A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Professor: Sandro Cocco S E EU OLHO O MUNDO SOCIOLOGICAMENTE, QUEM OLHOU ANTES DE MIM ?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Professor: Sandro Cocco S E EU OLHO O MUNDO SOCIOLOGICAMENTE, QUEM OLHOU ANTES DE MIM ?"— Transcrição da apresentação:

1 Professor: Sandro Cocco S E EU OLHO O MUNDO SOCIOLOGICAMENTE, QUEM OLHOU ANTES DE MIM ?

2 O BJETO DE E STUDO DA S OCIOLOGIA Séc. XIX – debates: definir seu objeto de estudo; Definir uma ciência em seu ponto de partida não tem muito sentido, pois, relações que eram estabelecidas no século passado hoje são diferentes. Importante: buscar um rigor nas pesquisas. Seu objeto de estudo confunde-se com o de outras disciplinas.

3 A S C IÊNCIAS S OCIAIS Entender o mundo em que vivemos (sociedades); Iluminismo, Revolução Francesa e Revolução Industrial; Capitalismo – aprofundamento das desigualdades humanas; Termo: Augusto Comte (1823) – Positivismo;

4 A Sociologia nasce e desenvolve-se com o Mundo Moderno. Reflete as suas principais épocas e transformações. (...)A Sociologia não nasce no nada. Surge em um dado momento da história do Mundo Moderno. Mais precisamente, em meados do século XIX, quando ele está em franco desenvolvimento, realizando-se. (...) Os personagens mais característicos estão ganhando seus perfis e movimentos: grupos, classes, movimentos sociais e partidos políticos; burgueses, operários, camponeses, intelectuais, artistas e políticos; mercado, mercadoria, capital, tecnologia, força de trabalho, lucro, acumulação de capital e mais-valia; sociedade, estado e nação; divisão internacional do trabalho e colonialismo; revolução e contra- revolução. (...) É possível dizer que a Sociologia é uma espécie de fruto muito peculiar desse Mundo. No que ela tem de original e criativa, bem como de insólita e estranha, em todas as suas principais características, como forma de pensamento, é um singular produto e ingrediente desse mundo. Otávio Ianni

5 O PENSAMENTO DE É MILE D URKHEIM Separar o reino social do reino animal e vegetal; Sociedade: mundo de organização própria; Consciência coletiva: indivíduo como parte do todo; Os Fatos Sociais são coisas; Mecanismos de solidariedade: consenso entre os seres sociais; Anomia: perda do papel social;

6 Teoria de investigação sociológica; Observação e experimentação indireta; Considerar relevante somente os dados com maior grau de objetividade (uso da estatística); Nasceu em Épinal (Alsácia, 13/04/1858 – 1917). É considerado um dos pais da Sociologia, combinava a pesquisa empírica com a pesquisa sociológica.

7 O P ENSAMENTO DE K ARL M ARX Produção: Mão de Obra + Matéria-Prima + Instrumentos Produção, Distribuição ou Consumo de um ou mais Bens ou Serviço. Sociedade moderna: dinâmica e contraditória - quanto mais o mundo avançava no seu aperfeiçoamento tecnológico e científico dominando a natureza, mais havia desigualdade.

8 Luta de Classes: Proletariado – força de trabalho versus Burguesia – meios de produção; Materialismo Histórico-Dialético: Infraestrutura (Economia) e Superestrutura (Política, Ideologia, Religião, Sociedade, Estado, Escola, Mídia) Modo de Produção: a forma como a economia e os homens se organizam socialmente para produzirem suas vidas materiais. Idealizador de uma sociedade com uma distribuição de renda justa e equilibrada, nasceu na Alemanha (1818 – 1883), cursou Filosofia, Direito e História nas Universidades de Bonn e Berlim.

9 A NÁLISE DE IMAGEM REFLEXÃO

10 O P ENSAMENTO DE M AX W EBER Preocupava-se somente com o sentido objetivo da ação; Somente o indivíduo pode dar sentido à ação, ou seja, a análise científica não pode provar o que é certo ou errado; Sociedade: compreendida a partir do conjunto das ações individuais (comunicação);

11 1. Ação tradicional: costume ou um hábito arraigado; 2. Ação afetiva: afetos ou estados sentimentais; 3. Ação racional com relação a valores: crença consciente num valor considerado importante; 4. Ação racional com relação a fins: cálculo racional que coloca fins e organiza os meios necessários. Nasceu em Erfurt (Alemanha, 1864 – 1920). Foi um dos fundadores da Sociologia. Professor universitário e fundador da Associação Alemã de Sociologia.

12

13 A burguesia fede, a burguesia quer ficar rica. Enquanto houver burguesia não vai haver poesia. (...) Pobre de mim que vim do seio da burguesia. Sou rico mas não sou mesquinho, eu também cheiro mal. (...) A burguesia só olha pra si. (...) Vamos acabar com a burguesia, vamos dinamitar a burguesia. Vamos pôr a burguesia na cadeia. Numa fazenda de trabalhos forçados. Eu sou burguês, mas eu sou artista. Estou do lado do povo. Porcos num chiqueiro são mais dignos que um burguês. Mas também existe o bom burguês, que vive do seu trabalho honestamente. (...) É o médico que cobra menos pra quem não tem e se interessa por seu povo. Em seres humanos vivendo como bichos, tentando te enforcar na janela do carro, no sinal. Burguesia - Cazuza


Carregar ppt "Professor: Sandro Cocco S E EU OLHO O MUNDO SOCIOLOGICAMENTE, QUEM OLHOU ANTES DE MIM ?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google