A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IDENTIFICAÇÃO DE SUA ESCOLA Escola Infantil Municipal Monteiro Lobato São Domingos-SC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IDENTIFICAÇÃO DE SUA ESCOLA Escola Infantil Municipal Monteiro Lobato São Domingos-SC."— Transcrição da apresentação:

1 IDENTIFICAÇÃO DE SUA ESCOLA Escola Infantil Municipal Monteiro Lobato São Domingos-SC

2 TEMA DO PROJETO FOLCLORE FESTAS JUNINAS

3 OBJETIVO GERAL OBJETIVO GERAL Compreender e valorizar a cultura da nossa cidade através da pesquisa e realização de atividades retratando o folclore promovendo a conscientização das diferenças culturais e a integração entre escola, pais e alunos. Compreender e valorizar a cultura da nossa cidade através da pesquisa e realização de atividades retratando o folclore promovendo a conscientização das diferenças culturais e a integração entre escola, pais e alunos.

4 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Desenvolver a linguagem oral e escrita, como também a criatividade e socialização. Desenvolver a linguagem oral e escrita, como também a criatividade e socialização. Resgatar brinquedos e brincadeiras folclóricas; Resgatar brinquedos e brincadeiras folclóricas; Valorizar a diversidade cultural; Valorizar a diversidade cultural; Levar o aluno a ter respeito pela cultura e pelos costumes, desenvolver hábitos de leitura e o conhecimento literário. Levar o aluno a ter respeito pela cultura e pelos costumes, desenvolver hábitos de leitura e o conhecimento literário.

5 PROBLEMA Atualmente, as crianças só pensam Atualmente, as crianças só pensam em videogame, computador, em videogame, computador, brinquedos eletrônicos. Qual o conhecimento de folclore que a criança tem? Qual o conhecimento de folclore que a criança tem? Como é contada a história na família? Como é contada a história na família? Como é comemorada a festa junina na escola e na família? Como é comemorada a festa junina na escola e na família?

6 JUSTIFICATIVA Proporcionar o resgate de nossa cultura popular das cantigas e brincadeiras, que são muito importantes para o desenvolvimento cognitivo e lúdico da criança. Proporcionar o resgate de nossa cultura popular das cantigas e brincadeiras, que são muito importantes para o desenvolvimento cognitivo e lúdico da criança.

7 PÚBLICO ENVOLVIDO Pré-Escolar II Pré-Escolar II e Pré-Escolar III (idade 4 a 6 anos)

8 REFERÊNCIAL TEÓRICO A data de 22/08 (Brasil) foi criada em A data de 22/08 (Brasil) foi criada em 1965 através de um decreto federal para comemorar o dia do folclore através de um decreto federal para comemorar o dia do folclore. A origem do nome folclore apareceu através de duas palavras saxônicas antigas Folk (inglês) que significa povo e lore que significa conhecimento, com a junção quer dizer conhecimento popular. O criador do termo foi William John Thoms. A origem do nome folclore apareceu através de duas palavras saxônicas antigas Folk (inglês) que significa povo e lore que significa conhecimento, com a junção quer dizer conhecimento popular. O criador do termo foi William John Thoms.

9 O folclore brasileiro constitui- se ao longo dos anos principalmente por índios, brancos e negros. Cada uma das cinco regiões apresenta em sua diversidade a sua cultura. O mês de Junho é marcado por festas típicas, comidas deliciosas e muita dança. O folclore brasileiro constitui- se ao longo dos anos principalmente por índios, brancos e negros. Cada uma das cinco regiões apresenta em sua diversidade a sua cultura. O mês de Junho é marcado por festas típicas, comidas deliciosas e muita dança.

10 As festas juninas nos fazem viver intensamente nosso folclore, a nossa cultura. As festas juninas nos fazem viver intensamente nosso folclore, a nossa cultura. Precisamos valorizá-lo, pois ele representa um acervo depurado de nossa história com atividades ideais para desenvolver a linguagem e a imaginação, ao mesmo tempo em que permite o conhecimento de nossas raízes, tradições populares e a apropriação de uma herança riquíssima e única que faz parte da nossa identidade de brasileiros. Precisamos valorizá-lo, pois ele representa um acervo depurado de nossa história com atividades ideais para desenvolver a linguagem e a imaginação, ao mesmo tempo em que permite o conhecimento de nossas raízes, tradições populares e a apropriação de uma herança riquíssima e única que faz parte da nossa identidade de brasileiros.

11 A Escola deve estar também comprometida com nossa cultura, resgatando nossos valores, tradições e costumes; incentivando o valor de sermos brasileiros orgulhosos em repassar nossa cultura, através de atividades que levarão os participantes refletirem sobre como o nosso Folclore pode e deve ser utilizado na aprendizagem. A Escola deve estar também comprometida com nossa cultura, resgatando nossos valores, tradições e costumes; incentivando o valor de sermos brasileiros orgulhosos em repassar nossa cultura, através de atividades que levarão os participantes refletirem sobre como o nosso Folclore pode e deve ser utilizado na aprendizagem.

12 MÍDIAS E TECNOLOGIAS MATERIAL IMPRESSO registro das atividades em cartazes e mural da escola. MATERIAL IMPRESSO registro das atividades em cartazes e mural da escola. TV e VÍDEO com o auxílio da câmara fotográfica fizemos fotos e filmagens da festa junina com apresentação dos caipirinhas recitando quadrinhas, dançando quadrilha e outras cantigas. As Fotos e a filmagem foram passadas para todas as escolas municipais para que os alunos pudessem prestigiar o trabalho feito com os pequeninos da EIM. Monteiro Lobato. TV e VÍDEO com o auxílio da câmara fotográfica fizemos fotos e filmagens da festa junina com apresentação dos caipirinhas recitando quadrinhas, dançando quadrilha e outras cantigas. As Fotos e a filmagem foram passadas para todas as escolas municipais para que os alunos pudessem prestigiar o trabalho feito com os pequeninos da EIM. Monteiro Lobato.

13 DINÂMICA DE ATIVIDADES Contação de histórias, exibição de vídeos, Contação de histórias, exibição de vídeos, cantigas juninas, representação de desenhos sobre lendas. construção de brinquedos como cantigas juninas, representação de desenhos sobre lendas. construção de brinquedos como a pipa, peteca,balão. a pipa, peteca,balão. Apresentação de quadrinhas e quadrilha na festa. Atividades feitas no coletivo com todas as turmas e outras foram individuais. Apresentação de quadrinhas e quadrilha na festa. Atividades feitas no coletivo com todas as turmas e outras foram individuais. Todas as atividades foram registradas, expostas na escola, arquivadas no portfólio, ou pasta individual do aluno. Fotos e filmagens da festa. Todas as atividades foram registradas, expostas na escola, arquivadas no portfólio, ou pasta individual do aluno. Fotos e filmagens da festa.

14 CRONOGRAMA Segunda-feira: Apresentação do projeto para os alunos com exploração de texto informativo sobre o folclore; contação de histórias pelo grupo de teatro. Segunda-feira: Apresentação do projeto para os alunos com exploração de texto informativo sobre o folclore; contação de histórias pelo grupo de teatro. Terça-feira: Assistir vídeos de fábulas, lendas; ensaiar quadrinhas, cantigas e quadrilha para a festa junina. Terça-feira: Assistir vídeos de fábulas, lendas; ensaiar quadrinhas, cantigas e quadrilha para a festa junina. Quarta-feira: Mural de atividades referentes ao vídeo através de desenhos, atividades interdisciplinares. Quarta-feira: Mural de atividades referentes ao vídeo através de desenhos, atividades interdisciplinares.

15 Quinta-feira: Produção de texto junto com a professora. Tarefa de casa pesquisar novas fábulas, charadas, brincadeiras, receitas e histórias contadas pelas avós. Quinta-feira: Produção de texto junto com a professora. Tarefa de casa pesquisar novas fábulas, charadas, brincadeiras, receitas e histórias contadas pelas avós. Sexta-feira: Apresentação das receitas pesquisadas em casa.Brincadeiras e cantigas folclóricas no parque. Construção de cordões e bandeiras. Sexta-feira: Apresentação das receitas pesquisadas em casa.Brincadeiras e cantigas folclóricas no parque. Construção de cordões e bandeiras.

16 O presente trabalho teve duração de quatro semanas. (Mês de Junho) O presente trabalho teve duração de quatro semanas. (Mês de Junho) No dia 24 de junho a Escola toda esteve em festa comemorando o Dia de São João. No dia 24 de junho a Escola toda esteve em festa comemorando o Dia de São João. A Escola estava toda preparada com enfeites juninos, as crianças e os professores vestidos de caipiras, muita dança e comilança. Foi maravilhoso o encerramento deste projeto. A Escola estava toda preparada com enfeites juninos, as crianças e os professores vestidos de caipiras, muita dança e comilança. Foi maravilhoso o encerramento deste projeto.

17

18 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CURIOSIDADES,FOLCLORE, LENDAS, MITOS. Disponível em: CURIOSIDADES,FOLCLORE, LENDAS, MITOS. Disponível em: Folclore.htm PARLENDAS. Disponível em: PARLENDAS. Disponível em: PARLENDAS. Disponível em: PARLENDAS. Disponível em: ALMEIDA, M.T.P. Jogos divertidos e brinquedos criativos. Petrópolis: Vozes, 2004 ALMEIDA, M.T.P. Jogos divertidos e brinquedos criativos. Petrópolis: Vozes, 2004

19 CONGRESSO BRASILEIRO DE FOLCLORE, 8., 1995, Salvador. Anais… Salvador:UNESCO: Comissão Nacional de Folclore, CONGRESSO BRASILEIRO DE FOLCLORE, 8., 1995, Salvador. Anais… Salvador:UNESCO: Comissão Nacional de Folclore, Discurso da Sra. Cecília Meireles, Folclore, 6, 32/33. Vitória, Espírito Santo: set.-dez. 1954, pp Discurso da Sra. Cecília Meireles, Folclore, 6, 32/33. Vitória, Espírito Santo: set.-dez. 1954, pp CÂMARA CASCUDO, L. da. Dicionário do folclore brasileiro. 5. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, CÂMARA CASCUDO, L. da. Dicionário do folclore brasileiro. 5. ed. Belo Horizonte: Itatiaia, 1984.

20

21

22

23

24

25

26

27

28 OBRIGADA! OBRIGADA! ZENIR ZENIR


Carregar ppt "IDENTIFICAÇÃO DE SUA ESCOLA Escola Infantil Municipal Monteiro Lobato São Domingos-SC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google