A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Realizamos quatro entrevistas, duas com profissionais que têm empregos repetitivos e duas com profissionais que não têm empregos repetitivos, a fim.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Realizamos quatro entrevistas, duas com profissionais que têm empregos repetitivos e duas com profissionais que não têm empregos repetitivos, a fim."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Realizamos quatro entrevistas, duas com profissionais que têm empregos repetitivos e duas com profissionais que não têm empregos repetitivos, a fim de entender, estudar e comparar esses dois tipos trabalhos, sentindo um pouco do cotidiano dos diferentes ambientes ao qual visitamos.

4 Graza Dória – Protocoladora dos processos do Fórum da Justiça Federal Ministro Pedro Lessa. Responsável por : Organizar os processos judiciais na ordem correta; Numerar o canto esquerdo de todas as páginas do processo (média de 250 folhas); Furar, fechá-los numa pasta e encaminhá-los aos advogados e juízes; * Jornada de 8h de trabalho.

5 Processos antes de serem organizados. Nós e Dona Graza. Prateleira de processos já organizados. Nós em frente ao Fórum da Justiça Federal.

6 Todos os dias faz a limpeza dos quartos do hotel Paulista Wall Street.; Em todos os quartos segue o mesmo procedimento de 15 minutos: - Abre a janela. - Retira a louça do room service (e separa a louça da governança). - Coloca as luvas. - Retira o lixo. - Retira a roupa de cama suja e coloca a outra. - Faz a limpeza do banheiro, adiciona papel, sabonete, shampoo e outros produtos que faltem. - Retira as luvas e troca as toalhas; - Por último, aromatiza o quarto e deixa um brinde sobre o travesseiro; Apesar de fazer seu trabalho com carinho, não gosta muito do que faz. Por se sentir, as vezes, sozinha e não valorizada. Doenças causadas pelo trabalho braçal a longo prazo de camareira: - Bico de papagaio (algo nas costas); - Tendinite; - Dor nas costas; - Hérnia; - Dores localizadas no joelho e pés inchados; Dona Maria limpando o banheiro. João e a gerente do hotel. Dona Maria com seu carrinho de limpeza prestes a entrar num quarto Dona Maria Silva Marques: Camareira

7 Márcia Lucas – Administradora da companhia de viagens Butterfield and Robinson, que faz pacotes de luxo. Responsável por : Montar diferentes viagens adaptando-se a cada tipo de cliente; Ouvir a exposição de idéias e vontades de seu público; Estar sempre pesquisando e se atualizando sobre lugares e programas novos; Márcia está satisfeita com o que faz, nunca se identificou com trabalhos rotineiros. Aprecia o fato de poder conhecer várias pessoas e criar uma carteira com os mais distintos clientes. Ser exposta a um desafio novo todos os dias, cada um remontando um novo lugar e uma nova vontade, a faz aprender muito sobre os diversos lugares do mundo e descobrir fatos que nunca saberia se vivesse presa, talvez, num ambiente fechado e repetitivo.

8 Fazem atendimento ao público em geral, deparando-se com diferentes situações, pessoas e problemas todos os dias; Realizam viaturas, recorrem a cenas de roubos e assaltos e oferecem qualquer tipo de ajuda necessitada; Jornada de trabalho das 6:30 às 19h; Estão satisfeitos, mas pela jornada de trabalho ser muito longa e os problemas que enfrentam exigirem muito esforço, o cansaço domina seus cotidianos; Posto da Polícia Civil na Avenida Paulista Tenente Sukaitis e SD PM Mizzini: - Policiais da polícia civil

9 Trabalho RepetitivoTrabalho Não Repetitivo Mão de obra de maioria desqualificada Mão de obra mais qualificada Trabalho rotinizado e monótono Flexibilidade e imprevisibilidade Trabalhador sem controle sobre o processo produtivo Criatividade e imaginação sobre o processo produtivo Padronização da produção Diversificados métodos de produção Trabalho manual Trabalho intelectual Local fixo de trabalho Local transitório Falta de contato social Relacionamento humano Quanto a satisfação e felicidade no trabalho, percebemos que depende do caráter pessoal das pessoas, alguns parecem gostar de exercer as mesmas funções todos os dias, pois se acostumam, e outros gostam de surpresas e são movidos pela excitação do inesperado de cada dia. Alguns odeiam se entediar na mesma função e outros, de ter sempre problemas diferentes.

10

11 Grupo: Giovanna Donegá Giuliana Klotz Giuliana Leandro João Paulo Maia Pedro Munte Rafael Lucas AE2 – 1º Semestre Introdução à Gestão: Drª e Profª Roseli Porto


Carregar ppt "Realizamos quatro entrevistas, duas com profissionais que têm empregos repetitivos e duas com profissionais que não têm empregos repetitivos, a fim."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google