgs.). Educação, meio ambiente e cidadania: reflexões e experiências. São Paulo: SMA p


Carregar ppt "O Bazar Ecológico, tenta desestimula o consumismo através de trocas de objetos que já foram usados, que muitas vezes ficam guardados na prateleira de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google