A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA."— Transcrição da apresentação:

1

2 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA

3 DIVULGAÇÃO DA CAMPANHA Enviar notas, ou realizar entrevistas: não esquecer de lavrar TF; Entregar comunicados da campanha para fixar em local de fácil acesso aos produtores em: casas agropecuárias, rádios, TVs e jornais; Colocar comunicados na ULSA e nas subunidades da Campanha de FA;

4 CUIDADOS NAS AGROPECUÁRIAS -Verificar se a casa agropecuária encontra-se cadastrada no sistema informatizado da ADAPAR; -O Responsável pela agropecuária deve assinar a Declaração de Compromisso; -Durante a campanha realizar 2 fiscalizações/semana na agropecuária (fora da campanha 1/semana); -Comprovar o preenchimento da planilha de temperatura da geladeira 2 vezes/dia na campanha (fora da campanha 1/dia); -Em toda a fiscalização: conferencia de estoque, aferir a temperatura e lavrar termo de fiscalização;

5 CUIDADOS NAS AGROPECUÁRIAS -O refrigerador que estoca biológicos só deve ser usado para este fim; -As vacinas deverão permanecer em temperatura entre 2 a 8 °C; -A casa agropecuária deve informar à ULSA a chegada de vacina contra FA, o fiscal deve abrir, conferir a quantidade, a partida, o laboratório e a temperatura; -O transporte da vacina até a revenda e dela para os produtores deve ser feito sempre em recipientes isotérmicos próprios capazes de manter a temperatura ideal de conservação (2/3 de gelo); -A venda de vacina fora do período de campanha deve ser sempre com autorização da Adapar.

6 COMPROVAÇÃO DA VACINA A comprovação poderá ser realizada em qualquer local do estado dentro do período de campanha, após o término da mesma somente na ULSA da propriedade; A comprovação somente pode ser na ULSA e subunidade; O produtor deverá levar comprovante de vacinação preenchido (por ele ou pela casa agropecuária) e a nota fiscal ou cupom fiscal; No comprovante fiscal deve estar informado numero de doses, laboratório, partida e validade; A ULSA retém uma via de cada(comprovante e NF) e devolve as restantes ao produtor, sem esquecer de carimbar tanto o comprovante bem como o cupom fiscal (para evitar dois prod com uma nota);

7 LANÇAMENTO NO SISTEMA Deve ser feito o mais rápido possível; Existe a planilha do excel que pode ou não ser utilizada, dependendo do numero de produtores existentes no sistema informatizado (Ideal 100%); Criar dispositivos de anotações que facilitem o entendimento de todos da ULSA sobre a digitação dos comprovantes, para que nenhum fique sem ser lançado; As vacinações assistidas deverão ser informadas no lançamento do sistema; Não esquecer de lançar no sistema outras espécies, isto pode ocorrer no ato do lançamento dos bovinos ou posteriormente.

8 ATIVIDADES DE VACINAÇÃO Vacinação compulsória – normal de campanha realizado pelo produtor; Vacinação oficial – realizada pela GSA; Vacinação assistida – acompanhada pela GSA durante toda a aplicação mas realizada pelo produtor; Vacina fiscalizada - acompanhada pela GSA não precisa ser durante toda a aplicação e realizada pelo produtor; Não esquecer propriedades de risco devem ser acompanhadas (oficial, assistida ou fiscalizada)

9 INFORME DE VACINAÇÃO Realizado aprox. a ao dia 18 do mês posterior ao término da etapa da campanha; Preenchimento do informe e envio a SR ou seu indicado que confere, compila e envia a equipe de FA até o dia 20, por sua vez a GSA confere, compila e envia ao MAPA até o dia 30; Por isso a importância de entrar em contato o mais rápido possível com os refratários para que os mesmos regularizem sua situação e possamos lançar no informe; O restante dos refratários deverão ser fiscalizados até o início da próxima campanha.

10 PÓS CAMPANHA Os comprovantes deverão ser arquivados na pasta do produtor; Todas as planilhas de refratários e vacinações assistidas deverão ser arquivadas de forma fácil e acessível para alguma auditoria; A planilha de propriedade de risco deve ser atualizada principalmente no que diz respeito as fiscalizações.

11


Carregar ppt "ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google