A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA FIEB Apresentação Geral O Sistema FIEB presta serviços às empresas e aos industriários e seus dependentes, nos campos de educação e qualificação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA FIEB Apresentação Geral O Sistema FIEB presta serviços às empresas e aos industriários e seus dependentes, nos campos de educação e qualificação."— Transcrição da apresentação:

1

2 SISTEMA FIEB Apresentação Geral O Sistema FIEB presta serviços às empresas e aos industriários e seus dependentes, nos campos de educação e qualificação profissional, saúde, lazer e difusão tecnológica, através de entidades e órgãos que o integram: CIEB, SESI, SENAI e IEL

3 SISTEMA FIEB – SESI Educação – Educação básica e educação continuada Qualidade de Vida Saúde – Saúde ocupacional, Odontologia, Segurança do Trabalho Lazer – Lazer Ativo, Atividades Esportivas; Arte na Empresa, Cultura, Colônia de Férias, Responsabilidade Social – Consultorias, eventos sociais, projetos customizados.

4 Educação Ambiental para a Sustentabilidade

5

6 São todos os bens produzidos pela natureza: a energia solar, o ar, a água, as rochas e os minerais, o solo e os vegetais, entre outros. Recursos Naturais Renováveis Não Renováveis RECURSOS NATURAIS

7 Renováveis: são os recursos que detêm a capacidade de renovação após serem utilizados pelo homem em suas atividades produtivas. Eles se regeneram num curto espaço de tempo, isto é à escala da vida humana. Já a água, o solo e as árvores que estão sendo considerados limitados, são chamados de potencialmente renováveis. Exemplos: energia solar, o ar, a água e os vegetais Não renováveis: Constituem aqueles recursos que uma vez consumidos, não podem ser repostos, pela natureza, num espaço de tempo razoável, omparativamente à escala da vida humana. São produtos resultantes de processos extremamente lentos da litosfera. Exemplos: Petróleo, Carvão e Gás Natural

8 Energético: Atende a capacidade de produzir energia. Ex.: Os carvões e o petróleo são recursos naturais energéticos. Por vezes a água é também considerada um recurso energético, pois as barragens transformam a força da água em energia. Não energéticos: Não produz energia. A maioria dos minerais são recursos não energéticos, com exceção do volfrâmio, o urânio e o plutônio por se tratarem de substâncias radioativas e usadas para a geração de energia. Energéticos e Não energéticos

9 O ser Humano e os impactos ambientais Impactos Ambientais.mp4 Impactos Ambientais.mp4

10 ÁGUA 70% da superfície do nosso planeta é constituído de água. 2,5% é constituído por água doce (cerca de 35 milhões de km³). 70% está na forma de gelo. 30% é encontrado sob o solo; 0,3% está disponível em lagos e rios. BRASIL: 12% das reservas de água doce 70% na Região Amazônia; 5% o Nordeste

11 -A distribuição inadequada -A poluição -E o desperdício 0,3% seria suficiente?

12 Segundo a Organização das Nações unidas – estima-se que 1 bilhão de pessoas não possuem acesso ao abastecimento de água suficiente para suprir as necessidades diárias. Fatores que colaboram para a má distribuição: Distribuição geográfica Aumento da População Mundial Avanços Industriais Avanços tecnológicos Distribuição inadequada

13 Poluição Acontece por meio de: Lançamento de detritos (esgotos) na água de rios e oceanos; Contaminação dos lençóis freáticos; Vazamento de tanques de armazenamento subterrâneo de gasolina; Agrotóxicos e fertilizantes; Rejeitos e aterros industriais, dentre outros.

14 DESPERDÍCIO O desperdício de água cresce a cada dia, o que poderá provocar futuramente um déficit em sua quantidade, acarretando uma série de problemas, que afetarão tanto a humanidade, como as diversas formas de vida.

15 Refletir é preciso... Reflexão.mp4

16 Energia Você acorda com o despertador elétrico? Acende a luz do quarto após acordar? Toma banho com chuveiro elétrico? Costuma usar barbeador elétrico? Liga cafeteira ou micro-ondas?

17 A população brasileira não está acostumada a pensar nos impactos da geração de energia, porque o nosso país possui muitos rios e a maior parte da eletricidade que usamos vem das hidrelétricas. Mas será que isso não causa impactos???

18 OS IMPACTOS DA PRODUÇÃO DE ENERGIA NAS USINAS HIDRELÉTRICAS Alteração nos recursos hídricos Interferência no clima local; Inundação de imensa áreas; Interferência nos solos e recursos minerais; Interferência na qualidade das águas; Interferência na vegetação; Interferência nas população Vegetação submersa – morte e decomposição Liberação do gás metano (CH4) – gás 23 vezes mais poderoso em seu efeito sobre o aquecimento global do que o gás carbônico;

19 Extremamente poluentes, pois queimam carvão para produzir energia; Emissão de óxido de enxofre: Problemas respiratórios e cardiopulmonar; Interferência na fauna e na flora devido a acidificação das chuvas; Emissão de dióxido de carbono – efeito estufa; Contaminação do lençol freático; IMPACTOS CAUSADOS POR USINAS TERMELÉTRICAS

20 GASTO EXCESSIVO DE ENERGIA ELÉTRICA Segundo a Eletrobrás, os brasileiros desperdiçam cerca de 25% de energia que consomem em suas casas; Desperdício de energia.mp4 Outras fontes de geração de energia Usinas nucleares Geradores Eólicos Energia Solar

21 Resíduos sólidos Qualquer substância ou objeto de que o homem se desfaz. São partes de resíduos que são gerados após a produção, utilização ou transformação de bens de consumo.

22 Fonte de Produção Centros Urbanos: Principalmente nas residências, escolas, indústrias, hospitais, etc. Consumo intensivo dos recursos Maior produção de resíduos Degradação das condições ambientais

23 Papel e papelão 3 a 6 meses Tecidos de fibras naturais 6 meses a 1 ano Plásticos em geral alguns levam até 500 anos, outros não se "desmancham Madeira Pintada cerca de 13 anos Vidro 1 milhão de anos Chiclete 5 anos Borracha indeterminado Decomposição de materiais

24 LIXO INDUSTRIAL Provém das indústrias e empresas de serviços. Geralmente é formado por materiais de mesma composição. Em indústrias de papel e celulose, o resíduo é separado e é totalmente reaproveitado. Hoje as grandes empresas tentam reaproveitar seus refugos como forma de diminuir seus gastos. Isso é de responsabilidade da empresa e por isso algumas dispõem de incinerador ou de aterros industriais.

25 Produzido nos bairros residenciais, pequenos comércios e serviços. Apresenta uma porcentagem de materiais orgânicos: restos de alimentos, vegetais, cascas de frutas e de legumes e de materiais recicláveis - latas de alumínio, papel, plásticos e vidros. LIXO DOMÉSTICO

26 Farmácias Laboratórios Hospitais Podem transmitir doenças DESCARTE: Esterilização Aterros sanitários Incineração LIXO HOSPITALAR

27 LIXO VERDE É proveniente de podas e cortes de árvores, limpeza de praças, bosques e capinação de terrenos. São galhos, troncos e folhas. Pode ser triturado e utilizado na produção de composto orgânico, utilizado na adubação e produção de mudas em viveiros ou até mesmo em hortas comunitárias.

28 Para onde vão os resíduos do dia-a-dia? VANTAGENS DESVANTAGENS LIXÕES Grandes terrenos ou áreas alagadas a céu aberto, onde os resíduos são despejados. Nenhuma Coloca em risco a saúde da população, poluindo o solo, a água e o ar. ATERROS SANITÁRIOS Aqui os resíduos são compactados com terra. Existe tratamento dos gases e líquidos produzidos pelo lixo e controle de animais transmissores de doenças. É uma técnica confiável, com baixo custo operacional. Mal administrados, os aterros se transformam em depósitos de ratos e insetos. Não há reciclagem de vários materiais. INCINERAÇÃO Os resíduos são queimados em alta temperatura e transformados em cinzas. Reduz o volume de resíduos. É higiênico e apropriado, principalmente, para lixo hospitalar. Custo alto, os diferentes tipos de resíduos podem causar danos ao incinerador e a fumaça produzida pode poluir o ar.

29 Para onde vão os resíduos do dia-a-dia? VANTAGENS DESVANTAGENS COMPOSTAGEM São lugares onde sobras de comida, restos das podas de árvores e esterco de animais são transformados em adubo. Reduz o volume de resíduos. O produto final pode ser utilizado como adubo e cobertura de aterros sanitários. O processo é lento e emite gases mal- cheirosos. RECICLAGEM O material é reaproveitado passando por um processo de transformação e retornando ao ciclo produtivo. Diminuição dos problemas ambientais (menos poluição, menos gastos com água e com energia). NENHUMA.

30 O QUE FAZER DIANTE DE TANTOS PROBLEMAS? CONSUMIR DE FORMA CONSCIENTE

31 É manter o comportamento inalterado diante de um clima econômico de mais Consumo

32 Você é um consumidor consciente? Vivemos em uma sociedade capitalista que nos influencia a consumir cada vez mais. As facilidade de crédito, empréstimos, cartões de crédito, cheques pode levar ao endividamento das pessoas. Como aprender a consumir? O que comprar? Quando comprar? Por que Comprar? O imediatismo faz o brasileiro pagar juros exorbitantes devido o parcelamentos de compras. Fique atento!

33 ÁGUA Quando escovar os dentes ou se barbear manter a torneira fechada; Fechar a torneira quando ensaboar as louças e talheres; Usar máquina de lavar ou tanquinho na capacidade máxima; Evitar banhos demorados; Não jogar óleo de fritura na pia; Não deixar que ocorra vazamentos dentro da sua casa; Entrar em contato com a EMBASA para verificar vazamentos externos; Dar descarga apenas quando for necessário; Reutilizar a água sempre que possível; Utilizar regador para molhar as plantas; Usar vassoura para varrer o chão; Lavar carros e moto com balde ao invés de mangueira; Captar água da chuva com baldes; DICAS PARA SER UM CONSUMIDOR CONSCIENTE

34 ENERGIA Eletroeletrônicos: Comprar sempre os que tem o selo Procel. O selo garante que o produto está entre os mais eficientes e que gasta menos energia; Ar condicionado: Aproveite as janelas e utilize menos o ar condicionado; Iluminação: Evite acender lâmpadas durante o dia. Utilize mais a luz natural; Troque as lâmpadas tradicionais (incandescentes) pelas econômicas (fluorescentes); Prefira a lâmpada mais potente a várias menores; Luz Stand-by: Tire da tomada todos os aparelhos que possuem esse recurso; Evite colocar vários aparelhos ligados uma mesma tomada; Elevadores: Se for se deslocar apenas de um andar para o outro, prefira às escadas.

35 Evitar mercadorias com muitas embalagens; Levar a própria sacola para fazer as compras; Programar a impressora para rascunho rápido; Evitar o uso de copo descartável; Não desperdiçar alimentos; Praticar / contribuir com a coleta seletiva; Faça uma lista de compras; Usar os dois lados de uma folha de papel; Imprimir apenas quando necessário; Outras dicas...

36 Mensagem final Um dia volta pra você WWF Brasil.mp4

37 OBRIGADA!


Carregar ppt "SISTEMA FIEB Apresentação Geral O Sistema FIEB presta serviços às empresas e aos industriários e seus dependentes, nos campos de educação e qualificação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google