A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

S E D U C Melhores práticas GMD. Agenda 1.Água e Esgoto, Energia elétrica e Telefonia Fixa 2.Locações de Imóveis.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "S E D U C Melhores práticas GMD. Agenda 1.Água e Esgoto, Energia elétrica e Telefonia Fixa 2.Locações de Imóveis."— Transcrição da apresentação:

1 S E D U C Melhores práticas GMD

2 Agenda 1.Água e Esgoto, Energia elétrica e Telefonia Fixa 2.Locações de Imóveis

3 Escopo do trabalho Rubricas: Água, energia e telefonia fixa Obtenção dos relatórios no SisALT: Consolidado Comparativo Despesa por unidade Meta: qualificar o acompanhamento e otimizar o consumo das escolas/CREs Envolvidos: Vera Freitas e Magda Motta 1 2 3

4 Resultado(s) alcançados Conhecimento do gasto parametrizado: necessidade de entender o perfil das escolas; Necessidade de um canal especializado com as CREs/Escolas. ESCOLA CRE SEDUC

5 Etapas do processo Meta na média de consumo de cada cluster* Definição dos clusters e indicadores de consumo (R$/parâmetro) Definição dos parâmetros Priorização de acordo com a representatividade do gasto Definição dos gestores e rubricas Reunião kickoff ÁGUA E ESGOTO Nº alunos Escolas por CRE; Técnica; CIEP; obras; CREs 35 réguasENERGIANº alunos Nº turnos escolares e CRES 4 réguasTELEFONIA Nº escolas atendidas CREs1 régua

6 Etapas do processo Validação das ações pela liderança e acompanhamento mensal dos planos e metas Elaboração dos planos de ação 3 planos de ação ÁGUA E ESGOTO ENERGIATELEFONIA Elaboração de relatórios de 3 gerações; Envio para as CREs do consumo próprio e das suas respectivas escolas; Elaboração de relatórios de 3 gerações; Envio para as CREs do consumo próprio e das suas respectivas escolas;

7 Considerações finais Interação com outras Secretarias – resolução de conflitos em comum e conhecimento da realidade dos demais; Suporte técnico e gerencial para melhoria das rotinas realizadas; Dedicação exclusiva de uma pessoa; Próximos passos – Aprimoramento das ferramentas de controle; – Redefinição dos clusters e metas para 2013; – Relatórios de consumo via intranet;

8 Agenda 1.Água e Esgoto, Energia elétrica e Telefonia Fixa 2.Locações de Imóveis

9 Escopo do trabalho Rubricas: Locação de Imóveis – PJ e PF; Meta: – Acompanhar mensalmente o gasto com aluguel para estabelecimentos da SEDUC; – Estudo de caso dos imóveis locados de Pelotas (5ª CRE); Envolvidos: – Leila Schaan (acompanhamento mensal e diagnóstico) – Marli Welter (acompanhamento mensal).

10 Resultado alcançado Melhor visão gerencial da situação de imóveis locados em Pelotas; Relatório contendo diagnóstico dos imóveis locados através de visita in loco com a participação do Coordenador da 5ª CRE.

11 Etapas do processo Compilação dos imóveis locados em Pelotas 16 escolas =30% do total de escolas na cidade de Pelotas Estudo para fusão de escolas; Valor mensal de R$ 78 mil – incluindo Arquivo, Almoxarifado e sala de reuniões da 5ª CRE. ( anual = R$ )

12 Etapas do processo ECONOMIA DE R$ 87 MIL /ANO. ECONOMIA DE R$ 134 MIL/ANO ECONOMIA DE R$ 291 MIL/ANO

13 Considerações finais Conhecimento baseado em fatos e dados da situação dos imóveis locados em Pelotas (5ª CRE); Acompanhamento das despesas referentes aos imóveis locados da Secretaria pela Logística;

14 ETAPAS DO PROCESSO 1. JOAQUIM FERREIRA MELLO ( 199 ALUNOS) E SÃO VICENTE DE PAULO (288 ALUNOS)= 487 ALUNOS AQUISIÇÃO DE TERRENO EM FRENTE À ESCOLA JOAQUIM E CONSTRUÇÃO DE NOVO PRÉDIO. ECONOMIA DE R$ ,00 /ANO. 1. JOAQUIM FERREIRA MELLO ( 199 ALUNOS) E SÃO VICENTE DE PAULO (288 ALUNOS)= 487 ALUNOS AQUISIÇÃO DE TERRENO EM FRENTE À ESCOLA JOAQUIM E CONSTRUÇÃO DE NOVO PRÉDIO. ECONOMIA DE R$ ,00 /ANO. 2.PADRE RAMBO (649 ALUNOS) + ONDINA DA CUNHA (234 ALUNOS) + MEDIANEIRA (242 ALUNOS) = 1125 ALUNOS EXISTE DOAÇÃO DE TERRENO PELA PREFEITURA CONSTRUÇÃO DE PRÉDIO ECONOMIA R$ ,16/ANO 3.NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS (175 ALUNOS)+ZILDA MARRONE (165 ALUNOS) +FRANCISCO SIMÕES (281 ALUNOS)+SAGRADO CORAÇÃO (116 ALUNOS) = 737 ALUNOS Governo Federal doou uma área que hoje é utilizada pela Prefeitura transformada em ESTACIONAMENTO PARTICULAR – Às Margens do Canal de Santa Bárbara ECONOMIA R$ ,48/ANUAL

15 Considerações Com estas alterações estaríamos transformando 9 escolas em 3 ; Sendo assim estaríamos efetivamente reorganizando as escolas com: nº de funcionários, nº de professores, equipes diretivas, por consequência FGs, autonomia financeira e demais despesas com controle mais eficaz e eficiente; Atendimento de qualidade com instalações adequadas no que se refere às salas de aula, refeitório, laboratório, laser, esporte;

16 Considerações finais Quanto as demais locações: 1- Ginásio de esportes para EE Nossa Senhora de Lourdes- há possibilidade de compra de terreno junto à escola para construção do Ginásio ( R$ ,00/ano aluguel atual) 2- EE SANTO ANTÔNIO – afastada do Centro, há necessidade de ampliação/construção de um novo bairro – Minha casa/minha vida o que fará aumentar a demanda- há terreno à venda. 3- EE PADRE ANCHIETA- atende alunos egressos da FASE e outros. Funciona junto ao Instituto de menores- há terreno para aquisição.

17 4- EE MONSENHOR QUEIROZ – tem proposta de venda ao Estado. Há interesse da CRE, pois o prédio embora antigo abriga o Ensino Médio. 5- Ginásio alugado para a EE Visconde de Souza Soares, o prédio da escola é próprio estadual, porém não tem espaço. 6- EE Nossa Senhora Medianeira também aluga espaço para Educação Física porém poderá ser feita a fusão com outras escolas ( item 2). 6- O aluguel do NEEJA, o arquivo morto poderiam ser repassados para a sede da CRE desde que feita uma reforma no prédio que já necessita de reparos.

18 Este departamento EMI/DLS entende que urge providências na 5ª CRE, não apenas pelo valor pago em aluguéis em prédios que não proporcionam a menor segurança, nem estrutura física adequada às salas de aula, muito menos a um ambiente pedagógico propício à APRENDIZAGEM. Entendemos ainda, que pelos valores gastos atualmente que somam R$ ,84 /ano apenas com despesas de aluguel, sem contar com autonomia financeira, água luz, telefone e outros, o investimento na construção de 3 novas escolas com seus respectivos terrenos ( fusão de 9) e construção de duas com aquisição de terreno certamente terá retorno não apenas financeiro, mas principalmente na qualidade da educação e do processo de ensino aprendizagem de mais de alunos, que pela sua grandeza justifica-se por si só.

19 Etapas do processo 1. JOAQUIM FERREIRA MELLO ( 199 ALUNOS) E SÃO VICENTE DE PAULO (288 ALUNOS)=487 ALUNOS AQUISIÇÃO DE TERRENO EM FRENTE À ESCOLA JOAQUIM E CONSTRUÇÃO DE NOVO PRÉDIO. ECONOMIA DE R$ ,00 /ANO. 2.PADRE RAMBO (649 ALUNOS) + ONDINA DA CUNHA (234 ALUNOS)+MEDIANEIRA (242 ALUNOS) =1125 ALUNOS EXISTE DOAÇÃO DE TERRENO PELA PREFEITURA CONSTRUÇÃO DE PRÉDIO ECONOMIA R$ ,16/ANO 3.NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS (175 ALUNOS)+ZILDA MARRONE (165 ALUNOS) +FRANCISCO SIMÕES (281 ALUNOS)+SAGRADO CORAÇÃO (116 ALUNOS) = 737 ALUNOS Governo Federal doou uma área que hoje é utilizada pela Prefeitura transformada em ESTACIONAMENTO PARTICULAR – Às Margens do Canal de Santa Bárbara ECONOMIA R$ ,48/ANUAL

20 4- MONSENHOR QUEIROZ – tem proposta de venda para o estado. Há interesse da CRE na aquisição, escola de ensino médio. 5- Sala de reuniões CRE, Arquivo morto. Almoxarifado - REFORMA DA CRE. Economia R$ /ano 6- Práticas desportivas : Nossa Senhora Medianeira – se for feita a fusão não será mais necessário. Economia R$ ,80/ano Economia anual : R$ ,00 Investimento: 5 novas escolas 5 terrenos 1 prédio ( Monsenhor Queiróz- R$ ,00) 1 reforma ( RS ,00 )

21 Obrigada pela atenção


Carregar ppt "S E D U C Melhores práticas GMD. Agenda 1.Água e Esgoto, Energia elétrica e Telefonia Fixa 2.Locações de Imóveis."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google